Chevrolet Crossovers Projeções

Projeção: Chevrolet Spin 2021 compacta e vestida como crossover

Projeção: Chevrolet Spin 2021 compacta e vestida como crossover

A Chevrolet Spin é um dos produtos de destaque da marca americana no Brasil. Nem tanto em vendas se comparada com Onix e Prisma, mas por atuar num segmento que praticamente sumiu nos últimos cinco anos.


Prever como ela será é algo interessante, ainda mais por suas características num momento em que os SUVs dominam o cenário automotivo nacional e mundial.

O leitor Filipe Augustus aproveitou a questão do futuro da Spin (que você pode ler aqui) para fazer uma projeção do que imagina ser a próxima geração do monovolume da Chevrolet.

Inspirando-se no design de modelos como Trailblazer (novo SUV compacto) e Camaro, Augustus criou uma variante destes sob a forma de um crossover compacto. Ele acredita que esse é o caminho para a Spin, virar mesmo um utilitário esportivo com foco mais no asfalto.


A ideia é ampliar o produto com um layout já conhecido, que nessa Spin 2021, parece ter um porta-malas bem maior que o do Trailblazer americano, podendo assim ter espaço para adicionar dois assentos retráteis.

Note que nesse perfil, o visual do modelo (e sua proposta também) ficou próximo do SsangYong XLV (confira o vídeo), embora este último não tenha sete assentos. Coincidentemente ou não, ambas são próximas em tamanho.

Projeção: Chevrolet Spin 2021 compacta e vestida como crossover

No caso de uma Spin crossover de cinco ou sete assentos, a plataforma VSS da GM atenderia bem ao produto, que assim não precisaria subir de porte, como no caso do Chevrolet Orlando, que anda sendo cogitado pela imprensa latino-americana como sucessor da minivan em 2020.

Com o mesmo porte ou pouco menor que o atual, a Chevrolet Spin 2021 nesse estilo proposto, poderia atuar em paralelo com o Novo Tracker, já que seria menos focada em ser um SUV, garantindo ainda amplo porta-malas e espaço interno. Além disso, poderia utilizar somente o 1.0 Turbo de 116 cavalos, deixando o Tracker apenas com o 1.2 Turbo.

Tendo então 4,40 m de comprimento, 1,73 m de largura, 1,62 m de altura e 2,64 m de entre eixos, a Spin 2021 poderia ser mantida numa faixa de preço competitiva entre R$ 70.000 e R$ 100.000, limitada pelo motor 1.0 Turbo e proposta mais urbana, pois, seria menor que um Trailblazer americano.

Isso contraria o termo “AVA”, referente à produto de “alto valor agregado”, que será feito na Argentina, de onde se espera sair a próxima Spin. O que acha disso?

Agradecimentos ao Filipe Augustus.

 

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Aristênio Catanduva

    na minha opinião a GM deveria aposentar o Cruze que esta morto, e trazer Monza, Orlando e Trailblazer carros que juntos podem vender mais de 10000 unidades, contra os menos de 2000 do Cruze sport6 e sedan

    • Cesar

      Está morto mais ainda vende mais que o queridinho.

      • Aristênio Catanduva

        o Corolla vende 4 x mais que o cruze sedan

        • Cesar

          E quem está falando em Corolla?
          Esse daí é mais odiado por tudo por vender 5 vezes o que o queridinho vende.

      • Fábio

        Fiquei curioso. Qual o nome do queridinho?

        • Fernando

          Aposto que é o Jetta.

    • Paulo Lustosa

      Substituir o Cruze por um produto que é feito sob a base dele e bem mais simplificado? Aí não seria uma estratégia decente.

      • Aristênio Catanduva

        Monza Sedan seria vendido com facilidade a partir de R$75.000 e com versões completas com o novo motor 1.33 por R$105.000

        • LL

          No sonho né? mesmo se hipoteticamente viesse, seria ao mesmo preço de hj…vide astra que veio como vectra.

          • Aristênio Catanduva

            Monza e Onix Plus custam a mesma coisa na China

            • Fernando

              Seria como o antigo Prisma e o Cobalt aqui.Cobalt aliás, já não se fabrica mais, só vende o que tem de estoque.

    • Raul Cotrim de Mattos

      Cruze é importado, não? Continua vendendo relativamente bem, além de ser um produto que tem uma boa margem… Monza chinês é praticamente o onix plus daqui.

      • Aristênio Catanduva

        importado da Argentina. poderia vender muito mais com uma versão no valor do ticket médio nacional….. Monza e Onix Plus são diferentes outra plataforma, o Monza é 16cm maior que o Onix Plus

    • Verdades sobre o mercado

      Morto ? São em média 1.800 unidades por mÊs (entre sedan e hatch) o que por si só já justifica sua permanência no mercado. Obviamente que a tendência é de queda já que não terá substituto. Quanto à sua previsão de venda de 10.000 unidades de Monza + Orlando + TRailblazer me parece bem superestimada. O mercado de automóveis é inelástico e não é possível gerar demanda, ela é limitada e cabe a cada marca melhor aproveitá-la em seus diversos segmentos.

  • Bruno Silva

    Poderia fazer tipo um SUV pra 7 (ex: Tiguan Allspace), menor claro em tamanho. Se a Chevrolet acertar no visual pode vender muito.

    • Luis Burro

      Aaaah ñ, suv ñ é melhor q van no espaço e na praticidade, é só acertar o desenho pq a Kia Carnival e a dupla da PSA ñ devem nd!

  • Marcelo Villalba

    Se a Chevrolet aumentar a Spin ou diminuir seu bagageiro o modelo vai morrer. A foto que ilustra a matéria parece ser da nova Captiva, que está a venda no Chile.

    • ricmoriah

      Não, é o Trailblazer esticado mesmo. Aquele da Colômbia é o Baojun 530, que também é vendido como MG na Índia pela SAIC, sem a mão da GM.

      • Hop

        Fui ver esse tal de Captiva rebadged e meu deus, que atrocidade! E sem sentido algum na linha da Chevrolet na Colombia, ele custa praticamente o mesmo que o Equinox.

  • Luis Burro

    Agora q a frente melhorou…mas o q acontece com a GM pq com o Agile tbm foi assim e qndo conseguiram arrumar o visual o carro morreu… já o restnte achei q ficou bem bacana…sdds de vans tipo ducato, ñ existe mais estas?

  • se for assim vai ser top.

  • LL

    Acho que a atual spin tera vida longa ainda, as vendas baixas do seguimento não justificam investimento.

  • Lucas Silva

    A projeção ficou relativamente boa, mas acho meio irealista levando em conta as escolhas de veículos para projeção, a Spin provavelmente deve sim ter ares de crossover, mas ela é um veículo que faz sucesso também por ter um bom valor e custo benefício considerando a sua categoria, o Blazer e Trailblazer são veículos de valor agregado muito maior, ao que penso sobre a GM atualmente, a nova Spin deve vir com preços agressivos como o Novo Onix, e na parte de design, acho que uma melhor inspiração para isso seria mesmo o Novo Onix e Tracker, acho mais provável seu visual se inspirar mais nesses dois do que num veículo de categoria e valor maior como o Blazer, já sobre o produto da GM que será “AVA” acho que não deva ser a Spin e sim a Pick-Up Monobloco concorrente da Toro que a GM deve estar trabalhando, ou outro Crossover/SUV, seria arriscado aumentar muito o preço da Spin e fazer ela ficar perto da nova Tracker em valores.

    • ricmoriah

      fontes dizem que será SUV mesmo, não picape.

      • Lucas Silva

        É, pensando bem se levar em conta que a GM deve querer competir pau-a-pau com a Toro, tem mais sentido a Pick-Up Monobloco ser feita por aqui do que na Argentina.

  • Luis Mello

    Se acertar o design e manter preço será sucesso, atual o design espanta compradores

    • Fernando

      Spin não vende pelo Design, sem bem que melhorou um pouco, comparada a anterior. Spin é para quem precisa de um carro para levar a Sogra, mais filhos, etc, não é para apreciar, é para custo/benefício mesmo.

  • Sino Weibo

    O sucessor da Spin já existe na China, é so a GM fazer rebadge do Baojun 360 e lançar aqui como Spin.

    • Dudu Pimentel

      Boa ideia…ele lembra ainda lembra a Spin.

  • Toyo_Highlander fan

    Se forem vender nesse design o carro vai ficar com o porte do Dodge Journey o que fará com que o preço se eleve muito pois, no brasil carro também é vendido no metro quadrado. Ou seja! Ficará maior por conta da configuração do cofre do motor e o espaço interno pemanecerá igual ao da Spin atual.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email