Citroen Cupês Europa Projeções

Projeção: Citroën C4 Coupé traria de volta espírito ousado do C4 VTR?

Projeção: Citroën C4 Coupé traria de volta espírito ousado do C4 VTR?

O Novo Citroën C4 chegou ao mercado europeu e, por lá, continua a ser um hatch médio, embora com uma cara de crossover, tal como o C4 Cactus. Também em sua variante elétrica ë-C4, o francês ousa na proposta e em estilo.


Contudo, parece que ainda cabe algo mais no Novo C4, especialmente numa carroceria em estilo cupê. Essa é a proposta da projeção de X-Tomi Design, que mostra o Citroën com duas portas e uma boa área envidraçada.

Poderia ele, dessa forma, resgatar o espírito ousado do C4 VTR? Em 2007, a marca parisiense trazia ao Brasil o C4 VTR, um cupê de duas portas com traseira avançada e vigia de inclinação negativa.

Projeção: Citroën C4 Coupé traria de volta espírito ousado do C4 VTR?

Naquele tempo, o C4 VTR chamou a atenção por suas linhas ousadas, com colunas C recuadas e janelas traseiras grandes. Agora, o Novo C4 Coupé visto na projeção não chega a ir tão longe ao ponto de inverter as coisas atrás, mas mantém a área envidraçada grande do antigo cupê parisiense.

Ainda assim, o C4 é um Citroën e suas linhas exóticas e provocativas estão não só na frente de crossover, com os faróis rebaixados, como também naquele olhar ousado das lanternas traseiras, separadas pelo defletor de ar da tampa.

Projeção: Citroën C4 Coupé traria de volta espírito ousado do C4 VTR?

Saem as colunas e vigia invertidas e entram as lanternas em LED com duas seções. A carroceria fluida também reforça a proposta de cupê e, claro, a propulsão elétrica é algo que os franceses certamente não consideraram no C4 VTR, embora não teria sido algo estranho vindo da Citroën, mesmo em 2006.

A proposta de um novo C4 VTR ou algo assim, também levanta a questão sobre as variantes do Novo C4. Na China e no Mercosul, por exemplo, ainda existe o C4 Lounge, mas com formas de crossover, somente o gigante chinês poderia encarar um três volumes com cara de utilitário esportivo, como o C3 L Sedan.

[Projeção: X-Tomi Design]

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Alaor

    Tão interessante quanto impossível de acontecer.

    • Sem noção

      Também acho, comparação não é algo tão simples. Pode ate ter mais sucesso que o VTR, visto a nova fase da PSA, mas nunca será um VTR.

  • Paulo Araujo

    Não chegaria nem perto do C4 VTR, o VTR é um carro único.

  • MarcosGojira

    O C4 VTR era do tipo que todos achavam o máximo mas ninguém colocava na garagem. Na época dos fóruns lembro de membros anunciando por meses a fio e todos “pq vai vender?” “faz isso não” mas ninguém queria saber de comprar o carro kkk. Já o C4 vendia igual pão quente.
    Esse novo parece mais feito para agradar a um público maior.

    • Thiago

      Como ex-dono de um C4 VTR (comprado em 2010, vendido em 2014), posso afirmar que comigo aconteceu o contrário. Vendi o meu com 60 e poucos mil KM sem nenhuma dificuldade, em menos de um mês de anunciado, pelo preço que desejava (preço de mercado, não torrei, nem estava com pressa de vender). Carro pra mim só deu alegrias, sempre fazendo as manutenções preventivas.

      • Edson Fernandes

        A bem da verdade é que muita gente negligenciava a manutenção do C4. E isso fez o mercado dele em parte ter uma grande desvalorização. Como era um carro cheio de recursos para uma epoca que ter air bag duplo e ABS já era um luxo, imagina um VTR que tinha muito mais? E a preço de Golf e Astra 2.0.

        Então muitos ignoravam as mensagens de erro no painel e deixavam acumular problemas. Por causa destes que quem tem um C4 VTR por vezes é negligenciado. Mas um bem cuidado vale muito a pena.

        Só te dando um exemplo bizarro disso: Um colega que levava o carro no mesmo mecanico que eu, comprou um C4 VTS(sim! o modelo de 180cv!) por R$25000 por causa de uns ralados e mensagem de ESP, ABS, air bag, ar condicionado funcionando de forma irregular. E ele ao invés de arrumar, resolveu apenas ver a parte de funilaria. Feito isso, vendeu o carro por R$28000 (para “ganhar” em cima do que pagou) e ficou por isso mesmo.

        Como o novo dono resolveu arrumar o carro no mesmo mecanico, se viu que o carro tinha os erros por causa de bateria, alternador e a cinta do air bag estava afrouxada e com o ajuste de direção, sumia a mensagem. Foi feito o ajuste da cinta (colocada na posição correta) e o carro apagou depois com o scanner todos os erros. O cara depois de arrumado se alguem quisesse venderia por R$50000. Perceba que ele nem gastou R$2000 nessas peças e manutenção… e tem um carro super unico e na cor vinho.

        • Thiago

          esses VTS eram moscas brancas mesmo. se o VTR já era divertido de guiar, imagino o VTS. quando eu estava a procura do que comprei ví muitos VTR judiados, acho que hoje deve ser ainda mais difícil encontrar um em bom estado. foi um carro que marcou época mesmo. design coupe único (ame ou odeie aquela traseira, eu achava beeem legal), motor potente, interior bem diferente pra época e mimos que não se encontravam em carros da faixa de preço… no fim das contas era um carro superior com manutenção de um carro 2.0 normal. teria um pra colocar na pista e brincar! infelizmente a familia cresceu e tive que ir pra um SUV (3008, não saí dos franceses hehehe)

          • Edson Fernandes

            Confesso que eu quero um caracol colorido para ter no proximo carro…rssrs

  • PEDAORM

    Essa bizarrice nunca trará de volta o espirito do VTR, só se for o espirito mal assombrado dele.

  • Jefferson Alves Goncalves

    espero que se caso chegue ao mercado os preços ja estejam voltado ao normal, e nao essa aberraçao que esta agora onde um onix custa 60k

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email