Fiat Hatches Projeções

Projeção: Fiat Argo Way poderia existir?

fiat-argo-way-project Projeção: Fiat Argo Way poderia existir?

A Fiat tem longa experiência em aventureiros no país. Não por acaso, ela começou com essa onda na virada do século e desde então seus Adventures conquistaram muitos consumidores no Brasil e fora dele. Mas, então veio a linha Way, mais leve visualmente e mais barata também.



Atualmente, apenas os modelos Mobi e Uno possuem versões Way, que custam a partir de R$ 41.790 e R$ 45.290, respectivamente, podendo ter motores 1.0 e 1.3, bem como opção de câmbio automatizado GSR. Mas, como sabemos, Palio e Punto estão de partida e quem dá as cartas agora é o Argo. Então, seria possível um Argo Way?

O novo compacto da Fiat tem apelo mais esportivo e um toque mais sofisticado, mas aparentemente não parece se enquadrar muito num estilo aventureiro. De qualquer forma, o leitor Diego Dalle Vedove fez uma projeção do Argo em configuração Way. O resultado é o que você vê acima.

Para dar uma encorpada no visual, Vedove adicionou um para-choque frontal mais robusto e volumoso, cujo estilo é semelhante ao da Toro, incluindo faróis de neblina e detalhes em preto brilhante. Na parte central, um grande protetor. Saias de rodas protegidas e molduras laterais com o nome “Way” estilizado. As rodas de liga leve são as mesmas da picape na versão Volcano. Mas, não há barras longitudinais no teto. Já os retrovisores são pretos.

Como comentamos antes, acreditamos que um Fiat Argo Way não teria um equilíbrio de formas e estilo, ficando mais para o lado esportivo. As versões Way devem permanecer com a dupla Mobi/Uno, que será a linha de entrada da Fiat. O que pode mesmo surgir para o Argo é outra proposta mais esportiva ou personalizada, algo como Blackmotion, por exemplo.

O Fiat Argo, com as versões comuns, já vendeu 13.163 unidades desde o lançamento e atualmente ocupa a 34ª posição entre os automóveis. No mês de setembro, o hatch fechou em décimo com 4.124 exemplares vendidos ante 4.075 de agosto. Agora no Top 10, o modelo terá a missão de suportar o ataque direto do Volkswagen Polo, numa disputa que promete ser acirrada em termos de vendas.

O Argo já assumiu a liderança em vendas dentro da gama Fiat, superando no mês passado Mobi e Uno. Equipado com motores Firefly 1.0 de até 77 cv, 1.3 com até 109 cv e E.torQ Evo 1.8 até 139 cv, o hatch compacto oferece ainda a opção de câmbio automatizado GSR na versão Drive 1.3 e automático de seis marchas nas versões Precision e HGT, ambas com motor 1.8.

Agradecimentos ao Diego.

 

 

COMPARTILHAR:
  • Pedro154

    O que o Argo precisa é de um câmbio AT6 para a versão 1.3. O GSR é mais adequado para Mobi e Uno.

    • th!nk.t4nk

      Posso discordar um pouco? O Argo é um carro “simples enfeitado”, não combina como nada mais sofisticado. Pra essa categoria de carro o automatizado de dupla embreagem é até luxo, IMHO. E Mobi/Uno deveriam ser só manuais, eles são algo até abaixo do que seria o Fusca hoje em dia (estão mais pros Tuk-tuks indianos). Pra efeito comparativo, o Onix com “kit dignidade” (LTZ) + AT6 vai pra 63 mil. Mesmo com descontos estamos ainda falando de um carro popular com nota zero em crash-test. Equipar esses populares com itens caros é como morar numa casa sem reboco na favela e colocar uma TV 60″. A ordem das coisas tá invertida no mercado.

      • Daniel

        quem tem automatizado de dupla embreagem? o Argo?
        Concordo que fazem muito barraco com tv de 60″ por ai. Mas não vejo isso em relação ao cambio automatico.
        O cambio automatico para alguns é necessidade, para outros, um conforto tão indispensável quanto o ar condicionado.
        Os cambios automatizados devem muito em conforto, e hoje, pelo preço que são ofertados, não vejo razão para não colocar o automatico convencional. O aisin 6marchas tem se mostrado muito confiável e equipado muitos carros por ai.
        Se a GM consegue colocar um AT6 num Onix 1.4, a Hyundai no HB20, a VW no Polo, a Fiat bem que poderia colocar um AT6 no lugar do GSR, sem aumentar o preço!

        Argo GSR – 59mil
        Onix AT6 – 55mil
        HB20 AT6 – 57,5mil
        Polo AT6 – 65mil

        • Car Xpert

          Vale ressaltar que o Onix AT6 não tem a disposição do 1.3 FireFly, justamente por causa do AT com conversor de torque que rouba potencia. O HB20 tem motor de litragem maior (1.6) casa melhor que o 1.3 l. E pra quem não dirigiu e não convive com o GSR o relato que acompanho é de que o câmbio casou Muito bem com o motor, ficou bastante ECONÔMICO e esperto e não rouba potencia.

          • Daniel

            cambio automatizado nunca roubou potencia… rouba conforto.

            O unico automatizado monoembreagem que vi ser relativamente confortavel foi o Easytronic das Meriva (sistema Bosch) que tinha o tal do creeping bem suave e melhor que os do dualogic plus

        • th!nk.t4nk

          Onix com o AT6 por esse preço é o peladão. Quanto ao sistema de dupla embreagem, foi só um exemplo do que seria aceitável no mercado hipoteticamente (em relaçao ao monoembreagem), mas cujo custo ainda seria proibitivo. Eu entendo sim que o trânsito brasileiro tá um lixo, mas na prática um carro popular AT6 é sim a tal TV 60″ num barraco sem reboco. Nao tem como negar, infelizmente.

          • Daniel

            O onix LT automatico é tão pelado quanto o Argo GSR.

            Não acho que um cambio automatico padrão (hoje, 6 marchas é padrão, exagero seria um de 8 ou 9 marchas) seja uma TV de 60″.
            E não falo apenas pelo conforto no transito, tem muito PCD por ai que deveria ter mais opção de escolha.
            E, para esses, um automatico com conversor é muito mais “obrigatorio” que um automatizado – que volta em ladeiras, ruim de manobrar, etc.
            Sei disso pq uma amiga, que é PCD fez a besteira de comprar um Fox i-Motion (mesmo eu tendo avisado). Pra fazer baliza com aquilo é uma tristeza! Ainda mais se for em rampa.

        • Rafael Lima

          A VW poderia vender uma Comfortline 1.6 AT por 60 mil sem alguns mimos da versão 200TSi, e a 1.0T pelo mesmo valor vendido hoje, seria bem superior a todos esses

          • Fernando

            Esse pulo de 10 mil reais do Polo 1.6 para o comfortline na minha opinião se deve ao UP tsi que tem modelo próximo aos 60 mil

            Imagina um Pólo automático por 60 mil. O UP já não vende tanto aí que iria sucumbir de vez.

            Aliás acho q o UP teria que custar 10 mil a menos em todas as versões para somente assim esse carro ser um bom negócio é visto como primeiro carro zero para muitas pessoas.

      • Raimundo A.

        Caro, infelizmente, nesse país justo, a dignidade sai caro na oferta de itens de um veículo e nem sempre é garantia de um bom produto como é o caso do zerOnix.

        Todavia, não vejo justificativa dizer que uma caixa automatizada de dupla embreagem é luxo porque em outros países piores que o nosso há veículos tão ruins quanto e tem dupla embreagem, conversor de torque, CVT. Quem acha que o March é premium, não é e usa CVT. O Onix, outro que é atrais pelo design e itens de conveniência num projeto questionável tal qual outros, e tem o conversor de torque.

        A Fiat, penso, atua pela conveniência e controle de custos não dispor o AT6 no Argo com 1.3, pois esse mesmo motor é usado com o GSR no Uno, que é outro que não vejo porque usar o GSR, ainda mais pensando no baque das vendas e numa futura geração, mas a Fiat quis assim.

        O GSR, sim, para o Mobi é condizente com a proposta de veículo de entrada, mas é o tipo de oferta que é boa por existir, mas pode ser dispensável por não se ver com facilidade.

        O consumidor aqui só paga por segurança se fizer parte do pacote, diga-se item de série. Na cabeça de …… de muitos, vale mais pagar por um CMM enorme, som de primeira, conectividade, a ter itens que não sabe se irá usar e não sabe pra que servem.

        • th!nk.t4nk

          Quantos March CVT você acredita que vendem no mundo? Valendo :) Dica: a imensa maioria é manual.

          • Rafael Lima

            Mas o March é um carro que vende pouco aqui, muitos veículos principalmente intermediários com câmbio automático tem boas vendas, é uma tendência do nosso mercado, o abandono dos veículos com câmbio manual

      • Car Xpert

        O Argo é bem superior a Ônix e aos concorrentes, incluindo nisso o interior que superou e muito em acabamento até o Pólo Golzão que decepcionou em acabamento. E o Argo pra faixa de preço é sim um carro muito caprichoso e muito bem construído, bonito e com acabamento acima da média.

        • Fabrício Sanches

          Concordo.

        • Rafael Lima

          Vocês querem acabamento emborrachado em carro de entrada? Aí tão querendo demais, a diferença do Polo e do Argo é só design mesmo, pois os plásticos não parecem ser de qualidade tão distinta

      • tiago

        E o polo? merece câmbio automático?

        • th!nk.t4nk

          Nao. No máximo em versão de nicho. Mas ainda faz mais sentido do que no Argo, uma vez que pelo menos o Polo tem uma estrutura decente (segurança é o mínimo do mínimo, antes de partir pra equipamentos caros).

          • tiago

            Qual é a segurança do Argo? nós nem sabemos…

            • Luconces

              Deve ser o Palio melhorado…

              Ou seja eu chuto 3 estrelas no teste.

              • tiago

                De três estrelas não deve passar por conta do ESP.
                Mas a estrutura não creio que seja lixosa, mas só aguardando para saber mesmo.

                • Luconces

                  Se o Polo passou e não tem ESP em todas as versões, o Argo tb passa.

  • Maycon Farias

    Honestamente ficou bem melhor que o modelo atual.

  • Alexandre Volpi

    Não ficou nada ruim, mas para mim o design do Argo não ajuda muito.

    • Car Xpert

      O Argo é muito bonito, essa é a verdade.

      • Luconces

        O Argo é bonito para o consumidor leigo e para vendedor da Fiat.

        • Malvino Jose Moreira Junior

          Leigo não! Gosto é pessoal cada um o seu! Tem gente que ama iphone , tem gente que ama o galaxy e por ai vai!

          • Luconces

            Ahan tá…

            Não tem comparação o Design Europeu adotado pela Fiat no Punto e Bravo com o Design Brasileiro de Mobi e Argo.

            Fora que, se você analisar o design do Argo encontra detalhes bestas como entrada de ar falsa ou contorno de caixa de roda cortado pela porta. Desculpa mas não tem nem o que comparar.

            • Malvino Jose Moreira Junior

              Sim Sim Europaaaaa > Brasil (gambiarra)! Porem ficou tipo que vc, falou mal das pessoas que acham bonito kkkk Por isso que falei que gosto é pessoal!

              • Luconces

                Kkkkkk nóis!

            • Malvino Jose Moreira Junior

              Agora sobre qualidade de construção e design vc esta correto.

  • everton nogueira

    Não dá ideia. Naturalmente a Fiat já gosta, imagina incentivando…..🤔🤔🤔🤔

  • Ricardo

    Pra que!? O normal já tem esses plásticos ridículos nos paralamas.

    • Luconces

      Apenas o HGT tem…

      Os abaixo não possuem.

  • Silvio

    Já tem muita opção de SUV e de “quero ser suve” no mercado. Deixa um pouco do mercado para carros “normais”.

  • Alexandre

    Por que a Fiat não manteve o nome de Pálio? É exatamente o mesmo carro, mesmo porte e tudo. Ficaria menos feio do que tentar passar a imagem de um carro superior. Por isso não tá vendendo…

    • Car Xpert

      Não tem praticamente NADA do Pálio, quanta gente desinformada!

    • Car Xpert

      Já passou Sandero e das 4.100 unidades mensais. Pra um carro acima de 46 mil que acabou de ser lançado e que muitos ainda não conhecem, tá vendendo é bem.demais já tão rápido

      • Rafael Lima

        descontos, a Fiat ta dando muitos descontos nos Drive 1.0 e 1.3

    • Paulo Júnior

      Você já entrou no Argo ou está falando por achismo?

      • Rodrigo

        UM LIXO, PARECE UM GOL 1.0 G5, PAINEL PORCO, CONSOLE CENTRAL RIDÍCULO E BANCOS DE PALIO.

        NEM MESMO FUI AO ATENDIMENTO INFORMAR QUE QUEIRA VER UM CARRO, O VENDEDOR VEIO DESESPERADO QUASE PEDINDO PELO AMOR DE DEUS PRA COMPRAR ESSA TRALHA!!!

  • Ailton Junior

    Pra mim seria uma boa. Ando muito em estrada de chão. Só que teria que ser um Way mais discreto como essa projeção

  • Tosca16

    Pode mas não como essa projeção matando o design do carro.

    • Car Xpert

      Ficou muito bonito, isso sim!

      • Tosca16

        Esse visual com faróis auxiliares redondos e etc não me agrada.

  • Zé Mundico

    Olha, vindo da Fiat, eu não duvido de nada…

  • Daniel dos Santos

    Se der lucro, tudo bem

  • Raimundo A.

    O New Fiesta na Europa ganhou uma versão aventureira. O HB20 com design esportivo tempo depois ganhou a versão X. Especulam que o médio Focus terá versão aventureira na Europa. Aqui ainda temos Sandero Stepway, CrossFox, WR-V que é uma nova cara ao Fit, UP! Cross.

    Estranho a Fiat não ter lançado um Way do Argo já no lançamento. Acho mais atrativa tal opção que pagar tão caro quanto por um HGT que não entrega desempenho de fato como o Punto T-Jet fazia. O Argo HGT está para o Punto Sporting.

    Aliás, a Fiat estragou o termo HGT, pois antigamente essa sigla de fato entregava desempenho acima de outras versões mantendo mecânica aspirada. No caso do Argo, tendo duas versões com o mesmo 1.8, a HGT não passa de um Sporting que explora mais o visual restando desempenho pouco melhor.

    Por isso, um Argo Way com 1.8 MT/AT6 seria interessante. Não tem pretensão de ser esportivo e na prática mal convence como faz o HGT, mas claramente teria coisas que no dia a dia estão sendo objeto de atenção do público como vão livre maior, design bonito e ao mesmo tempo robusto, etc.

    O que pode não motivar um Argo Way é um SUV menor na faixa de preço que o hatch teria, apesar de não ver limitação quanto a isso. Apesar de atrasado e ter sofrido ao que parece mudanças, o planejamento que seria válido até 2018 prever um B-CUV na Fiat que teria migrado após novela que não terminou para a Jeep.

    Em tese, o produto abaixo do Renegade a depender da versão teria preço na mesma faixa de um possível Argo Way. Produto dedicado SUV teria mais aceitação que um com apelo SUV que seria o caso do Way, evitando sobreposição de produtos, este último tenderia a não ser ofertado, embora o desenvolvimento para um Way do Argo seria mais rápido e com investimento menor. Contudo, o alcance de um Argo Way seria bem menor a um Jeep abaixo do Renegade.

    • Car Xpert

      O HGT desde o Brava etc nunca foi tão mais esportivo não… O T-jet sim fazia esse papel..

  • Fernando

    o q a fiat precisa é fazer algo decente. testei um argo hgt, só por curiosidade mesmo, no fim de semana passado. vc entra e a primeira coisa que chama atenção é o painel. legal é um ótimo cartão de visitas. mas depois desvie o olhar pras portas ou pra traseira e a decepção começa a tomar conta. depois saia para dirigir e perceba que embora o 1.8 de conta tranquilamente de embalar o carro, ele demora um pouco para sair. e lembre que sendo 1.8 o consumo deve ser maior que um 1.0 por exemplo. por que estou falando isso. pq ele tem um sério concorrente que é o polo 1.0tsi. não entrei ainda no polo e tão pouco sou fã de qq marca pra ficar babando ovo de uma ou outra. mas como vc vai explicar pagar 81k num argo hgt, tendo um carro por 75k que traz até mais itens e maior conforto que um de 81k e além disso promete menor consumo? pra mim não tem como justificar. sinceramente acho que a fiat está numa sinuca de bico. a meu ver esse argo precisaria de um motor 1.0 turbo até pra ficar mais barato e competitivo. 3 não de pseudo versões aventureiras ou performáticas. mas o pessoal da fiat deve saber mais do que eu.

    • thi

      O Argo he fraco mesmo , consumo tb , 9km / l na cidade .

    • Car Xpert

      Discordo de vc, o acabamento do Argo nas portas, e todo o interior do carro é um belo cartão de visitas, desde o desenho interno das portas, desde o acabamento dos painéis de portas, bancos, plásticos texturizados de ótima aparência e agradáveis ao toque… Agora o que vc falou se aplica PERFEITAMENTE ao Polo, que ao observar os painéis de portas (de acabamento pobre, muito simplório, acabamento de gol), porta malas sem revestimento na tampa (inclusive no Tsi), bancos de gol, interruptor do tempo do gol bolinha, direção de gol, mostradores de gol e Fox no painel das versões de entrada, retrovisores MANUAIS, porta luvas com acabamento bem fraco, ali sim se torna UMA GRANDE DECEPÇÃO… Aquele cluster digital serve pra desviar a atenção das falhas e vacilos de acabamento e economia no interior do Polo.

      • Fernando

        Como falei apenas comparei A versão do argo hgt. Quanto ao argo Não gostei do acabamento das portas. Até a maçaneta interna ja estava frouxa no carro q testei. Outra coisa q não me agradou q não comentei antes foi o espaço para as pernas na frente. Estreito. E por fim, não entrei no pólo como eu disse. Mas não acho q o polo possa ter um aspecto tão pior do q do Argo.

  • Alessandro Araujo

    O primeiro aventureiro foi o Cross Fox.

    • Pedrob

      O primeiro foi o Palio Adventure, em 1999. O CrossFox foi beeem depois.

    • Duh

      Quem lançou essa moda foi a Fiat msm.

    • Car Xpert

      Cross Fox é novato diante do Vovô Pálio Adventure…

    • Daniel

      Na verdade, o primeiro foi o Gurgel SuperCross… a Fiat só imitou o estilo

      • Pedrob

        De fato eu não conhecia esse Gurgel! Bem colocado!

    • REDDINGTON

      Tá Serto…

  • Car Xpert

    Só sei que ficaria bacana um Way do Argo, mesmo eu achando que o estilo dele combina MUITO MAIS com um Argo BLACKMOTION ou uma versão tipo essa que foi lança da Toro, BLACKJACK.

  • pedro

    Até que ficou interessante este visual, pois o Argo sem os apliques do HGT fica muito simples.

  • Jeremias Flores

    ficou melhor que outros modelos do mercado.

    eu gostei

  • Luconces

    Ficou ruim não, ainda mais que deu utilidade para a entrada de ar falsa que tinha no parachoque!!

    O que me chama a atenção é essa roda com 5 parafusos kkkkkkk

    Do mais, a projeção também confirmou um ponto chato do projeto do Argo que é o corte da caixa de roda traseira pela porta traseira… colocar um aplique plastico apenas na porta seria tosco.

  • G. Filho

    Só vejo plásticos…

  • leomix leo

    Andei em um Argo essa semana, e com apenas 2500k o painel já apresenta estralos e grilos nas portas, falei com minha amiga para levar na Css, ela disse que vai aguardar a revisão. Acho um absurdo isso, um carro caro e com esses grilos e tec tec dentro com menos de 50k rodados.

    P.S.: ela só roda em paralelepípedos um trecho de no máximo 800m, que é para poder chegar na entrada no condomínio dela, imagina esse carro andando em uma cidade toda esburacada, vai virar uma escola de samba.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email