_Destaque Audi Europa Hatches Mercado Projeções Volkswagen

Projeção: Novo Audi A1 com plataforma MQB

novo-a1

A próxima geração do Audi A1 é esperada para 2018. Assim como os próximos compactos do grupo Volkswagen, sua plataforma será a MQB A0, uma versão encurtada da base que hoje está em boa parte dos modelos do conglomerado alemão.

De acordo com o site Omni Auto, o Novo A1 terá estilo frontal inspirado no Novo A5, mas sua carroceria terá linhas semelhantes às do Audi Q2. Por conta da MQB A0, o tamanho do compacto de luxo ficará em torno de 4 metros, contando com 2,56 metros de entre eixos.

Essa deverá ser a medida padrão de entre eixos que a MQB A0 irá impor aos novos produtos do grupo Volkswagen, sendo essa uma medida de redução de custos. Hoje a MQB padrão tem em torno de seis tamanhos diferentes e, segundo a VW, essas diferenças geram custos.

Outra mudança será o fim da versão de duas portas. Embora ainda tenham clientes dispostos a ter apenas duas entradas, o número de vendas está caindo e muitos mercados não aceitam mais essa opção, vide o Brasil, por exemplo, onde só a versão Sportback é disponibilizada.

Apesar de maior, o Novo Audi A1 será mais leve que o atual e terá uma gama de motores inteiramente baseada nas tecnologias TSI e TDI, começando pelo 1.0 TSI de 82 cv, já oferecido no A1 atual. Também comenta-se de um TDI de três cilindros, que faria parte do pacote.

Uma variante híbrida deve aparecer também, mas não há informações sobre uma eventual opção 100% elétrica (e-tron). Por fim, tecnologias mais atuais de condução e segurança deverão ser integradas ao Novo Audi A1, que poderá receber um cluster Audi Virtual Cockpit, tal como o Q2.

polo-2017

Polo e outros

Ao mencionarmos o Novo Audi A1, não é difícil imaginar também como ficarão os demais compactos do grupo Volkswagen. O Polo é o principal deles e chega já em 2017, tendo no rastro o espanhol Ibiza e o tcheco Fabia, este último provavelmente apenas em 2019, pois foi renovado há pouco mais de um ano.

O tamanho maior por conta da MQB A0 é um fator determinante na carreira do Polo, que irá subir para em torno de 4 metros e ter 2,56 de entre eixos, bem acima dos atuais 2,47. O ganho em espaço e porta-malas será importante, assim como em largura, pois também crescerá para os lados.

Se ele seguirá esse caminho, outros também o farão. A versão sedã deve também aumentar suas medidas. A Volkswagen também terá um SUV compacto, derivado do conceito T-Cross Breeze, com tamanho próximo. Como a intenção da VW é expandir a plataforma para mercados emergentes, teremos modelos regionais na China, Índia e naturalmente no Brasil.

volkswagen fox run 2017 1

Gol e Fox?

David Powels deixou claro no lançamento do Gol 2017, que a Volkswagen irá introduzir quatro modelos novos baseados em uma plataforma global no mercado brasileiro. Essa é a esperada MQB A0, de acordo com rumores.

Como se sabe, um deles será um SUV compacto, confirmado pelo próprio presidente da filial brasileira. Já os outros três ficaram em segredo. No entanto, algumas fontes falam que o Gol herdará essa plataforma e, naturalmente, seu equivalente sedã, o Voyage.

Se assim for, então o terceiro membro da fila seria o Fox, mais alto e volumoso que o Gol, o compacto tem boas vendas e lidera entre os modelos de entrada da marca. Ou seja, não há motivo para matá-lo. Com a nova geração, sua posição ficaria elevada e ocuparia de vez o lugar que foi do Polo no passado.

E os demais nacionais? A Saveiro 2017 já indicou oficialmente seu afastamento da família Gol e provavelmente virá sobre a plataforma PQ25, que deverá ser compartilhada com o próximo Santana. Rumores falam que o sedã compacto “grande” virá e terá um desenvolvimento local, apesar da plataforma. SpaceFox? Com a chegada do SUV compacto, talvez não faça sentido mantê-la no lineup.

[Projeção: Omni Auto]







Send this to friend