Crossovers Híbridos Honda Projeções

Projeção: Novo Honda HR-V vai crescer e pode apostar em hibridização

Projeção: Novo Honda HR-V vai crescer e pode apostar em hibridização

O Novo Honda HR-V deve surgir no mercado japonês, como Vezel, até o final deste ano. Pelo menos se espera sua aparição pública ou virtual para 2020, mas com vendas realmente em 2021.


Como já mencionado pela imprensa nipônica, a nova geração do HR-V ficará maior que o modelo atual, tomando o mesmo chá de crescimento que os irmãos Honda Fit e City.

Dessa forma, o HR-V migrará para um nível acima, se aproximando mais do Jeep Compass, embora não com a mesma proposta de estilo, mantendo-se mais como um crossover mesmo.

Esse aumento de tamanho pode vir junto com maior ênfase da Honda em hibridização, já que em mercados como da União Europeia, a marca precisa ter média de CO2 emitido em até 95 g/km.

Além disso, muitos mercados já estão exigindo aquilo que geralmente é visto apenas no Japão, sua variante híbrida. Nessa projeção de Kleber Silva, o Honda HR-V 2021 aparece com forte influência do Accord.

Projeção: Novo Honda HR-V vai crescer e pode apostar em hibridização

Contudo, ele se aproxima muito da proposta do híbrido Insight, que é um Civic 10 eletrificado e modificado visualmente. A frente com faróis full LED cortados pelo cromado da grade pronunciada, assim como frente mais alta e encorpada, devem dar uma cara mais robusta ao HR-V.

Com arco de teto curvado, o Honda HR-V 2021 proposto na renderização, reforça seu estilo próximo de cupê, que surgiu com ele em 2014. Tendo teto preto, linhas marcantes e lanternas em LED e traseira avolumada. Dessa forma, pode-se esperar pelo SUV próximo de 4,40 m ou até acima disso.

Ainda não se sabe se a plataforma do Novo Fit irá sustenta-lo, mas tudo levar a crer que sim, visto que a atual já se provou bem elástica para gerar variantes muito maiores que as propostas iniciais.

Outro ponto interessante é que, nesse porte, o motor 1.8 i-VTEC deve ser substituído pelo 2.0 ou 1.5 VTC Turbo com programação para 150 cavalos e pouco mais de 20 kgfm, como existe no Japão, deixando assim a versão Touring com a calibração do CR-V com seus 190 cavalos. O câmbio CVT é praticamente certo.

Apesar dessas duas opções, ele poderia vir sem nenhuma e focar no híbrido abaixo, com o 1.5 VTC Turbo de 173 cavalos do Touring.

Neste primeiro, o conjunto do Insight tem motor 1.5 Earth Dream Atkinson de 110 cavalos e 13,6 kgfm com propulsor elétrico de 130 cavalos e 27,1 kgfm, entregando uma potência combinada de 154 cavalos. Com CVT, poderia servir bem ao HR-V maior e ainda permitir a produção do sedã híbrido por aqui.

[Projeção: Kleber Silva]

Avatar

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

          Quem somos

          O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

          Notícias por email