Projeção: Uma visão do Peugeot 1008 de fabricação brasileira

Projeção: Uma visão do Peugeot 1008 de fabricação brasileira

O Peugeot 1008 será um produto de produção nacional nos próximos anos e também será vendido no mercado europeu. Com produção em Porto Real-RJ e Trnava, Eslováquia, o SUV compacto da marca francesa terá um estilo mais parrudo.


Feito sobre a plataforma modular CMP, o Peugeot 1008 terá 4,15 m de comprimento e será um produto acima do Novo Citroën C3 Sporty, que será fabricado na mesma planta fluminense a partir do segundo semestre.

Visto em esboços, o Peugeot 1008 terá a missão de ser o elétrico mais barato da marca na Europa, indicando que, mesmo sendo um pouco maior que o e-208, o e-1008 custará menos de € 20.000.

Nessa projeção, o Peugeot 1008 aparece como um SUV com formas de cupê, deixando o teto cair ligeiramente e se distinguindo dos esboços já mostrados.

De certa forma, ainda não se sabe exatamente como ele será, embora as imagens anteriores sejam da ex-PSA. Ainda assim, se tiver um formato como esse do conceito, o modelo atrairá a atenção por ser um pouco menos familiar que o Novo C3.

Sendo pouco maior, ele também deve se posicionar mais caro, se a imagem da Peugeot contribuir para isso. Na mecânica, o pequenino passará longe de uma eletrificação plena por aqui.

Sem infraestrutura no país e sem incentivos fiscais, fica difícil imaginar o Peugeot 1008 sendo produzido aqui com motor elétrico e bateria de lítio. Se a política não mudar até 2024, ele deverá sair de Porto Real com motores Firefly 1.3 e Firefly 1.0 Turbo, além de CVT.

Nesses moldes, ele substitui o Peugeot 2008 atual, que mede a mesma coisa e não foi substituído pela nova geração, que pode vir importada ou argentina, talvez nem mesmo venha de fato.

Aí, a Peugeot pode explorar o 1008 em preço e trazer um rival para o VW Taos e Toyota Corolla Cross, fazendo assim uma ligação direta entre os dois.

[Projeção: LatestCarNews]

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.