Brasil Ecologia Governamental/Legal Mercado

Projeto de Lei pede fim do mercado de carros a gasolina no Brasil

Projeto de Lei pede fim do mercado de carros a gasolina no Brasil

Um projeto de lei em discussão no Senado Federal pode colocar um fim ao comércio de carros movidos por motores a combustão. No entanto, a data proposta está muito longe para boa parte dos motoristas atuais: 2060. Essa é a proposta do PLS 454/2017, que estava tramitando na Comissão de Assuntos Econômicos.


Nessa comissão, o projeto de lei teve parecer favorável para execução e agora ele está sendo debatido pelos senadores da Comissão do Meio Ambiente (CMA). O texto prevê que somente os carros movidos a gasolina e diesel, ou seja, derivados do petróleo, tenham suas vendas encerradas daqui a 40 anos.

Os veículos movidos por combustíveis alternativos, como etanol e hidrogênio, por exemplo, continuariam a ser vendidos no país. No entanto, para alcançar essa meta, a proposta é que haja uma redução gradual no percentual de veículos a combustão com gasolina e diesel nos próximos anos.

Projeto de Lei pede fim do mercado de carros a gasolina no Brasil


Pelo projeto, 90% das vendas serão de carros com motores a combustão em 2030. Em 2040, esse percentual cairia para 70% e em 2050, apenas 10% do total. A proposta para o Brasil é semelhante a que vem sendo adotada por outros países. A Holanda, por exemplo, quer acabar com os carros a combustão (gasolina e diesel, essencialmente) em 2025.

A Noruega vai pelo mesmo caminho, enquanto Alemanha e França planejam fazer o mesmo por volta de 2030. Até a Índia, um país com baixa motorização por habitante, quer eliminar as vendas de carros a gasolina e diesel no mesmo ano, seguindo assim uma tendência mundial de conversão da frota atual para carros elétricos ou abastecidos de outra forma.

Nesse caso, o hidrogênio aparece como solução alternativa ao carro elétrico em alguns países, mas poucos fabricantes apostam nisso agora. Toyota, Honda e Hyundai são os únicos que já comercializam carros com esse combustível. O etanol surge como outra opção, mas o mesmo só é difundido no Brasil. O GNV ainda é outra opção para algumas regiões.

[Fonte: Exame]

 

Projeto de Lei pede fim do mercado de carros a gasolina no Brasil
Nota média 4.2 de 5 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • rodrod

    Esquerdismo (doença mental) tomando conta dos parlamentares…

    • Eng Turbo

      Globalismo….que é o oposto de Globalização

      • Raul Cotrim de Mattos

        Explica pra gente porque isso é globalismo.

        • Wendel Cerutti

          em poucas palavras , governo mundial .

        • th!nk.t4nk

          Por “globalismo” supoe-se uma conspiraçao internacional pra empurrar determinadas paulas, mas cá entre nós, neste caso parece pura e simples ignorência. É só mais um dos projetos inúteis saído da cabeça de alguém com nenhum conhecimento sobre tecnologias de mobilidade. Quisera fosse algum conspirador mesmo, pelo menos teria alguma inteligência por trás.

        • Eng Turbo

          Inicialmente vc tem que entender o que é o globalismo, após isso será facil identificar que isso é exatamente a aplicação desse tipo de “governo”.
          Esqueça essa teoria da conspiração, e tudo mais que vc escuta por ai.
          De forma ABSURDAMENTE simplista:
          Globalização: Cada um foca no que faz melhor, assim todos terão vantagens comerciais com todos.
          Globalismo: Todos farão de tudo (Independente se tem capacidade ou nado) a economia fica planificada (Em um nivel baixo) e as decisões são globais (Globalismo)
          Entendeu essa ideia de limitar os carro de origem fossil de forma global, independente da realidade de cada região?

    • Toyo_Highlander fan

      Uma doença que é incentivada pela elite maligna. Só se destrói um povo com a ideologia de esquerda. O exemplo está aí: querem acabar com a liberdade das pessoas de ir e vir ao comprar carros a gasolina ou até mesmo pôr o combustível fóssil em seus veículos. O pior é que a “reportagem” não diz quem é o autor dessa “magnifica” idéia psicótica! No mínimo deve ser do Rede, PT, PSB ou até mesmo do PSOL.

      • dani_vs

        PLS 454/2017 de autoria do Senador Telmário Mota (PTB/RR).

        • Cesar

          Partido Trabalhista Brasileiro cujo uns dos ícones era ninguém menos que Leonel Brizola. O Presidente é Roberto Jefferson. Todos amigos de longa data do Santo de Curitiba e pertencente ao Foro de São Paulo.

          • Raul Cotrim de Mattos

            Vocês tiozão do zapzap só passam vergonha na internet. Este PTB não é o mesmo partido fundado por Vargas e é um partido oportunista que nada tem a ver com Vargas, trabalhismo ou nacionalismo. É um apoiador do governo Bolsonaro, sabia? O PDT é que foi criado por Brizola, substituindo o antigo e verdadeiro PTB de Vargas… santa ignorância!

            • Toyo_Highlander fan

              Me mostra aí se o PTB fazia parte da coligação de partidos do Bolsonaro, oh Cotrimnóide?

              • Ducar Carros

                Fazia parte da coligação do Alckmin, que é considerado a ala mais à direita do PSDB, tanto que foi padrinho do Dória.

                • Toyo_Highlander fan

                  Falou que alckmin é de direita, nem dá para continuar a conversar. PUTZ!!!!

                  • Ducar Carros

                    Falta de leitura dificulta a compreensão de textos, “mais à direita do PSDB” não quer dizer que ele seja de direita, ele é centro-direita.

            • Cesar

              Amigo,
              Sugiro estudar um pouco. Até pouco tempo, Jefferson era um dos melhores amigos do Nine Fingers e só entregou o mesmo para tentar salvar a pele no mensalão.

              • Ducar Carros

                O PSDB pode ser enquadrado como centro-direita, pois possui alas mais à direita, em crescimento, e outras, mais ao centro e para a centro-esquerda, em decréscimo.

                Tanto é que o Dória (PSDB) está flertando com o mesmo público do Bolsonaro…

          • Raul Cotrim de Mattos

            Alias, a direita hoje é tão vira-lata e paranoica que até Vargas virou inimigo… vcs são doentes

            • Ricardo

              kkkk, esses caras são doentes. Bando de lunáticos que não entendem absolutamente nada.

          • Toyo_Highlander fan

            PTB é um item clássico da ESQUERDA.

            • Cesar

              Exatamente

        • Toyo_Highlander fan

          PTB é um partido de ESQUERDA.

          • JCosta

            Na verdade, não existe partido de direita no Brasil. No máximo centro.

          • André Luis Versiani

            Exatamente!

      • Raul Cotrim de Mattos

        Santa ignorância…

        • Toyo_Highlander fan

          Acaba de responder um com essa doença! A coisa é séria mesmo! A verdade dói, mas deve ser dita, ainda que a histeria a reação disso seja partida de alguns lobotomizados.

          • Raul Cotrim de Mattos

            Aoooo tiozão do zapzap… dó!

          • Raul Cotrim de Mattos

            Daqui a pouco até o PSL vai ser considerado de esquerda… tudo que não agrada essa molecada idosa automaticamente vira ‘comunista’.

            • Diego Lip

              na época da ditadura militar, vc só poderia ser comunista se fizesse o curso recebesse o diploma. Hoje, só basta discordar de alguém para virar comunista.

    • Zé Mundico

      Não tem nada a ver com esquerdismo, direitismo, ou seja lá o que diabo for. É uma nova orientação econômica e produtiva mundial, vai atingir países e governos de “esquerda”, ‘direita”, “centro”, de baixo, de cima, fora e dentro.

      • Adriano Raizer

        Tem tudo a ver com o Estado se intrometendo na economia, na vida das pessoas, dizendo o que elas podem ou não podem fazer. E alguém acha mesmo que o Estado é competente e tem a boa intenção para saber qual é o melhor timing para mudar a matriz energética com eficiencia e sustentabilidade? Os páises europeus não conseguem atender nem de longe a demanda atual de energia elétrica com fontes limpas e renováveis por exemplo.

        • Raul Cotrim de Mattos

          Se não fosse o Estado, nem sinto de segurança as pessoas usariam. Se não gosta de Estado, vai pra Etiópia ou Haiti. Lá o Estado é praticamente inexistente. Terra perfeita pra anarco-capitalista.

          • Chevalier

            Nem precisa ir tão longe. Em muitos lugares do Brasil onde o Estado não está presente, a barbárie impera. As pessoas não têm a menor noção do que é a ausência de Estado.

            • Raul Cotrim de Mattos

              Pois é. Até os Estados Unidos são um grande exemplo de presença e regulação estatal. Não sei da onde essa molecada tira essas ideias…

              • Chevalier

                Estados Unidos, China, Rússia… Todas essas “potências” mundiais tem uma presença maciça do Estado.
                Se viver com a presença do Estado desagrada, sem então seria o caos.

                Coloquei entre aspas porque não são exemplos de respeito aos direitos humanos.

          • Blackk

            O que ele quis dizer não foi isso, por exemplo veja se os EUA tão implantando medida pra acabar com carros a combustão se eu quiser comprar um carro a combustão o problema é meu e não do estado.

            • Diego Lip

              Negativo, o problema é do Estado e da sociedade também, pois carro a combustão solta fumaça/poluentes, atingindo a todos e isso poderá ser cobrado de ti depois.

              • Blackk

                Não o suficiente para eu precisar me preocupar, ou você acha que o ar em são paulo é por causa do automóveis, e na China que menos de 5% da pop. tem carro e o ar é ridiculamente poluído eles tem que apertar para as indústrias e não pro consumidor

                • Diego Lip

                  Um problema não vai anular o outro, o consumidor tbm tem a sua parcela de culpa, acerto do Estado.

      • Diego Lip

        Alguém lúcido aqui, eu já estava ficando com medo com tana ignorância nos comentários.

      • Eng Turbo

        Nosso colega rodrod tem razão, isso é obra de governos Globalistas de esquerda sim. Esqueça essa historia de teoria da conspiração, isso é realidade, porém não é divulgada propositalmente.

    • gabriel avila

      Nem tudo se trata da polarização “esquerda/direita”. A tendência mundial para fontes renováveis e limpas é muito válida. O foco aqui é reduzir a poluição nos grandes centros e trazer qualidade de vida a todos.

      • Matafuego

        E quem está ditando esta tendência? Quem está bancando esta tendência? Follow the money!

        • th!nk.t4nk

          Basicamente todos os países desenvolvidos, exceto os EUA. Ou seja: direita, esquerda, localistas, globalistas. Todos estão empurrando pautas de proteçao ao meio-ambiente. A questao no caso do Brasil é outra: um monte de parlamentar sem nada na cabeça, atirando aleatoriamente pra todos os lados. Esse projeto da matéria é risível pra um país como o nosso, onde nao há plano concreto algum pras próximas décadas, só uma pilha interminável de problemas bem maiores pra resolver (inclusive relativos ao próprio meio-ambiente: até hoje temos lixoes a céu aberto pelo país todo, jogando metano a rodo na atmosfera).

          • Matafuego

            Não são todos que estão ditando esta tendência. E quem está querendo a mudança não está preocupado com o meio ambiente. Há muita discussão sobre ter os carros elétricos, mas quase nenhuma sobre como a energia que abastece os carros elétricos será gerada.

            Não adianta nada usar carros elétricos se a energia continuar sendo gerada por usinas de carvão e óleo diesel. Substituir todas elas por usinas eólicas ou solares é inviável, pois não é em todo lugar que venta e o sol não brilha 24h por dia.

            Ademais, não confio nem um pouco em ecoterrorista. O Al Gore ganhou uma fortuna fazendo alarme sobre o clima, alertando inclusive sobre como os oceanos iriam subir caso o Ártico perdesse todo o gelo no verão (estimado para 2013). Nenhuma previsão do safado se confirmou e ainda por cima ele comprou uma mansão milionária em uma praia.

      • RicardoVW

        Tendência mundial de países desenvolvidos, Brasil está muiiiiiito longe disso!

      • TchauQueridos

        Podiam começar reduzindo poluição dos grandes centros com saneamento básico e tratamento de esgoto.
        Pleno seculo 21 nem isso Brasil faz!
        Só se juntam pra fazer baboseiras…

    • Mas nos demais países , incluindo os citados na matéria e os que não foram citados também seria algo da esquerda? Praticamente todos os países têm política de controle ambiental, passando por Japão, países da Europa e até oriente médio.

    • Raul Cotrim de Mattos

      Explica aí pra gente porque isso é esquerdismo.

      • Toyo_Highlander fan

        Vc já é um exemplo para essa resposta do porquê existe a doença do Esquerdismo.

        • LL

          vc é outro exemplo de quando o gado não tem argumentos fica repetindo 1000x a mesma coisa, sem explicar o ponto de vista ou debater…

          • Toyo_Highlander fan

            Então apresenta aí um argumento sustentável, sabichão!

            • LL

              Não perco tempo com quem diminui toda discussão com a baboseira de direita e esquerda, como se no Brasil existisse diferença entre elas…
              Mas só pra refletir:
              -Vamos pensar em eficiencia energética?
              -Fontes renovaveis? (o planeta ta se acabando)

              -menores emissões de CO2 (pense nos grandes centros)
              -Preço do petroleo, cada dia mais alto elevando o custo de pessoa fisica e juridica

              -Acordos ambientais mundiais cada dia mais fortes, interferindo em praticamente todos os setores, paises com selo verde nos deixando de escanteio.

              Não acho que o futuro do BR seja carro eletrico, primeiro pelo nosso tamanho continental, segundo pelo preço e falta de estrutura, nem energia eletrica total temos… mas acho que carros hibridos a alcool podem sim ter futuro, até pq a tecnologia ja esta pronta, é so popularizar, além dos de hidrogenio por exemplo…

              • Ricardo

                Cara não perca seu tempo tentando trazer luz à cabeça vazia desse bando de lunáticos. Esses caras são como os aiatolás do Irã.

    • N I

      Essa discussão é um classico exemplo de como um petistoide desvirtua uma colocação que o incomoda. Ele procura qualquer tópico correlato irrelevante e fica discutindo em cima dele pra chamar a atenção dos desavisados. É a mesma técnica dos batedores de carteira distraindo as vítimas. haha

    • LL

      Pode dissertar sobre seu pensamento tão profundo? fiquei curioso…

    • José Castro Neto

      Um energúmeno que dá uma idéia assim será que vai topar andar a pé???
      Hidrogênio tão cedo vinga. O presente é híbrido. Elétrico só vai quando tiver motor a combustão como gerador (tipo o BMW i3). Brasil é continental e infraestrutura não é igual as maiores cidades.

    • Ricardo

      Santa ignorância…

  • leandro

    Que lindo… se preocupam com projetos de lei para daqui a 40 anos para o meio ambiente enquanto milhares morrem todos os anos por causa das leis frouxas de trânsito e regulamentos arcaicos de agora…

    • Raul Cotrim de Mattos

      Exato… Em 2060 quase ninguém terá carro a combustível mais. São quase 50 mil mortes por ano no trânsito, quase o mesmo número de homicídios, mas o povão aplaude quando falam em retirar radar.

    • LL

      Se não tivesse feito isso com itens de segurança, vc realmente acha que eles estariam em 100% dos carros hj???

      • leandro

        Aí que está! Vc acha que já estamos em um nível elevado? Falta muito ainda em termos de segurança para o ideal, mas é coisa rápida de se resolver, e não se resolve!
        Com os lançamentos recentes ficou comprovado que é muito simples adicionar itens de segurança em automóveis nacionais…
        Basta obrigar por lei e pronto, de um prazo de 1 ou dois anos e já era! Mas não…fica a conta gotas…pq as montadoras ficam chorando miséria pro governo e explorando nós cidadãos!
        Depois que tiver padrões mínimos e aceitáveis de segurança, creio que podemos entrar no mérito de discutir sobre motores a combustão… aqui sempre se quer começar a construir a casa pelo telhado!

        • LL

          Estamos abaixo do minimo na minha opinião, concordo com vc…
          Discordo que é muito simples, apenas air bag e abs foram 5 anos antes para implantação, algo da decada de 50, mas ainda fora da realidade dos carros nacionais, que mesmo assim tentaram nos ultimos minutos prorrogar ainda mais o já longo prazo…

          Agora imagina algo realmente sério, como matriz energia que demanda uma serie de pesquisa e investimento, não existe a possibilidade de ser em um ano ou dois, iriamos entrar em caos, com sindicatos e empresas.

  • Véi, que projeto demente é esse?

  • rodrod

    O ideal ao meu ver seria usar células de combustível!

  • Excelente, basta copiar o projeto de lei de outros países e achar que vai dar certo aqui…

  • Tubarão

    Se eu não me engano, Londres também está com um projeto parecido de proibir até 2040.
    Então isso é meio que o “fluxo normal” para onde a tecnologia e o desenvolvimento estão caminhando

    • Mas qual é o tamanho de Londres(e da inglaterra) e qual é o tamanho do Brasil e uma cidade do porte do RJ por exemplo?

      • Tubarão

        Eu concordo com vc, a Inglaterra é muito menor que a cidade do RJ e tbm sou um amante de carros e ronco de motor mas se nós não acompanharmos o desenvolvimento, sempre seremos o tal país de terceiro mundo. E temos 20 anos de lambuja a mais pra gente mudar isso

        • Bil

          1/3 dos brasileiros tem cocô passando na porta de casa! Parem de viver em bolha! Existem muitas coisas a serem resolvidas antes de impor algo desse tipo!

  • Cassio

    Até parece que esses políticos inúteis sanguessugas não tem o que fazer. O país afundando e o povo palhaço pagando pra esse tipo de imbecilidade. Lamentável.

  • Eng Turbo

    Que tal termos uma meta pra Saneamento Basico? Não precisa ser para 2060, pode ser mais agressiva, que tal pra…..agora

    A maior parte da população não tem água potável e/ou esgoto recolhido (Imagina tratado) e estão pensando nos problemas de países de 1º mundo

    • Emanuel Schott

      Existem leis referentes ao saneamento basico. De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, nem lixão deveria existir mais. Mas quem diz que a implementação das médidas são fáceis?

      • Eng Turbo

        Vc tem toda razão! O que ocorre é que perdemos tempo e dinheiro pensando em soluções de problemas de países de 1º mundo, e mudamos o foco dos nossos reais problemas, os quais são absurdamente mais urgentes.
        A implementação dessas medidas são MUITO fáceis e baratas, porém não há interesse, pois isso não da voto, não aparee (Fica enterrado na sua maioria) e a população nem sabe o quanto é vital, não dando a devida importancia (Dificil sentir falta de algo que nunca teve)

    • Miguel

      Uma coisa não exclui a outra!

      O saneamento básico não é feito porque ninguém se importa, nem as pessoas que moram na beira de um valão. Políticos então…

      • Dario Lemos

        Resumiu, em poucas palavras, o assunto.

      • Emanuel Schott

        Na verdade se importam, se importam muito. Negócio é que não é barato nem simples levar água, esgoto e coleta e destinação final de resíduos sokidos pra todo mundo.

        • Sino Weibo

          Mas porque sempre tem de ter aumento de impostos? Pq nao se economiza em outra área, visando o bem que isso ira trazer, afinal os gastos com saúde por ex e segurança so aumentam em regioes com este tipo de problemas.

          • Emanuel Schott

            Porque 90% dos gastos são obrigatorios e dificílimos de cortar. Sobra muito pouca coisa pra cortar.

            • Sino Weibo

              Essa mania no Brasil de sempre querer aumentar impostos, sendo que existem outras soluções. O que ocorre é a velha máxima, quando mais se aumenta mais os produtos encarecem. E a economia encalha, no fim o governo arrecada menos, tendo o efeito contrário ao desejado.

    • carnero

      Exato! Com tanta coisa BÁSICA a se fazer os caras pensando em gasolina…

  • Vão pra Holanda,,, !!!!!!!

  • Baetatrip

    …..Etanol deveria ficar pois e fonte renovável…!

    • N I

      De fato Brasil ja usa combustível alternativo em massa há décadas.

  • Leopss

    Não sei se é viável substituir todos os carros atuais por carros elétricos. Tem a questão do aumento do consumo nde energia elétrica e o problema da fabricação e descarte de baterias.

    • Dario Lemos

      Hoje sim mas tem 40 anos para acharem soluções.

  • Zé Mundico

    Não se trata apenas de proteção ao meio ambiente ou controle de poluição. É o fim de um ciclo econômico com uma nova matriz energética mais limpa, segura e renovável. Motor a combustão já deu o que tinha que dar, verdade seja dita.
    Por mim, acabava daqui a uns 20 anos, no máximo.

    • Leopss

      Eu acho que antes de se fazer leis tem que se fazer estudos de viabilidade. Quanto vai custar para substituir a frota, etc.

    • Emanuel Schott

      Acho que o próprio mercado vai nesse sentido bem antes dos governos. Montadoras já estão confirmando fim de produção de carros a combustão em prasos bem menores que os definidos em lei.

    • Junior

      retirar veículos a combustão é tapar sol com a peneira, acredito novas industrias geradoras de energia surgiram resultando em mais poluição por meios de industrias e quem diz que elas não podem poluir mais que os veículos ou ate mesma coisa.

      • Dario Lemos

        Também vejo da mesma maneira, pode-se reduzir a poluição em determinada área mas, como consequência, aumentar em outra. De toda forma é salutar combater a poluição ainda que não se encare de frente sua principal causa, o crescimento constante da população que, com isso, exigirá mais energia, consumo de mais recursos naturais, mais desmatamento, mais área para plantar (com mais produtividade), maior consumo de alimentos (e desperdício também), maior poluição de rios e afluentes, mais lixo sendo produzido (a reciclagem não consegue dar conta do montante) e por aí vai. É uma conta que hoje está difícil de fechar.

  • TijucaBH

    Esses parlamentares são uma piada. Já pensam em leis pra daqui a 40 anos. Pouco custa para daqui a 20 anos nem existir mais veículo à combustão e quando a lei entrar em vigor o efeito será nulo.
    Estamos em uma fase de transição nesse assunto e qualquer lei nesse sentido agora é precipitada. Quem tem poder de legislar nesse sentido são países que ditam o mercado, como EUA e União Européia. Se o Brasil tiver leis na contramão da tendencia, as montadoras terão que se adaptar à nova lei e nossos carros que já são extremamente caros para a nossa renda, ficarão ainda mais distante dos nossos bolsos.

    • LL

      o projeto de lei vai de acordo com o resto do mundo…e com prazo muito maior!!!

  • Emanuel Schott

    Desde que ela tenha metas e medidas definidas, ótimo. Pra adotar frota elétrica por exemplo vai precisar aumentar a produção de energia elétrica. Da forma que está, 10% de frota eletrica vai causar apagões no país.

    • Sino Weibo

      Ja foram feitos estudos que o impacto é minimo, nao causa apagão algum

  • Elizangela Oliveira

    Absolutamente irrelevante considerando o prazo pra lá de longe. Muita água passa em baixo da ponte até lá.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Olha, considerando que países de 1º mundo querem abolir carros a combustão em médio prazo, acho que pra América latina o futuro seria carro a combustão apenas movido e etanol e híbridos (etanol e elétrico). Gasolina já deu o que tinha que dar mas enquanto a máfia do petróleo persistir fica difícil e os elétricos seria impossível a curto prazo pois não tem estrutura pra isso. Essa é a minha opinião

    • Dario Lemos

      Conforme seu ponto de vista está difícil combater o que você chama de “máfia” do petróleo mas não se esqueça que quando esta for abatida outras máfias tomarão o seu lugar; não tem jeito, isso faz parte da natureza humana.

  • Claudio

    Em 2060, vamos nos locomover por teletransporte do Capitão Kirk…kkkkk

  • Murilo Soares de O. Filho

    Qual será o custo disso para a população, pois o carro “normal” já é absurdo o preço…que absurdo, tanta coisa mais importante na frente.

    • Emanuel Schott

      Até você não poder comprar mais carros a combustão, eles nem existirão mais, quem sabe até o próprio carro não existirá mais e já inventaram meio de transporte mais eficiente.

      • Murilo Soares de O. Filho

        Acho difícil no nosso país, de qualquer forma, todos temos o direito de ir e vir como quisermos, até serem criadas leis que impeçam isso.

        • LL

          leis são pra isso mesmo!!!

        • Emanuel Schott

          Mano, são QUARENTA E UM ANOS, não é pra semana que vem.

  • Mr Tony

    Mas que falta do que fazer, heim?

  • Matafuego

    Falta do que fazer! Nem acesso a saneamento básico temos ainda e esses arrombados ficam querendo enfiar o bedelho na vida dos outros!

  • Miguel

    Pode dobrar a meta para 2120, pelo menos…

  • Léo Dalzochio

    Imagina se tal idéia de “jênio” não provém de algum psicopata da esquerda criminosa.

  • tiago

    2060, AHAHAHA

  • Chevalier

    Toda grande mudança gera impacto na sociedade. Foi assim com a introdução do motor a combustão no lugar dos animais de tração.

    • Blackk

      A questão é que se eu quiser andar de carroça o governo não vai me multar ou me prender por isso.

  • zekinha71

    Em 2060, essa é aquele tipo de lei que quando chegar ninguém nem lembra que existe, se é que em 2060 ainda vai existir Huezil e talvez até o mundo, nas últimas semanas tem um pessoal lá no meio do mundo que estão doídos pra começar a terceira guerra.

  • João Carlos Ribeiro Previdi

    2070? Demais, em 2030 já deviam exigir 25%.
    E quanto a tirar de circulação as jambiracas de ciclo Otto ou Diesel que inundam nosso ar e dificultam nosso trânsito?
    Tem que ter lei para retirada de frota velha também

  • Henrique Guedes da Silva

    Para cs verem como a europa esta 40 anos a frente mercedes benz nao projeta mais carro a combustao por la

  • Henrique Guedes da Silva

    Quando eu digo que o Brasil quando assinou a independencia tinha uma clausulá em letras pequenas vcs não acreditam, “Ao assinar a independencia o pais será de vocês mas nunca um potencia mundial”

  • Cardoso (não aquele)

    Por que não deixam essa transição acontecer sozinha? Impressionante como político PRECISA exercer o poder que tem em todos os âmbitos da vida do cidadão.

    • LL

      estariamos esperando itens de segurança até hoje, no mile e na kombi…

  • Pq nunca dizem quem é o autor do projeto?

  • Reginaldo Ferreira Campos

    Beleza! No nosso estado quase comunista, onde o proprietário compra o carro com as mais altas cargas de impostos do mundo e mesmo assim é proibido de circular com o mesmo em algumas vias que mal tem faixas pintadas, quiçá, asfalto, e o esquerdista quer proibir o “afegão médio” de ter ao menos o seu veículo. Só a elite vermelha politicamente correta, ambientalmente engajada e institucionalmente estatista terá como comprar o seu carro elétrico “verde”, assim como os Trabant´s na Alemanha Oriental.

    • Dario Lemos

      Para mim tudo se resume a uma só coisa: dinheiro, dinheiro e mais dinheiro. Não tem como acreditar que políticos, seja de que partido for, estejam preocupados com o meio ambiente ou com a população, todos eles querem é dinheiro principalmente os de esquerda que adoram uma ditadura e que querem todo o dinheiro do país para si e seus amigos; ao povo, só migalhas.

  • Wellington Beto

    Porque nao Planejam fim deles e mais facil do que ficaraprovando porcaria vai catar que fazer

  • Wellington Beto

    porque Senado Federal nao Planejam fim deles mesmo em vez de ficar aprovando porcaria

  • Wellington Beto

    Eles usam o que bicicleta para de ser comedia

  • FREDRED

    Esses animais do congresso deveria criar um benefício para somente veículos movidos a álcool com redução de IPVA, IPI, etc isso seria um baita investimento para o meio ambiente, poderia ser implantado imediatamente, lembrando que motores movido somente a álcool polui 60% menos que a gasolina
    Ah, meu oh… (hater que só pensa no seu umbigo seboso) más no meu estado o álcool é caro. Simples, não compre.

  • JCosta

    PL de “jênyo”… Chega de mais Estado. Que o mercado decida.

  • Mr. On The Road 77

    Eu acho engraçado pais europeu falar de carro elétrico, sendo que a energia elétrica deles vêm do carvão ou de usinas nucleares.
    E ainda por cima, agora ‘descobriram’ que 70 dos gases tóxicos (CO2) que poluem a atmosfera vêm do pum dos bovinos, mas isso eles só falam quando querem que a gente coma menos carne de boi. kkk

  • Ducar Carros

    Típica lei para inglês (ou europeu) ver, rsrs.

  • Racer

    Mais uma proposta feita por um bost@ que não tem o que inventar…

  • RicardoVW

    Haha! No Brasil! Quem sabe daqui uns 100 anos! Têm várias outras coisas a serem feitas antes de abolir totalmente!

  • Ari

    Em fim. É uma tendencia mundial. Mas é mais um motivo para abrir a exploração de petróleo no Brasil antes que ninguém mais queira explorar petróleo no mundo.

  • carnero

    Eu acho que tinha que abastecer carro com vento, porque ele é diferente em algumas horas do dia. Vamos supor que vente mais a noite…. como eu faria para estocar isso?
    Se joga….

  • RKK

    Tentativa de regulação do mercado por lei… é cada uma….

  • joseluisvaiks@gmail.com

    Essas coisas não funcionam dessa maneira. O próprio mercado se ajusta.
    Mania dos comunistas pensarem que o estado deve se meter em tudo !

  • Carlos

    Em países sérios talvez, mas no Brasil …em 2010 foi promulgada a lei e a “Política Nacional de Resíduos Sólidos” determinado o prazo de até 2014 para a extinção dos lixões em todo o Brasil, na época eu trabalhava no ramo e achava impossível o cumprimento desse prazo … 2019: os lixões estão aí …

  • Ângelo Luis Lopes Mello

    Pra galerinha que acha que o estado não tem que se intrometer em nada e que o mercado se auto ajusta, uma dúvida: pq o nosso mercado nunca se auto ajustou pra colocar itens de segurança básicos como air-bag e ABS, até uma lei torná-los obrigatórios? Pq no Brasil se vende carro de 100 mil ou mais sem controle de tração, piloto automático e auto holding, que na Europa, região com forte interferência do estado, estão presentes em modelos de entrada? A imbecilidade de vcs não tem limite?

  • Ângelo Luis Lopes Mello

    Essa lei tem que ser criticada por ser totalmente inócua. Daqui 40 anos, não só o mercado automobilístico, mas todo o conceito de mobilidade urbana vai ser totalmente diferente. A tendência é que cada vez menos pessoas tenham carros próprios e o deslocamento nas grandes cidades seja feito por “ubers” 100% autônomos, movidos por energia renovável. Daqui 50 anos, a indústria automotiva vai ser tão relevante qto a de máquinas fotográficas de de escrever são hj.

  • Sergio Tozetto

    Pois é…Países Europeus querendo manter sua hegemonia tecnológica com a desculpa da pauta ambiental. Mas sabemos que carros elétricos necessitam de muita energia elétrica e não existe e nem existirá energia limpa para essa demanda. Ainda existe o grave problema das baterias gigantes que possuem um ciclo de até 10 anos. O dano do descarte dessas baterias é tão a mais prejudicial que a queima se combustivel fóssil. Questões que ninguém aborda.

  • Sergio Tozetto

    Globalismo é o fenômeno liberal de criar demandas e pautas inexistentes para manutenção do poder econômico vigente.

  • Rodrigo Pilar

    ESQUERDISMO, sinônimo de doença mental. Tem que criar uma lei para tratrar esses doentes também.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email