Hatches Manutenção

Proprietários de Palio reclamam da dificuldade em partida com etanol

fiat-palio-essence-dualogic-fotos-21 Proprietários de Palio reclamam da dificuldade em partida com etanol

Dar partida de manhã em um carro a álcool nunca foi fácil no passado e parece que atualmente continua dando problema para alguns. Proprietários do Fiat Palio andam reclamando da demora em fazer o motor funcionar quando abastecido com etanol.



Um dos relatos, fala de um Palio Sporting 2013 que desde a compra, obrigava o dono a funcionar o motor por cerca de 5 minutos para assim poder sair com o veículo. O proprietário diz que fez 10 visitas em dois concessionários e o problema não foi resolvido, tendo ficado quase um mês sem carro.

Outro proprietário do Fiat Palio diz que sempre que o carro fica algumas horas parado é necessário deixar ele funcionando por algum tempo antes de sair. As tentativas de partida em média chegam a três. Mais um relato fala em até cinco vezes e com pausa de segundos entre elas. Mesmo a reprogramação da injeção não resolveu o defeito. Mais um depoimento fala que foi necessário a troca da bateria duas vezes em apenas um ano.

Alguns donos do compacto da Fiat descobriram que a troca da bomba de combustível resolve o problema. A peça custa em torno de R$ 1.100. Para os concessionários, o problema de partida do Palio é o uso de combustível adulterado. Os donos relatam que já trocaram de postos várias vezes e nada acontece.

A Fiat alega não ter conhecimento de problemas de partida no Palio e que as causas podem ter vários fatores, entre eles combustível adulterado, falta de abastecimento no reservatório de gasolina (no cofre do motor) e manutenção precária por parte do proprietário. Você tem problemas de partida em seu carro? Comente abaixo.

[Fonte: Revista Quatro Rodas]

  • Luccas Villela

    Mais um dos problemas do palio né? Tive um Palio Essence que toda hora acendia a luzinha de problema no motor, as vezes o carro tinha problema e ficava sem força alguma… E na Fiat não descobriam o problema. Fora o fato de que, ao buzinar, a estação do rádio mudava… UMA VERGONHA! E as portas que apareciam abertas e não sinalizava como fechada nunca… rsss

    • Bernardo Figueiredo

      Hahhaaha hilário essa da buzina

      • Luccas Villela

        Era horrível, o meu carro tinha o opcional de comando nos voltastes, aí toda vez que buzinava ou só de se aproximar da buzina, mudava de iPod pra radio, ou de estação ou pro auxiliar… LEVEI três vezes na Fiat e nada de consertar, só diminuíram o problema, rs.

        • awatenor

          Tinha esquecido, a buzina q troca estação…nem reclamei disso…desisti antes…isso aqui vai virar fórum de reclamações dos finhats…kkkk

          • Alexandre

            é uma vantagem! vc leva o controle de som no volante de graça! ainda tem pessoas que reclamam… kkkkk

            • GPE

              kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • ALVIN_1982

            Ou Fiêti como diz a mulher do meu primo kkkkkkkkkkk

    • _William

      Comando de som no volante diferente esse da Fiat..kkkk

      • Luccas Villela

        O meu tinha o comando, auhsuashuashuashuasuhasuas… Pior era isso, auhsuashuas, comprei por um comando, veio com dois. Pior é que o atual dono que comprou na concessionária que eu vendi, descobriu meu numero e me ligou pra perguntar dessa luzinha, ele já levou na Fiat mil vezes e dizem que é combustível adulterado. E eu falei que já tinha acontecido comigo também. Tadinho :(

        • Edson Fernandes

          Mas essa luz chega a parar o carro? Porque pelo menos comigo nunca aconteceu nada…

          • Roberto Souza

            O da minha mulher apagava geral. Ela dava um tempo e religava o carro e estava tudo normal. Sorte que sempre acontecia em baixa velocidade e dava pra ela controlar o carro.

          • Luccas Villela

            Não. Só em algumas ocasiões ele ficava LENTÍSSIMO, sem força nenhuma nas acelerações básicas mesmo, como sair do semáforo. MUITO RUIM.

    • Lexfamulus

      Esse problema da luz de injeção eu também tive, e resolvi – por incrível que pareça – trocando a bateria (Sporting 12/12).
      Digo que só estou com meu carro até hoje – quase 57k km rodados – pois apesar dos pesares ele ainda me atende, e me recuso a comprar carro 0km. Mas já troquei caixa de direção, módulo do airbag, sensor de abs (muito frágil), fora a válvula cânister (que a fiat me deve há pelo menos dois anos, e eu cansei de deixar o carro lá um dia todo para verificação) e um batuque vindo da suspensão, que ninguém soube diagnosticar à época, e batuca até hoje.
      Esse problema da partida eu não tive. De qualquer forma, pela enormidade de problemas que o carro me deu entre 0km e os 30k km rodados, quando decidir trocar de carro, adeus Fiat.

      • Francisco Joao

        Você notou que todos os palios vazam óleo na parte do cárter? é um mal que assola esses motores e-torq.

        • Lexfamulus

          Rapaz, em relação a esse defeito eu jurava que tinha dado sorte, mas não foi o caso: o meu só demorou mais a vazar. Na próxima troca de óleo vou ter que incluir uma junta de cárter também.

          • Francisco Joao

            Cara carro da fiat e para usar 2 anos ou 39mil km depois passa para frente, sério esses palio novo 1.6 e 1.8 são umas bombas perguntei do cárter justamente porque dois amigos meus sofrem com esse mal fora o consumo alto e acabamentos com rangidos carros todos 2012 com no maximo 30 mil km. Edit ( o 1.8 e uma estrada e ela bateu o motor recentemente entortou tudo mas foi prontamente coberto pela garantia).

            • Lexfamulus

              Estou cada vez mais convicto disso. Em termos de consumo e barulhos internos eu não tive grandes problemas até agora. Percebi, inclusive, que meu carro tem rendido bem no etanol, fazendo com que valha a pena abastecer com esse combustível mesmo com esses preços malucos.
              Rangidos só tem um na caixa de fusíveis que me tira do sério, mas acho que com um pouco de tempo e paciência eu consiga resolver.
              O fato é que tenho partido cada vez mais para o faça você mesmo, justamente por conta da manutenção cada vez mais estratosférica da fiat, e do atendimento medíocre.

              • Diego Germán de Paco

                Compartilho da opinião, no 1.0 Fire Evo venho fazendo quase a mesma coisa com etanol e com gasolina, compensando mais o abastecimento com o combustível vegetal…

                • Matheus Lelis

                  o meu 1.8 etorq ta assim, consigo 10,5 no etanol, e 12 na gasolina, ta valendo muito mais a pena o etanol, 90 centavos de diferença no litro

            • Revoltado

              Cara, meu sogro teve um Palio, ele é meio porco com carro, o dele nao chegou a 30mil km ele vendeu de tanto problema e ele reclamou muito com a questão consumo, hoje ele roda de Classic LS 2013 ele já ta perto dos 30 e ta feliz da vida e fala nunca vi um motor 1.0 como esse e nao bebe tanto quando o Palio e o Fiesta… porem é apertado… kkkkk

        • Diego Nameko

          Já vi em Vlogs de auto mecânica em muitos Fiats saíram de fábrica com o torqueamento errado de uns parafusos, chegando a ter alguns praticamente frouxos, ocorrendo vazamento de água, falta de pressão no sistema de arrefecimento, vazamento do óleo do motor, já vi caso de motor fora do ponto.

      • Edson Fernandes

        Esse da suspensão eu já sei: Para barro. Alguns modelos ficaram sem algumas das presilhas o que faz qdo se passa nos buracos fazer esse barulho.

        Verifique se é o caso. No Palio em que aluguei uma das presilhas se soltou fazendo o barulho e eles ja sabiam. Eles colocaram e não fez mais (e foi impressionante como era silencioso o carro).

        • Lexfamulus

          Edson, confesso que essa do para barro eu não conhecia. Assim que eu tiver um tempo vou desmontar pra olhar. Obrigado pela dica!

        • CorsarioViajante

          Uma dica legal é sempre que for fazer algum serviço que levanta o carro aproveitar e dar uma olhada embaixo nestes detahes!

    • Marcelo Alves

      Rsrs… Meu pai já teve Fiat na década de 90, ficou mais de dez ano sem ter, e atualmente tem uma Strada 2010. Nós nunca tivemos problemas sérios com os carros da Fiat, mas ele sempre vive me dizendo: “Os carros da Fiat são feitos a facão” se referindo ao acabamento e o encaixe das peças de acabamento, que é tudo mal feito. E realmente é mesmo, já observei o acabamento da Strada e é deplorável, tudo mal encaixado, peças frágeis parecendo peças de plástico de brinquedo, entre outras coisas.

      Recentemente eu tive que desmontar os comandos do computador de bordo para limpar porque a condensação do ar condicionado fez escorrer água nos botões e deu mal contato. E o botão que acende a luz do porta-luvas emperrou pra dentro e agora a luz fica acesa direto.

    • Pedro Henrique

      ultimamente tive um estranhamento no meu palio tbm, mas o meu é 2009/2010, sempre abasteci com gasolina aditivada e sempre no mesmo posto, devido ao preço do combustível coloquei 25 reais de etanol só pra fazer o percurso casa-faculdade por uns 3 dias antes de encher o tanque novamente com gasolina, e desde então sempre que vou dar a primeira partida ou geralmente a segunda ( de 30 a 60 minutos de diferença) ele meio que se engasga todo pra da a partida, ainda não tive de bater chave duas vezes, mas ele anda bem estranho na hora de ligar… por precaução não ponho mais etanol, nunca!

      -detalhe, ja enchi o tanque com gasolina e já andei uns 80km com ele, e ainda ta se engasgando pra ligar…

      • dogmarley

        e o reservatório ?

        • Pedro Henrique

          o reservatório foi cheio com aditivada a uns 6 ou 7 meses atrás por causa da luz de combustível que acendeu no painel, e já era o combustível com nível baixo de enxofre…

          • dogmarley

            encha com mais regularidade !
            o meu eu to sempre completando 1 real…
            a cada 2 semanas peço pro frestista colocar uma aditivada lá…

      • O meu 08/08 ta mascando e acho que é a gasolina do reservatório, vou retirar ela toda e colocar podium que dura mais!

    • Edson Fernandes

      Que coisa… essa do motor acendeu comigo quando aluguei um Palio! reclamei mas a empresa de aluguel disse não ter problemas (e não deu mesmo)

      Mas confesso que frente ao que podia pegar, preferi ficar com o Palio pelo conforto.

  • Bernardo Figueiredo

    Sempre vejo Pálio dos vizinhos aqui…de manha cedo ao ligar sai uma fumaceira branca e gospe água que parece aqueles Monza a alcool 1989. não sei se é só a culpa do combustível. De qualquer maneira meu HB pega fácil cedo, mas se não tiver gasolina no tanquinho tenho que tentar umas 2 ou 3 vezes.

    >>>>>>Coloquem um pouco de gasolina no tanque junto com o etanol que ajuda !

    • David

      Essa de colocar alguns Litros de Gasolina misturado com álcool é verdade! Eu faço o mesmo na época de frio no meu carro peço para colocar uns 2l de Gasolina aditivada e o resto de álcool, além do funcionamento melhorar(deixa o motor mais “liso”) o consumo dá uma leve melhorada também.

      • Alex Dusfri

        Não só em carros flex, os carros antigos só a álcool também se beneficiam. Aqui em casa há alguns anos tínhamos um Chevette 1985 à álcool e eu sempre aconselhava colocar um pouco de gasolina,o que facilitava muito nos dias frios e o funcionamento do carro ficava ótimo.

        • Jackson

          Olha meu pai tem uma Parati 85 a álcool e no inverno basta que tenha gasolina no tanque de partida, que o motor liga na primeira ou segunda. A técnica, conforme ensina o manual, é puxar o afogador, pisa no acelerador até o fundo e solta, depois gira a chave. Para sair basta usar de uma certa suavidade, não acelerar muito forte e o carro segue via. O afogador a gente vai baixando conforme ganha velocidade, além de se controlar a temperatura pelo marcador no painel. Outro detalhe, aqui no sul é frio de renguear cusco = frio tão intenso que pode deixar um cachorro mancando.

          • Edson Fernandes

            Depende do tempo no acelerador, porque senão… vc afoga o carro…rs

      • Marcelo Alves

        Eu sempre fazia isso quando andava no álcool, mesmo meu carro não tendo dificuldade de partida (eu não abasteço o tanquinho com gasolina, nunca). O motor pega e não fica querendo engasgar, o funcionamento fica mais suave já que o álcool deixa o motor áspero e mais barulhento (particularmente eu não gosto, prefiro andar na gasolina por isso).

        • Diego Germán de Paco

          O problema é o funcionamento mais manco e a batida de pino em baixa rotação… O motor flex é um motor a álcool adaptado a gasolina, logo, funciona melhor com etanol.

          • Revoltado

            Minha esposa tem um New March, ele ta com o tanquinho vazio, pela manhã ele custa a pegar quando ta com Alcool, tive que colocar gasolina no tanquinho, pois aqui em BH o Etanol ta melhor pra rodar pois a gasolina ta chegando quase 3reais

            • Lexfamulus

              Sorte a sua! Sem ser sarcástico, pois aqui no sul fluminense o normal é pagar de R$ 3,25 pra cima na gasolina. E álcool ao redor de R$ 2,50.

            • Edson Fernandes

              Bem… o “tive que colocar” é de fato a solução para seu problema.

              Ele foi feito para isso: Ligar em dias frios e usar gasolina para isso.

              Portanto, nada mais natural que procurar colocr combustivel no reservatorio.

            • Bh 16/04 A 2,097 G 3,297

          • Bernardo Figueiredo

            Ah se usar gasolina pura bate pino lindo. Alias eu vejo muuuuuitos carros batendo pino. O cara nem sabe o que é…nem nota, mas faz um estrago !!

            NUNCA ANDE COM 100% de nenhum combustível. Sempre tenha uns 10% do outro e vice versa e seja feliz !

            • Edson Fernandes

              Bem… hoje em dia nem precisa no caso da Gasolina… já tem 27,5% de alcool por conta disso…

          • Marcelo Alves

            O ideal é que não acontecesse isso, mas é só colocar um pouco de álcool e já era cara… Meu Polo 1.6 as vezes “bate pino” com 100% de gasolina, é só colocar uns 20 reais de álcool que pára.

            Eu não andaria 100% no álcool, porque combustível vegetal entope mais rápido o filtro de combustível e começa a formar uma “goma” na tubulação de combustível e nos injetores, que com o tempo começa a entupir os injetores (por isso alguns fabricantes recomendam colocar uns tanques de gasolina de tempos em tempos, pois a gasolina dissolve isso e faz uma limpeza).

            Eu não abasteço o tanquinho por motivos de segurança (não confio naquela gambiarra em cima do motor e nos pés dos ocupantes) e para evitar problemas de vazamentos e cheiro de gasolina dentro do carro, precisou de ajuda na partida a frio, abastece com um pouco de gasolina no tanque mesmo, é até mais prático inclusive :)

    • ObservadorCWB

      Sem noção…comparar um CARRO de 1989…com um Pálio ??kkkk

  • Wagner Lopes

    Me fez lembrar o quanto a GM apanhou pra resolver problema semelhante de partida e estabilização de marcha lenta nos celta e classic anos atrás….

    • th!nk.t4nk

      Também lembrei disso. Os Corsa e Celtas problemáticos. Quanta gente já ficou a pé de manhã por não conseguir dar partida nos 1.0 e 1.4 da GM.

      • Revoltado

        Eu tive um Corsa Wind 1995 EFI, puts… que luta, aquela maldita luz da injeção acendia o carro nao parava na lenta, ocilava…. o problema melhorou bastante com a injeção MPFI depois disso tive outros Corsas e Classic e nunca mais tive problemas.

        • Diego Nameko

          O meu EFI até hoje não resolvi o problema de marcha lenta, já troquei o Atuador de Marcha Lenta, limpeza de bicos, velas, cabos de vela, sonda lâmbda, limpeza de cabeçote, acerto de ponto do motor, limpeza de cabeçote, troca de juntas e ainda oscila um pouco ainda. rsrs.
          Tirando isso o carro não me dá dor de cabeça, sempre funcionando bem e pede manutenção preventiva nos prazos normais. Não tenho a intenção de trocar por um mais novo por um longo tempo devido a isso, carro bom, barato e atende a tudo que preciso.

          • Revoltado

            Que tipo de gasolina você tem usado? Pois me recordo bem que todas as vezes o causador do mau partiu da qualidade da gasolina. Tente usar por mais tempo gasolina de melhor qualidade tipo a Podium e Aditivadas pra ver se muda alguma coisa?

            • Diego Nameko

              Uso apenas gasolina da Petrobras e sempre no mesmo posto. Coloco a Podium uma vez por mês pelo menos, para dar uma limpeza geral.
              Estou desconfiado da bomba de combustível que deve ter perdido a estanqueidade ou não está dando pressão suficiente, verei isso quando puder, rsrs.

  • Adriano

    Fiat sendo fiat

    • Maciel Frederico

      F.I.A.T Fui Inludido Agora é Tarde

  • Leonardo C.

    O Palio Attractive 1.0 daqui de casa quando está com etanol a primeira partida do dia em dias menos quentes ele fica com a aceleração baixa parecendo que vai morrer, mas 2 ou 3 segundos depois fica normal. Estamos misturando um pouco de gasolina com o etanol e resolveu esse problema, fora isso gostamos muito do carro.

  • David

    A Fiat alega não ter conhecimento de problemas de partida no Palio e que as causas podem ter vários fatores, entre eles combustível adulterado, falta de abastecimento no reservatório de gasolina (no cofre do motor) e manutenção precária por parte do proprietário.”

    Sério quando eu leio isso eu fico com vontade de espancar a pessoa que solta essas pérolas.

  • Na Dúvida, Acelera!

    Tive um Palio Sporting também, nunca tive problema algum em relação a partida com etanol, o carro ligava normalmente, em compensação, minha irmã tem um Palio Fire 12/13 e tem sérios problemas de partida com o carro de manhã.
    Mas uma boa dica para tentar sanar um pouco desse problema é sempre colocar um pouco de gasolina, isso é, nunca abastecer apenas com etanol.

  • Airplane

    Colocam a culpa no proprietário. È mole?

  • Alexandre Maciel

    Todo mundo já para cima do consumidor a responsabilidade pelo LIXO que a Fiat entrega.

    Que troquem a bomba de combustível!!!! Ou melhor: que eliminem esse tanque e adotem a tecnologia que, por exemplo, Ford e Honda vêm implementando.

    Num país decente obrigariam a realizar um recall. Simples. Mas como estamos nesta republiqueta, claro que vai ficar por isso mesmo.

  • CharlesAle

    Não fiquem se matando procurando causas do problema!é perda de tempo.Mesmo onde o álcool vale muito a pena,coloque um pouco de gasolina junto do álcool que resolve……..

    • Eu também costumo fazer isso e recomendo. Coloco uns R$ 10,00 de gasolina e completo com álcool.

  • Giacomo Nunes

    Estou achando o sistema de partida atual da FIAT capenga mesmo. Tive um Palio 2001 de 2001 a 2010. O carro nunca falhou para dar a partida nesses quasa 10 anos, era girar a chave e ele pegava na hora. De 2010 para cá tenho um novo Uno. Desde 0km ele as vezes da umas rateadas para pegar. As vezes tem que ficar segurando a chave um pouco mais para ele pegar. Já teve vez que só pegou na terceira tentativa. Detalhe que eu nunca abasteci com etanol. Acho que o problema e desses sistemas flex meia boca do Brasil. Queria um carro só a gasolina mesmo…

  • GPE

    Problema antigo da Fiat. Mesmo em lugar quente acontece isso.

  • oloko

    Então a culpa é de todo mundo menos do carro da fiat? Hahaha ta tirando o dela da reta pra não rolar um recallzinho aí

  • Yago G.

    Vish.. Comigo acontece o contrário, com álcool pega mais fácil do que com gasolina.

  • Mario

    Engraçado histórias começarem aparecer, agora que o Palio passou o Gol em vendas. Isto me lembra as vendas do Tipo, quando passou o Gol, e começaram as histórias de incêndio.

    • Rômulo Batista

      Cara… pensei exatamente a mesma coisa!! Logo após tomar ciência da liderança em vendas do fiat palio.. me vem essa noticia. Não sou fanboy da fiat.. mas é no mínimo curioso..

  • Guest

    Semana passada eu aluguei um novo uno 1.0 na localiza e ele teve dificuldade para dar a partida de manhã. Não procurei o defeito, somente devolvi o carro.

    • Daniel

      o meu aluguei na Movida… qdo vi seu post até confundi com o meu! hehe

  • Daniel

    Semana passada aluguei um Uno 1.0 em BSB… para dar partida de manhã tive que tentar umas 3 vezes, depois saiu falhando… (o carro estava com apenas 900km rodados)

    Alias, que ridiculo que é esse novo uno, como ainda fabricam algo assim!

    • Rômulo Batista

      A questão é: Como ainda compram algo assim… Fabricar eles sempre fabricarão, desde que haja demanda (a questionável demanda para um carro de qualidade duvidosa).

      • Daniel

        Cara, muita coisa ainda vende por conta de compra de frotista (o palio fire por exemplo, acho que uns 90% da produção vai pra frotista)… depois esses carros inundam o mercado de usados…

        Agora, das “pessoas fisicas” muitas compram na total ignorancia… ontem ouvi um cara dizendo que o uno mille way era um senhor carro e que ele só trocou pq saiu de linha… agora comprou um Gol G6 e acha uma maravilha… Se convidar esse cara a dar uma voltinha num carro de verdade, talvez ele mude de ideia…

        • Edson Fernandes

          Na realidade o Uno Way atendia a um nicho bem especifico de carros mais altinhos com preço mais em conta.

          Esse Mille sempre foi uma otima solução par aa Fiat pois o carro podia ser bem usado em estradas de terra sem reclamar e com manutenção baixa.

          Por isso foi bem vendido. Não a toa a Fiat fez um Palio Way justamente para ocupar essa lacuna de boas vendas.

    • Christian Sant Ana Santos

      Tem “gente” que completa com água para devolver para locadora…

  • Antonio_Brust

    A bomba de combustível do meu Focus original Bosch custa R$300,00.

    Cadê a manutenção baratinha da linha popular da Fiat?

    • Lexfamulus

      Concordo plenamente, mesmo desconfiando que o preço relatado seja o de Css.
      http://www.altese.com.br/55240487-altese-bomba/p

    • leomix leo

      Verdade, minha sogra foi fazer uma revisão no Grand Sienna dela, e saiu por R$ 1.290,00 , inventaram de lavar até o tanque de combustível.

      P.S.: Um carro com 30k, necessita realmente de lavar tanque???

      Fiat não tem nada de barato.

      • Raul Godiano

        FIAT => Fui “Inganado” Agora é Tarde , Ja tive um Palio, 1.3 ELX Flex ( os primeiros flex) , nunca mais, compro carro chines , mas Fiat nunca mais

      • GPE

        Cara, desculpa mas eu tenho que afirmar que é muita ignorância de quem leva o carro pra CCS e sequer se da o trabalho de ir no site ou ligar pro 0800 da Fiat pra saber o preço tabelado das revisões.

        Gastei 30 segundos pra fazer isso. O preço da revisão de 30mil KM do Grand Siena 1.4 é 496,00 e o do 1.6 é 516,00 e troca-se óleo, filtros em geral e velas.
        R$ 1.300,00 é preço de revisão de BMW, Mercedes, etc…

        Do mesmo jeito que vi um conhecido reclamar que é caríssima a manutenção de um Celta pq ele gastou R$500,00 (em 2009) pra fazer uma troca de óleo aos 5.000 (cinco) mil KM, quando esse serviço era pra ser feito aos 7.500 e custava 120 reais à época. Empurram tanta coisa que ele conseguiu gastar isso tudo. E dps saiu reclamando.

        A CCS tá ali pra lucrar em cima de quem é desavisado. Não se lava tanque. Nunca vi nenhuma marca recomendar isso. E pode ter certeza que não fizeram. Tirar o tanque da muito trabalho.

        • CorsarioViajante

          Lavar o tanque, essa é nova, vai junto com limpeza de bicos injetores e cristalização da pintura em carro com 5.000km.

      • CorsarioViajante

        Opa, mas pera… Tem sempre que ver e autorizar – ou não – os serviços. Quando fui fazer a revisão de 20.000km do meu carro me deram um orçamento de 2.000, fui em outra concessionária e cobraram 200,00.

    • GPE

      As revisões, pelo menos, tem preço dentro do segmento.

    • Lu RS

      Opa então me diz o endereço desta concessionária, pois as q eu pesquisei foram todas acima de R$ 950,00!!!

  • Ivan Claudio Dias Florencio

    Tenho um Grand Siena 1.6, já estou rodando com etanol a 2 meses e nunca tive problemas na partida.

  • tiffany

    esse lixo

  • awatenor

    A fiat joga seus carros e motores no mercado com uma mensagem embutida: “Comprou, é seu, se vira, minha filha…”
    Proprietário de Punto Atractive 1.4, um mês no total entre várias visitas nas concessioanárias locais, engasgos e soluços ao acelerar moderadamente em várias marchas.
    Argumente o que quiser, você está nas mãos deles.
    As respostas: 1-“Característica do veículo” (a mais comum);
    2-“Tem que acelerar forte!” (e o consumo que já não é bom vai pra onde? e o conforto a bordo?);
    3-“Não vimos nada de errado……..” (estalos na direção/suspensão ao esterçar em manobras);
    4-“Ele tá resfriando bem…” (ar-condicionado fraco);
    Enfim, Finhat de novo, não…

  • Marcelo Henrique

    E se continuar com esse jeito o Onix vai ser o mais vendido.
    Te cuida Fiat!

    • th!nk.t4nk

      Não muda muita coisa, visto que a GM ainda lidera entre problemas de partida com álcool (ler mensagens acima).

  • shdn2010

    Sempre a mesma historia dessas cs, é mais facil jogar a culpa em cima do combustivel e ir empurrando com a barrigua do que tomarem vergonha na cara e resolverem os problemas.

  • Amauri Gomes

    Bom, sou usuário de um 21013 Attractive 1.4. Somente quando está com o tanque em 100% Etanol que ocorre, mas não considero uma dificuldade pelo fato de ele “pegar” de primeira. Apenas há uma pequena vibração que em torno de 8 segundos se estabiliza e o carro se comporta normalmente. Seria pelo uso do Etanol aditivado, motivo pelo qual não acontece comigo?

  • Comentarista

    Tive um Punto elx 1.4 comprado zero e nunca tive problemas abastecido com álcool pela manhã nem no inverno. Temos um 500 1.4 evo e no álcool tbm nunca teve problemas pela manhã no frio.

  • Rodrigo

    A FIAT é igual ao Lula e a “cumpanherada” do PT: não sabe de nada, nunca viu nada…

  • Tosca16

    Eu sugerir ao Ebér uma matéria com os carros à álcool que tivemos no país e a história de muitos modelos até mesmo esportivos nacionais como o Passat TS que tiveram versões à álcool e com um desempenho satisfatório para suas épocas . Eu até hoje me pergunto por que com nossa tecnologia atual não há uma só opção que use somente Etanol ; e sugerir também a lista de modelos que tem maior diferença de potência usando o combustível de cana de açúcar . Eu não duvido que teríamos motores mais eficientes, potêntes e com bom consumo mesmo no Etanol, se é claro não fossem flex .

    • CorsarioViajante

      Não há opção só a álcool porque ninguém mais quer ser refém das idas e vindas dos usineiros.

      • Tosca16

        a questão de preços e disponibilidade de combustível nas bombas é um fator interessante mesmo para se levar em conta, mas acredito eu que sem dúvidas hoje teríamos motores mais eficientes e com potências razoáveis usando o combustível de cana de açúcar … Acho que os Flex são no final das contas um mal negócio, vejamos o consumo destes mesmo com a opção de “escolha” de combustível . Coloquei em aspas por que na maior parte do país só usa-se gasolina por conta dos preços do álcool .

  • Diego Germán de Paco

    Tenho o problema no meu Palio e tenho certeza que sei do que se trata: Válvula de estanqueidade da bomba com defeito, que no momento do desligamento do motor, permite o retorno do combustível que deveria ficar pressurizado na linha de alimentação para auxiliar na próxima partida. Dizer que é problema de posto é covardia e forma de ludibriar o consumidor a ter a culpa. Mas no meu caso, um “solo” de cinco segundos resolve, e em mais uns oito segundos a central compensa a fraqueza do motor e fica tudo as mil maravilhas. Em tempo R$1.100 numa bomba eu acho um estupro, até por ser da Fiat. Eu duvido muito que este valor seja verídico, e se for, o mercado paralelo esta entupido de opções de outras marcas senão da Magnetti Marelli… Vou esperar a bomba dar pau total pra substituir. Minha preocupação as vezes é de que o tanquinho de partida não esteja operante, porque nós primeiros meses de uso, com etanol, era possível ouvir um ruído advindo do lugar do reservatório (como injetando combustível) e hj não o escuto mais…

    • Lexfamulus

      Passei por isso também. E não muito tempo depois desse “silêncio suspeito” o tanquinho começou a vazar, justamente pelo corpo da bomba elétrica do reservatório. Essa bomba, no mercado paralelo, me custou R$ 25,00.

      • Diego Germán de Paco

        Notou o vazamento pelo cheiro na cabine ou pela luz de aviso do tanquinho vazio rápido demais amigo??

        • Lexfamulus

          A luz de aviso do tanquinho denunciou. Mas do lado de fora do carro, próximo a roda dianteira direita, dava pra perceber o cheiro de combustível (confesso que discreto, e do lado de dentro do carro não me lembro de ter sentido cheiro) e a parte de baixo do para barro, próxima ao tanquinho, ficava molhada. O fato é que se esse problema ocorrer o tanquinho esvazia rápido. No máximo de um dia para o outro.

  • Christian Sant Ana Santos

    O meu Essence, comprado em janeiro de 2013, hoje com 38.000 Km, está melhor a cada dia. Fica mais com minha filha mais nova, a que gosta de dirigir, me devolveu o 500 Cult. Os únicos carros que rodei 60.000 Km foram uma Doblò 2008 e um Uno 1.4 Attractive 2010. Esse Palio é cotado para ser o primeiro a ultrapassar essa Km, afinal tem corrente no comando e detesto levar carro em oficina. Estou até em dúvida se compro um Uno 1.4 Evolution ou mais 01 Palio Essence, no lugar do Cult, vendido em final de agosto com 13.000 Km, antes da 1ª revisão. Obs: no tanquinho, só Podium.

    • Diego Germán de Paco

      Corrente de comando? Creio que estejas equivocado…

  • dogmarley

    nos 5 fiats que ja passaram pela garagem de casa, nenhum teve esse problema..
    sendo deles 3 da linha Palio.
    dei sorte :D

  • Washington Lima

    Meu palio Sporting 2013 apresenta o mesmo problema, quando relatei a fiat me disseram que isso é comum quando abastecido no alcool.

    • Dario

      Tive o mesmo problema com meu Palio Sporting 2012 e resolvi colocando o
      STP Flex Treatment com, no máximo, uns 9L no tanque. Andei uns 50KM e
      repeti a dose.
      Dica dada por um inspetor da FIAT.

  • Matheus Lelis

    o meu é 1.8 e-torq, sempre abasteço com etanol e ele pega beleza de manhã, sei la, acho que não da pra generalizar este problema não.

  • Murilo Soares de O. Filho

    Balela, Tirei um Attractive 1.4, fiquei dois anos, passei pra minha cunhada, o carro está perfeito. Todo carro, por ser máquina, pode apresentar defeito, agora igual alguns comentam aqui, acho no mínimo estranho.

    • Matheus Lelis

      confio no que o pessoal comenta aqui de seus carros, mas nao confio no texto, a quatro rodas esta sempre com umas denuncias sem sentido, e ate mesmo outros sites, as vezes não identifica os proprietarios, teve quebras de pistão com motor etorq, coisa que eu nunca vi falar na minha região, e olha que ta cheio de etorq por aqui, só acho que se aconteceu com 1, eles querem propagar isto pra todos, mas cada um com sua opinião ne? to com um linea, ja ta com 55 mil km, nada ainda

  • edbil

    O que é tragicômico é a cara de pau da montadora. Tem uma penca de gente com o problema mas a culpa é do combustível, dos maus hábitos do proprietário, mas nunca é da toda poderosa montadora. É uma piada.

  • Christian Sant Ana Santos

    Tempos atrás li no ig uma pesquisa em que o menor índice de reclamações/ unidades vendidas é da FIAT, seguida da Toyota

    • Matheus Lelis

      se isso for verdade, parabéns pra fiat, pois vende muito mais que as outras, e tem menos reclamação

  • Revoltado

    Eu não conheço o Palio, mas ele não tem aquele tanquinho partida a frio? Minha cunhada tem um Palio 2013, ela tem muita dificuldade em ligar ele as vezes, mas o problema é a falta de andar no carro e a bateria arria.
    Pois com o tanquinho de partida a frio é só manter ele com Gasolina Podium, não falha nunca!

    • th!nk.t4nk

      Fiat e GM ainda usam tanquinho de partida à frio. A Ford o aboliu totalmente. Ao abrir a porta do carro, já esquenta o combustível automaticamente. A VW também está eliminando o tanquinho (seus dois novos motores já são assim).

      • Tiago

        Tenho um fusion 2014 que, por incrivel que pareça, tem tanquinho de partida a frio…

  • Diego Nameko

    Mas se não cobrem a garantia por combustível adulterado, enche o tanque, pega a nota, filma o problema por dias consecutivos e leva o carro na CSS, se alegarem combustível adulterado solicita uma prova do mesmo da CSS por teste, se não fizerem e vierem com desculpas metem na justiça de pequenas causas por danos materiais, danos moral e ressarcimento pelos dias da falta do carro que poderia estar ganhando dinheiro.
    Se ultimamente eles não facilitam, só não facilitarmos para estes corruptos.

  • ekler

    Processo de desconstrução do Palio, começando em 3…2….1…..

  • ekler

    Problemas com meu Fox Prime imotion 2012: luz no painel do air-bag acende direto, sensor de estacionamento tá indo pro saco, máquina do vidro do lado esquerdo motorista, foi pro saco, máquina do vidro do lado direito do passageiro também foi pro saco, cambio imotion, meio que indo embora, que mais….também demora pra pegar de amanhã na gasolina………………

  • leonardo

    Fiat simplesmente sendo Fiat, nada mais, imagina esse problemas com os populares e com os médios então, lixo total.

  • Alexandre Arraes

    Dos Puntos, Unos, Stradas, e Bravos também!
    Eu tinha um VW Gol G5 que utilizei por 5 anos, e da pra contar nos dedos da mão do Lula as vezes que eu abasteci o tanquinho de gasolina, sempre utilizava etanol quando a gasolina disparava (ou seja, muitas vezes durante períodos prolongados de tempo), e meu ex-goleta NUNCA! engasgou na partida (faça frio, faça calor) no etanol. Agora sou proprietário de um Punto 14/15 e se eu abastecer no etanol, toda semana eu tenho que encher o reservatório de partida a frio, se não o carro custa a ligar!
    lamentável!

    • iCardex

      O meu fez foi a apodrecer o combustível no tanquinho de reserva… Aliás, depois que mandei limpar o tanquinho nunca mais coloquei nada lá. E com álcool ou gasolina sempre pegava de primeiríssima.

  • SABRINA FONSECA

    Até que enfim uma matéria que engloba o meu problema! Tenho um Palio Atractive 1.0 2012/2013 e desde que comprei ele apresenta esse problema de partida! Levei duas vezes na garantia e disseram que o problema era o combustível adulterado (sendo que sempre abasteci em postos de gasolina confiáveis), retiravam o combustível do reservatório da frente e pediam para colocar gasolina aditivada. Em todas as vezes eu deixava claro que sempre abasteci com aditivada. Levei nas revisões e sempre apontava este problema que nunca foi resolvido! O problema foi amenizado após eu só abastecer com gasolina, um absurdo um carro FLEX não poder ser utilizado com álcool pois caso isso ocorra ele não pega de primeira, tem que ficar acelerando igual carro velho a álcool para dar a partida! Uma coisa eu tomei como lição, FIAT NUNCA MAIS!

  • Ediomar

    Já fui um infeliz proprietário de um Fiat 0km,que tortura que eu passei,Fiat nunca mais,ai vendi ele rápido afinal essas tranqueiras tem mercado,ai procurando um carro usado bom,achei um Vectra 2003,se eu falar que no ano de 2014 foram 2 trocas de óleo apenas,isso que o carro esta com 127000 km,inicio do ano quero dar uma geral na suspensão,afinal ele merece.

  • carroca_br

    Fiat 500 Cult (ano 2011) com motor EVO 1.4 8v a mesma coisa, é abastecer com etanol pra partida ficar ruim mesmo em dias quentes e nem sendo a primeira partida do dia. Com gasolina NUNCA falha a partida, mas com etanol mesmo da mais alta qualidade e com gasolina até a tampa do reservatório de partida não tem jeito, tem que bater 3 ou 4 vezes pra ligar mesmo depois de ter desligado o motor há menos de 10 minutos em dias quentes.

    Problema relatado em TODAS as revisões em garantia e NUNCA resolvido! Sempre escutei dos “consultores” da Fiat ser “normal” quando com etanol, que eu teria de conviver com isso! Pode?

  • tiffany

    pq excluiu meu comentario

  • tiffany

    carro lixo

  • Felipe Machado

    É sempre assim.. o problema nunca é da montadora.. isso é Brasil!

  • 007

    Esse problema de ignição da Fiat é antigo, lembro de um Idea 2005 que precisava ir p/ concessionária cada vez que trocava de combustível para reprogramar. Essa questão do Palio é uma piada, com quase 10 anos de carros flex no mercado a Fiat ainda não acertou isso… Aí eu me pergunto, como um carro com esse defeito quer ser o mais vendido do Brasil?

  • Leonardo Luiz Minosso

    Tenho uma Fiat Strada Working 2014 que também apresenta o mesmo problema, inclusive conheço outros casos de falha na partida quando usa-se etanol. Na primeira revisão do veículo, a Fiat fez a reprogramação da injeção, porém não resolveu o problema. Gostaria de saber qual a posição da montadora em relação à esta falha do motor.

  • PEDRO CUNHA

    São evangélicos, negam-se á utilizar esse líquido de beuzebu e por isso a dificuldade no funcionamento.

    • Lu RS

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk boa!

  • Sandro

    Um amigo já teve uma porcaria dessa. andou uma vez no álcool para nunca mais. Fora outros problemas como o alarme que só funciona quando quer.

  • camila

    Meu pálio fire flex econony da o mesmo problema nl ao usar álcool. Teve um dia q só na 5 vez ele ligou. Tinha combustivel no reservatório e mesmo assim deu. O que fiz foi completar o reservatório. O q mudou apos isso foi q ele liga de primeira, mas enquanto o carro não esquenta, ao acelerar, ele fica engasgando e sem força.

  • Spectreman

    Ah, os Palios… resolvi todos os meus problemas tirando uma letra A da minha vida. Troquei o Fiat pelo Fit. Meu mecânico ficou até com raiva de mim, agora só vou lá trocar óleo e conferir pneu, hehehe.

  • João Faustino Dos Santos

    Meu palio atracttive é terrível pra dar partida, isso acontece em qualquer hora. Já levei a vários mecânicos e ninguém descobriu o defeito, troquei velas, cabos, filtro de combustível, bateria e o problema persiste. Não sei mais o que fazer. Acho que a solução é trocar o carro. Pálio atracttive é bonitinho, mas ordinário!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend