Audi Europa Peruas Sedãs

Próximo Audi A4 quase ganhou a plataforma MQB para reduzir custos

Próximo Audi A4 quase ganhou a plataforma MQB para reduzir custos

O Audi A4 é um dos mais importantes produtos do fabricante de Ingolstadt. Em carroceria sedã e perua (Avant), o produto surgido em meados dos anos 90 tem milhões de unidades vendidas e ainda é a cara da marca em muitos lugares.


Porém, o destino quase foi injusto com esse modelo em recente decisão dentro da administração da Audi, de acordo com o site Automobile. O A4 por pouco não teria a próxima geração sendo feita sobre a plataforma MQB da Volkswagen.

Segundo a publicação, a comissão de estratégia de produto da Audi, conhecida como “PSK” e liderada por Hildegard Wortmann, ex-BMW, teria salvado o Audi A4 da próxima geração de receber a base de motor transversal da Volkswagen.

Há dois, o projeto do novo A4 havia sido definido como sendo feito sobre a plataforma de motor longitudinal MLB, que é a base atual do modelo.


Próximo Audi A4 quase ganhou a plataforma MQB para reduzir custos

Porém, com os custos ocasionados pelo escândalo do Dieselgate, a VW ordenou cortes em diversas áreas e ficou decidido que o produto seria incluído nesse programa.

Então, para compensar em torno de US$ 1 bilhão ou mais em custos de produção e desenvolvimento ao longo da vida útil do Audi A4 seguinte, a montadora decidiu por usar a mesma plataforma do Audi A3 Sedan.

Diante disso, o designer da Audi Mark Lichte foi designado para criar o próximo A4 sustentado pela base do Golf. O resultado não foi o esperado pela comissão PSK.

Próximo Audi A4 quase ganhou a plataforma MQB para reduzir custos

De acordo com o relato de uma fonte de dentro do processo, o Audi A4 MQB essencialmente parecia um A3 Sedan ampliado, com frente curta, o que evidenciava a tração dianteira nativa.

Não que o A4 não tenha tração apenas dianteira, isso ele sempre teve, mas a posição longitudinal dá um “status” maior que o motor transversal e permite o uso de motores grandes, como os V6 3.0 e V8 4.0 da Audi.

Diante disso, então voltaram-se para a MLB mesmo e o resultado foi um Novo A4, de codinome B10, com visual semelhante ao de um “A6 menor e mais esportivo”. Assim, em 1 de julho, a comissão PSK aplaudiu o novo projeto de Lichte e encerrou o assunto: assim será o próximo A4. Ele chega entre 2022 e 2023.

[Fonte: Automobile]

Próximo Audi A4 quase ganhou a plataforma MQB para reduzir custos
Nota média 3 de 2 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Will

    A questão da posição do motor é importante porque só com motor longitudinal ele poderia receber a tração com diferencial central Torsen, que é o verdadeiro e famoso quattro.
    Os modelos de motor transversal usam o Haldex, que não tem o mesmo funcionamento.

    • Baetatrip

      Está contrario!
      Motores longitunal usam HALDEX (Como a maioria de Audi/ VW/Porche)
      Trasversal que nunca foi vendido aqui no BR, ja procurei no google os Passat anos 08/09 que continua até hoje
      Audi vendeu motor transversal no A3 09 e usa correia dentada e nunca deu problema (amigo tem 1)

      • CAVALO

        Haldex é um sistema de tração integral sob demanda, próprio para motores TRANSVERSAIS e muito utlizado pelas fabricantes ocidentais para sistemas AWD derivados de plataformas de motor transversal (os asiáticos desenvolveram seus próprios sistemas).

      • Will

        The Haldex and Torsen style AWD Systems are commonly used in Volkswagen Auto Group applications (most prominently Volkswagen and Audi) to transmit torque from the power-plant to both axles. A good guideline if you’re wondering which style of AWD you have is, generally, Transversely mounted engines (Engines with Cylinders aligned “left-to-right”) use a Haldex System, while Longitudinally mounted blocks (Cylinders aligned “up and down”) use a Torsen System.

      • Paulo Lustosa

        Passat 3.2 VR6 vendido aqui no Brasil eram AWD e usavam Haldex, assim como no Fusion, EcoSport e Equinox. Os Audi A6 V6, A6 V8 4.2L, S4, RS4, Q7, Q5 Quattro, Q8, A7, A8 e a linha que utilizam motores longitudinais usam diferencial central torsen, exatamente como foi na década de 80 quando lançou o Audi Quattro pro WRC, que foi o primeiro do tipo.

  • ( ͡° ͜ʖ ͡°)

    Ainda bem, ficaria muito atrás de Série 3 e Classe C.

  • Thiago

    Apenas na geração B5 passat e A4 compartilharam da mesma plataforma e mesmos motores, todos longitudinais e a tração era apenas dianteira.
    A tração quattro só veio no S4, anos mais tarde com o facelift.

    • Vinicius LMS

      É que tem que lembrar que o A4 segue a linhagem do Audi 80, em uma das gerações a Audi apenas trocou o nome em um facelift.

  • CanalhaRS

    Acho que não levará 4 anos para esse novo rebento. Até 2021 ele estará se mostrando, serelepe, em algum salão do automóvel por aí.

  • Luís Paulo

    Não sei se vem ao caso, mas essa perua é top demais!!!!!!

    • Ernesto

      Ontem eu vi perto de casa uma RS4 Avant das novas, vermelha. Que coisa linda!

  • Eduardo Edu

    Plataforma MQB do Passat na verdade. Passat e o Audi80 (a4) sempre foram irmãos

    • th!nk.t4nk

      Antigamente, sim. Hoje já não têm mais nada a ver.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email