Matérias NA Segurança

Qual farol usar na chuva? Baixo ou alto?

farol-chuva-carro

Sobretudo para quem não possui muita experiência ao volante, dirigir em dias de chuva é sempre um grande desafio. Há quem diz que conduzir um automóvel em dias de sol ou de chuva é praticamente a mesma coisa, sendo que é preciso somente ter atenção redobrada, ainda mais por ter sempre aqueles outros condutores um tanto quanto “desastrados” circulando pelos centros urbanos ou pelas rodovias. No entanto, o fato é que dirigir um carro nessas condições requer sim uma série de cuidados extras, além de uma atenção ainda maior, para prevenir acidentes e garantir a sua segurança, dos demais ocupantes do carro e também de terceiros.


Se você prestou bem a atenção nas aulas teóricas no período em que foi tirar a sua carteira de habilitação, provavelmente ainda deve se recordar das dicas de direção defensiva. Uma delas diz a respeito do uso dos faróis, como o ofuscamento causado pelo facho alto ao condutor do veículo oposto caso este recurso seja utilizado de maneira incorreta. Em dias de chuva, há também algumas medidas que devem ser tomadas para utilizar os faróis corretamente. Confira:

Quais as diferenças entre os faróis baixo e alto?

Publicamos recentemente uma matéria completa que dá todos os detalhes a respeito das mais diversas luzes principais de um automóvel. Entretanto, caso ainda não tenha lido este item, será que você sabe as diferenças entre os faróis baixo e alto (ou luz baixa e luz alta)?

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o farol baixo é um “facho de luz do veículo destinada a iluminar a via diante do veículo, sem ocasionar ofuscamento ou incômodo injustificáveis aos condutores e outros usuários da via que venham em sentido contrário”. Ou seja, ele deve ser utilizado em quase todas as situações para iluminar a via com ou sem iluminação, tanto é que é obrigatório a noite (do pôr-do-sol ao amanhecer) e também durante o dia nas rodovias.


Já o farol alto é um “facho de luz do veículo destinado a iluminar a via até uma grande distância do veículo”. Sendo assim, o farol alto é recomendado em vias não iluminadas ou túneis também sem iluminação, por exemplo. E por ter um alcance maior e mais elevado, o facho alto pode causar o ofuscamento da visão dos demais motoristas. Sendo assim, caso se depare com um motorista vindo na direção contrária ou até mesmo à frente de você na mesma faixa, desabilite o farol alto no mesmo momento.

hyundai-creta-sport-2018-15

Farol alto ou baixo: qual utilizar em dias de chuva?

Muitos podem pensar que o farol alto é a melhor opção para em condições com chuva ou neblina, visto que ele proporciona uma visão mais ampla devido ao maior alcance das luzes e, portanto, consegue “antecipar” as condições da via à frente. Porém, é justamente o contrário que costuma acontecer. O farol alto reflete diretamente nas gotas de chuva e nos nevoeiros, tornando a visibilidade ainda mais complicada e prejudicando a condução e, consequentemente, a segurança dos ocupantes e também de terceiros.

Logo, prefira não utilizar o farol alto do seu carro em dias de chuva, pois ele irá dificultar a sua visão e ainda atrapalhar os outros condutores. Vale ressaltar ainda que, como é sabido, o acionamento do farol alto inclui também a ativação das lanternas traseiras, que são importantes para posicionar o seu carro na via e informar “a sua existência” aos outros motoristas que trafegam no mesmo sentido.

Além do farol baixo, você pode contar com o auxilio dos faróis de neblina, que possuem facho de luz mais largo e ajudam para aumentar a visibilidade em pequenas distâncias, posicionados num espaço mais baixo (normalmente entre 40 cm e 80 cm em relação ao solo). Essas luzes podem ser úteis principalmente para te ajudar a analisar as condições da via – com a chuva, em muitos casos os buracos podem ficar inundados de água e serem facilmente confundidos com a superfície plana da rua ou rodovia.

Por outro lado, a lanterna de neblina, que se posiciona na traseira do veículo, deve ser utilizada somente em situações com neblina (obviamente) ou com chuva bastante forte, visto que nesses casos a visibilidade fica ainda mais comprometida. A lanterna de neblina tem uma lâmpada mais forte, normalmente da mesma intensidade das luzes de freio (com potência de 21 watts), com a intenção de tornar o automóvel mais visível. Por isso que ela é proibida em situações com boas condições de visibilidade. Segundo o CTB, “transitar com o farol desregulado ou com o facho de luz alta de forma a perturbar a visão de outro condutor” é infração grave, com multa de R$ 195,23 e cinco pontos na CNH.

carro-chuva

Outras dicas para melhorar a condução em dias de chuva

Evite a aquaplanagem

A aquaplanagem aparece como um dos principais “vilões” dos motoristas durante a condução em dias de chuva. Nela, os pneus do veículo perdem o contato com o asfalto e passam a trafegar sobre uma fina camada de água, diminuindo a aderência dos pneus e aumentando a possibilidade da perda de controle da direção.

Este fenômeno costuma ser mais frequente em velocidades mais elevadas, sobretudo acima de 80 quilômetros por hora. Para fugir dela, o recomendado é rodar sobre os rastros deixados pelos outros carros que trafegam à frente (onde há menor concentração de água). Porém, se o veículo aquaplanar, tire o pé do acelerador, mantenha a trajetória e aguarde o carro parar sozinho.

Utilize os limpadores de para-brisa

Embora seja bastante óbvia, a dica para utilizar os limpadores de para-brisa vale mais para lembra-lo de manter esses itens sempre em boas condições. Não é incomum que o proprietário do automóvel utilize os limpadores somente em dias de chuva e, portanto, acabe sendo surpreendido com borrachas ressecadas, por exemplo, tornando a limpeza do vidro ineficiente.

A vida útil dos limpadores costuma ser menor justamente pela durabilidade da borracha, sobretudo em períodos mais secos. O recomendado é você estacionar o seu carro sempre embaixo de sombras, fazer a limpeza periódica dos limpadores e também acrescentar um aditivo de limpador no reservatório de água.

COMPARTILHAR:
  • Pedrov

    Grande parte dos motoristas precisam de uma enciclopédia sobre como utilizar os faróis do carro, seja em dias de chuva, sol, furacão, terremoto ou apocalipse. O que tem de serumaninho com farol alto sem qualquer motivo é de dar raiva.

    • Louis

      Quem anda com farol alto não é “serumano”, é animal mesmo, que não sabe onde termina seu direito e começa o dos outros, que não tem capacidade de conviver em sociedade. Tenho vontade de jogar o extinto de incêndio no parabrisa desses animais.

      • Pedrov

        Sacas o meme do “serumaninho”, né? Hehe!

        De fato, um ser humano pleno de suas faculdades mentais (ou que pelo menos não tenha matado as aulas teóricas) deveria entender o quão inconveniente é a atitude de dirigir literalmente cegando outros motoristas.

    • REDDINGTON

      Não esqueçamos dos anti-neblinas traseiros que MUITOS ligam com céu estrelado…

      • xyzR2

        Teoricamente isso pode até dar multa, mas… infelizmente os manolos continuam usando e ofuscando impunes. Tem ate gente que esquece do farol de neblina.

        • REDDINGTON

          Sim, mas nunca ouvi dizer que alguém foi multado por andar com essa porcaria ligada sem necessidade.

      • PEDAORM

        Às vezes que fico tão indignado com o farol de neblina na minha cara, que ligo o farol alto atrás do imbecil. Me perdoem, mas não da.

        • REDDINGTON

          Cara…também já fiz isso kkkk.

        • Vinicius

          Háaaa, eu também. E ainda levanto meu farol para ter certeza que o cidadão vai fechar os zoinho.

  • Ronaldo Prado

    As palhetas dos meus limpadores de para-brisa duravam muito pouco, então para testar resolvi deixar os limpadores levantados quando o carro está estacionado. Como resultado o sol não resseca mais a borracha e ela também não se deforma com a curvatura do vidro. Já faz mais de um ano que troquei e elas continuam como novas. Recomendo.

    • HelderV6

      o meu vai pra 6 anos e ta bom ainda sem fazer nada, acho q não seria necessário tamanho cuidado.

      • Davi Millan

        6 anos com as mesmas palhetas? Caraca! As minhas duram de 6 a 12 meses.

    • Thales Sobral

      Onde você mora? Quando eu morava em Campinas, eu tive problema da palheta grudar no vidro, lá elas desgastavam muito rápido. Hoje em dia, aqui no Nordeste, as palhetas duram muito mesmo sem eu ter muito (melhor dizendo: nenhum) cuidado com elas.

      • PEDAORM

        Acredito que é uma questão de umidade.

  • Pedro Henrique

    kia cerato nem precisa de lanterna de neblina pq aquele led @$$@#$ é tão forte que te cega só no freiar

  • ‘Eduardo Oliveira

    Às vezes, andando pela rua à noite, sempre deparo-me com algum cururu na minha frente com a lanterna de neblina acesa, aquilo ali cega sem neblina!

  • Marcelo Nascimento

    Ok, a reportagem é sobre farol, mas como falou até de limpador, o mais importante deixou de fora: NUNCA ligar o pisca alerta com o carro andando…

    • kleber peters

      “A menos que você esteja em um cortejo fúnebre.”

  • Josué Lima B.

    O importante quando dirigir, é manter a calma sendo cuidadosamente a frente dos outros do assunto em questão.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email