Matérias NA

Quando licenciar o carro?

crlv Quando licenciar o carro?

O ano começa e você já se prepara para o pagamento de impostos, inclusive o de propriedade de veículos automotores. Todo motorista sabe da importância do licenciamento, também sabe que é obrigatório o porte do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos, o CRLV. Ou seja, é ele que libera a circulação de todos os veículos em território nacional.



O certificado comprova se o automóvel está em condições de rodar pelas ruas em todos os estados, é essencial que ele esteja seguindo as legislações do país referente às normas de segurança e até mesmo de emissões de poluentes/meio ambiente.

Não podemos negar que na prática isso não acontece da forma correta, pois não há uma inspeção rigorosa dos veículos na maiorias da cidades.

crlv Quando licenciar o carro?



É muito importante ficar de olho no prazo de pagamento porque ele é diferente de estado para estado, assim como os valores. Portanto, verifique o calendário de pagamento do estado e caso tenha dúvidas, verifique através do site do Detran do seu estado.

Os valores são variados, cada região possui um valor diferente. Em São Paulo, por exemplo, é cobrado cerca de R$ 87,38, já no Distrito Federal custa R$ 70,34. Os valores mais altos estão no Rio de Janeiro, Paraíba, Mato Grosso do Sul e Goiás, indo de R$ 130,00 até R$ 180,00. Vale ressaltar que o preço cobrado sofre um reajuste anualmente.

A taxa pode ser paga através da internet, caixas eletrônicos ou em bancos credenciados como Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, também é possível em alguns bancos privados.

O proprietário deve estar ciente que para realizar o serviço é preciso apresentar o número do RENAVAM – Registro Nacional de Veículos Automotores e estar com os outros impostos em dia: seguro obrigatório (DPVAT), IPVA e multas.

crlv Quando licenciar o carro?

O próprio dono do veículo pode requerer e retirar o licenciamento, portando os documentos necessários como RG/CPF ou terceiros que no caso seria um procurador legal. Caso opte por terceiros, ele deverá apresentar seu documento (RG) original e cópia, a procuração original assinada com reconhecimento por semelhança ou autenticidade.

Já para pessoas jurídicas, um representante da empresa também pode retirá-lo.

A retirada pode ser feita diretamente em posto de atendimento do Detran (também é possível no Poupatempo para o estado de São Paulo) ou via Correios, onde o cidadão deverá arcar com os custos de postagem que, hoje, custa aproximadamente R$ 11. O Correios fará o envio no endereço que está cadastro o veículo, por isso, é necessários confirmar todos os dados antes.

crlv Quando licenciar o carro?

Para não perder os prazos, fique atento ao final de sua placa, porém, caso queira, você poderá pagar antecipadamente no início do ano junto com o pagamento do IPVA.

Licenciamento para veículos movidos a gás

Proprietários de veículos movidos a gás precisam ficar atentos a outras exigências. Esses, só poderão realizar o licenciamento através de um outro documento, o CSV – Certificado de Segurança Veicular.

Para isso, é preciso procurar uma instituição credenciada ao Inmetro.

crlv Quando licenciar o carro?

O que ocorre se eu não pagar o licenciamento?

Primeiro, é indispensável o porte do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo e, obviamente, atualizado. O motorista que estiver dirigindo sem ele, está sujeito a multa leve de R$ 88,38 e 3 pontos na CNH, mesmo que tenha quitado o pagamento.

Agora, se não estiver com ele pago em dia, a dor de cabeça poderá ser ainda maior. O motorista terá que pagar R$ 293,47, sendo multa gravíssima, ainda receberá 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação e ter o carro apreendido.

Para que tenha tempo de receber o documento via Correios, já que o serviço não vem sendo feito com tanta agilidade, é recomendado realizar a solicitação de renovação com 15 dias de antecedência do prazo final (isso de forma eletrônica, pela internet).

crlv Quando licenciar o carro?

O que fazer caso tenha perdido o CRLV?

Se você perdeu o certificado, basta ir a um posto de Detran levando os documentos necessários e pagar uma taxa de emissão da segunda via. Disponibilizamos abaixo o site do Detran de cada estado brasileiro, onde é possível tirar outras dúvidas sobre renovação, valores e prazos.

Em novembro de 2016, entrou em vigor uma lei que anula a multa por não andar com o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos. Porém, a legislação não facilita tanto assim, isso ocorre apenas se a autoridade de trânsito conseguir acessar os dados do certificado de forma informatizada.

Não é sempre que os agentes estão com acesso ao sistema eletronicamente. Por esse motivo, é melhor não correr o risco, o recomendado é sempre estar com ele no veículo.

Automóveis ligados a serviços de órgão públicos seja municipal, estadual ou federal, deverão realizar a atualização anualmente, entretanto, estes estão isentos da taxa.

crlv Quando licenciar o carro?

Evite dívidas com o governo, fique de olho nos prazos e acerte o pagamento de todos os impostos. Publicamos aqui no Notícias Automotivas um artigo sobre os riscos do não pagamento ou atraso do IPVA – confira clicando aqui.

No site do Detran é possível encontrar outras informações como a possibilidade de consultar os débitos e as datas para renovação, o que ajuda antes de realizar o licenciamento. Para isso, é só informar a placa do veículo e o número do RENAVAM.

Prazos para o licenciamento

Cada estado segue uma data diferente, confira a lista completa abaixo:

Acre: Já disponível desde janeiro. Confira todas as datas e informações clicando aqui.

Alagoas: Placas com finais : 5 e 6  = 30/04/2018, 7 e 8 =  30/05/2018, 9 e 0 = 29/06/2018. Para os demais o prazo já terminou.

 Amapá: Prazo máximo em 31 de agosto.

Amazonas: Início em abril para placa final 1, maio= 2, junho= 3, julho= 4,  agosto= 5 e 6,  setembro= 7,  e outubro= 8, novembro= 9 e finalização em dezembro para placa com final 0.

Bahia: Os mesmos prazos de Amazonas – Início em abril para placa final 1, maio= 2, junho= 3, julho= 4,  agosto= 5 e 6,  setembro= 7,  e outubro= 8, novembro= 9 e finalização em dezembro para placa com final 0.

Ceará: Início ocorreu em março. Confira o calendário completo clicando aqui.

Distrito Federal: Não encontramos nenhuma informação através do Detran DF.

Espírito Santo: Início em abril. Confira o calendário completo clicando aqui.

Goiás: Final de placa 1 até 27/03/2018, 2 = 11/04/2018, 3 = 10/05/2018, 4 = 13/06/2018, 5 = 11/07/2018, 6 = 09/08/2018, 7 =  12/09/2018, 8 = 10/10/2018, 9 = 13/11/2018 e 0 = 29/11/2018.

Maranhão: Não encontramos datas no site do Detran, mas a consulta para 2018 encontra-se disponível.

Mato Grosso:  Início ocorreu em janeiro para placas com final= 1, fevereiro = 2, março = 3, abril = 4, maio = 5, junho = 6, julho = 7, agosto = 8, setembro = 9 e finalizando com outubro = 0.

Mato Grosso do Sul:  Final de placa= 1 e 2 inicia em abril, maio = 3, junho = 4 e 5, julho = 6, agosto = 7 e 8, setembro = 9 e finalizando em outubro com 0.

Minas Gerais: Prazo até 02/04/2018 segundo a Secretaria de Estado da Fazenda.

Pará: Confira todos os prazos através do site do Detran do Estado clicando aqui

Paraíba: A consulta está disponível com os dados do motorista/veículo através do site do Detran do Estado clicando aqui.

Paraná: Confira o calendário completo clicando aqui.

Pernambuco: finais 1 e 2 até maio, 3, 4 e 5 até junho, 6, 7 e 8 até julho e 9 e 0 até agosto.

Piauí: Confira o calendário completo clicando aqui.

Rio de Janeiro: Finais de placa 0 e 1 até 31/5, 2 e 3 até 30/6, 4 e 5 até 31/7, 6 e 7 até 31/8 e 8 e 9 até 29/9. Para mais informações, basta clicar aqui.

Rio Grande do Norte: Confira o calendário completo clicando aqui.

Rio Grande do Sul: Confira o calendário completo clicando aqui.

Rondônia: Finais de placas 1,2,3 = 29/03/2018, 4 = 30/04/2018, 5 = 30/05/2018, 6 = 29/06/2018, 7 = 31/07/2018, 8 = 31/08/2018, 9 = 28/09/2018 e 0 = 31/10/2018.

Roraima: finais de placas 1 e 2 = 28/02/2018, 3 e 4 = 29/03/2018, 5 e 6 = 30/04/2018, 7 e 8 = 30/05/2018, 9 e 0 = 28/06/2018.

Santa Catarina: Confira o calendário completo clicando aqui

São Paulo: Final de placa 1 = abril, 2 = maio, 3 =  junho, 4 = julho, 5 e 6 = agosto, 7 = setembro, 8 = outubro, 9 = novembro e 0 = dezembro.

Sergipe: Clique aqui para conferir a lista completa com desconto e sem desconto (informação na parte inferior do site).

Tocantins:  Não encontramos datas no site do Detran, mas a consulta para 2018 encontra-se disponível.

COMPARTILHAR:
  • Holandês Louco
  • Pedro Henrique

    essa matéria veio no dia certo porque o meu vence amanhã e tinha esquecido desse papel pra pagar porque a data é sempre bem depois do ipva kkkkkkkk
    achava que essas matérias óbvias não iam ter uma utilidade pra mim kkkkk

    • Cardoso (não aquele)

      Mesma situação aqui, heheheh. Amanhã é dia de ir na delegacia

      • GustavoHenkel

        Adorei seu nick
        kkkkk

  • GustavoHenkel

    Uma excrecência criada para tirar dinheiro do contribuinte, e só!
    Feito para conservar ruas, custear sinalização, manutenção das estradas estaduais, etc, na verdade o meu dinheiro, o teu e o de todos vai mesmo para encher os cofres dos políticos corruptos que infestam nosso País.
    Aqui no Rio, ainda temos que pagar para fazer a nefasta vistoria anual, com franquia de 5 anos para os veículos 0km, que serve só para incentivar, ainda mais, a corrupção infestada em nossa sociedade.
    Fosse um País sério, com o que já pagamos de impostos e taxas e mais taxas, em todas as esferas (municipal, estadual e federal), e sem corrupção, o dinheiro pago por nós seria mais que suficiente para conservar ruas e estradas e custear a logistica de controle do trânsito em todas as áreas.
    Morei na Alemanha muitos anos e tinhamos uma carga tributária altíssima, mas tinhamos estradas e ruas de 1o mundo.
    A única taxa que se paga para quem tem carro, varia de 1,5% á 8% sobre o valor pago pelo 0km, e só quando da compra.
    Uma vergonha

  • invalid_pilot

    Fazer no mês que vence o licenciamento…

  • Marcos Porto

    Mais um meio de tirar o dinheiro do pobre do contribuinte. É impressionante como esse imposto onera o trabalhador.
    Se comprarmos um carro de $ 100.000,00 em MG, teremos que pagar 4% de imposto, ou seja, $ 4.000,00.
    Em 5 anos pagamos cerca de 1/5 do valor do carro, isso é inacreditável. Como podemos pagar essa quantidade de imposto em um bem que é seu e anualmente.
    Eu não posso pagar de IPVA, o que eu quase pago de escola para meu filho, prefiro a escola do que ter um zero km na garagem. Viva os usados e seminovos!

    • PrGirafales

      todo estado que os tucanos passaram por coincidencia os IPVA tudo 4, 3,5 % … aqui no parana era ate uns 3 anos atras 2,5%, foi o tucano se reeleger no dia seguinte o cara aumentou o ipva no estado em 40%, indo para 3,5%…. Sao Paulo ja é a muitos anos 4%… ai em MG era o tucaninho tb….ai vc desce mais para o sul do pais e chega em SC la é 2 % ainda… mas por coincidencia nao é tucanada por la senao ja teriam subido tb….

      • DougSampaNA

        é verdade sim; porem não absoluta; basta ver o imposto per capta no Brasil como aumentou do 10 Governo Lula pra cá…exploração dos escravos isso!!

  • Catucadao

    camaro vermelho na foto a diferença é grande pra outros carros que está na rua…

  • DougSampaNA

    tô com um ÓDIO mortal da palavra IMPOSTO!!!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email