*Destaque FCA Mercado Pickups

RAM 1000: Picape média tem sinal verde e pode estrear no Brasil

RAM 1000: Picape média tem sinal verde e pode estrear no Brasil

A FCA confirmou oficialmente o desenvolvimento de uma picape média para atuar em um segmento importante no mercado mundial. Desde a saída da picape Dodge Dakota em 2011, após três gerações brigando com Chevrolet S10 e Colorado, bem como com a Ford Ranger, a Chrysler não tem um produto nesse segmento em nenhuma parte do mundo.


Com as vendas globais aumentando suficiente bem para a inclusão de novos produtos, a FCA se animou com a oportunidade de retornar com uma picape nessa faixa de porte e peso, onde a capacidade de carga fica em torno de uma tonelada.

Há algum tempo surgiu uma informação de que o projeto desse novo produto estaria sendo executado pela Fiat no Brasil, cuja fábrica de Goiana-PE será a responsável por sua produção.

O projeto dessa picape, que pode ser chamada de “RAM 1000”, teria sido apresentado a portas fechadas para o presidente Michel Temer, que até então não havia oficializado a nova política automotiva do país, o Rota 2030, o que também não foi feito até agora.


A ideia de uma picape média no grupo ítalo-americano é muito interessante, pois o Brasil ganhará mais uma opção nesse mercado e de quebra aumentará a produção local.

RAM 1000: Picape média tem sinal verde e pode estrear no Brasil

Foi aqui que a Chrysler produziu também a Dodge Dakota nos anos 90 e agora a FCA pode novamente retornar com esse tipo de veículo, que tem rivais de peso pela frente, tais como Toyota Hilux, Chevrolet S10, Ford Ranger, Volkswagen Amarok, Mitsubishi L200 e Nissan Frontier.

Estas são apenas as que estão disponíveis, pois Renault Alaskan e Mercedes-Benz Classe X estão chegando via Argentina, tradicional país produtor de picapes.

Com produção pernambucana, a RAM 1000 deve atingir todo o mercado latino-americano e ainda ganhar exportação para a Europa, onde a Fiat deverá encerrar com a Fullback, uma versão local da L200. Mas por que não o México?

Para atender o mercado americano, a FCA deve fazer a nova picape no país latino por conta dos custos mais baixos em relação aos EUA. Este último também poderia fabricar o modelo. Um acordo para produção na Tailândia, pode levar o modelo para Austrália, país com bom mercado de picapes.

RAM 1000: Picape média tem sinal verde e pode estrear no Brasil

Mas como será? Comenta-se que será feita sobre chassi de longarinas em aço com carroceria bem resistente. Provavelmente será oferecida em cabines simples e dupla, podendo eventualmente ter versões de cabine estendida nos EUA.

Uma versão TRX, mais esportiva e radical, deve surgir na próxima década. Inspirada na RAM 1500, a RAM 1000 deve apostar em conectividade e sistemas de segurança ativa, além de mecânica bem robusta e confiável.

Neste aspecto, a RAM 1000 estará bem servida, visto que a FCA pode dispor de vários propulsores, alguns mais prováveis, tais como VM Motori V6 3.0 de 240 cavalos ou o Pentastar 3.6 V6 de 280 cavalos.

Isso sem contar o novo motor 2.0 Turbo, que poderia chegar a 310 cavalos para brigar com alguns rivais nos EUA. Versões comuns com propulsores 2.0 ou 2.8, poderão ser oferecidas para que a oferta tenha uma faixa maior de atuação, entre 140 e 200 cavalos, por exemplo.

 

RAM 1000: Picape média tem sinal verde e pode estrear no Brasil
Nota média 4.2 de 17 votos

  • leandro

    Já dá pra imaginar o precinho.. um apartamento de 2 quartos

    • oloko

      Ap de 2 quartos aonde? Duvido que esse carro venha por 300k ou mais kkkkkk

  • Mardem

    Ram 1000?
    Se for no embalo do antigo Gol 1000, espero que seja o Firefly pelo menos!
    HAHAHHAHAHA

  • Dizem as más línguas que ela virá com motor 1.0. 😁

    • Vitor

      Com duas saídas de escapamento deve pelo menos ser 1.0 turbo.

    • Dod

      1.0 Fire, igual ao que vai retornar no Uno 2019.

      • Lucas MTB

        Agora o Uno anda, vou já encomendar o meu e ver logo os modelos mais rápidos de escadas pro teto!

  • Cromo

    Para o Brasil, acho + interessante a FCA lançar esta picape não com a marca RAM, mas como Jeep, nome muito mais conhecido aqui. Se Porsche pode fazer SUV, obviamente Jeep pode fazer picape.

    • Rômulo M.

      Eu já discordo. Acho a RAM bem famosa no Brasil no que diz respeito a picape, alem de ja ter a identificação visual com a RAM 2500 que já virou até letra de funk no Brasil. Acho q uma versão RAM e outra versao Fiat seria bem interessante.

      • Fabrício Sanches

        ‘Vem ni mim Dodge RAM’… Sertanejão… ixi

  • octavio cesar godoy

    Pelo amor, coloca o nome Ram, nada de fiat

    • Abdallah

      Alguem é capaz de dizer que com o nome RAM vai ser apenas para ostentar aqui no Brasil.kkkkkk

  • Vitor

    Esse segmento está se tornando o mais rico em opções no Brasil, (e cada vez mais tem que ser rico pra comprar) caminhando na direção contrária das SW.

  • Rbs

    Das que estão aqui essa seria a mais bela!

  • Helder

    Tomara q venha com v oitão , mas eh bem difícil , pick up americana raiz tem q ter v8.

    • Maycon Farias

      Levando em conta que os carros mais velozes do planeta são elétricos e estão na casa dos 1,8 segundos de 0 a 100, podemos dizer que o sonho de algo raiz de muita gente já é um elétrico.

      • oloko

        Vai demorar pra carro elétrico virar ”raiz” kkkkk

  • Ricardo Blume

    Bom para o mercado, melhor ainda para os agroboy.

  • Erivelton Freitas

    Os carros da RAM no Brasil, tem um preço muito proibitivo. Se vier para cá, vai brigar em termos de preço, com a Amarok V6.

    • Raimundo A.

      Caro, vamos se informar melhor. Dizer que a RAM tem preço alto aqui é ignorar que o produto é importado, sujeito a variação cambial cujo Real está desvalorizado, bem como o modelo que estão trazendo, mesmo não sendo a nova geração, é o 2500, que é mais caro que o 1500, mas também é full size e este último será mais caro que especulada RAM 1000, nova picape a ser feita.

      Fazendo uma analogia, é a Mercedes só trazer para nós o Classe S e você dizer que veículos da MB são caros aqui sendo que a oferta é única e o mais caro ou um dos mais caros da fabricante, quando há vários outros produtos abaixo e com preço menor.

      Em suma, a futura picape deverá ter preço na faixa dos concorrentes médios ofertados aqui, logo com preço bem menor que a RAM 2500. Agora, vamos ver por quanto a MB cobrará aqui pelo seu Classe X, que não passa de uma Frontier com alterações visuais e alguns ajustes.

      • Erivelton Freitas

        Vamos fazer o seguinte… Vamos esperar realmente o lançamento e a divulgação de preço! Aí veremos qual de nós irá precisar mudar o discurso. Eu torço para que eu esteja errado, sendo bem franco, mas por hora… =/

        • Raimundo A.

          Bem, quem achava que o Renegade, por ser Jeep, viria a preço nas alturas, veio a preço dos concorrentes e aplaudiram os preços no lançamento do Compass, muito competitivos para o produto, tanto que o tornou líder inclusive vendendo mais que veículos compactos.

          A questão não é ser otimista, mas posicionamento de mercado. Não é por ser RAM que dá o direito de cobrar bem mais que outros produtos se tratando de um veículo totalmente novo. Por sinal, você já viu o quanto importadores independentes cobram pela série F americana aqui?

          Uma coisa concordo: vamos esperar. A FCA terá tempo para observar a venda de produtos como Renault Alaskan e, mais ainda, Mercedes X aqui. Não custa lembrar também especulações sobre a nova geração da S10 ter porte da Colorado americana. Vendo o que o consumidor aceita pagar na concorrência, saberá o que ofertar no novo produto e o preço para garantir boa aceitação.

  • Luis Burro

    Ué,pensei ter lido em uma matéria sobre a 1500 q ela já era a substituta da Dakota!

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Eu pensava que esta nova picape poderia ser vendida sob a marca FIAT, porém a apresentacão dos veículos comerciais da FCA ficou a cargo da RAM, marca que ganhou muita importância para todo o grupo, por isto penso que toda a divisão de veículos comerciais da FCA, que inclui FIAT Professional e FIAT, poderá ser unificada sob a marca RAM. Assim esta picape poderá chegar aqui sob a bandeira RAM, ainda mais porque este tipo de picape 4×4 e 1ton é uma tipologia mundial e serviria como uma primeira etapa de mundialização da marca.

  • Saulo Gomes

    Conhecendo a FCA antes do lançamento já vai ter recall …….

  • Maycon Farias

    Não ficarei nem um pouco surpreso se em poucos meses essa 1000 assumir a liderança das médias. Todos os 3 irmãos que saem de Goiana se tornaram lideres.

  • Mauro Banqueiro

    Sua por alguns apartamentos

  • RIP Brazil

    Com esse aro 22 e esses pneus de perfil baixo?
    Será melhor utilizar os pneus de C-10 para maior conforto em nossas estradas com resquícios de asfalto.
    Muito mais conforto.

  • mattgearhead

    Em breve nas melhores rodovias do BR, com pneus BF Goodrich 35″, suspensão elevada, pintura cristalizada… Meu Deus porquê você comprou um carro desse tamanho pra andar na cidade? “É que eu tenho um sítio no interior e tenho que andar 2 km de chão batido pra chegar lá” ¬¬

    • Cmenusi

      Se o cara tiver um sítio, ainda vai … Pior é aquele que tem um “amigo” que tem um sítio, e aí as vezes, no verão, vai lá …

  • Vattt

    Meu HD travou quando li “teria sido apresentado a portas fechadas para o presidente Michel Temer”. Estou na china socialista e não sabia!!!! Que bosnia!!!

  • Guilherme Batista

    Troca o nome pra RAM Dakota e depois me agradeçam

    • marco

      essa tu acertou legal ! Parabens…ja pode pedir emprego no dpto de marketing da FCA ( to elogiando ok, e não fazendo parodia )

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email