*Destaque FCA Mercado Pickups

RAM 1000: Picape média tem sinal verde e pode estrear no Brasil

RAM 1000: Picape média tem sinal verde e pode estrear no Brasil

A FCA confirmou oficialmente o desenvolvimento de uma picape média para atuar em um segmento importante no mercado mundial. Desde a saída da picape Dodge Dakota em 2011, após três gerações brigando com Chevrolet S10 e Colorado, bem como com a Ford Ranger, a Chrysler não tem um produto nesse segmento em nenhuma parte do mundo.


Com as vendas globais aumentando suficiente bem para a inclusão de novos produtos, a FCA se animou com a oportunidade de retornar com uma picape nessa faixa de porte e peso, onde a capacidade de carga fica em torno de uma tonelada.

Há algum tempo surgiu uma informação de que o projeto desse novo produto estaria sendo executado pela Fiat no Brasil, cuja fábrica de Goiana-PE será a responsável por sua produção.

O projeto dessa picape, que pode ser chamada de “RAM 1000”, teria sido apresentado a portas fechadas para o presidente Michel Temer, que até então não havia oficializado a nova política automotiva do país, o Rota 2030, o que também não foi feito até agora.


A ideia de uma picape média no grupo ítalo-americano é muito interessante, pois o Brasil ganhará mais uma opção nesse mercado e de quebra aumentará a produção local.

RAM 1000: Picape média tem sinal verde e pode estrear no Brasil

Foi aqui que a Chrysler produziu também a Dodge Dakota nos anos 90 e agora a FCA pode novamente retornar com esse tipo de veículo, que tem rivais de peso pela frente, tais como Toyota Hilux, Chevrolet S10, Ford Ranger, Volkswagen Amarok, Mitsubishi L200 e Nissan Frontier.

Estas são apenas as que estão disponíveis, pois Renault Alaskan e Mercedes-Benz Classe X estão chegando via Argentina, tradicional país produtor de picapes.

Com produção pernambucana, a RAM 1000 deve atingir todo o mercado latino-americano e ainda ganhar exportação para a Europa, onde a Fiat deverá encerrar com a Fullback, uma versão local da L200. Mas por que não o México?

Para atender o mercado americano, a FCA deve fazer a nova picape no país latino por conta dos custos mais baixos em relação aos EUA. Este último também poderia fabricar o modelo. Um acordo para produção na Tailândia, pode levar o modelo para Austrália, país com bom mercado de picapes.

RAM 1000: Picape média tem sinal verde e pode estrear no Brasil

Mas como será? Comenta-se que será feita sobre chassi de longarinas em aço com carroceria bem resistente. Provavelmente será oferecida em cabines simples e dupla, podendo eventualmente ter versões de cabine estendida nos EUA.

Uma versão TRX, mais esportiva e radical, deve surgir na próxima década. Inspirada na RAM 1500, a RAM 1000 deve apostar em conectividade e sistemas de segurança ativa, além de mecânica bem robusta e confiável.

Neste aspecto, a RAM 1000 estará bem servida, visto que a FCA pode dispor de vários propulsores, alguns mais prováveis, tais como VM Motori V6 3.0 de 240 cavalos ou o Pentastar 3.6 V6 de 280 cavalos.

Isso sem contar o novo motor 2.0 Turbo, que poderia chegar a 310 cavalos para brigar com alguns rivais nos EUA. Versões comuns com propulsores 2.0 ou 2.8, poderão ser oferecidas para que a oferta tenha uma faixa maior de atuação, entre 140 e 200 cavalos, por exemplo.

 

RAM 1000: Picape média tem sinal verde e pode estrear no Brasil
Nota média 4.2 de 17 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email