Dodge EUA Pickups

RAM 1500 EcoDiesel 2020 chega com mais potência e torque aos EUA

RAM 1500 EcoDiesel 2020 chega com mais potência e torque aos EUA

Cotada para chegar ao mercado brasileiro, a RAM 1500 EcoDiesel 2020 chega ao mercado americano com mais potencia e torque. A picape full size da Fiat Chrysler adiciona modificações no motor VM Motori V6 3.0 EcoDiesel, que agora entrega 260 cavalos a 3.600 rpm e 66,1 kgfm a 1.600 rpm, sendo 400 rpm mais baixo que o V6 anterior.


As modificações no EcoDiesel V6 3.0 estão na introdução de um turbocompressor de geometria variável com refrigeração a água, novo sistema de recirculação de gases de escape de fluxo duplo, entradas de admissão dos cabeçotes redesenhados, taxa de compressão aumentada de 16,0:1 para 16,5:1 e bicos injetores de maior pressão.

RAM 1500 EcoDiesel 2020 chega com mais potência e torque aos EUA

Além disso, o V6 italiano recebeu ainda novo cárter e bomba de vácuo duplo, assim como pistões e pinos mais leves para reduzir atrito e ruído. Os pistões são feitos em liga de alumínio com refrigeração por jato de óleo. A introdução do motor atualizado na RAM 1500 EcoDiesel 2020, fez com que sua capacidade de carga e reboque fossem aumentadas.


Com transmissão automática de oito marchas e sistema de tração nas quatro rodas, a RAM 1500 EcoDiesel 2020 dispõe ainda de suspensão pneumática, que permite sempre a melhor altura durante a condução, tendo inclusive nivelamento automático de carga e modos de entrada e saída do veículo, tal como embarque de carga.

RAM 1500 EcoDiesel 2020 chega com mais potência e torque aos EUA

A RAM 1500 2020 continua sendo oferecida com motor a gasolina V8 HEMI 5.7. Nesta RAM 1500 EcoDiesel 2020, o pacote de equipamentos ainda inclui multimídia Uconnect 4C com tela de 12 polegadas, monitoramento em 360 graus, navegador GPS integrado, rádio-satélite SiriusXM, acabamento em couro na versão Limited, visual esportivo na versão Rebel e revestimentos mais rústico na Classic.

A RAM 1500 EcoDiesel 2020 traz ainda controle de cruzeiro adaptativo, frenagem automática de emergência diante de pedestres, alerta de faixa e ponto cego, entre outros. Com esse novo motor, a FCA pode adiciona-lo à futura picape média da RAM, que deverá ser produzida no Brasil, batendo assim de frente com a VW Amarok V6 atualizada para 262 cavalos.

RAM 1500 EcoDiesel 2020 chega com mais potência e torque aos EUA
Nota média 4.3 de 4 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Guh MDNS

    Por conta das restrições brasileiras de condução de veiculos mais pesados. Eu acho muito mais interessante a venda da RAM 1500 do que a 2500!!!
    Se bem q ja vi as duas de perto e o tamanho delas é quase igual (parece um caminhão com carroceria de lata)!!!
    Mas verdade seja dita: Qualquer uma das duas é linda pra C#!$%!#$!!!!

    • Paulo Lustosa

      problema é que pra ser vendida no diesel aqui teria que aumentar a capacidade de carga dela, que é de apenas 680KG

      • Navaman

        Será que for 4×4 com reduzida também precisaria da capacidade de 1000 kg?

        • Vitor Rossetto

          Camionete no Brasil a diesel é obrigatório ter os 1000 kgs de carga, basta ver a Toro, mas isso é simples, só reforçam o feixe de molas dela. SUV é outra coisa.

        • Paulo Lustosa

          Por se tratar de uma picape precisaria, ninguém iria querer pegar uma RAM 1500 no Brasil sabendo que ela pegaria menos peso que uma Toro.

      • dallebu

        Não precisa, basta ter reduzida, vide Renegade e Compass…

        • TijucaBH

          Na verdade Renegade, Compass, X5, etc nao possuem reduzida. Elas possuem uma primeira marcha muito curta que fazem o papel de reduzida e se enquadram na categoria jipe. A primeira conseguir essa brecha sem ter uma caixa de redução foi a Mercedes ML.
          No caso da Ram 1500, realmente ela nao precisa transportar 1 tonelada se conseguir se enquadrar na categoria jipe. Para isso precisa da reduzida (ou algo que simule, como foi dito) e também precisa ter angulos de ataque, saída, etc dentro dos requisitos para essa categoria.

        • Paulo Lustosa

          Precisa por se tratar de uma picape.

      • Guh MDNS

        VERDADE!!!!!
        Vc tem toda razão Paulo Lustosa!
        Eu não tinha atentado a esse detalhe!!!
        Mas nada que alguns reforços no conjunto da suspensão traseira não resolvam!!!

        • Paulo Lustosa

          Na verdade se ela for feixe de mola, só colocar feixes e amortecedores mais rígidos que resolve o problema.

        • Guh MDNS

          A coisa é um pouquinho mais complexa, envolve batentes, pivôs, buchas, etc!!!
          Mais ainda sim ta facil!!!

  • Domenico Monteleone

    Baita picape, em todos os sentidos

  • dallebu

    FCA, traz essa 1500 também, nunca te pedi nada!

    Obs. Não que eu vá ter dinheiro pra comprar… :(

    • TijucaBH

      nem que seja pra gente ver na rua!!! kkkk

  • CanalhaRS

    A RAM 1500 não é full size no mercado dos EUA, lá ela é considerada uma picape média. A “full” seria a RAM 2500.

    • Gabriel Camilo

      É Full Size sim. A Ram 2500 é Full Size também, porém além disso é Heavy Duty. Picape média ou Mid Size é a Colorado, Ranger, Tacoma, Frontier, Hilux…

  • Danilo

    Motor diesel bacana, mas nos EUA vai vender mesmo é o a gasolina. Lá esse negócio de diesel não é gourmetizado igual aqui. O povo de lá gosta de ostentar o v8 na gasosa kkkk.

    • Gabriel Camilo

      Na verdade esses motores a diesel estão em alta lá, por conta do bom desempenho e consumo. A Chevrolet tem hoje o Duramax 2.8 na Colorado (mesmo da nossa S10) e colocará um 6 em linha 3.0 na Silverado, além do 6.6 Duramax V8 já disponível nas Heavy Duty. A Ford colocou um 3.0 V6 Power Stroke na F150, além do 6.7 V8 as Heavy Duty. A FCA já possuía esse motor aí (que parece ser muito bom), além do L6 6.7 que também é vendido aqui. Essse negócio de V8 gastador aos poucos está perdendo força tendo em vista os novos motores V6 turbinados e os diesel, que são bem melhores em picapes.

      • Danilo

        Engraçado que não é isso que vejo o pessoal de lá que acompanho falar, pessoas que compram carros bem novos em leilões pra venda. Chegam até a não comprar carros a diesel dando preferência pros a gasolina. E convenhamos, é mixaria o valor que eles pagam na gasolina.

        • Gabriel Camilo

          Pode ser que o crescimento desses motores que falei estejam atacando outro nicho que está perdendo força e não necessariamente das picapes “tradicionais”, realmente o mercado dos V8 a gasolina nos EUA é muito forte. A gasolina é muito barata mesmo, mas por causa das regras cada vez mais rígidas nas emissões os turbo e os diesel mais eficientes vão ganhando seus espaços.

          • Danilo

            Na verdade o americano “caga e anda” (desculpa a expressão) pra emissões. Só uns ecochatos que usam o prius e são até ridicularizados por isso. Carro com motor 4 cilindros lá é taxado de carrinho de brinquedo (pelo menos é o que vejo quando o comprador de carros fala que o carro que ele está avaliando tem “4 cilindrinhos”). O Trump está pulando fora de tudo quanto é acordo ambiental. As pessoas lá veem que tem uma vida só e buscam aproveitar ela o mais intensamente possível e dane-se o resto, kkkk. A mim só me resta inveja-los, kkkkkk.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email