*Featured Avaliações Crossovers Range Rover

Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-37-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

Luxuoso, esportivo, sofisticado e eficiente. Esses são alguns dos atributos do Range Rover Evoque 2014, que em sua versão topo de linha Si4 2.0 Dynamic Tech Pack com 9 marchas, resume bem o pacote oferecido pelo utilitário esportivo britânico, que faz sucesso em todo mundo.



O Range Rover Evoque é um dos poucos produtos do mercado mundial que tendem a oferecer muito do que é visto nos modelos mais caros, que neste caso, é o Range Rover. Isso serve não só para atrair a atenção de quem está interessado em ter um pouco do modelo top, mas não quer ou não pode pagar seu preço. É um downsizing tão saudável quanto aquele dos motores.

Além disso, cria um ambiente mais propício para a fidelização do novo cliente, visto que os tradicionais ainda não dispensam os mais aventureiros da marca inglesa. Jovem, atraente e totalmente personalizável, o Range Rover Evoque pode ser masculino ou feminino, dependendo de como é customizado.

Com foco no asfalto, o Range Rover Evoque 2014 não é exatamente aquele crossover nascido de um carro de passeio e que foi forçado a ganhar um aspecto mais aventureiro. O que ele apresenta de off-road não é apenas para dizer que tem, ele realmente vai lá e faz. Faz até mais e quem não acredita, pode conferir na matéria que fizemos durante o lançamento do modelo 2014 com 9 marchas.

Dá para se divertir muito e com segurança, mas essa brincadeira é para poucos. O Range Rover Evoque 2014 parte de R$ 192.000. Na versão testada, a Dynamic Tech Pack, o preço sobe para altos R$ 277.100. Diante disso, temos saudades da faixa anterior, entre R$ 175.000 e R$ 227.000. As mudanças implementadas, tais como transmissão ZF 9HP, Start&Stop, ACC com Queue Assist e Torque Vetoring, entre outros fatores, elevaram muito os valores. Vale a pena? Leia a seguir e tire suas conclusões.

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-1-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

Por fora…

O Range Rover Evoque 2014 lembra um pequeno tanque de guerra. Ele é parrudo, robusto e dotado de linhas bastante musculosas. A impressão é de ser maior do que realmente é. Ele mede apenas 4,36 m de comprimento e cabe praticamente em qualquer garagem. O estilo impressiona e realmente foi feito para isso mesmo.

Na frente, a Land Rover propôs uma cara de bravo para o Evoque, destacando-se seus faróis bi-xenon com LEDs diurnos envolvendo os projetores semicirculares e prolongamentos nas laterais, interrompidos pelas grandes saias de rodas abauladas. O desenho continua, mas se transforma em frisos pintados de cor preto brilhante com entradas de ar integradas, já invadindo as portas dianteiras.

No centro, uma grade em preto brilhante com logotipo da Land Rover no lado esquerdo e logo acima um grande capô com o nome Range Rover em destaque. A cara fechada do modelo é completada pelo para-choque com uma barra prateada na parte inferior e voltada para baixo. O protetor ainda apresenta pequenas grades para refrigeração do motor, assim como duas entradas laterais com LEDs de neblina.

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-7-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

A parte inferior do conjunto apresenta revestimento em plástico preto e não há um ângulo de ataque grande, ao contrário do visto no Freelander 2, por exemplo. É nessa parte que fica mais evidente o foco do Evoque foi feito para ruas e estradas de asfalto. Por fim, sensor de estacionamento e lavadores de faróis fecham o conjunto frontal.

Nas laterais, o Range Rover Evoque 2014 se destaca pelo tamanho das rodas, que são de aro 20 polegadas e acabamento diamantado. Seu desenho pode até ser considerado conservador. Os pneus têm medidas 245/45 R20. As saias de rodas são tão grandes que parece ser possível colocar aros de tamanhos maiores sem prejuízo estético.

A linha de cintura é bastante alta e reforça a sensação de segurança a bordo do veículo. As colunas A são retas e pintadas de preto brilhante, assim como as demais e os retrovisores, que foram redesenhados no modelo 2014. Aliás, durante a noite, eles projetam a imagem do desenho base do Evoque no solo, como que dando as boas-vindas ao condutor e passageiro. Os espelhos externos ainda dispõem de câmeras para ajudar nas manobras.

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-29-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

Dois vincos pronunciados reforçam as características de estilo e robustez do Evoque, enquanto o teto reto mostra uma estrutura mais sólida e segura. Na traseira, as lanternas em LED apresentam formato retangular com iluminação principal semicircular. Elas avançam pouco pelas laterais. Já a tampa do bagageiro é bem grande e dotada de spoiler integrado ao desenho do teto, funcionando como um prolongamento deste e ainda equipado com um pequeno extensor de cor preto brilhante.

A vigia traseira é pequena, mas a tampa abriga uma importante câmera de ré. Há também um friso de cor preto brilhante, bem como o nome Range Rover e as identificações do Evoque e o logotipo da Land Rover. O acesso ao compartimento de bagagens tem acionamento elétrico e o fechamento é feito mediante um botão na parte inferior da tampa.

O para-choque traseiro é integrado ao desenho da carroceria, que na traseira é como um grande protetor, inclusive envolvendo o formato da parte inferior da tampa do porta-malas. Duas saídas de escape cromadas – que desaparecem quando o Evoque está “navegando” em meio metro de água – são envolvidas por um friso de acabamento prateado e imitando uma barra de proteção, assim como ocorre na dianteira.

Um grande difusor de ar (ou de água, se for o caso de uma travessia) fica na parte central. Sensores de estacionamento e luzes de neblina fecham o conjunto. Apesar do Range Rover Evoque ser considerado um utilitário esportivo, ele não apresenta as tradicionais barras longitudinais no teto. Um grande vidro panorâmico amplia a iluminação natural do interior e possui proteção contra raios UV.

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-57-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

Por dentro…

Apesar de ter identidade própria em seu estilo exterior, mesmo guardando muitas semelhanças com o Range Rover, o Evoque se aproxima mais de seu irmão maior no interior. O painel com display de visor de dupla imagem e console central reto com botão de marchas giratório e retrátil são bem semelhantes aos do modelo Vogue.

O acabamento geral é de primeira qualidade e há couro revestindo o painel quase que por completo. Apenas uma barra de cor metalizada divide o painel em duas partes, sustentando também os difusores de ar quadrados e o botão start-stop para partida.

O cluster apresenta dois grandes mostradores circulares com iluminação branca, que muda para vermelha no modo Dynamic. Um display TFT multifuncional fica ao centro e disponibiliza informações de condução, navegação, multimídia, viagem, medidor de combustível, temperatura da água, etc.

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-50-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

O volante é revestido em couro com aplique de alumínio na parte inferior e comandos para áudio, telefonia, controle de cruzeiro, ACC Queue Assist (modo adaptativo), computador de bordo, multimídia, entre outros. Há duas borboletas para trocas manuais de marchas e as hastes englobam iluminação (com sensor crepuscular) e limpadores/lavadores (com sensor de chuva).

O console sobre o “túnel” apresenta botão de marchas retrátil, que como já foi dito, é semelhante ao do Range Rover Vogue. Logo a frente do seletor de marchas, temos um conjunto simplificado para CD e DVD, assim como ar condicionado dual zone com aquecimento dos bancos dianteiros. Controle de descida, Park Assist e ESP/TCS desligados se encontram do lado direito, enquanto no esquerdo fica o botão do freio de estacionamento elétrico.

Entre o seletor de marchas e o porta-copos com tampa retrátil pintada na cor preto brilhante, existe o comando do Terrain Response2. O sistema de tração integral inteligente da Land Rover apresenta cinco modos de condução/tração (no Freelander 2 são 4, por exemplo).

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-67-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

O primeiro é o Dinâmico, que é mais voltado para a esportividade, ajustando motor/transmissão/cluster/direção/freios/amortecedores. As demais são para asfalto, pedras, relva/mato e areia/lama. Cada um altera vários parâmetros do veículo, a fim de obter o máximo rendimento em cada situação. Um porta-objetos entre os bancos abriga entradas USB, auxiliar e 12V.

O porta-luvas é bem espaçoso e conta com um compartimento oculto para documentos. Os pedais são de alumínio e há iluminação para os pés dos ocupantes dianteiros. Já as portas diferem dos demais Land Rover por possuírem os comandos dos vidros nos apoios de braço, enquanto os irmãos maiores e mais velhos apresentam estes botões no topo das portas.

Todo o acabamento das portas é feito de material emborrachado e o apoio de braço é revestido em couro. Maçanetas cromadas e acabamento pintado na cor preto brilhante podem ser observados junto dos botões dos vidros elétricos e retrovisores (com comando para basculamento remoto) e teclas de memorização dos ajustes do banco do motorista. Já as soleiras são de alumínio com nome Range Rover iluminado em tom azul.

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-59-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

O sistema de som Meridian com 17 alto-falantes faz com que pelo menos duas saídas de áudio estejam instaladas em cada porta, sendo que a dianteira ainda dispõe de dois tweeters. A potência é de 825 watts e há um fone de ouvido sem fio. Já os bancos dianteiros apresentam regulagens elétricas (com memória e ajuste lombar) e aquecimento. Eles apresentam formato tipo concha, enquanto o banco traseiro é normal. A versão testada estava com couro em tom caramelo.

Com dois elementos vazados, os bancos dianteiros ainda apresentam a parte traseira dos encostos em plástico duro. Na parte traseira infelizmente não há difusores de ar adicionais. O encosto possui apoio de braço com porta-copos e porta-objetos embutidos, três apoios de cabeça e sistema Isofix.

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-63-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

O teto de vidro é panorâmico e possui persiana elétrica acionada por um botão entre as luzes de leitura dianteiras, que são de LED, enquanto as traseiras são normais. Retrovisor eletrocrômico e luz ambiente em LED ficam bem próximos. Detalhe: as luzes dianteiras são do tipo touchscreen. Basta tocar para acenda-las.

Alças no teto (até para o motorista) estão presentes. O porta-malas tem acesso por ampla porta com acionamento elétrico. O espaço interno é bom (575 litros) para o transporte de bagagens em viagens de média distância e tem até um estepe fino sob o assoalho. O banco traseiro é bipartido, ampliando ainda mais o volume.

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-93-700x434 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

Por ruas e estradas…

O Range Rover Evoque 2014 pede para ser acelerado. O crossover de luxo britânico tem visual agressivo e motorização condizente com uma pegada mais esportiva. Debaixo do capô, o modelo dispõe do propulsor 2.0 Turbo (FoMoCo 2.0 GTDI/EcoBoost) com 240 cv a 5.500 rpm e 34,5 kgfm a 1.750 rpm.

Esse motor de quatro cilindros agora está ligado à caixa automática ZF-9HP, que colocada em transversal, oferece nove velocidades. O conjunto motriz está acoplado ao sistema de tração integral Terrain Response, que por sua vez, distribui corretamente a força deste utilitário esportivo.

No modo D (Drive), o motor já responde prontamente, mas agora de maneira mais eficiente, pois a nova caixa de transmissão garante trocas mais suaves e precisas, reduzindo bastante a perda entre as velocidades e garantindo maior economia. As retomadas são rápidas e em nenhum momento exige um esforço a mais no pedal para ultrapassagens na estrada ou saídas rápidas no semáforo, por exemplo.

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-94-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

Uma das novidades do Range Rover Evoque 2014 é o sistema Start&Stop, acionado pelo modo Eco. Com desligamento automático do motor, quando o veículo está parado, conseguimos uma boa média de 8,0 km/litro na cidade.

Na estrada, graças às nove marchas e rotação na casa dos 1.800 rpm a 110 km/h, o modelo marcou 12,0 km/litro. Em velocidades mais baixas, a transmissão impede o engate da 8ª e 9ª marchas. De modo prático, estas duas servem mais para manter o giro baixo em altas velocidades. Mesmo se tivesse sete marchas, já conseguiríamos um excelente desempenho.

Além do modo D, o Range Rover Evoque 2014 oferece ainda o modo S (Sport), que estica mais as marchas e torna a condução mais agressiva, mas é mesmo no modo Dinâmico, selecionado junto às opções de terreno, que transforma de vez o SUV da Land Rover. O painel passa imediatamente da iluminação branca para a vermelha e um velocímetro digital surge no display central, exatamente para o condutor ter noção do que está fazendo…

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-96-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

Não só o giro e o ronco do 2.0 GTDI sobem rápido, mas também a suspensão Magnetic Ride Control se torna enrijecida e os parâmetros de operação dos controles de estabilidade, tração e vetoração de torque, mudam completamente. A direção fica mais direta e precisa, enquanto motor e transmissão passam a entregar regimes mais agressivos de trabalho.

O veículo passa a ter uma pegada bem mais agressiva, mas oferecendo controle total ao condutor. Mesmo em curvas bem fechadas, o Terrain Response e o controle de vetoração de torque, tornam as manobras mais prazerosas, fazendo com que se obtenha um melhor desempenho. O ESP freia a roda traseira interna e o Torque Vetoring despeja mais força na dianteira externa, garantindo que o veículo fique o mais dentro possível da curva.

Em cruzeiro, um atrativo a mais (e também um recurso de segurança adicional) é o ACC, que mantém a velocidade de cruzeiro, freando ou acelerando de acordo com o veículo que está à frente. A distância de atuação pode ser regulada no volante. O sistema inclusive atua em curvas, mas dependendo do ângulo. Quanto mais fechada a curva, menor a ação do dispositivo.

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-73-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

A suspensão Magnetic Ride Control também proporciona boas condições de condução esportiva e ao mesmo tempo também favorece o off-road. Desta vez não exploramos outro Land Rover no fora de estrada, pois o foco do Range Rover Evoque 2014 é o uso em cidade e estrada. De qualquer forma, você pode conferir o que realmente ele pode fazer em um ambiente 4×4, através de nossas impressões durante o lançamento do modelo atual.

Os amortecedores magnéticos e o bom ajuste das molas fazem com que o veículo tenha excelente comportamento em pisos esburacados, bloquetes, paralelepípedos e outros tipos de pavimentos ruins. O conjunto, apesar de firme, absorve razoavelmente bem as imperfeições, mesmo ostentando enormes rodas aro 20.

Tanto na cidade quanto na estrada o nível de ruído interno é excelente e só se ouve um ronco maior do motor quando estamos conduzindo de modo esportivo e com as funções relacionadas devidamente ativadas. A posição de dirigir é excelente e não deixa margem para reclamações de pequenos ou grandões.

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-49-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

O volante tem boa empunhadura e as borboletas garantem diversão a mais quando em condução esportiva. A visibilidade para frente e lados é boa, mas para trás é bastante ruim. Para compensar isso, o Range Rover Evoque 2014 dispõe de sistema de câmeras de 360°, sensores de estacionamento e ainda Park Assist, que não só coloca o veículo na vaga, mas também o faz sair dela. Além disso, os 4,36 m de comprimento do modelo ajudam na hora de procurar uma vaga.

Por fim, o espaço interno é bom para quem vai na frente, mas apenas mediano para quem está atrás. Ainda é melhor que no Freelander 2, mas poderia oferecer um pouco mais. Apesar do teto baixo, os mais altos não vão se queixar. Um quinto passageiro precisa ser uma criança ou um adulto de estatura baixa e ainda assim terá pouco conforto.

Range-Rover-Evoque-2014-Avaliacao-NA-35-700x466 Range Rover Evoque 2014: Diversão sim, mas agora com eficiência

Por você…

O Range Rover Evoque 2014 é uma salada bem variada regada com molho inglês. O crossover é uma mescla bem feita de off-road, carro de luxo, esportivo e compacto, sendo este último também relacionado à economia. Este pequeno tanque de guerra entrega diversão e muita tecnologia, que merece algumas horas para se obter um conhecimento relativo de todas as suas funcionalidades.

Ele nem precisava ter nove marchas. Talvez sete marchas já estariam de bom tamanho. No entanto, a partir de agora, a busca por maior eficiência energética fará com que as transmissões tenham cada vez mais marchas, lembrando até os caminhões, onde um número maior de relações é necessário para a tração de muitas toneladas. Aqui, o foco é a economia e a baixa emissão de CO2.

O preço deste britânico é bastante salgado (R$ 277.100) e a realidade brasileira nos diz que os valores só tendem a aumentar com o passar do tempo. Apesar desse detalhe negativo, para quem quer curtir um veículo muito seguro, luxuoso, sofisticado e com desempenho que vai do econômico – para a categoria – ao esportivo, o Range Rover Evoque 2014 é uma opção que se deve ter em mente. Diversão sim, mas agora com eficiência.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Range Rover Evoque Si4 2.0 Dynamic Tech Pack

Motor/Transmissão
Número de cilindros – 4 em linha, turbo, injeção direta de combustível
Cilindrada – 1999 cm³
Potência – 240 cv a 5.500 rpm (gasolina)
Torque – 34,5 kgfm a 1.750 rpm (gasolina)
Transmissão – Automática ZF 9HP de nove marchas
Tração – Integral nas quatro rodas

Desempenho
Aceleração de 0 a 100 km/h – 7,6 segundos
Velocidade máxima – 217 km/h

Suspensão/Direção
Dianteira – McPherson/Traseira – Multilink
Elétrica

Freios
Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus
Liga leve aro 20 com pneus 245/45 R20

Dimensões/Pesos/Capacidades
Comprimento – 4.365 mm
Largura – 1.965 mm (sem retrovisores)
Altura – 1.635 mm
Entre-eixos – 2.662 mm
Peso em ordem de marcha – 1.640 kg
Tanque – 60 litros
Porta-malas – 575 litros

Galeria de fotos do Range Rover Evoque 2014:

5.0

  • André Dias Barbosa

    Essa avaliação é paga? O NA colocou como foto de capa do facebook o evoque. Suspeito.

    • Não acuse o NA de algo sem ter provas. Este artigo não é pago. Tudo que é pago por aqui tem um selo de artigo patrocinado. Sobre o Facebook, mudamos a capa a cada 30/40 dias e já colocamos ali carros de várias marcas.

      • EduBH

        Eu tbm quando vi a manchete e li a reportagem fiquei procurando o link de artigo patrocinado. Depois que concluí em se tratar de artigo comum.

      • Vinícius Fontes

        Ué… Ele não está acusando. Se ele estivesse acusando coloria uma afirmação em vez de interrogação não é mesmo? Foi uma dúvida e ele colocou aqui para saber do que se trata, não vejo necessidade do tipo de resposta que foi dada.

        • Está acusando sim, pois disse que a avaliação foi “suspeita”. Queria ver alguém lhe acusar de ser desonesto no seu trabalho se você ficaria com toda essa calma.

          Nós somos pessoas honestas e nunca enganamos nossos leitores com avaliações pagas escondidas e portanto não toleramos esse tipo de acusação em um espaço particular e que ainda por cima tem acesso grátis para todos.

          E sobre a opinião de nossos leitores a respeito da nossa resposta, basta ver que recebemos 41 votos positivos e a pessoa que fez a acusação apenas 2.

          • Doccar

            Isso mesmo NA, esses aí de cima são uns chatos que parecem não ter o que fazer

          • what_the_hell??

            Não liguem para isso, o site é o melhor do país e leitura obrigatória para quem gosta de carros!
            Ademais, esse carro é muito legal, sucesso em todo o mundo! Ou seja, pra quem gosta de carro, fica difícil encontrar defeito (só o preço) e não se empolgar com essa obra de arte!

          • andre

            Gostei!
            Mas NA apenas ignore :D

            Quem gosta desse tipo de reportagem mesmo, não se importa se é paga ou não, até porque não vai comprar um carro desse só porque andou lendo reportagens.
            Quem tem, compra e compra porque éum carro que cabe no seu bolso no fim do mês.

          • Pomarola

            Falando em votação, pq a votação negativa não está ativa?

      • André Dias Barbosa

        Calma pessoal, calma. Minha intenção não era acusar ninguém não, era apenas uma dúvida. Até porque eu entendo perfeitamente que o site tem que arrumas fontes de renda para se manter, e admiro o NA por conseguir manter a imparcialidade em suas publicações. Só devemos manter a cordialidade, não acusei ninguém.

  • Mauricio Neto

    Show

  • Bruno Silva

    Engraçado, lembro-me que achava o Evoque fantástico, seu visual muito a frente do seu tempo. Hoje não sei se pela facilidade de se ver um, acho um tanto sem graça, não que seja ruim, mas é batido, comum, não tem como explicar. Quando vejo um Q3, acho muito bonito e não deve nada ao Evoque visualmente, principalmente a noite.

    • Pacheco

      Acostuma né amigo… é igual ao Camaro…

      Eu acho um carro magnifico… mas muito modinha. A Land soube desenvolver esse carro. Parabens, pq ela achou uma maquina de dinheiro.

    • Leonardo M

      Também acho que esse carro já perdeu totalmente a graça, não sei se porque o visual já tá cansado mesmo ou porque hoje é quase como ver Gol e Uno na rua.
      Uma coisa que odeio nesse carro são as lanternas traseiras meio transparentes, o coisa brega dos cão hehehe

    • junior

      Também cara… evoque não me chama tanta atenção quanto antes! ta chovendo evoque por ai, se tornou algo corriqueiro ver uma na rua!

      • what_the_hell??

        Se tá chovendo evoque custando o que custa, mérito da Range Rover.
        “Creio eu” que a marca prefere MUITO mais vender ao ponto de ter de monte nas ruas do que todos acharem lindo/diferente e vender 5 por mês!

        • Rafael Schettino

          Então tem alguma coisa estranha acontecendo… ou tá todo mundo muito rico, ou muito endividado. Acredito mais na opção 2 (endividados).

          • Lucas Souza

            Pois é. Num grupo do facebook que eu to o cara tava lá falando que trocou o bravo dele por um evoque dinamic. Tá certo que ele é médico. Mas tem uns 28 anos. Trocou um carro de 60mil usado (40mil?) num de 240mil? Aí aí. Mas é isso aí, ninguém mandou não estudar pra ser médico e trabalhar em 3 lugares ao mesmo tempo no mesmo horário e recebendo 3 salários pra trabalhar 8 horas por dia em cada um deles ^^

            • Breno Abreu

              Pare de banalizar os medicos, voce nao sabe da vida dele, e se sabe que o mesmo faz algo errado deveria estar fazendo uma denuncia no ministerio publico. Acusação sem fundamento todo mundo sabe fazer, agora tu nao sabes quanto um médico tem que trabalhar. E se tem algm se endividando problema e deles, quem paga as contas sao eles, ou nao? Parem de se importar com a vida dos outros, e se viu realmente algo errado pare de se lamentar na internet e vá denunciar.

              • Fabiano/MG

                ôhh inveja do rapaz de cima !!

  • Wallan Vinicius

    EXcelente visual :D

  • Gustavo73

    Prefiro as rodas antigas. O carro continua lindo, mas vamos ver como será na hora da nova geração. E aumento de quase 20 mil na versão de entrada e 50 na top é f***.

    • Alexandre Macêdo

      As rodas antigamente realmente eram mais agressivas.

    • Rodrigo

      O problema desses carros fantásticos é que as gerações futuras só fazem ficar pior. Aconteceu a mesma coisa com o Civic, lembra como ele era lindo e muito à frente da sua época e hoje é mais água com sal do que tudo?

      • Resendemaster

        Isso mesmo Rodrigo. Quando vejo Civic antigo acho muito mais bonito que o atual Civic.

      • Pacheco

        Em breve isso vai acontecer com toda a linha da Hyundai.

      • Gustavo73

        Não sei se ficará pior, mas provavelmente não causará o mesmo impacto. Quanto ao Civic eu concordo.

        • Marllon Duarte

          Realmente quando lançaram o New Civic foi um impacto enorme, depois o modelo posterior perdeu a graça.

          E ainda não acertaram aquela traseira do Civic!

  • Lucciani Rogério Kern

    O carro é maravilhoso, mas não faz 8 km/l na cidade nem a custa de macumba, minha melhor média foi 6,1 km/l (marcado pelo computador de bordo), 310 km de autonomia com um tanque (60 litros), se eu comparar com meu antigo XC60 T6, que fazia 350 km com um tanque (60 litros), vejo uma eficiência melhor de consumo do motor 6 cilindros turbo também da Ford, além da brutalidade de força bem superior nas respostas, mas o Evoque realmente parece que foi pensado em todos os detalhes.

    • Se nós ficamos com o carro por uma semana e conseguimos essa média, porque você está a desmentindo? Não temos motivo algum para inventar médias de consumo. O seu Evoque é o de 9 marchas? Sua cidade é plana ou tem muitos aclives? Você anda tranquilo ou pisando fundo? Não se pode desmentir a média de uma pessoa sem saber de todos os detalhes.

      • Resendemaster

        Realmente o consumo depende de muitos aspectos, principalmente de quem está dirigindo. A pisada de cada faz muita diferença.

      • Lucciani Rogério Kern

        Por que sou dono de uma de nove marchas, Dynamic top 14/14, cidade plana (Natal RN), e conheço o desempenho tanto dos motores T6 Ford como T5 da evoque, e digo que o T6 é sim mais eficiente com 304 cavalos e 44,9kg de torque, se quiser te mando uma foto do marcador do computador de bordo da evoque, é só deixar seu e-mail no meu e-mail de confirmação, ja fiz de tudo pra chegar na sua marca de 8km/l e nunca consegui. você ficou alguns dias, eu ando diariamente já tem 3 meses. Não estou desmerecendo o carro, adoro ele na verdade, ele é sim perfeito. E não desmenti ninguém, falei que a minha evoque não faz essa media sob nenhum tipo de condução por que tentei de tudo já, pé mais leve só se colocar em cima de caminhão.

        • Leon Gonçalves

          Percebo uma certa intolerância dos moderadores. Opinião e crítica, sempre devem ser bem recebidas. Principalmente por quem atua na mídia. E não se deve esquecer de considerar, principalmente por quem acha que entende de carro, que não raras vezes os veiculos cedidos pelas montadoras vêm com um acerto mais “fino”. Logo, ninguém melhor do que o cliente para falar acerca daquilo que usa diariamente.

          • Me desculpe mas receber afirmações de que é impossível conseguir a média que conseguimos não devem ser bem recebidas.

            A pessoa pode falar que acha muito difícil, mas dizer que é impossível é nos acusar de estar inventando a informação para favorecer a montadora. E isso é algo que nunca fizemos, sabe porque? Porque não precisamos, ganhamos nosso dinheiro já por 9 anos sem nunca ter feito esse tipo de coisa anti-ética.

            O nosso site é livre e grátis para todos acessarem mas ainda é um espaço particular.

            E sobre carro de avaliação ter acerto melhor para favorecer as avaliações da imprensa acho gozado pois há séculos muitos afirmam isso mas nunca conseguiram provar.

            O outro lado também é verdade, carro de frota de imprensa é muuuuito mais detonado que carro de uso particular. Você não tem idéia do que jornalista faz por aí com esses carros. No lançamento do Novo Troller T4 até capotarem um T4 eles conseguiram.

          • Ivo Pomarico

            Leon.. Concordo contigo na questão do acerto. Trabalho na ind. automotiva e é sabido que carros de eventos são mais acertados. Quando trabalhava com caixas de direção, já vi seleção de 30 caixas em 500 com os melhores acertos das tolerâncias para lançamento do Pálio Sporting 2012. Com motores, o mesmo é colocado para “rodar” por dezenas de horas, sem contar todos as cotas de usinagem tenderem ao nominal (seleção via testes). Se não acreditas, procure oficinas especializadas em motores e façam testes de compressão dos cilindros, folgas de anéis, mancais e etc. Você irá perceber que o motor já está na faixa ótima de vida útil.. tendendo pro máximo (desgaste)

            Éber: Não irão provar pois são dados sigilosos… seria inocência sua acreditar. Espero não receber uma má resposta sua. Acredito na sua credibilidade e do seu site (do qual vejo ao menos 2 vezes/dia). Mas que acontece isso… acontecem.

            • Ivo Pomarico

              Agora sobre consumo, é muito subjetivo falar que um modelo faz X e outro faz Y. São inúmeros fatores que trabalham juntos, desde o andar do motorista até condição de construção do conjunto câmbio/motor + ambiente de rodagem. Eu mesmo possuo um punto Tjet 14 e consigo fazer 14 Km/l (120Km/h) na rodovia e 9 na cidade. Muitos já me chamaram de mentiroso e etc… mas depende muito da tocada do motorista. É igual desgastes de pneus e pastilhas de freios. Muita gente sabe usar freio motor e outras técnicas para evitar o desgaste prematuro. Assim, aparecem carros com 50/60 mil Km sem ter trocado disco/pastilha. Agora vem um tiozão que só sabe descer morro furando o assoalho com o pedal de freio.. não vai passar de 10 mil.. concordam? Abraços a todos e calma nos ânimos…rs

        • Lucianni, me desculpe mas você não falou do seu carro apenas. Falou que “o modelo em questão fazer essa média é impossível”, isso se refere à nossa média não ser algo verídico. Pois quero esclarecer que não temos motivo algum para melhorar a média para favorecer essa ou aquela montadora, não ganhamos nada com isso.

          A diferença de consumo pode muito bem ser devido a mais trânsito na sua cidade, por exemplo.

          Já sobre o carro ser perfeito, nós discordamos, no texto da avaliação acima tem alguns pontos que foram ressaltados como ruins, ou seja, não estamos “pagando pau” pra marca ou coisa parecida.

          • Edson Fernandes

            Sobre o carro ser perfeito foi a opinião dele que é dono do carro Eber. Não foi falar da materia citando como se fosse perfeiot.

            • Sim, mas eu disse que nós não achamos perfeito, mostrando claramente como somos imparciais em nossos textos.

              • Edson Fernandes

                Na verdade isso vc nem deveria responder, todos sabem que vc é imparcial. Vc sabe que as vezes “a torcida” faz a pessoa enxergar coisas que não existem.

      • MarcioMaster

        Consumo é sempre uma tecla complicada, oscila sim do jeito de dirigir e trajeto. O meu de ida e volta para o trabalho é o pior que existe e com uma Evoque que fiquei por um bom tempo as médias eram de 5 KmL. Economica só na estrada em mantendo velocidades constantes, curtindo o motor a média tambem despenca.

        • Edson Fernandes

          Mas era a de 9 marchas?

      • FFSB

        A discussão é algo importante e saudável. Mas, calma lá, galera: menos agressividade, mais gentileza. Já há tanta raiva espalhada nas ruas mundo afora. Aqui as pessoas se encontram para cultivar um prazer, uma alegria ou paixão. :-)

        • FFSB

          E isso é para todos nós, leitores e editores. :-D

    • Daniel Blinkerbaum

      Beberrão mas feliz né Lucciani !! É isso ai..

      • Lucciani Rogério Kern

        Sem duvida Daniel, a Land Rover fez de tudo para tornar o carro mais econômico que o de 6 marchas, e realmente conseguiu, uma amiga minha que tem a de 6 marchas me reclamava a marca de 4,7km/l e eu em cidade forçando a barra (pisando leve) pra testar consegui no máximo 6,1 com todos os recursos ligados. Mas na verdade eu não to nem ai pra o consumo, acho que 6,1 ou 5,4 que é o meu normal não pesa em um carro de mais de 200.000 . Só quis na verdade expor mesmo é que o motor T6 tendo dois cilindros a mais e sendo também turbinado com câmbio de 6 marchas entrega muito mais ainda gastando menos combustivel, consegui a marca recorde de 6,7 km. Mas se alguém tem interesse na evoque, eu recomendo o carro sim, e na minha opinião é um carro perfeito sim…. super carro.

    • Zelotes Universal

      Meu clio faz 624 km com ar ligado na cidade. Sou mais meu clio que esse evoque ….

  • ultimate_rr

    Sem dúvida, um belíssimo automóvel.

  • MarcioMaster

    9 marchas e não agregou nada em relação ao cambio anterior, começo a achar que mais de 6 marchas somente é valido para motores com mais de 400hp, fora isso não compensa.

    • Bruno Silva

      Pois é, em alguns testes eles ficou mais lento, única vantagem mesmo é o consumo.

      • Pacheco

        E dirigir no sequencial deve ficar uma lastima… imagina vc chegando na curva e vindo reduzindo: 9-8-7-6-5…

        • Creio que o carro não precise de uma redução para 5a marcha para acelerar um pouco mais forte em uma curva.

          • Vinicius

            Não creio que ele está falando em retomada mas sim para utilizar o freio motor.

          • GPE

            Depende. Se vc tá em 9ª a 120km/h e quer ter uma redução, seja pra uma descida seja pra uma curva, dá pra reduzir até a 4ª. O cara se perde

        • Edson Fernandes

          Pacheco, depende dos parametros…
          Certamente a suavidde é tão grande que se vc não olhar o painel vc não saberia que marcha estaria. Agora, eu já acho o contrário: Imagino quantas marchas eu poderia saborear o giro alto do motor do que o que eu uso diariamente que tem apenas 4 marchas onde poderia ter mais para conseguir melhor desempenho em qualquer ocasião.

    • Sics César

      O carro tem um bom torque, e o motor que se mostra a 1700 rpm com a turbina. Provavelmente numa retomada em uma curva deverá manter uma marcha próxima a que se encontra.

  • Louis

    Esse carro realmente aparenta ser muito maior do que é. A altura dele deve ser a mesma de um CrossFux.

  • Resendemaster

    O carro é bom , porém os aumentos são de assustar. Os valores da versão de entrada e de top linha aumentaram 20 e 50 mil em relação ao preço de 2013.

    Só na terra de tupiniquim que isso pode acontecer. Acrescentaram duas marchas e alguns acessórios para aumentar o preço em 50 mil..

  • Marcos Vinicius Bittencourt

    É um belo carro, mas podem me criticar, mas esses bancos dianteiros devem ser bem desconfortáveis. Se a X1 28i já é duro imagina esse banco concha!

  • Ramom Alencar

    sei que a proposta é um tanto quanto diferente mas eu com essa dinheirama toda pegaria uma discovery 4, tem algumas na minha cidade, e não sei o que acontece, mas tenho uma queda por ela *_*

    • junior

      É dois rapaz, sou louco na Discovery 4 é impossível não “torcer” o pescoço quando se cruza com uma na rua… e a Vogue nunca vi uma da nova geração pessoalmente, tbm sou louco nela!

      • Ramom Alencar

        *_*

      • pablo

        Aqui em Goiânia lançou a vogue comecei a ver ela, o meu vizinho tem (ou tinha pq faz uns 2 meses que não a vejo, ele pode ter mudado kkk) tamben tem uma santa fé e uns outros carros como passat ( o cara tem bom gosto e dinheiro kkk) e te falo, a vogue o que tem de bonita tem de tamanho, é enorme kkk a dele é a disel e anda muito, as vezes ele chega na rua esticando ela é lá no final munta no freio, vc fica impressionado como aquilo anda e freia. Vejo também com certa frequência uma outra, mas mais antiga, creio eu 2007 aquela ainda cheia de botão no painel kkkk, o top gear diilz que foi a foi a melhor ja feita, é botão que não acaba mais kkk, vejo ela sempre com uma mulher baixinha e uma garoto de uns 20 anos no máximo (a eu com 20 anos e aquele carro kkk)

  • Sam86

    O que mais me chamou a atenção é o espaço para os passageiros no banco de trás, muito apertado! Na foto tá parecendo carro hatch popular… bola fora. Mas tirando isso o carro é fantástico.

    • Guest

      Querendo ou não, o Evoque é um SUV compacto no fim das cotnas

    • Leonardo M

      Querendo ou não, o Evoque é um SUV compacto no fim das contas

      • Gustavo73

        Compacto? Acho que pelas medidas seria um médio.

        • zeuslinux

          Médio sim, mas no limite inferior de tamanho.

          O Evoque tem o comprimento semelhante a uma Tiguan e ASX, mas inferior a RAV4, CR-V, Captiva, Freemont e outras SUVs médias.

          • Gustavo73

            Sim, mas não é compacta. Tem entre-eixos quase igual ao Corolla. Realmente não é um carro fovado no espaço. Para isso tem a Freelander. Mas o porta-malas surpreendente. Bem maior que o da Tiguan e Asx.

  • Gilson Neto

    Alguém sabe informar se tem a possibilidade de blindar esse carro mantendo o teto de vidro(blindado, lógico)?

    • Daniel Bezerra

      Blinda sim.

    • Sics César

      Sim é possível, só que o vidro do teto por dentro do veículo ficará com tecido balístico,ou seja, não será possível ver através do vidro vai ficar como se a cortina estivesse fechada. Mas dá para abrir o teto.

      • pablo

        Eu acho que não em, vc coloca o vidro blindado ali e fica normal, mas quem compra para blindar no geral preferia a versão sem o teto, antes tinha, pq fica mais leve e barato blindar.

        • Sics César

          Pablo pode até haver uma blindagem para o vidro do teto solar normal, mas o peso seria muito grande podendo comprometer os motores para abertura etc. Um conhecido meu tem um XC60 blindado com teto solar, é com tecido balistico como havia dito!

      • Gilson Neto

        http://carro.mercadolivre.com.br/MLB-485553120-blindado-range-rover-evoque-dynamic-okm-branco-c-teto-_JM

        Achei este anuncio no mercado livre onde dizem que a evoque está blindada inclusive no teto panorâmico e pelas fotos é possível ver através do vidro. Assim como você, achava que não existia essa blindagem.

      • GPE

        Dá pra ver normalmente. O que não dá pra fazer é que o vidro entre. Vc até levanta o vidro mas ele não entra.

        • Daniel Bezerra

          O vidro da evoque é fixo. Não abre nem levanta.

          • GPE

            Ok. Só tava comentando sobre teto-solar que entra.

  • Emanuel

    Eu gostava mais das outras rodas

  • Magnus Cordeiro

    Tá aí um carro “perfeito” . . . . . .só tem um defeito : eu não tenho um!

  • Linkera

    Esse consumo de 8 km/l na cidade é interessante, mas não é novidade, vide a Jeep e seu motor Pentastar usados na Grand Cherokee, e outros modelos, que consegue alcançar este consumo mesmo na versão de 6 marchas só que com um coração v6 e 280 cv na manga.

  • Alessandro Lagoeiro

    Olha, encosto de cabeça fixo que nem o… Ah, deixa para lá…
    Sempre quando vejo uma matéria de carros assim, lembro que nunca vi nenhum comentário aqui do NA em post do Evoque, as críticas que podem ser lidas em posts de Gol, up!, Classic, Ágile, Étios, Fit, Corolla… Quando alguém fala que comprou/interessa em um desses modelos, sempre vem a comparação “Mas esses carros não existem em países sérios”, “com o preço desse modelo aqui se compra um Camaro no EUA”, “otário e tal”… Parece que para quem compra Evoque, a relação do que se paga aqui com o que é pago em outros países não existe como no caso do Corolla, por exemplo. Acho que isso é parte de um comportamento que tenho notado recentemente, de crítica a quem financia carro, a quem adquire um carro… Que na verdade, é crítica de gente que não aceita que outras pessoas, em posição econômica desfavorável a ela, tenha um bem. Quanto menos carros na rua, menos gente para dividir espaço, para que sua Evoque, seu Passat, seu Camaro possa circular sem ter trânsito…

    • Edson Fernandes

      Mas sabe de uma coisa? Muitos carros (como o proprio Celta que meu pai tem) tem o encosto e consegue ser superior a muitos modelos sem eles fixos. Exemplo? Siena do meu pai, vc quase “quebra o pescoço” para ficar encostado nele.

      Gostoso no Xsara que ele é ajustavel… (algo remoto nos médios atuais).

      • Alessandro Lagoeiro

        Lembro do meu Del Rey, que além da altura, tinha a capacidade de “dobrar” para a frente, que o deixava perfeito. Coisa que não vi mais nem em Fusion!

        • Edson Fernandes

          Exatamente! No Xsara é assim! Tanto que no transito, eu consigo repousar minha cabeça e quem já teve oportunidade de fazer isso sabe como é bom para combater o estresse.

          • Alessandro Lagoeiro

            Pior que nem meu Mercedes tinha algo assim!
            E o sucessor natural do Del Rey, o Fusion não tem, e na primeira geração, não tinha nem o quinto encosto de cabeça (Acho que o Fusion é o sucessor, já que do Escort seria o Focus).

            • Daniel Bezerra

              Meus dois carros têm ajuste de distância e de altura do encosto de cabeça. Não sabia que isso era incomum. O único evoque com encosto fixo é o dynamic com o pacote tech (modelo avaliado), pois vem com esses bancos esportivos tipo concha.

              • Alessandro Lagoeiro

                Certa vez li, e agora não vou me lembrar onde (Embora acredite que seja na 4 Rodas) que o único motivo de não adotarem em massa esse tipo de banco é a percepção de conforto: Eles podem ser tão confortáveis quanto bancos comuns, e permitem melhor aproveitamento do espaço traseiro. Mas as pessoas ligam esses bancos a carros esportivos, e não comprariam Fusion, Accord, Impala…. Achando que o banco não seria confortável.

  • Wanderson Perin

    Não acho o preço salgado… a turma tem pagado mais de R$ 180.000,00 numa SW4, não desmerecendo o mérito da toyota com ela, mas simplesmente é um carro desprovido de maiores confortos e tecnologia. Só fiz essa comparação principalmente porque grande parte dos compradores de SW4 a usam como veículo de passeio.

    • _William

      Penso o mesmo, e temos que ter em mente que a Evoque é um carro de luxo e que realmente aguenta um fora de estrada, já a SW4…

    • Marcos Vinicius Bittencourt

      O detalhe é que 180mil é a SW4 diesel, a SW4 Gasolina custa “módicos” 118mil.
      Sabemos que o diesel deixa qualquer carro caro no Brasil.
      Quanto ao conforto, eu acho que a SW4 deve ser muito mais confortável do que a Evoque, a começar pelas dimensões de rodas e pneus, passando pelo tipo de banco dianteiro na Evoque. inso pelo pouco espaço para passageiros e finalizando na altura do carro.
      Por fim, deve ser muito mais facil manter uma SW4 do que uma Evoque, porém esse custo não deve pesar para quem tem um carro desse nível.
      Evoque é o carro da moda e a SW4 sempre será uma SW4 (Anos líder de mercado).
      PS: Sem dúvida preferiria uma Evoque.

      • Daniel Blinkerbaum

        vcs tao esquecendo da Freelander 2 Diesel que custa a mesma coisa que uma SW4

    • Louis

      Realmente se for só pra andar na cidade e não precisar de espaço, o Evoque é mais “negócio”. Claro, tudo depende, porque no interior do Brasil ficaria bem difícil a manutenção.
      Mas temos que levar em conta que uma SW4 deve dar quase 2 Evoque’s em tamanho…

    • Edson Fernandes

      O problema que para comparar o que um Evoque faz e o que um SW4, teriamos que considerar outras vertentes. DUVIDO que alguem coloque um Evoque para uma estrada de terra cheia de lama e buracos fundos. Essa roda aro 20″ iria pedir arrego.

      SW4 pode ser usado para tal.

      Agora, para aqueles que usam a SW4 como carro urbano, se aproveitam do espaço interno que o Evoque não tem. Mas insisto, tem melhores opções que o SW4 para opção faimliar. Agora, a julgar o que a pessoa pretende em um carro, não acredito que SW4 e Evoque sejam veiculos que competem entre si, mesmo entendo a questão de preços.

      • pablo

        Fora a questão da manutenção, item que todo dono de land reclama.

        • Edson Fernandes

          Pois é… tenho certeza que tudo isso é colocado no papel para o tal dono de uma SW4 quando compra tbm.

      • Wanderson Perin

        Edson, suas colocações estão corretíssimas! Mas a minha comparação com a Sw4 foi principalmente pelo fator “valor”, eu quis dizer assim: “R$ 200 mil por um Evoque é um preço justo” (justo porque ela tem um super pacote de equipamentos, e além de muitos outros atributos)…agora R$ 180 mil por uma SW4 não é um preço justo. Ou seja, o preço do Evoque não é salgado. Entendo que são categorias diferentes, mas um carro de R$ 180 mil não poderia vir tão pelado, e aí voltamos aquela velha discussão do valor dos automóveis no Brasil.

        • Edson Fernandes

          Então Wanderson, eu entendo isso e pensaria em muitos modelos de R$200000 para justificar a escolha.

          O problema é que veja assim: Imagina um cara que vai a um sitio. Ela vai optar pela necessidade.

          Ou então, o cara que quer ter um carro familiar mas que quer economizar na mauntençao além de um maior numero de concessionarias.

          Esses são os fatos impactantes para a Land Rover. Alias de qualquer modelo em que não se aposte em nacionalização de peças.

          Ou seja, podemos dizer N fatores para a escolha do Land, mas poderia te citar N fatores negativos para ele também. Seja consumo, discrição (que não tem como passar batido com um Land) entre outros detalhes.

          Certamente muitas pessoas que tem esse poder de compra pesam isso.

  • Gustavo Cruz

    Esse carro realmente é uma máquina.
    Já tive a oportunidade de andar em uma e digo que mesmo custando caro, continua sendo a melhor opção na categoria, na minha opinião.

  • Jonas Augusto

    Esse 2.0 EcoBoost de 240 cv é o mesmo que equipa o Fusion. Da pra combinar esportividade, economia e emoção tudo junto.

    E 8 km/l não é titulo pra qualquer veiculo desse porte, se não fosse o start/stop a média cairia pela metade pra ser muito 5 km/l.

    • Jonas Augusto

      Entrei no site da LAND ROVER, pra conferir o Evoque mais de perto e não é divulgados os preços achei muito estranho.

      • Gustavo73

        Infelizmente várias empresas que divulgavam seus preços no site, não fazem mais.

  • Jonathan Iury

    essa cor mata este carro

  • Junoba

    Eu prefiro o Landwind E32, que é o clone do Evoque. Pena que ele ainda não é vendido no Brasil, mas ainda acho que a S AUTO vai vender ele por aqui.

  • mjprio

    cadê a foto do motor NA??

  • WagnerSCS

    É uma pena que a versão mais interessante do Evoque custe quase 280 mil reais…

  • Luis_Zo

    NA, cada a opinião sobre a enorme quantidade de air-bags que esse carro tem?

  • Márcio Gomieri Gomieri

    A Minha pergunta é : por R$277K, ele vale à pena? Que outros modelos concorrentes temos que oferecem talvez mais do que o Evoque?
    Obrigado NA!

  • Marcos José da Silva

    Seria meu carro, se não morássemos nesse país de bandidos.

  • Magnus Cordeiro

    Me veio a cabeça apenas um adjetivo que define todas as qualidades deste carro : ELEGANTE!!!

  • Pedro Paulo ()

    Caro!
    Da para comprar o novo Jeep Grand Cherokee TB!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend