Land Rover Preços SUVs

Range Rover Evoque tem desconto de R$ 37.600 antes da mudança

Range Rover Evoque tem desconto de R$ 37.600 antes da mudança

O Range Rover Evoque está com promoção no Brasil. O crossover de luxo da marca inglesa ainda é oferecido na geração anterior, visto que na Inglaterra surgiu um modelo totalmente renovado. Na campanha de vendas British Season da Land Rover, o produto é oferecido com um bom desconto de R$ 37.600.


A oferta é da versão SE Flex 2018, que tem preço de tabela de R$ 234.500 e está sendo ofertado por R$ 196.900. O Range Rover Evoque pode ser adquirido em financiamento com taxa zero ou no plano Access com parcelas mensais de R$ 1.999. Além do crossover, a Land Rover está oferecendo o Discovery Sport com taxa zero em todas as versões e o Range Rover Velar com taxa zero em 24 meses, sendo esta opção o Velar S a gasolina.

Fabricado em Itatiaia, Vale do Paraíba no lado fluminense, o Range Rover Evoque é feito junto com o Land Rover Discovery Sport, tendo motor Ingenium 2.0 com 240 cavalos, que permite ao crossover ir de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos e com máxima de 217 km/h. Este é oferecido nas versões SE, SE Dynamic, Landmark Edition e HSE Dynamic.

Range Rover Evoque tem desconto de R$ 37.600 antes da mudança


Já o Ingenium com 290 cavalos, que faz o Evoque ir de 0 a 100 km/h em 6,4 segundos e ter máxima de 231 km/h, só existe na versão Autobiography. Com diesel, o propulsor britânico tem 180 cavalos na TD4 SE, enquanto o SD4 SE Dynamic e HSE Dynamic possuem 240 cavalos e os mesmos números de desempenho da versão a gasolina de potência igual. O Evoque sempre tem câmbio ZF 9HP de nove marchas e tração integral Terrain Response.

Enquanto ainda é feito o antigo, o Novo Evoque já pode ser configurado no site brasileiro, oferecido nas versões Evoque, R-Dynamic e First Edition. Ele aparece nas configurações de motor D180 e P250, esta com 249 cavalos. Já a versão P300 é oferecida apenas na R-Dynamic.

 

Range Rover Evoque tem desconto de R$ 37.600 antes da mudança
Nota média 3.4 de 5 votos

  • Joãozinho

    Eita que a classe média vai ao delírio..
    Mas ainda prefiro SW4: não quebra e não desvaloriza

    • E a SW4 nunca quebra? kkkkk enfim, acho os 2 modelos bons… Mas, pra quem curte Evoque.. sem duvida, vão aproveitar o desconto kkkk

      • Joãozinho

        É preciso ter em mente que o modelo está para mudar.

        Isso aliado ao fato de que quem curte Evoque é do tipo que não quer andar fora de moda, sob pena de aparentar ser um semi-pobre que comprou usada.

        P.S.: R: nunca

        • Raul Cotrim de Mattos

          Classe média foi promovida? Hilux não quebra? Sem falar que são dois tipos de carros totalmente diferentes…

          • Joãozinho

            Ambos são SUVs, flex/gasolina ou diesel, 4×4 automáticos, e que chamam muita atenção.
            Especialmente: com preço parecido.
            Para o público em geral, é o que basta.

            Classe média é um range que vai de servidor público estável (não ganha tanto, mas tem 13º, férias, e penduricalhos aos montes) a liberais de sucesso (médicos, avogados de relativo renome), passando por ME e EPP…

            Acima de classe média é o seguinte: pode parar de trabalhar que a fortuna continua crescendo.

            • MauroRF

              Acho que a classe média à qual você se refere é aquela que ganha pelo menos 10k por mês, não é a classe média “do andar de baixo”. Um cara que ganha 5k a 7k hoje e tem família não consegue comprar carro de alto valor. E se for classe média ganhando menos que isso, vai acabar comprando carro velho. Faz diferença, claro, o fato de ser um solteiro ou um casal sem filhos ou um casal com filhos. Eu sou casado sem filhos e consigo ter um padrão de vida X que não poderia ter hoje se tivesse filhos.

              • Joãozinho

                Filhos realmente consomem muito dinheiro. Principalmente quando se tem muitos deles.
                Hoje em dia até os cachorros estão cheios de frescuras

                • MauroRF

                  Hehehehe, eu tenho uma cachorra, porém sem frescuras, mas dá uma consumida sim no orçamento, pois tem ração, banho, tosa, vacinas, remédio contra pulgas e carrapatos, cinto e cadeirinha para usar no carro, além de uma consulta aqui e ali. Mas sim, filhos consomem boa grana, vejo por amigos com filhos que falam do aperto no orçamento constantemente.

                  • Joãozinho

                    Eu tenho um cachorro, filhote de cão de caça (GSP) que peguei da fazenda do meu sogro, que chora e corre pra baixo da cama quando chove.
                    Enquanto isso seus parentes nadam correnteza acima atrás dos animais silvestres.
                    Quero dizer que a forma como criamos os cachorros hoje, os tornam cheios de frescuras

                • Audeny Junior

                  …não contente em avisar sobre a ironia, teve que explicar mesmo assim!! kkkkk

                • Thiago

                  A mensalidade de um curso particular de medicina é aproximadamente R$8.000,00 reais no meu Estado.
                  1 filho apenas pode custar mais de 10 mil.

              • Acho que deve também considerar a idade, por exemplo um casal de 50 anos em que cada um ganha 10 mil mês os filhos já vão estar adultos e provavelmente esse casal tem dinheiro aplicado, partindo do princípio que essa renda não é recente, mas já vem do passado. Enquanto um casal de médicos que faziam estágio no ano passado e que hj ganham 10 mil cada um vão ter um consumo reduzido, já que tem a casa própria a ser adquirida e essa renda é recente, não tendo renda para investir. Já se for a Betina é outra estória kkkkk.

                • Joãozinho

                  A discussão pode ir ao infinito.
                  Tem gente que tem outros suportes de renda por trás, como imóveis, aplicações, herança.
                  Por isso tem muitos que aparentemente ganham “pouco” mas têm muitos bens.
                  Assim como outros vivem só do salário e, mesmo ganhando bem, optam por manter uma vida mais comedida.

            • Marcos megdA

              Cara. Eu juro que não consigo entender como essa classe média compra e mantém evoque e carros parecidos de 200k. Tenho emprego estável, solteiro sem filhos, ganho 20k e não tenho coragem de “investir” num carro de 200 conto.
              Acho que muita gente quer dar o passo maior que a perna viu kkkk

              • Felipe Rocha de Assis

                Com seus 20k/mês você mantem uma evoque tranquilamente, sem precisar dar o passo maior que a perna!

                • Marcos megdA

                  Vivendo em Campinas é difícil kkk. Prefiro ter um carro mais barato e focar em outras prioridades.
                  Outros veículos mais baratos suprem minha necessidade e dá pra investir em coisas como imóvel por exemplo.

                • Oswaldo Bustani Jr

                  Com 20 k por mês vc não consegue comprar uma dessas não … Só se vc for solteiro e morar com os pais…

                  • Marcos megdA

                    Sou solteiro mas não moro com os pais kkkk. Tenho que pagar aluguel, previdencia privada (pois sou autônomo), impostos, etc etc… No fim do mês o que sobra to guardando pra coisas mais prioritárias no momento

              • Mas a quantos anos você ganha 20 mil ao mês? Imagina que você tenha essa renda mês a mês por 40 anos e no meio do período você se casa com uma mulher com renda parecida, se souber investir o dinheiro se reproduz e uma hora sobra tramquilo 200 mil, isso sem ser a Betina kkk. PS. A última parte foi uma piada.

                • Joãozinho

                  Varia muito de pessoa pra pessoa. Eu conheço um casal de juízes (R$ 28k + 28k) que usam carros normais, como HR-V e New Tucson

                • Marcos megdA

                  Faz 4 anos que to ganhando bem. E ainda nao comprei um imóvel. Entao prefiro ter um carro de 100k que nao morro pra manter e junto grana pra uma casa do que já meter o loco num carro de 200k.

              • Joãozinho

                Até porque um carro desses vai te consumir quase uns 1.000 reais por mês só de seguro (chutando uns 10 mil de prêmio), sem falar que em SP o IPVA será de R$ 8.000.

                Se colocar na ponta do lápis, acaba consumindo uma parcela nada desprezível da renda para o sustento do carro, que poderia ser empregado em outras coisas (sair, viajar, bem estar etc).

                Geralmente eu vejo o seguinte: muitas pessoas compram um carro de luxo desses para ter o “gosto”, e depois acabam voltando para os modelos mais civilizados ou picapes a diesel.
                Aliás, fato muito comum.

                • Marcos megdA

                  Concordo contigo cara. No meu caso preferi ter um Audi e uma ducati kkkk. Mesmo assim já consome uma quantidade muito grande de dinheiro, principalmente em abirl, pq bateu seguro com IPVA. Meu seguro atualmente é 3k no carro e não fiz pra moto.

        • Davi Millan

          gostei do semi-pobre… KKKKKkkkkk!
          😂😂 😂

    • Audeny Junior

      …não contente em avisar a ironia, teve que explicar mesmo assim!! kkkkkkkk

    • Lenon Slater

      Jesus que classe média é essa kkkkkkkk sou da classe C– =(

      • Daytona

        Pela tabela do Governo sou A e tenho um Sandero!

    • Yulia

      veja “Green Book” com a melhor qualidade (720p / 1080p)
      todos os filmes disponíveis neste site, completos com a linguagem !!

      copie aqui: XSERIES46.BLOGSPOT.COM

  • vi.22

    A manutenção de um Land rover e de assustar, n é pra qualquer um n…

    • Joãozinho

      Até pouco tempo tinha motor a gasolina de Fusion (só que piorado) e motor a diesel de Ranger (melhorado).
      Nos primeiros 30.000 km (prazo que a maioria fica com carro de luxo) não há falar em manutenção.

      • Rodrigo

        Diesel de ranger? Nunca teve. Gasolina de fusion sim, até jaguar usava.

        • Lucas

          Teve sim, o 2.2 da Ranger XLS.

          • Rodrigo

            O 2.2 era se não me engano de origem Peugeot e não Ford

            • Little John

              Origem Peugeot é o 3.0 SDV6 da Range Rover Sport,Vogue e Discovery (em linha até hoje)

        • Joãozinho

          Teve sim

      • MKB

        Acho que o prazo de uma Evoque é até menor… visto que os pneus duram cerca de 25 mil km.

      • TchauQueridos

        O 2.0 GTDI era idêntico ao do Fusion, nem melhorado nem piorado.
        Motor de ranger 5 cilindros nunca teve.
        Agora os motores da família Ingenium passam a equipar todas as versões dos modelos gasolina e diesel.

        • Thiago

          Idêntico na ficha técnica sim, mas algumas peças são diferentes.
          O coletor, por exemplo, é diferente e de qualidade pior que no fusion, que aliado à falta de espaço no cofre do motor e arrefecimento adequando acabava furando e a turbina fumava.
          Esse problemas não ocorrem no fusion nem na vovo XC60 antiga, que usava o mesmo motor.
          É bem comum esse problema de turbina na evoque.

        • Joãozinho

          O motor a diesel era o 2.2 de 4 cilindros, com potência aumentada para 190 cv (mediante alterações mecânicas, acredito que até de turbina)

  • Ricardo Blume

    A traseira da 2019 ficou muito mais bonita. É um desconto generoso, mas não sei se eu colocaria 200 no modelo 2018.

  • Louis

    É um carro que já não chama atenção entre os endinheirados. Tenho visto bastante Discovery, apesar de eu não achar bonito.

  • Ueldes Damasceno

    Daqui a 50 anos ainda será um carro muito bonito, mas hoje o design já tá bem cansado.

  • Gran RS 78

    E mesmo com esse desconto, pode ter certeza que a Range Rover está ganhando muito ainda. Isso é só uma pequena prova de que os preços dos carros estão completamente fora da realidade a um bom tempo no Brasil.

  • LArtur

    Range Rover, depois que a Ford botou a mão….. é comprar, rodar na garantia e passar pra frente…rápido

    • Jr

      Triste, mas verdade. A Tata não conseguiu conserta os estragos deixados pela Ford ainda e creio que não consiga

      • LArtur

        Triste, foi-se mais uma referência mundial

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email