Ranger Raptor: motor, desempenho, detalhes, equipamentos, fotos

Ranger Raptor: motor, desempenho, detalhes, equipamentos, fotos

A Ford Ranger Raptor é um dos modelos da sua linha radical Raptor, uma das mais desejadas dentro de sua gama. Sua fama veio como a variante esportiva da F-150, a linha de picapes mais vendida no mundo.


Mas logo a marca tratou de colocar essa versão em sua irmã menor, lançando a Ranger Raptor.

Com visual bem agressivo, altura do solo elevada e motor mais potente, ela se tornou um sonho também para os fãs da marca no Brasil.

Conheça todos os detalhes da Ranger Raptor!

Ranger Raptor – detalhes

Ranger Raptor: motor, desempenho, detalhes, equipamentos, fotos

A expectativa para a chegada da linha 2019 da Ford Ranger foi maior do que o usual nos Estados Unidos. E o motivo disso tinha nome e sobrenome: Ranger Raptor.

Pela primeira vez, a marca se preparava para lançar a versão esportiva de sua picape menor, o que foi anunciado no Salão de Detroit de 2017, quando a Ford confirmou a volta da Ranger ao mercado norte-americano.

Os primeiros flagras ocorreram em meados daquele mesmo ano no estado do Michigan, terra natal da marca do oval azul. Mesmo com pesada camuflagem, já era possível notar que se tratava de um modelo diferente, pois a Ranger estava mais alta e com rodas exclusivas.

As informações ainda eram bem limitadas, mas acreditava-se que o motor usado seria V6, podendo ser da família EcoBoost (2.7 de 325 cv ou 3,5 de 375 cv) ou PowerStroke (3.0 turbodiesel), sempre com o novo câmbio automático de 10 velocidades. Ou seja, além do visual, o conjunto mecânico também empolgava.

No meses seguintes, novos flagras confirmaram que a futura Ranger Raptor teria um visual bem agressivo e parecido com sua irmã maior, a F-150 Raptor. Além disso, a marca também deixou escapar em seus protótipos nas ruas que um motor turbodiesel também seria usado.

De início, achava-se que esse seria o 2.5 de 5 cilindros, já conhecido na linha da Ford. Mas informações posteriores revelaram que a marca aproveitaria esse lançamento para fazer a estreia de um novo motor 2.0 biturbo diesel, que entregaria mais de 200 cv e quase 48 kgfm de torque.

Leia também sobre a Ranger 2022

Lançamento oficial…na Tailândia

Ranger Raptor: motor, desempenho, detalhes, equipamentos, fotos

Depois de muita expectativa, finalmente a Ford Ranger Raptor foi apresentada ao público em fevereiro de 2018. Com produção na Tailândia e expectativa de lançamento em diversos mercados, a picape mais cara da linha apostava num visual chamativo para fazer sucesso.

Como já era esperado, a Ranger Raptor chegou com o motor 2.0 biturbo movido a diesel, que entregava 213 cv e 51 kgfm de torque, ainda mais que o esperado inicialmente. O novo câmbio de 10 marchas, feito em parceria com a General Motors, completava o conjunto.

Como principais diferenciais, a nova picape vinha com suspensão feita sob medida, rodas de 17 polegadas exclusivas, pneus BF Goodrich All-Terrain e uma estrutura reforçada, tudo para se assemelhar à F-150 Raptor.

Outro sistema emprestado da irmã maior foi o modo de condução Baja, que trazia uma série de alterações na transmissão, acelerador e controles de estabilidade e tração quando acionado.

Seu visual era igualmente impressionante, com enormes caixas de roda, linhas musculosas, grade exclusiva e detalhes em preto. Por dentro, a picape tinha bancos exclusivos, central multimídia com tela de 8 polegadas e conexão Android Auto e Apple Carplay, entre outros.

EUA descartado e Brasil em espera

Ranger Raptor: motor, desempenho, detalhes, equipamentos, fotos

Tudo isso, porém, ficou limitado a poucos mercados no início da vida da nova Ranger Raptor. Mesmo tendo sido flagrada nos Estados Unidos, pela colaboração da equipe que já havia preparado a F-150, ela foi lançada apenas na Austrália e Tailândia.

Logo depois, a Ford confirmou que tinha planos de colocar sua famosa picape em outros países, incluindo alguns mercados na Europa, América do Norte e até mesmo na América Latina, o que fez os brasileiros começarem a sonhar.

O Velho Continente foi o primeiro a recebê-la, onde ela chegou com o mesmo conjunto mecânico e seis novos modos de condução. A grande surpresa, porém, foi quando a marca descartou seu lançamento nos EUA, onde o público já tinha o privilégio de curtir a maior F-150 na mesma configuração esportiva.

Como a marca não descartava outros mercados, o Brasil continuava sendo uma opção, e isso ficou mais forte quando a Ford anunciou (no final de 2018) que lançaria a Raptor na Argentina, onde ela chegaria na Ranger e também na F-150 (o que ninguém esperava).

A primeira veio da Tailândia com o conjunto mecânico já citado acima, enquanto a maior chegou com o poderoso 3.5 V6 turbo da família EcoBoost , com 450 cv e câmbio automático de 10 marchas. Você consegue imaginar a inveja dos brasileiros nesse momento?

Até hoje, as duas picapes Raptor são vendidas no país vizinho. Mesmo com essa possibilidade, não pense que é fácil para nossos hermanos colocar qualquer uma delas na garagem, pois elas custam entre R$ 324.000 e R$ 482.000. Em seu lançamento, a Ranger Raptor custava o equivalente a pouco menos de R$ 220.000.

Nova geração no forno e o Brasil continua esperando

Ranger Raptor: motor, desempenho, detalhes, equipamentos, fotos

Enquanto vários mercados foram recebendo a Ranger Raptor, o Brasil continuava esperando sua vez. Isso demorou tanto que uma reestilização da picape começou a ser desenvolvida pela marca, enquanto nós ainda esperávamos pelo primeiro modelo.

A novidade é que essa nova Ranger Raptor poderia finalmente chegar aos Estados Unidos, enquanto o modelo inicial havia sido descartado por lá. Diferente do resto do mundo, os norte-americanos poderiam receber a novidade com um novo motor EcoBoost a gasolina, diferente do propulsor a diesel que os outros mercados tinham.

Enquanto isso, uma luz se acendeu no fim do túnel quando a picape começou a ser flagrada em terras brasileiras, indicando que a Ford ainda pensava em lançá-la no maior mercado da América Latina. Mesmo assim, continuamos esperando.

Ranger Raptor – novidades

Ranger Raptor: motor, desempenho, detalhes, equipamentos, fotos

Enquanto aguardamos a possível chegada da Ranger Raptor por aqui, a nova geração (ou reestilização) da picape continua em testes nos Estados Unidos. Diversos flagras tem sido feitos, todos mostrando detalhes exclusivos dessa versão, como a grade, rodas e saídas duplas do escapamento.

Além do usual retoque no visual e mais equipamentos, a Ranger Raptor 2023 poderá chegar com motores bem mais potentes. As duas opções mais prováveis são V6 e tem 3,0 litros, sendo que o conjunto movido a gasolina seria biturbo e entregaria 405 cv e 57,4 kgfm, enquanto o diesel teria apenas uma turbina e despejaria 253 cv e 60,8 kgfm. Ambos teriam o câmbio automático de 10 marchas.

Se por um lado o fato de não termos recebido a geração atual poderia desanimar alguns em relação ao modelo renovado, por outro isso pode ser uma boa notícia. Já sabemos que a Ford investiu US$ 580 milhões em sua fábrica argentina, de onde o Brasil receberá a nova Ranger.

Ou seja, como essa planta no país vizinho será usada para produzir a nova geração da Ranger, finalmente poderemos receber também a versão Raptor da picape.

Ranger Raptor – versões

Em todos os mercados onde é vendida, a Ranger Raptor aparece sempre com o mesmo conjunto mecânico:

  • Ford Ranger Raptor 2.0 diesel

Ranger Raptor – equipamentos

Ranger Raptor: motor, desempenho, detalhes, equipamentos, fotos

Usando como base o modelo vendido na Argentina, que gerou ainda mais expectativa nos brasileiros para o lançamento da Ranger Raptor por aqui, temos uma ideia da lista completa de equipamentos que a picape poderia ter em nosso país. Confira:

Ford Ranger Raptor – motor 2.0 biturbo diesel de 213 cavalos e 51 kgfm de torque, com câmbio automático de 10 velocidades.

Exterior – vem com 4 ganchos de reboque (2 dianteiros e 2 traseiros), suspensão Fox 2.5″, barra de reboque traseira, adesivos Raptor Sports, fechadura na caçamba, chassi reforçado, tampa da caçamba, espelhos retrovisores externos e maçanetas Dyno Grey, estribos laterais off-road reforçados, faróis em LED, faróis de neblina em LED, rodas de liga leve de 17 polegadas, luzes diurnas com tecnologia LED, para-choque dianteiro em estilo off-road com proteção de aço exclusiva, para-choque traseiro Dyno Grey, grade exclusiva, entre outros.

Interior – banco do motorista e do passageiro com 8 ajustes elétricos, bancos dianteiros aquecidos, design raptor nos bancos, alavanca de câmbio em couro, volante revestido em couro com detalhes exclusivos, entre outros.

Tecnologia – 6 alto-falantes, abertura de porta sem chave, partida sem chave, assistente de pré-colisão com detecção de pedestres, câmera de ré, travas elétricas, travamento automático das portas a 20 km/h, ar-condicionado dual zone, sistema de som com MP3, Bluetooth e USB, “Shift on the Fly”, volante multifuncional com comandos de piloto automático, áudio e telefone, direção elétrica, painel de instrumentos com tela de 4,2 polegadas, faróis automáticos, espelho retrovisor interno fotocrômico, espelhos retrovisores externos com fechamento elétrico, vidros elétricos com função “One touch” para o motorista, limitador de velocidade, sensor de chuva, GPS, sensor de estacionamento traseiro, assistente de manutenção em faixa, start/stop, 6 modos de condução, entre outros.

Segurança – freios ABS com EBD, airbags frontais, laterais e de cortina, alarme, assistente de partida em rampa (HLA), controle adaptativo de carga (LAC), controles de tração e estabilidade, controle anti-capotamento, controle eletrônico de descida (HDC), Isofix, entre outros.

Ranger Raptor – preços

Ranger Raptor: motor, desempenho, detalhes, equipamentos, fotos

Se existe uma grande expectativa em torno do possível lançamento da Ranger Raptor por aqui, devemos esperar por um modelo bem caro. Como base, podemos usar os preços praticados pela Ford na Argentina, onde a picape também é vendida.

Como a Ranger convencional está disponível em 16 versões no mercado vizinho (o dobro do que temos por aqui), vamos usar as configurações equivalentes ao Brasil para um rápido comparativo.

Nossa Ranger mais barata é a XL 2.2 4×4 cabine simples, que por lá custa o equivalente a R$ 179.000, enquanto a topo de linha é a mesma nos dois mercados, a Limited 3.2 4×4 cabine dupla, que na Argentina custa R$ 305.000.

Olhando para os mesmos modelos por aqui, vemos que os valores variam entre R$ 166.790 e R$ 255.990. Ou seja, nossos hermanos pagam, em média, 13% a mais pela mesma versão em relação aos brasileiros.

Com isso, podemos imaginar que a Ranger Raptor, que por lá custa o equivalente a R$ 324.000, por aqui sairia por R$ 286.000. É um valor alto, mas na prática sabemos que ele seria muito maior.

O primeiro motivo para isso é que, caso tenhamos a Ranger Raptor por aqui, ela certamente virá na nova geração, o que trará preços mais salgados. Além disso, veja a situação da RAM 1500 Rebel, lançada recentemente por aqui. Não estamos dizendo que as duas são concorrentes, mas o valor cobrado foi muito superior ao imaginado inicialmente, chegando perto dos R$ 400.000.

Ou seja, espere pela Ranger Raptor por um valor muito superior ao que vemos hoje numa conversão direta do modelo da Argentina.

Ranger Raptor – motor

Ranger Raptor: motor, desempenho, detalhes, equipamentos, fotos

O motor usado pela atual geração da Ranger Raptor é sempre o mesmo em todos os mercados. Enquanto os norte-americanos estão acostumados com os propulsores movidos a gasolina, como é o caso da F-150 Raptor, o resto do mundo ficou com o conjunto diesel.

O motor é o 2.0 biturbo diesel, longitudinal, com quatro cilindros, 16 válvulas e turbo de geometria variável. Ele entrega 213 cv e 51 kgfm de torque, sempre acoplado ao câmbio automático de 10 velocidades.

Já a futura Ranger Raptor virá com novidades debaixo do capô, com a possibilidade dos motores 3.0 V6 biturbo a gasolina de 405 cv e 57,4 kgfm ou 3.0 V6 turbodiesel de 253 cv e 60,8 kgfm.

O câmbio, segundo as informações iniciais, continuaria sendo o automático de 10 velocidades.

Ranger Raptor – desempenho

A Ford Ranger Raptor tem 5,35 m de comprimento e pesa quase 2,4 toneladas. Mesmo sendo uma picape enorme e pesada, seu desempenho é muito interessante, e isso ocorre em boa parte pelo motor ser movido a diesel.

Graças a seu ótimo torque, a Ranger Raptor consegue acelerar até os 100 km/h em apenas 10,5 segundos, um ótimo tempo para um veículo desse segmento.

Além disso, sua velocidade máxima é de 170 km/h.

Ranger Raptor – consumo

Ranger Raptor: motor, desempenho, detalhes, equipamentos, fotos

Se o desempenho até surpreende pelo porte, a Ranger Raptor não nega que seu desenvolvimento não prioriza um bom consumo de combustível. Mas isso poderia ser pior se o motor usado fosse mais antigo ou ainda mais potente.

Ao colocar o novo propulsor 2.0 biturbo diesel, a Ford deixou claro que estava sim buscando um conjunto mais eficiente.

Na prática, os testes mostram que o resultado é aceitável, com consumo médio na casa dos 12,5 km/l.

Apenas como base de comparação, a Ranger 2.2 vendida em nosso mercado tem um consumo médio de 10,4 km/l, enquanto os modelos 3.2 alcançam apenas 9,2 km/l.

Ranger Raptor – manutenção e revisão

Os valores de manutenção das picapes a diesel não costumam ser baratos em nosso país, mas tais motores sempre oferecem mais robustez que os movidos a gasolina.

Na Argentina, a Ranger Raptor tem um plano de manutenção convencional, com paradas a cada 10.000 km ou 12 meses.

Até os 60.000 km, o valor total chega ao equivalente a R$ 10.200, com uma média de R$ 1.700 por parada.

Ranger Raptor – ficha técnica

Motor

2.0 biturbo

Tipo

Dianteiro, Longitudinal e Diesel

Número de cilindros

4

Cilindrada em cm3

1.995

Válvulas

16

Taxa de compressão

n/d

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Potência Máxima

213 cv

Torque Máximo

51 kgfm

Transmissão

Tipo

Automático de 10 velocidades

Tração

Tipo

4×4

Freios

Tipo

Discos ventilados (dianteira e traseira)

Direção

Tipo

Elétrica

Suspensão

Dianteira

Independente, braços sobrepostos

Traseira

Eixo rígido

Rodas e Pneus

Rodas

Roda de 17 polegadas

Pneus

285/70 R17

Dimensões

Comprimento total (mm)

5.359

Largura (mm)

2.180 (com espelhos)

Altura (mm)

1.873

Distância entre os eixos (mm)

3.228

Capacidades

Capacidade de carga (kg)

758

Tanque (litros)

80

Peso vazio em ordem de marcha (kg)

2.398

Peso bruto total (kg)

3.156

Vão livre (mm)

283

Ranger Raptor – fotos

Viny Furlani

Formado em Gestão de Negócios, trabalha no segmento automotivo há mais de 17 anos. Em 2009, passou a escrever avaliações e notícias sobre carros, totalizando mais de 2.000 artigos, em vários sites. Além das matérias escritas para o NA, também cuida das mídias sociais do site.