Registrado no Brasil, Chery XC tem primeiro teaser oficial

Registrado no Brasil, Chery XC tem primeiro teaser oficial

“Agora ou nunca”. Parece que a Chery está disposta mesmo a emplacar mais um crossover no mercado chinês e fora dele, em especial no Brasil. O chamado Chery XC apareceu em um novo teaser pouco antes do Salão de Guangzhou, onde deve ser apresentado oficialmente.


Registrado no INPI recentemente, o Chery XC será uma nova proposta que possivelmente a Caoa Chery vai abraçar e entregar ao mercado nacional. O crossover de estilo cupê será uma alternativa descolada em relação aos modelos Tiggo atuais.

Registrado no Brasil, Chery XC tem primeiro teaser oficial

Ainda não se sabe se ele será chamado Tiggo também, mas pelo que se pode ver, focará num visual expressivo para chamar atenção. Totalmente envelopado, o XC até parece um carro elétrico, dada a frente coberta, mas segundo os chineses, não será bem assim.

Olhando também para o registro do INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial – o Chery XC será um modelo movido por motores a combustão, mas haverá um híbrido. Na mecânica, comenta-se que terá motores turbo 1.6 e 2.0 litros.

Registrado no Brasil, Chery XC tem primeiro teaser oficial

Isso significa que o Chery XC terá entre 197 e 254 cavalos na China. Aqui, como um modelo topo de linha alinhado com o Tiggo 8, obrigatoriamente portaria o 1.6 TGDI de 187 cavalos usado pelo atual SUV de sete lugares.

Por seu estilo e proposta mecânica, custaria acima do Tiggo 8, que custa atualmente R$ 195.990. Ou seja, chegaria acima de R$ 200.000. Com apresentação no dia 19 de novembro em Guangzhou, o Chery XC mostrará a que veio.

Registrado no Brasil, Chery XC tem primeiro teaser oficial

Por aqui, é esperar por algo apenas no fim do próximo ano ou em 2023. Na China, a previsão de vendas é para meados do ano. Com ele, o portfólio ampliará com um novo segmento. Pela sugestão de motores, possivelmente terá de 2,67 m a 2,72 m de base.

Já o comprimento pode ficar entre 4,60 m e 4,70 m. Na versão híbrida, o XC pode utilizar o sistema MHEV da Chery, que já é testado aqui no Tiggo 5x Pro, ou atuar com um híbrido tradicional ou plug-in.

Chery XC – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.