Ecologia Elétricos Europa Governamental/Legal Mercado

Reino Unido confirma saída do mercado de carros a gasolina e diesel em 2040

londres Reino Unido confirma saída do mercado de carros a gasolina e diesel em 2040

O governo britânico confirmou o fim do mercado de carros equipados com motores a combustão até 2040. Após a França, o Reino Unido sentiu a pressão ambiental, que agora toma conta de algumas das maiores cidades da Europa.



Como tentativa de reduzir as emissões no país, Londres pretende cortar os automóveis a gasolina e diesel inicialmente e posteriormente os caminhões diesel até 2050. A mudança será drástica no setor automotivo britânico, que precisará mudar sua indústria, assim como a qualificação de empregados, o próprio automóvel e a infraestrutura.

Atualmente o país tem 12 mil pontos de recarga, mas terá de ter bem mais para atender a demanda de energia para os futuros (e autônomos) carros elétricos. Ao que tudo indica, o carro elétrico parece ser o modelo definitivo para o automóvel no futuro próximo. As células de combustíveis ainda são consideradas por alguns como o futuro, mas a infraestrutura e a segurança custam caro.

O híbrido será solução para alguns mercados que ainda vislumbrarão o motor a combustão nos próximos anos, tais como o Brasil, por exemplo. A próxima geração de híbridos levará um sistema elétrico de 48V, mas mesmo estes não devem sobreviver ao ano de 2040, pois apenas os veículos de emissão zero será admitidos em um mercado britânico fora da UE, nesse caso por conta do Brexit.

Então, esse anúncio se converte em um “Petroxit”? Provavelmente não totalmente, já que a frota que queima combustível ainda estará bem presente na realidade da Grã-Bretanha próximo da virada do século. Outro problema é a emissão de carbono na geração de energia para carregamento das baterias, que evidentemente aumentará com a demanda.

[Fonte: Reuters/The Telegraph]

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Send this to a friend