China Mercado Montadoras/Fábricas Renault Segredos-Flagras

Renault: China pode ter “supermontadora” em breve

china-mercado-cresce-54-de-janeiro-a-junho

Segundo o presidente da Renault-Nissan Carlos Ghosn, a China poderá em breve ter uma “supermontadora”. Essa nova marca será criada nos próximos cinco anos para brigar com as grandes do setor.

Ele adverte que a possível união de vários fabricantes chineses de menor porte ou a aquisição de uma grande marca internacional, levará a essa “supermontadora” chinesa.

Diante desse panorama, uma marca que poderia ser adquirida pelos chineses, fazendo a diferença no mercado internacional, seria a Opel. A GM já tentou vender a marca alemã sem sucesso, e mesmo agora, ainda reclama que ela está perdendo muito dinheiro, mesmo com os novos lançamentos.

Ghosn evita maiores detalhes sobre o potencial comprador, mas diz que isso pode acontecer até mesmo com uma grande marca. Do outro lado da moeda, várias marcas chinesas continuam investindo pesado em produtos e fábricas, a fim de ganhar mais espaço no mercado local, dominado pelas marcas estrangeiras.

A união de algumas delas já seria suficiente para a criação de um grande fabricante. O problema, no entanto, seria agregar a essa nova marca um nome de respeito no mercado internacional. Neste caso, só mesmo com a aquisição de uma marca conhecida.

[Fonte: Jornal da Tarde]





  • Antoniokings1

    É bom abrir o olho com a dupla Renault/Nissan.
    Crescimento de ambas na América Latina, da Nissan nos EUA e agora na China, pode fazer da dupla a maior do mundo.

    • andre_0102

      O mercado está em transição, fora os já sitados, os coreanas e os italianos estão c/ planos ambiciosos de crescimento. Acredito que isso possa trazer grandes mudanças, o que pode ser bom p/ nós.

  • MontadoraBrasil

    Buscando sempre qualidade,carros Chineses estarão em quase todos os lugares!

  • RSM

    Tá aí ua novidade que era perfeitamente esperada.

  • rajkoothra

    A GM nao tem como vender a Opel. Como ela nao consegue vender nada consistentemente na Europa que nao sejam os Opel, a venda significaria abrir mao completamente do mercado europeu… Inviavel.

    Quanto aos chineses, e so questao de tempo ate ele conseguirem emplacar uma marca no mercado global.

    • Wikle

      Sem a Opel, acabaria a GM na América do Sul e na Europa.

      Mas pensando bem, sem a Opel, talvez dessem maior poder à GM BR, à exemplo do que ocorre com a Holden na Austrália, que desenvolve seus próprios veículos. O que poderia ser bom.

      • EuMeSmObYmYsElF

        naaaaaaaao!… senão teríamso mais coisas como o Agile… oh, wait! ja esta acontecendo…

  • ccn1410

    A China ainda "não se encontrou", mas quando chegar a hora, saiam de perto.
    Com o passar dos anos, muitas montadoras desaparecerão em detrimento das chinesas. Muitas marcas famosas hoje, não sobreviverão. Mas isso faz parte do mercado, quem ler sobre a história do automóvel nos Estados Unidos percebe facilmente que lá ocorreu o mesmo. Só que agora com as chinesas, será de âmbito internacional.

  • LucasHaughton_

    A evolução dos chineses é evidente pra mim Chery, BYD, Brilliance podem ser uma das maiores do mundo em breve

  • CanalhaRS

    Isso é inevitável. Em um futuro não muito distante eles estarão destruindo a concorrência dos outros país, assim como fazem hoje, produzindo eletrônicos, calçados e muito mais coisas a preço de banana.

    • Ricardo

      Não creio muito nisso.

      Analistas preveem que com o tempo, a mão-de-obra chinesa ficará mais especializada, e por consequência mais cara, o que provocaria um novo deslocamento na produção mundial a baixo custo, provavelmente para a Índia.

      Se formos pensar, essa hipótese é viável, sendo que reduziria a produção chinesa em enormes quantidades, podendo dar uma completa reviravolta não apenas no setor automotivo, mas também em todas as outras áreas comerciais, culturais e sociais.

      • RAFAMP

        Só se for com MUITO tempo né, porque a reserva de mercado na china é GIGANTE (Mais de 700 milhões de pessoas, fácil!)

      • vinicarioca

        relaxa… acho que ninguém que lê essa notícia verá isso acontecer… só daqui a uns 100,150 anos

  • Antoniokings1

    Uma supermontadora chinesa e duas ou três grandes, podem ser o pesadelo da indústria tradicional (ocidental). Podemos até prever (de maneira factível) que se continuar assim, as empresas ocidentais deverão se especializar em segmentos mais caros (BMW, Mercedes, Ferrari e etc). De qualquer maneira, é fascinante acompanhar essa tendência.

  • Helmuth82k

    O problema da Opel será resolvido facilmente, se eles começarema a vender sues carros aqui! Além de serem carros lindos e modernos, a margem de lucro aqui, é exorbitante!!

    • Castle_Bravo

      Tecnicamente a Opel já vende aqui: Astra, Vectra, Corsa, Meriva, Zafira e Omega, são modelos da Opel, que ignorando a depenação dos acessórios, foram ou são exatamente iguais aos modelos europeus.

      • O problema que quem ganha nisso é a filial brasileira. Ou seja, nao vai dinheiro para a Opel e por isso não consegue nada. Se ela viesse para o Brasil como premium, seria capaz de ferrar a propria GMB mesmo sendo mais cara.

  • Cezarskinner

    Acredito que nem precisarão adicionar uma marca conhecida mundialmente, só com produtos bem equipados, uma melhora na qualidade e no design como aconteceu com as coreanas e já estarão incomodando as grandes.E acredito também que não vai ser só uma, acho que umas três grandes montadoras.



Send this to friend