Europa Hatches Lançamentos Renault

Renault Clio 2020 tem interior revelado oficialmente

Renault Clio 2020 tem interior revelado oficialmente

A Renault revelou oficialmente o interior do Novo Clio 2020. O hatch compacto premium da marca francesa surge com um ambiente bem moderno, jovial e digitalizado, criado para se opor aos principais rivais europeus, em especial ao Volkswagen Polo.


Por isso, da mesma forma, uma das novidades é o cluster digital e configurável, que vem junto com um display vertical num formato de tablet para central de entretenimento, formando o conjunto chamado de “Smart Cockpit”, que pode ser uma influência para futuros compactos da Renault fora da Europa.

Renault Clio 2020 tem interior revelado oficialmente

Com o Smart Cockpit, o Novo Clio 2020 se apresenta bem sofisticado, tendo ainda um painel em dois tons com mescla de cores e tonalidades de primeira linha, além de difusores de ar contínuos, criando um visual harmônico.


Chama atenção os comandos do ar condicionado automático que, junto ao console com abas altas e alavanca bem posicionada, lembra os carros da Mazda. O volante tem um design totalmente novo, mais atraente e finalmente com piloto automático (adaptativo) incorporado.

Renault Clio 2020 tem interior revelado oficialmente

Tendo o câmbio alto, o Novo Clio 2020 vem ainda com freio de estacionamento eletrônico e auto hold num túnel mais baixo, com porta-copos coberto. Os bancos são muito envolventes, como os de carros esportivos, enquanto as portas economizam nas linhas e incorporam tons do conjunto principal.

O Novo Clio 2020 terá opção de telas de instrumentação de 7 a 10 polegadas, sendo a maior com diversos modos de apresentação em 3D, dando ênfase no sistema adaptativo de controle de velocidade, que vem junto com detecção de pedestres e alerta de faixa, sendo a base para uma futura condução autônoma.

Renault Clio 2020 tem interior revelado oficialmente

Também a navegação surge como outro destaque do cluster, sempre com efeito 3D. A multimídia Easy Link tem a intuitividade como foco, além de telas de 7 ou 9,3 polegadas. Na customização, o Novo Clio 2020 terá opções de texturas e cores no painel, bancos e portas. Agora resta esperar pelo exterior.

Renault Clio 2020 – Galeria de fotos

Renault Clio 2020 tem interior revelado oficialmente
Nota média 4.2 de 6 votos

  • Raimundo A.

    Vou dar um jeito de por o tablet no painel do veículo.

    Sinceramente, ficou muito bom, mas esperarmos aqui? Complicado. Falam que o Sandero migraria para Clio NG Plus size aqui aos moldes do Captur do Duster sobre o do Clio. A questão é que nem o facelift, que será diferente aqui, ainda foi apresentado. A partir do facelift, mudança de geração tende a esperar dois anos, estimo. Logo, iríamos meados de 2021, talvez 2022. Nesta época, o agora novo Clio NG poderá ter facelift na Europa.

    A oferta surgir como importado, pior ainda. Não trouxeram o Koleos para um segmento com maior demanda ainda. Hatch compacto apelo “premium”… Até o Alaskan, que será feito no país vizinho, talvez não tragam e se for ofertado seria versão única.

    • Cara, eu vi esse Clio atual na Itália e é impossível trazer um carro desse nível por menos que o valor do Focus.

      • Debraido

        Esse Clio que você comentou é um dos carros mais criticados em relação ao acabamento interno. Considerado ruim.
        A casca é realmente muito bonita. Não vejo ele num nível acima de nenhum outro.

      • Raimundo A.

        Se você acha impossível, então trazer o novo Focus de lá será mais impossível que a oferta do nosso montado aqui e considere descarta a possibilidade do Koleos ser importado para cá, promessa ainda não cumprida pela Renault. Um simples compacto seria inviável, um SUV médio grande ainda mais caro vai ser sendo de marca que a maioria aqui não é fã.

      • Guilherme Gimenes

        Discordo.. o peugeot 208 na França eh a partir de €14.500 e tem aqui.. clio la eh 15.300, quase a mesma coisa, pq teria q custar aqui 90, 100mil? Eh so querer trazer ou fabricar aqui.. mas pra q ne? Mais vantajoso vender o DACIA Sandero pelo valor que seria do Clio.

        • Esser valor aí, sem os impostos brasileiros, dá quase 64 mil. O Clio acabaria ficando no valor de um Polo confortline nas versões de entrada, chegando talvez ao valor do Golf 1.0.

      • syfus

        uai é pra concorrer com o polo ne… ai é batendo de 69 a 90mil

    • th!nk.t4nk

      Colocar um tablet no painel é fácil. Já fazer um sistema bem integrado à eletrônica do carro, e realmente útil pra tornar a condução mais eficiente, é outra história. Normalmente nesses modelos populares essas telinhas só servem pra navegação e sistema de som. No dia em que os brasileiros descobrirem todo o potencial dessa interface nos modelos mais sofisticados, com acesso a todos os sensores, assistentes e informaçoes online cruzadas sobre tráfego, todo mundo vai querer um sistema desses no carro. Enquanto isso vão continuar sendo chamados de “tablets” mesmo e vistos como desnecessários.

      • Raimundo A.

        Sei de tudo isso que você falou, mas por mais sofisticado, integrado, seja o sistema, e eu não gosto como alguns modelos tem mostrado, transferência dos comandos físicos de ar condicionado, por exemplo, para teclas virtuais, tem um preço e ainda assim canso de ver gente usando o smartphone enquanto dirigi.

        Adianta ter uma CMM que só falta fazer cafezinho, com várias formas de conectividade, o povo continua manuseando smartphone enquanto dirige?

        A impressão que eu tenho é o povo querer ter essas tecnologias porque é bonito, simplifica algumas coisas, mas a maioria não usa 20% das funções disponíveis.

        • Stunt

          Concordo com tudo que vc disse. É um assunto que, também, invade a questão da educação do nosso povo, ou a falta dela, no caso.

        • th!nk.t4nk

          Concordo. Mas felizmente os melhores modelos do mercado ainda têm botoes físicos pra quase tudo. Sobre usar smartphone enquanto dirige, acho condenável. Muitos acidentes acontecem por conta disso. Apps como Whatsapp deveriam ser bloqueados enquanto se dirige.

    • Danilo Silva

      Eu tenho um tablet antigo tava até jogado em casa, meu som do carro não tem Bluetooth, ai resolvi colocar o tablet conectado com cabo P2 x P2 na saída de som do carro e um suporte magnético para prender no painel, ficou muito bom baixei músicas do deezer e GPS, esta quebrando um galho da para fazer com celular também.

  • Robinho

    e la vem este tablet, feio pra c*

    • Leonardo

      Feio ou não é melhor que nosso sandero

      • Robinho

        Com certeza!

        • Humberto Ghirardello

          Ate mesmo que nosso Captur.

  • El Gato!

    Cada mercado com os populares que merece…

  • Whering Filho

    Talveeeeez, lá para 2023, o novo Captur tenha este interior.

  • Abdallah

    Sinceramente nao sou fã dessas centrais “suspensas” no painel, mas o interior ficou muito bonito.

  • CanalhaRS

    E nós de Sandero…

    • Stunt

      Já tivemos o Clio, mas…”não quisemos”.

      • Brasileiro merece é o Kwid.

      • Gran RS 78

        O problema é que a Renault simplesmente não atualizou o Clio por aqui, pois ficamos com a segunda geração por um bom tempo, e somente com aquele face lift ridículo que a marca fez para tentar dar uma sobrevida pra ele. Se a marca que hj tem uma boa aceitação no Brasil trouxesse esse Novo Clio para cá, para brigar diretamente com o Polo e Yaris, acho que as coisas seriam diferentes para a Renault e tbm para o Clio.

  • Ric53

    oto nivil

  • BillyTheKid

    Controle de cruzeiro adaptativo, freio eletrônico com auto hold, detecção de pedestres, alerta de faixa, painel digital, entre outros. Esse popular europeu literalmente é mais equipado que a maioria dos nossos carros médios de mais de R$ 100 mil…

  • Natán Barreto

    Enquanto isso aqui continuamos há 6 anos com o mesmo Sandero e Logan que nem CVT têm ainda. Duster é uma vergonha ainda estar no mercado nessa geração. O interior é deprimente.
    A picape até hoje nada, o SUV até hoje nada.

    Renault tá igual a Kia em termos de promessa

    • El Gato!

      Falando nos podres da Renault… esse fim de semana fiz uma viagem curta, e precisava de espaço para levar tralhas. Aluguei uma Duster 1.6 MT. Cara, que carro terrível. O A/C não dava conta do calor, o motor era sofrível (isso com 3 pessoas + bagagem), acabamento paupérrimo, ruidos internos, diversas peças (maçaneta, parafusos de roda, tampa do porta malas) apresentando oxidação… isso em um carro 18/18 com 20 mil km. Sofrível!

  • Antonio Sergio

    É difícil entender. Num mundo onde um simples telefone celular tem mais capacidade de processamento que o “supercomputador” que levou o homem à lua; num mundo onde se produz telas de LED e LCD de todos os tamanhos e formas a custo unitário irrisório; num mundo onde se produz sensores e sei-lá-o-que-mais para controlar ou monitorar todo o funcionamento e comportamento de um carro, é difícil entender como ainda podem simplesmente, e por esse motivo, considerar um simples Clio um compacto premium. Esse Clio é tão somente aquele Clio que um dia tivemos por aqui e que foi bastante rejeitado pelo exigente consumidor nacional. Esse próximo lançamento é apenas e não mais que isso, uma (grande) evolução do nosso rejeitado. E, como a toda evolução pressupõe-se novidades estéticas e também tecnológicas apresentadas antes em modelos de categoria superior, cujo custo, em razão da escala de produção, foi baixando. Por isso, esses tablets colocados nos carros de hoje, principalmente nos carros absolutamente populares, no caso do Clio, não é de causar surpresa.

    • th!nk.t4nk

      Sem querer ser chato, mas o Clio atual na verdade se situa um pouco acima do antigo sim, mesmo aqui na Europa. É um carro que ficou mais caro, porque o consumidor europeu está com mais dinheiro no bolso e disposto a gastar mais também (o Clio hoje é maior e mais sofisticado em todos os aspectos). Você pode fazer uma analogia com os smartphones: há 10 anos mesmo os modelos top de linha eram bem mais baratos, porque eram mais simples. Hoje ficaram tão sofisticados, que era inevitável encarecerem. Mas como o consumidor está disposto a pagar por isso, tem seu mercado. O problema é que pro Brasil o Clio ficou caro demais. É um país que não enriqueceu nesse período na mesma proporção. Os salários simplesmente nao acompanharam. No fim das contas tem tudo a ver com a economia do país mesmo. O que é acessível pra um, não é necessariamente pra outro.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email