Renault SUVs

Renault cogita novo SUV médio no Brasil e nega chegada do Kadjar

renaul-suv-coupe

A Renault cogita lançar no mercado brasileiro um SUV médio para ocupar o lugar entre Duster/Captur e o Koleos. Mas, antes, a marca francesa aguarda o Rota 2030 para definir seus lançamentos futuros. De acordo com o site UOL, a empresa congelou suas propostas futuras por conta da indefinição na política do setor automotivo, vital para ter previsibilidade e segurança nos investimentos.


Na lista de novidades adiadas por conta da falta do Rota 2030, prometido para fevereiro e que agora não tem data para sair, a Renault lista o novo motor 1.33 TCe, já sendo usado pelo Mercedes-Benz Classe A 2019, além do SUV Koleos, que está rodando pelo País sem camuflagem, mas que teve o lançamento atrasado por conta da ausência desse regime automotivo.

Enquanto isso, a montadora francesa investe em ampliação de sua fábrica no Paraná para fazer o motor 1.6 SCe e regularizar a produção dos modelos Kwid e Captur. Mas e as novidades? O motor 1.33 TCe já estava em gestação há algum tempo, sendo que a Renault comentou que ele seria pequeno em comparação com motores como o 1.6 THP da PSA, por exemplo.

 


O propulsor é conhecido como M282 na Daimler e tem 1.332 cm3, tendo quatro cilindros, turbocompressor e injeção direta de combustível, bem como sistema de desligamento de cilindros, funcionando apenas com dois deles. Com potências de até 163 cv, esse motor dispõe de até 25,5 kgfm entre 1.250 rpm e 3.800 rpm.

Na Renault, por aqui, o alvo sem dúvidas é o Captur, que assim poderia ter um desempenho muito superior ao atual, que tem o velho motor 2.0 FR e câmbio automático de quatro marchas apenas. Duster e Oroch são outros alvos, além é claro do Sandero R.S., que poderia ganhar uma performance muito melhor.

Já no caso do Koleos, a Renault diz que o lançamento não tem data definitiva por conta da política (ou ausência dela). Também estaria sendo segurada a picape Oroch com tração 4×4. Porém, a atualização de Sandero e Logan é dada como certa. Mas e o tal SUV médio? De acordo com a marca, ele não será o Kadjar e nem mesmo uma versão simplificada do mesmo, que estava sendo cogitada.

O novo produto será direcionado para mercados emergentes, que no caso da Renault, podem ser listados como Brasil, Rússia, Índia, China e também Coréia do Sul. A Renault confirma que o utilitário esportivo tem potencial para nosso mercado, mas a filial não comenta se ele será de fato vendido aqui. O mais provável é que sim, mas por conta do Rota 2030, está sendo segurado por ora. A empresa diz veementemente que o Kadjar não vem ao Brasil. Então, as fichas recaem sobre o novo modelo com estilo cupê que a empresa pretende lançar na Rússia em agosto, cuja imagem é a .

Esse modelo deverá ter duas plataformas, conforme revelado pelo site Indian Autos Blog, sendo uma para mercados consolidados, como a Europa, onde a base deverá ser a modular CMF B, conforme relatado pelos indianos. A outra será simplificada para mercados emergentes, mas apenas a Rússia teria a estrutura atualmente disponível, que é a base B0 do Duster, já usada no Captur. Nos demais mercados, ela seria uma base nova. O modelo também é um candidato a ter o motor 1.33 TCe. Aqui, o alvo é brigar com o Jeep Compass.

[Fonte: UOL/IAB/Projeção: Autocar]

 

COMPARTILHAR:
  • Mario Souza

    fazer o que? Tem bobo para tudo neste país.

  • Mario Souza

    A galera poe um carro tosco com 20 cm de altura e vira sucesso por 100k. e vamos levando ferro

  • Pesquisar é sempre a melhor maneira de achar: https://www.noticiasautomotivas.com.br/?s=duster+cvt

    • REDDINGTON

      Touché!

      • Valdemir Santos

        Dá desânimo mesmo ter que ver propaganda da Renault chamando esse Twingo de SUV!!! Não conseguiram emplacar o Captur, agora querem nos convencer de que o Kwid é SUV. Detestável. Não deve ser àtoa que já via alguns ex possuidores de Renailt jurando que “foi/é o ultimo!”.

  • Ringow

    Eu queria saber quais carros tem os executivos das marcas aqui no Brasil

  • Cesar

    Sim. E tem também um novíssimo cambio cvt o CVT7 com duas relações. Algo que a Toyota esta planejando lançar somente em 2020.

  • Erivelton Freitas

    Se for como o conceito da foto, será muito bem-vindo!

  • Humberto Ghirardello

    não sabia q tinha espaço entre Captur e Duster

  • No_Name

    Compass chega próximo de R$ 200 mil quando completo e está muito longe de ter acabamento e sofisticações de carros do segmento C (também pudera, foi baseado em carros do segmento B e originalmente projetado para mercados subdesenvolvidos). Dirigi um e achei decepcionante.
    Já o EcoSport até uns R$ 80 mil é muito honesto para o acabamento e sofisticação dos detalhes apresentados pelo mesmo.

    • ObservadorCWB

      Perdoe-me, mas chamar um Fiestão de 80 mil de “muito honesto”, passa longe da minha verdade.

      • Roberto

        Exatamente… o Ecosport é outro que deveria migrar pro segmento inferior para aumentar as vendas… Era vendido completo por 65k antes do facelift…
        Coloca ele por 60k 1.5 manual, 65k 1.5 automático e concorre em preço com Aircross, Duster, HB20X, Onix, etc..

  • Luciano RC

    A Renault agora só vai investir em SUV, pelo jeito. Mas não está errada não… quem sabe desse jeito ela se levanta. Só não pode começar errando que nem foi com o Captur né.

  • JOSE DO EGITO

    Mas a DUSTER vai mudar esse ano,vao melhorar muito o acabamento interno

    • Hoffmann

      Só se for no Brasil, o acabamento do novo Duster europeu GRITA a falta de qualidade.
      Se a Renault melhorar o interior do Duster aqui vai ter que modificar o do Captur também, que tem o mesmo acabamento lixo, só que com desenho diferente e tampinhas plásticas cobrindo os parafusos que no Duster/Sandero/Logan são expostos.

    • Hugo Henrique Silva Lange

      capacidade pra isso a Renault tem… aguardemos entao…rs

  • Luciano RC

    Vão querer lançar um concorrente para o Compass com qualidade de Duster.

  • Cosi fan Tutti

    Renault comprar a Geely? kkk eles estão tendo de lidar com a MItsubishi, fazer ela lucrar, como vão comprar outra empresa, ainda mais uma das chinesas de maior rentabilidade no momento uma das que mais crescem.

    • Raphael Pereira

      Voce não entendeu….

  • REDDINGTON

    Entre a Duster e o Captur??? Como se o Captur fosse do tamanho de uma SW4 né. Estranho viu. Seria normal vender um carro MAIOR que a Captur. Aí ficaria assim Kwid que ela jura que é um SUV, Duster, Captur e o Koleos por exemplo. Pelo jeito vai ser mais um Dacia com interior pobre, espaço e preço alto.

    • Edson Fernandes

      Eu já entendi que o novo produto seria entre Captur e Koleos, o que faz mais sentido.

      E os produtos mais simples vão ficando com a estrutura arcaica da fabricante. E o Captur no minimo deveria ter uma versão turbo no lugar do modelo 2.0.

  • Unknown

    A Renault realmente é muito boa!……… em motores!

  • Rogério R.

    A indefinição do Rota 2030 está sendo um dos entraves da vinda do novo motor 1.3 TCe para o Brasil.
    https://carros.uol.com.br/noticias/redacao/2018/03/08/atraso-do-governo-trava-planos-da-renault-no-brasil-saiba-quais-sao-eles.htm
    Bem que a Renault poderia equipar a dupla Sandero/Logan nas versões mais equipadas com o 1.3 TCe numa faixa de potência de 130 a 140 cv. Então a linha Sandero/Logan poderia ficar dessa forma:
    Sandero/Logan Life 1.0 SCe;
    Sandero/Logan Zen 1.6 SCe manual ou CVT;
    Sandero/Logan Intense 1.3 TCe(130 a 140 cv) manual ou CVT e
    Sandero RS 1.3 TCe de 162 cv.

  • Rogério R.

    A indefinição do Rota 2030 está sendo um dos entraves da vinda do novo motor 1.3 TCe para o Brasil.
    https://carros.uol.com.br/n
    Quem sabe isso possa estar se refletindo no lançamento dos novos Sandero/Logan 2019, pois como esse motor pode ter potências de 117 a 162 cv ele poderia até ser usado em versões mais refinadas dos modelos já que a diferença de potência do 1.6 SCe(118 cv) até a do RS(150 cv) é de 32 cv, ou seja, a dupla Sandero/Logan poderia ter uma versão refinada
    sem ser esportiva do 1.3 TCe de 130 a 140 cv. Já o RS poderia vir com potência total de 162 cv.

    Sandero/Logan Life e Zen 1.0 SCe;
    Sandero/Logan Zen e Intense 1.6 SCe manual e CVT;
    Sandero/Logan Intense ou GT 1.3 TCe(130 a 140 cv) manual e CVT e
    Sandero RS 1.3 TCe de 162 cv.

    Ficaria bacana.

  • Edson Fernandes

    Mas o unico com preço realmente competitivo é o Duster. Porque o captur ainda está abusivo.

    • Roberto

      Eu não sei se vale os 10k de diferença, mas o Captur agrega vários recursos que o Duster não tem nem nas versões top

      • Edson Fernandes

        Isso é verdade.

        Ar automatico, air bag lateral, ESP, um painel muito superior de fato entre ambos.

        Mas depende do que vc procura num veiculo.

        • Roberto

          Verdade. Eu não ligo muito pra essas coisas, só o básico do conforto mesmo.

  • Edson Fernandes

    Se ela decidiu abrir mão de disputar o nicho de sedans médios…. sinceramente não espero mta coisa da Renault não.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email