Renault Duster Oroch é flagrado com visual retocado

Renault Duster Oroch é flagrado com visual retocado

A Renault Duster Oroch seguirá adiante sem mudança de geração no momento. A picape leve da marca francesa foi flagrada em testes com camuflagem leve e divulgada no canal @mentirasautomotivas, que mostra alguns detalhes do modelo, visto pelo seguidor @rodwerner_bjj_pesca.


Na Oroch atualizada, ela deverá assumir um visual próximo do modelo indiano, com grade diferenciada e para-choques com modificações nas linhas, mas os faróis deverão permanecer os atuais. Na motorização, o 1.3 Turbo de até 170 cavalos pode aparecer.

Renault Duster Oroch é flagrado com visual retocado

Novas rodas de liga leve serão introduzidas também, deixando a Oroch 2022 com uma cara mais atual, porém, isso a manterá por mais tempo no mercado até a Renault adicionar uma nova geração.

Pelo menos nos próximos dois anos, a marca francesa deve sustentar o modelo atual até que um novo apareça, já sobre a plataforma modular CMF-B, contudo, esse produto ainda é incerto, quando notícia conflitante surge da Argentina.

Renault Duster Oroch é flagrado com visual retocado

Lá, a filial da Renault revelou a intenção de produzir um novo produto em Santa Fé e este seria uma picape. Como se sabe, a Alaskan é feita por lá, mas a francesa revelou ao nível global, que a região Mercosul só terá produção da CMF no Brasil.

Pela lógica, a próxima Oroch teria um porte próximo de 5 metros, seguindo a Fiat Toro, assim como a VW Tarok e a Nova Montana da GM. Para isso, a CMF cairia perfeitamente e São José dos Pinhais seria a planta lógica para fazê-la.

Renault Duster Oroch é flagrado com visual retocado

Com operação também na Colômbia, fica difícil imaginar a Renault na América do Sul apenas com a fábrica brasileira sustentando modelos CMF, quando a marca pretende substituir todas as plataformas por esta.

Assim, como estratégia comercial, a Renault pode ter negado inicialmente a produção da CMF na Argentina, mas possivelmente mudará a conversa nos próximos anos, especialmente em 2024.

Então, se a Renault pretende ter uma rival para a Toro, ela ganharia uns dois anos de desenvolvimento com a atualização da Oroch.

[Fotos: Reprodução]

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.