*Destaque Argentina Hatches Renault

Renault Kwid chega à Argentina com quatro versões e mais equipamentos

renault-kwid-avaliação-NA-24 Renault Kwid chega à Argentina com quatro versões e mais equipamentos

Lançado recentemente no mercado brasileiro, o Renault Kwid começa a ser oferecido na Argentina. O subcompacto da marca francesa está disponível por lá com uma gama de versões mais ampla, sendo que boa parte delas oferecem uma oferta superior de equipamentos de série. Importado do Brasil, o Kwid “hermano” tem preços que variam de 220 mil a 250 mil pesos (algo em torno de R$ 40,7 mil a R$ 46,2 mil, respectivamente, numa conversão direta).



A versão mais em conta do Renault Kwid na Argentina é a Life. Este modelo é equipado de série com airbags frontais e laterais, freios ABS com EBD, alerta visual e sonoro de não utilização do cinto de segurança do condutor, cintos de segurança dianteiros com ajuste de altura, Isofix, apoio de cabeça traseiros ajustáveis e removíveis, direção elétrica, limpador e desembaçador do vidro traseiro, indicador de troca de marcha, computador de bordo, ar-condicionado, banco traseiro com encosto rebatível e sistema de som com Bluetooth, USB, auxiliar e conexão para iPod.

renault-kwid-2018-impressões-NA-9 Renault Kwid chega à Argentina com quatro versões e mais equipamentos

Já o modelo Zen se diferencia pelo alarme, retrovisores com comando interno mecânico, travamento automático das portas, acendimento automático das luzes internas e vidros dianteiros com acionamento elétrico.

A variante Intens traz ainda porta-revista nos encostos dianteiros, conta-giros, apoio de cabeça traseiro para os três ocupantes e sistema multimídia Media NAV 3.0 com tela sensível ao toque de sete polegadas.

renault-kwid-2018-impressões-NA-15 Renault Kwid chega à Argentina com quatro versões e mais equipamentos

Por fim, o topo de linha Iconic conta com grade dianteira cromada, calotas com pintura na cor cinza (o Intens dispõe de calotas na cor prata), tampa do porta-malas com abertura elétrica, travas elétricas por controle remoto, retrovisores externos com comando elétrico e câmera de ré.

Em todos os casos, o motor é o 1.0 litro de três cilindros a gasolina, que consegue desenvolver 66 cavalos de potência. Junto a ele está uma transmissão manual de cinco velocidades.

[Fonte: Argentina Autoblog]

  • Tochio

    Então a fila de espera não esta tão grande assim !!??

  • dallebu

    Só não entendi aonde que o Kwid dos hermanos é mais equipado que o nosso… O básico deles é mais caro que o nosso top de linha, e o Iconoc deles tem os mesmos itens que nosso Intense ou até menos, pois não vi os bancos de couro/tecido.

    • Leonardo

      Não se deixe levar por conversões, tem que ser visto pelo poder aquisitivo de lá que não sei.

      • Cesar

        Hoje eles estão em uma situação igual ou pior que a nossa.

        • Ronaldo Cesar

          Seguramente pior. Preços estratosféricos e pobreza aumentando significativamente. Da última vez que eu estive lá (morava perto da fronteira) a gasolina ultrapassava os R$ 5,00 o litro.

          • Cesar

            Sim. Conheço alguns argentinos e estes não querem voltar para lá de jeito nenhum.

          • Hernan Carlos Granda

            quanto custa podium no brasil? aqui a gasolina tem 95 minimo e 98 a premium que sim custa em casi 5 reales o litro mais voce tem como referencia a aditivada que um lixo para os motores modernos

          • Robert Dniro

            Exatamente, tem alguns que enchem a bola dos hermanos mas eles estão numa situação de igual pra pior que a nossa, muito se fala de que la tem muito mais opções que aqui só que na realidade pouco se vende.
            Um amigo meu esteve em Córdoba por 3 semanas agora a pouco tempo e o que mais se ve é carro popular especialmente o Gol e Palio, marcas premiun é mosca branca, comida então piorou, caríssimo um “PF” e ainda não agrada a todos no paladar, e esse negócio de dizer que a carne de lá “nosso famoso churrasco” é inigualável é tudo balela, é igual ou pior ao que comemos aqui.

            • Robson Mauricio

              Estive esses dias lá, realmente se ve muito carro popular..mas tbm se ve muitas caminhontes principalmente Hilux, Amarok e Ranger….Qto ao custo de vida, alimentação é um pouco mais caro mesmo, principalmente a agua

          • Gran RS 78

            Mas eles não ganham em reais, portanto isso não tem referência alguma para quem mora lá e ganha em pesos.

          • Robson Mauricio

            Estive na Argentina esses dias, região da Patagonia, em uma conversão direta, a Gasolina estava em torno de R$3. Em Puerto Iguazu, estava em torno de R$4…não sei de onde vc tirou esse 5 pila

        • beto

          É o liberalismo de Macri.

          • FabioH

            Mesma história daqui, pegou um país em frangalhos, com números maquiados, inflação represada pelo governo caloteiro, vai levar um tempo para arrumar a casa.

          • Cesar

            Macri?
            Sabe de nada inocente. A turminha da Cristina quebrou o país. O Macri agora está tentando juntar os cacos

            • beto

              Aqui não é lugar para essa discussão, mas como também resido na Argentina posso afirmar que piorou bastante com o atual governo.

              • Louis

                Assim como aqui, onde a percepção do povão é de piora com o Temer, mas na verdade quem quebrou o país foi a Dilmanta e o Painho do satanás.

                • FabioH

                  Bem por aí Louis, vi no posto outro dia o frentista falando: “O Lula é ladrão mas na época dele a gasolina não custava R$4”, mal sabe ele que o Lula e a Dilma seguravam o preço da gasolina via Petrobras para conter o avanço da inflação, é o mesmo que ocorria na Argentina.

                  • mjprio

                    Mas e por isso que estamos nesta m… hoje. Esse “bem estar “que todo acha que o PT proporcionou e artificial e levou o pais a uma divida absurda. Isso sem falar que em parte saiu das costas da classe media que trabalha e mais paga impostos nesse país.
                    A situação da Argentina e a mesma:o kirschnerismo levou o pais a uma crise que agora obriga o Macri a pegar pesado pra rwcosnrruir o pais.
                    Culpa nossa que nos acostumamos a deitar eternamente em berço esplêndido do Estado Máximo e provedor.
                    O Chile ja esta expulsando aquela velha infeliz do governo e a direita certamente vai voltar a governar por la. Ela ja esta com a popularidade la na sola do sapato.

                  • Louis

                    Por isso é frentista de posto, se fosse inteligente seria gerente ou dono do posto. E vai ser frentista o resto da vida.

          • Gran RS 78

            E todos os anos com os governos da Cristina e do falecido marido dela? Onde tem um governo populista eles acabam com o país. Vide Venezuela e o Brasil. O problema é que eles sugam todo o dinheiro em suas gestões e depois que entra um outro tipo de governo, eles tem que colocar as finanças em dia, e acabam sendo sempre os vilões, pois tem que aumentar impostos ou fazer algum tipo de reforma impopular, e os que realmente quebraram a nação, ficam como sendo os salvadores.

    • Hernan Carlos Granda

      acho que estamos no mesmo nivel na economia. este carro é caro na argentina, voce pode comprar com descontos um space fox pelo preço de este kwid full

      • invalid_pilot

        Carrissimo pra um carro bem xinfrim então, aqui é o inverso.

        • Edson Fernandes

          Mas ainda assim, eu iria preferir uma spacefox do que um kwid.

          O “Fox” citado é bem mais carro em muitos sentidos e por lá só se tem versões 1.6 dela.

    • André

      Repare que a versão básica Life dos hermanos já vem com ar, dir e som, equivale ao nosso Zen.

      • dallebu

        Sim, porém mais cara que a nossa Intense com tudo…

        • André

          São cargas tributárias diferentes, lá não há favorecimento fiscal para carro 1.0.

      • Edson Fernandes

        É aí que mora o problema. A Life equivale parcialmente a zen (porque lá se vc reparar, sequer tem ajuste de retrovisor manual na life), mas tem na Zen aqui entre alguns outros detalhes. Aí a intense deles tem o retrovisor elétrico que não tem no Zen mas o intense deles não é igual ao nosso que equivale ao iconic deles.

    • FocusMan

      Mercados diferentes. Lá esse tipo de carro não vende bem.

  • Pedro Henrique

    “Já o modelo Zen se diferencia pelo alarme, retrovisores com comando interno mecânico”
    perai, então a life nem comando dos retrovisores tem? tem que sair do carro e ir da um tapinha no espelho?

    • Glauber Cordeiro

      É o famoso “retrovisor com comando digital”!!
      Cada vez q vc arruma deixa o espelho cheio de digital!!!

      • 1 Raul

        Hahahhaha, muito boa!

    • Mateus

      Sim, igual no Fit DX.

  • Davidsandro18

    Se olhar bem o deles não tem vantagens nenhuma em relação ao vendido aqui, numa conversão direta o mais em conta deles tá no mesmo preço do mais completo daqui, a diferença é que usam as mesmas nomenclaturas de versões, porém com mais equipamentos, lá não existe de fato a nossa versão básica.

  • Marcos Antonio Camargo Jr.

    Na Argentina há percepção de que a Renault é uma marca superior. Aqui ele combate pelo preço é lá por nível de equipamento. Clio, C3 e 207 são mais valorizados que Onix, Palio etc – as francesas estão na Argentina há muito mais tempo que aqui.

  • Alguém que foi recentemente ou mora perto sabe se o cambio continua “controlado” como na época cá Cristina? Minha referência é 2012 onde dava uns 20% tranquilamente.

    • Hernan Carlos Granda

      cambio agora é livre, esta um dolar a 17,9 pesos, o 5,4 reales

  • Joaquim Grillo

    Nossa olhando o carro pessoalmente justifica o preço meu tá bem pago até, preferia pagar 30 em um usado mesmo.

    • mjprio

      Pneu turco????meu Deus!!!!

      • Joaquim Grillo

        Na verdade é Indiana a marca

  • Zé Mundico

    Parece que mudam apenas algumas configurações, mas o leque de opcionais e acessórios é o mesmo.
    Tira um pouco daqui, coloca um pouco ali e temos o mesmo produto de forma diferenciada para dois mercados distintos.
    Aqui ele tenta convencer pelo preço, lá pela oferta de opções.

  • Silvio Vasques

    Feio a gente a sabe que ele é… agora caro, os argentinos vão saber…. Essa Renô não vale um peso argentino!

  • Fernando Staatssicherheit

    Custa máis ou menos do q o já ultrapassado Clio em terra dos hermanos, tenho entendido q a maioria da classe trabalhadora de por lá compra carro popular por plano de poupança a 5 anos ou máis e o carro é entregue logo após pagar, caminhonete ou carro da linha Peugeot-Citroen só é coisa de gente com grana. É por isso q ainda tem muito carro saudoso e nobre como o Renault 12 ou o Peugeot 504

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend