*Destaque *Featured Crossovers Preços Renault

Renault Kwid tem aumento de R$ 600 na versão intermediária

renault-kwid-2018-NA-57 Renault Kwid tem aumento de R$ 600 na versão intermediária

O Renault Kwid ganhou um aumento de preço, mas apenas em uma versão, a Zen, que agora custa R$ 35.990, R$ 600 a mais que o valor proposto no lançamento do subcompacto, quando este adicionou o sistema de áudio ao pacote. Originalmente seu preço de pré-venda era R$ 34.990.



Com produção acelerada em São José dos Pinhais-PR, o Renault Kwid busca atender rapidamente a demanda que foi gerada pela grande campanha de marketing envolvendo o “SUV dos compactos”, que tem preço chamariz de R$ 29.990 na versão Life, que não tem ar-condicionado e nem direção elétrica.

O Renault Kwid nesta configuração, no entanto, vem com quatro airbags. O conteúdo é o mais básico possível e também não inclui vidros ou travas elétricas. Sistema de áudio então, nem se fala. Mas, o preço realmente é o que levou boa parte dos interessados à rede Renault, que viu um aumento expressivo nas visitas de clientes buscando o pequenino aventureiro.

Se a necessidade – não desejo, pois tais itens citados acima são obrigatórios para a maioria dos consumidores – for por uma opção com um conteúdo adequado, então a Zen é a primeira que aparece, adicionando assim os equipamentos citados, mas um rádio com Bluetooth, USB, auxiliar e o Apple Device Connectivity.

Por fim, a opção mais interessante em termos de equipamento é realmente a Intense, com a multimídia MediaNav 2.0 com navegador GPS e câmera de ré. Esta opção, que sai por R$ 39.990, ainda vem com faróis de neblina, rodas com calotas especiais, detalhes cromados, bancos personalizados, chave canivete e até conta-giros… Ele tem também computador de bordo, retrovisores elétricos, abertura elétrica do porta-malas e 2 alto-falantes, entre outros.

Com custo de manutenção bem lá embaixo, somando R$ 1.047 por três revisões nos primeiros 30.000 km, o Renault Kwid foca na simplicidade e boa capacidade para lidar com os desafios das ruas brasileiras, cheias de buracos, lombadas irregulares, depressões fora de qualquer norma homologada e muitas vezes sem um pavimento digno. Por isso, suspensão elevada e bons ângulos de ataque e fuga, pois o trânsito pode se tornar uma luta em certos caminhos “urbanizados”.

Mas, ainda assim, o Renault Kwid não demonstra qualquer aptidão em ocultar sua verdadeira face, a simplicidade. Nisso, percebe-se no acabamento extremamente enxuto e nos detalhes para reduzir custos, como o tal trio de parafusos das rodas, por exemplo. Podemos acrescentar que o isolamento acústico e o sistema antivibração, resumido em coxins de sustentação do motor, foram também colocados no mesmo plano. Leve como uma “pena” ele não é, mas passa longe dos mais magros do mercado. Assim, seu pequeno três cilindros 1.0 SCe com até 70 cv dá conta do recado.

  • Mr. Pennybags

    Abriram a porteira… agora todo mês vai ter “valorização”!

    • Renan Abreu de Moura

      Retiro meus parabéns que havia dado a Renault. Tomara que as vendas caiam agora.

      • Carlos Eduardo

        Demorou ate pra aumentar algum valor. A politica do x.990 sempre dura alguns dias para xxx.999

      • ViniciusVS

        A Renault sabe que na prática o real consumidor não vai deixar de comprar o carro por causa de R$ 10,00 a mais na parcela…

        • th!nk.t4nk

          Falou bem, “parcela”. O povo adora uma dívida, e uns trocos a mais ou a menos ninguém sabe calcular o impacto no orçamento mesmo. A Renault seria trouxa de nao se aproveitar dessa mentalidade.

      • Zé Mundico

        Não vejo nisso um aumento tão grande. Foi só na versão básica, que ninguém compra.
        Esse aumento na verdade serve para posicionar as versões superiores, com a adição dos acessórios e opcionais.
        Outra coisa é que ninguém compra carro zero a vista.

        • joao vicente da costa

          na verdade, o aumento foi na versão intermediária – justamente aquela que deve vender mais.

    • Kaian Reis

      Comentei no grupo do Civic no face agora, milagre desde o lançamento a Honda não ter aumentado o preço dele!

      • Cristiano Moreira

        Eh pq não ta vendendo o quanto era esperado…certeza. Se vendesse perto do que o Corolla vende, com certeza já teria tido uns 3 aumentos..

        • Cristiano_RJ

          Se for isso está tudo bem. Pelo menos respeita as “leis” econômicas. O problema é quando não vende e ainda assim aumenta. Temos vários exemplos disso.

          • NaoFaloComBandeirantes

            hehehehe! Bem verdade isso!

            No Brasil é assim:
            – Vendendo muito? Aumenta o preço.
            – Vendendo pouco? Aumenta o preço.
            – Vendendo médio? Aumenta o preço.
            – Furacão nos EUA? Aumenta o preço.
            – Passou a fabricar no Brasil? Aumenta o preço.
            – Nada aconteceu? Aumenta o preço.
            – Aumentou o preço? Aumenta o preço novamente.

            • Cristiano_RJ

              kkkkkk. Tipo isso.

            • Mr. Pennybags

              Bem falado. Lembro qdo antigamente saia um carro novo e o pensamento geral era: vou esperar passar o efeito novidade e baixar o preço. Agora o pensamento é: se eu não comprar agora não compro nunca mais.

            • Mr. Pennybags

              E se reclamar aumenta o dobro!kkkk

            • invalid_pilot

              Brasocapitalismo – o empresário e governo sempre ganham

              • 4lex5andro

                Tem o fato de o país ter uma cultura comercial [e mesmo, de mentalidade]
                de maximizar margens de lucro, mesmo quando não há concreta necessidade
                disso.

                Isso sempre foi incentivado pelo Estado, desde antes do primeiro “7 de setembro”, dado seus altos índices de tributação/taxação sobre mercadorias, empresas e empregos.

                • invalid_pilot

                  Maximizam o lucro porque sabem que tem tonto que paga caro.

                  Pode reparar que Carro e tecnologia no nosso país são duas coisas super estimadas, mas o povão segue comprando. Celular é um exemplo ótimo – só ver o preço modelo da Motorola que mais vende Série G e comparar a um LG similar.

                  • 4lex5andro

                    Ou porque os “zilhões de tontos” estiveram durante décadas, desmobilizados, sem identidade, durante muito tempo analfabetos, durante décadas por coerção, mas muitas vezes por acomodação nos últimos tempos.

                    E pra completar, querendo ou não, desarmados.

                    Enquanto de outro lado o Estado mantém sua ̶b̶a̶i̶o̶n̶e̶t̶a̶, fuzil, apontado pra o empresário/empreendedor que ousar não pagar-lhe o ̶q̶u̶i̶n̶t̶o̶, quer dizer, o terço.

                    Logo o empresário que quer enriquecer, ou é muito fora da curva, exceção da exceção; ou como, em geral, ocorre, se alia a agentes estatais.

                    Desse modo segue-se “girando” a roda que quase não roda, e por vezes de fato não roda, no carro chamado Brasil.

                    • invalid_pilot

                      Menos romantismo no argumento.

                      Somos esfolados de todos os lados, isso é histórico do Brasil

                    • 4lex5andro

                      Não é figura de linguagem, antes fosse.

                      Ninguém é inocente, a educação de berço no Brasil é “levar vantagem”, pois se o governo do país, desde 1500 pode, por que cada brasileiro não poderia, por herança e direito, se comportar assim também ?

                      Palácios e congresso não surgiram do nada, não foram espaçonaves que pousaram no planalto e impuseram seu governo sem que antes houvesse um legado de exploração e tradição.

                      Porém, desde o momento que tem oportunidade de mudar, e não o fazem, e escolhem repetir o ciclo, os entes estatais são os de maior responsabilidade nesse quadro.

                  • FearWRX

                    E pensar que o Moto G assim como a Asus quando chegaram eram os melhores celulares que o dinheiro podia comprar.
                    Hoje já glamourizaram e beiram os 2k pra mais…

                    • invalid_pilot

                      Exato! Pra um telefone bem chulé, nem cito iPhone kkk

                    • FearWRX

                      iPhone eu realmente me espantei quando fui ver que o 6 na época tinha configuração de, LITERALMENTE, celular de 900 reais mas custava QUASE 4K.
                      Tem que ser muito idiota pra pagar isso num celular dessa configuração que não tem NADA de especial.

                    • invalid_pilot

                      E por ai vai… Lá fora é um telefone que nego te da free em plano de 40 dolares/mês

                    • Wagner Lopes

                      Ahhh mas e a maçã mordida na traseira…se esqueceu que brasileiro compra “marca” e não “produto” ? É a mesma coisa com roupa, carro, etc…

                    • FearWRX

                      Pois é. A Apple representa bem a ignorância do povo nesse sentido, não compram pelo que ele oferece e sim pelo status.

                      Pra carro, é mais “legal” falar que tem um Etios do ano de SESSENTA CONTO que um 2008, 2009 de 25 mil quitado.

                • Handlay P.B.

                  Legal se o povo brasileiro boicotasse todo carro com alta carga tributária do Governo explorador e com superfaturamento…

                  • FrankTesl

                    a ideia deveria ser essa: nao troquem de carro, instalem paineis fotovoltaicos nas casas.
                    um kit fotovoltaico para uma casa com 5 pessoas custa menos de 15mil reais instalado.
                    trocar de carro , mesmo vendendo o usado para dar de entrada, o consumidor vai ter que completar o preço com muito mais que isso, e vai acabar comprando outro carro em tres , quatro anos colocando ainda mais dinheiro para compketar o valor de um 0km, que vai estar ainda mais caro, caindo num ciclo vicioso interminavel de desvalorização e pagamento de juros.
                    o kit fotovoltaico dura 25 anos e se paga em 7 anos.
                    nao troquem de carro. instalem kit fotovoltaico.

                    • LEONAM FERRO SERAFIM

                      ou use filtro solar..kkkkkk

            • Karina Farias Dos Santos

              Comentário mais inteligente.

            • Carlos Augusto Morais – Grupo

              Triste realidade….

            • Edson Carvalho

              Perfeito… o melhor comentário de todos !!!

          • Rafael Lima

            Cof cof Golf cof cof

          • Handlay P.B.

            “Se for isso está tudo bem. Pelo menos respeita as ‘leis’ econômicas”. Legal se com esse aumento de preço do Kwid Zen o povo brasileiro resolvesse boicotar a Renault, daí queria ver as “leis econômicas”. Não precisa dizer que isso não vai acontecer, eu já sei…

      • rafael morozini

        Não aumentou por que já veio caro … e não está vendendo como eles esperavam por conta disso !

      • Victor Hugo

        É porque eles já colocaram em um valor que está valorizado uns 3 anos para frente!

    • Catucadao

      ja começo a historia de aumentar preço

    • Acrescentaram o rádio que era opcional. como item de série e cobraram por isto. 100% dos Kwid Zen saíram com rádio na pré-venda, e custaram esse preço.

    • Leonel

      Não foram eles que haviam dito que não haveria a famosa prática de “lançar e aumentar” o preço?

  • Bruno Silva

    Matou o Sandero, quem não está aparecendo nem no top 20. Melhor dona Renault abrir o olho, se não estará trocando seis por meia dúzia.

    • Tosca16

      Eu imagino se esse legítimo Renault é mais lucrativo que um legítimo Dacia, e sendo, tanto faz…

      • Kwid é um legitimo Datsun, que é a marca de baixo custo da Nissan na India, ou seja, no fim é igual um Dacia, senão pior hehe

        • André

          Dacia é marca premium em comparação com Datsun, basta ver que não haverá nenhum Dacia Kwid, não é carro para se vender na Europa.

          • th!nk.t4nk

            Abaixo de Datsun, só aqueles Tuc-Tuc :)

            • invalid_pilot

              Tem os Maruti kkk

        • Handlay P.B.

          A não ser que o Kwid tenha sido desenvolvido pela Datsun, ele não é um Datsun e sim um Renault.

          • joao vicente da costa

            Na verdade, trata-se de um projeto do grupo Renault-Nissan, que originou dois modelos diferentes sob a mesma plataforma: Datsun redi-GO e Renault Kwid. Ambos compartilham diversos elementos estruturais e, na Índia, são feitos na mesma fábrica, em Chennai.
            Quem diz que é um projeto Datsun, deve ter essa impressão surgida do fato do redi-GO ter sido lançado antes, mas o projeto é efetivamente do Grupo R-N.
            Lembrando que a Datsun é para a Nissan o que a Dácia é para a Renault: marca de entrada e produtos mais baratos.

        • Luis Carlos K.

          Quem puxa saco da Chery quer falar o que sobre marca de baixo custo?

          • Não puxei saco da Chery, e outra, também acho o Kwid 1000 vezes melhor que o Etios, mesmo sendo um projeto de baixo custo da Datsun, bem melhor que o baixo custo da Toyota.

      • Luis Carlos K.

        Quem puxa saco da Chery quer falar o que sobre marcas de baixo custo?

    • Henry

      Kiwid deve ser bem mais em conta para produzir.

    • CharlesAle

      E na boa, trocar o Sandero, com suas qualidades, para andar espremido em um Kwid!! Meu Deus..

      • Fabricio Pinho

        Não é todo mundo que precisa de espaço interno. Tem gente que não precisa arrastar 3 filhos pelo Brasil a fora.
        Para 1 ou 2 pessoas tem espaço demais sobrando dentro de um Kwid.

        • joao vicente da costa

          Um exemplo é minha filha, que só vai precisar do carro para ir e voltar da faculdade. Para isso, um Sandero é um ótimo carro? Sim, é. Mas um Kwid, mais barato, simples e econômico cumpre a função? Cumpre.

          • Fabricio Pinho

            Há vários casos que comprar carro maior, mesmo se a diferença for pequena, é jogar dinheiro fora. Existem as mais variadas necessidades, o que é bom para um, não é para outro.
            Pessoal comenta pensando sempre no próprio umbigo. Aí parece que quem decidir comprar um subcompacto, por qualquer que seja seu argumento, é sinal de burrice, não de racionalidade.

    • Pedro154

      A Renault tem que apressar e lançar logo o Sandero reestilizado, de preferência, com os 4 air-bags, ESP, direção elétrica e câmbio CVT.

    • Rafael Lima

      Eu acho que isso sinaliza que o Sandero vira mais caro e mais equipado na sua reestilização

  • Tosca16

    Tá vendendo bem, vai ter mais aumentos até o fim do ano… e como a básica ninguém quer, poderiam até dá um desconto, e colocar por uns R$ 28.990,00.

    • Mr. Pennybags

      Eu sugiro de fazermos um bolão para ver quanto vai estar custando no fechamento do mes de dezembro!

      • Tosca16

        R$ 31.990,00; R$ 36.990,00; R$ 41.990,00

  • Henry

    Assim fanjos não vai ter folga feriado.

    • Fanjos

      Eu sou que nem a Samara, nunca durmo esperando os aumentos O_O

  • Elfo Safadão.

    Esquece, isso é palhaçada…

  • Racer

    Se o resto não fosse tão baixo custo, até que os três parafusos das rodas não seriam tão significantes.

    • CharlesAle

      Sim..E não vejo vantagem nisso, pois o carro acaba sendo produzido com peças de baixa qualidade..

  • Paulo Vítor

    Se não tem o carro para pronta entrega, por que se queimar aumentando o preço? Além disso, esse momento inicial é super importante para a imagem do carro. Enfim, falta uma dose generosa de bom senso nesse pessoal que faz a estratégia de mercado em algumas montadoras.

    • André

      A maior parte esmagadora dos pedidos deve ser do Zen, aumentando o preço do intermediário, pode motivar os compradores a ir logo para o Intense, a versão mais cara e gerar mais lucro para a Renault.

  • Carlos Eduardo

    Falam tanto do baixo custo dos materiais do kwid. Mas eu acho muito, mas muito melhor do que a bosta do celta que eu tive. Volante pra ficar reto tinha que sentar na janela. Sem contar o acabamento que acho pior que do kwid. E sem airbag ainda. Nao va procurando um carro top que vc vai se decepcionar. Achei o carro bem justo e honesto. Enfatizando que é muito melhor que o celta.

    • Mr. Pennybags

      É melhor, vc tem toda a razão. Mas o celta era o Kwid da época. É só lembrar que também tínhamos o renault clio com airbag, com banco de veludo, bom acabamento… Tanto um quanto outro nivelam por baixo. O Kwid é melhor que o celta, mas no mercado atual não é nada de extraordinário, apenas seguiu a evolução natural das coisas.

      • Carlos Eduardo

        Verdade. Nao lembrei do clio. Realmente o nivel foi nivelado para baixo apos o celta, que inclusive foi criado na base de um corsa muito bem acabado quando lançado em sua epoca.

      • Ricardo Blume

        Exatamente, o Celta era o Kwid de sua época. Ambos tem a mesma proposta. Não adianta criticar e dizer que ambos são carros ruins pois o foco deles é o baixo custo. Quem compra um Kwid deve ter isso em mente, da mesma forma que eu tive quando adquiri meu Celta a muito tempo atrás. A única coisa que discordo é o preço ao qual os carros de hoje em dia se encontram.

    • Handlay P.B.

      O Celta é uma carroça, e o antigo (antes de 2006) com duas portas parece que é de brinquedo…

      • 4lex5andro

        É um carro baseado no antigo Corsa B, lançado na Europa em 1991.

        Daí se tem uma ideia do nível do Celta, e pasmem, da dupla Agile e Montana, sendo que este último ainda persiste em pleno 2017. Um projeto de 26 anos que já se pagou várias vezes, e a Gm não teve a vergonha de substituir totalmente.

      • Carlos Eduardo

        Pois é. Tive um e sei bem a porcaria que era. Mas por isso que comentei. Eu nao via o povo metendo o pau no celta e olha que o kwid é bem melhor hein.

        • Rodrigo Alves Buriti

          Isso é uma verdade, o povo não metia pau em celta nem mille.
          Hoje o Kwid equivale aos mesmos e a galera não perdoa….

          Galera exagera muito quando é hora de criticar, mas esquece que isso ocorre aqui no Brasil desde muito tempo atrás e ninguém reclamava.

  • Catucadao

    ja começo aumento novidade kkkk

  • Ricardo Blume

    Eu sabia, eu sabia, eu sabia! O verdadeiro e legítimo precinho de lançamento e a partir de agora aumentos sucessivos quase que mensais. E o aumento foi logo no modelo mais vendido. Queime no inferno Kwid que o povo não é otário!

    • Handlay P.B.

      “Queime no inferno Kwid que o povo não é otário!” O povo é otário sim.

  • Giuseppe

    Estranho seria se não houvesse aumento.

  • Berkautren

    Tiraram a boa relação custo x benefício da versão zen. Hoje compensa mais a intense, pois com 4 mil a mais se leva uns enfeites de acabamentos interno e externo, conta giros no painel, computador de bordo, abertura elétrica do porta malas, central multimídia completa, faróis auxiliares, protetor de cárter ( que nunca eh citado), chave canivete com comandos de abertura,

  • Lucas Ismael

    Acho muito caro, até a versão capada é cara. Muito mais negócio pegar um seminovo, da pra achar muito carro bom por esse preço aí, sendo bem mais potente e tal. Mas respeito quem prefira o zero km, contudo eu não compraria.

    • Fabricio Pinho

      As pessoas tem que lembrar que além de comprar, é preciso manter o carro. Semi-novo no mesmo preço, normalmente é categoria superior, com maiores gastos de manutenção, combustível, peças, etc. Pode parecer uma boa compra na hora, mas depois pode pesar no orçamento. Antes andar em carro menor e mais fraco, mas bem cuidado, do que ficar tirando onda em carro sem manutenção nenhuma. Isso acontece demais.

      • Rodrigo Alves Buriti

        E fora que para ter semi-novo disponível alguém teve que comprar zero.
        Eu discordo muito comparar semi-novo/usado com novo/zero.

        Por sinal, é bom lembrar que estou à procura de um semi-novo há quase 1 mês e não acho um que agrade, sempre tem algo ruim (painel riscado, soleiras arranhadas, motor maquiado, faróis cegos….)

        Por sinal vou deixar meu relato…..Essa semana fui numa loja de usados e vi um Ka 1.5 do jeito que preciso com 16mil km, gostei muito até ver a soleira arranhada e a direção manchada (talvez cremes e loções, era carro de mulher). Falei sobre e ouvi a resposta “se quiser carro sem isso compra zero”……agradeci e fui embora!
        Cara, os carros daqui de casa geralmente vendo com 60~80mil km e estão MUITO MAIS NOVOS que a maioria com 20mil km por aí (claro, trato bem, meguiars e mothers, lavagem manual, cera importada, etc). Desde 2000 só compro zero e são muito bem cuidados que dá pena passar pra frente….mas a vida segue.

        Ou seja, carro usado e bem cuidado é uma mosca branca hoje em dia.

        Obs.: Isso em meu estado (PB).

        • Zé Mundico

          Aí depende muito da faixa do carro. É evidente que carros populares sempre serão mais “gastos”, pois seus proprietários geralmente tem grana curta e não zelam muito pela conservação do carro.
          Já carros mais caros tendem a ser mais conservados pois os donos tem grana para conservar e manter o estado geral do veículo.
          Claro que existem exceções dos 2 lados, mas no geral é assim. Sempre comprei carros seminovos com até 3 anos de uso e nunca me dei mal.

          • klaus

            idem

  • NaoFaloComBandeirantes

    Começou!

  • Wagner

    O aumento foi de 600,00 ou 1.000,00? Afinal, 34.990+600,00=35.590,00 🤔

    • Handlay P.B.

      O aumento de R$ 600,00 foi em relação ao Kwid Zen com rádio cujo preço era R$ 35.390,00.

  • durango

    corroeu 60% da “reserva”

  • invalid_pilot

    Tava demorando para essa coisa ter aumento de preço…

  • IPZ.4

    [OFF] Estão começando a surgir relatos de motores 1.6 16v SCe com queda acentuada no óleo em carros com menos de 10.000 km rodados, com o óleo ficando só na ponta da vareta, de tão baixo o nível do óleo. Nos fóruns do Sandero os posts começaram a pipocar recentemente. Vale ficar de olho nisso.

    • Jose Roberto Junior

      Serio? A Renault deve ter feito alguma lambança. Tô no meu segundo Nissan, e ao menos no HR16DE, não tenho e não lembro de reclamações.

      • IPZ.4

        Sim, não desmereço a marca, problema em lote todas tem. O lance é só monitorar a evolução, ou não, disso em mais casos.

    • Rodrigo Alves Buriti

      Sério?
      E o EA211 daqui onde o mecânico disse: “é normal baixar até 1 litro de óleo a cada mil km”
      Como só cabem 4L no cárter e a revisão é com 10mil km…..então vou ficar devendo ainda 6L no momento da revisão.

      No mais, “estão comentando” deve ser muito pouco para a quantidade que vende mensalmente.

      • IPZ.4

        Justamente o cuidado em dizer o “estão comentando”. Me deparei com um Sandero 17/17 nessas condições essa semana. Entrei no clube do Sandero pra ver se mais alguém tinha reparado, e vi que as postagens sobre o assunto começaram e do foram aumentando do final de agosto pra cá. Talvez seja só um lote, tem que acompanhar.

        • Rodrigo Alves Buriti

          É o tipo da coisa, esses dias estava vendo um Etios pro dia-a-dia, para quebrar aquele galho. Quando entrei no forum do carro vi um tópico falando que ele abria a porta sozinho, com o carro em movimento. Tinha umas 2 ou 3 páginas de fórum de gente falando sobre tal.
          Se for considerar a quantidade vendida de carro pelos relatos de portas se abrindo, não é algo que ME assusta. Eu diria como casos isolados, ou até mesmo um lote ruim ou problemas de montagem…

      • G.Alonso

        kkkkkkkkkk Que conta é essa? O mecânico é da concessionária? Nos primeiros km’s do veículo eu já ouvi falar, principalmente do EA211, mas depois para.

        • Rodrigo Alves Buriti

          Sim, de concessionária.
          E no manual tem 0.5L/1000km até os 5mil km. E hoje o carro tá com 29mil km e continua baixando…..

    • T1000

      Carro 0km é perfeitamente normal abaixar bastante óleo até a 1a revisão. Acho que quem reclama nunca havia comprado 0km na vida ou nunca tinha tirado a vareta para checar o nível. Os fiats são os q mais acontece isso. Melhor aguardar após a segunda revisão.

      • IPZ.4

        Sim sim. Só fiquei assim pq alguns disseram que teve troca da tampa de válvulas pela CSS, que reconheceram a pala em alguns casos. Então se alguém souber de mais casos…

  • Bernardo Gaetani

    Kwid vai ser um fracasso depois que acabar o efeito surpresa. Se tivesse o motor de 82cv do Sandero e viesse media nav nessa configuração intermediária de 35990 teria chances, mas sem isso, vai ser em breve o próximo fracasso da Renault

    • Fabricio Pinho

      Quem fala que faz falta o motor do Sandero, nunca andou no Kwid. Ele rende o mesmo tanto do que seus concorrentes. Então esse tipo de opinião é descartável. E se alguém achar uma só fabricante com carro custando 40k com CMM, eu ainda não vou achar obrigação da Renault de colocar no pacote de 36k. Só falta pedir transmissão automática, e espaço interno de BMW série 7.

  • Luis Burro

    E foi dada a largada!

  • Rafael Lima

    Por 600 reais a mais e nem adicionaram um reles contagiros

  • Davidsandro18

    O Fanjos não perdoou mesmo, intimidou a Renault pra prosperar os preços, a meta agora é a versão intense por 45K 😂😂

    • Fanjos

      Eu tinha avisado né

  • Duh

    Essa é a hora do povo mostrar que não aceita essa palhaçada, quem chegar devia falar que não vai levar por causa do aumento.

  • Handlay P.B.

    Que droga, pagar R$ 35.990,00 por um carro do terceiro mundo com vários cortes de custos… Já enfraqueceu o atrativo de preço + baixo dele… Prefiro deixar ele encalhar e apodrecer nas concessionárias…

    Ao menos o Kwid vem com essa antenona no teto que deve dar para se comunicar com os ETs…

  • pablorj

    Que texto ridículo do NA. É um artigo informativo ou uma coluna? Tem que saber diferenciar. O texto desmerece a todo momento o veículo, esnobando os itens de série. Por 29 mil, vcs queriam realmente um carro completo? E outra, cada um sabe de suas necessidades. É obvio que a versão de entrada será a que menos vai vender. Ficou parecendo aqueles alienados que acham que o carro de 29k deveria vir com roda aro 17, central, motor turbo, 7 air bags etc. Só faltou completar a matéria dizendo que com 29k, é mais jogo comprar um Civic 2007.

    E vcs ainda quenstionam o acabamento simples do carro? Sou leitor desde 2006 e já enviei alguns artigos escritos por mim, mas vejo que a qualidade vem caindo bastante. Tenho certeza que essa matéria não foi escrita pelo Eber.

    O texto foi escrito claramente com objetivo de explorar a discussão sobre o carro nos comentários. Mas tomem cuidado para não virar aqueles sites sensacionalistas, onde só o clique no artigo é o objetivo.

    • Handlay P.B.

      “Ficou parecendo aqueles alienados que acham que o carro de 29k deveria
      vir com roda aro 17, central, motor turbo, 7 air bags etc.” Seria o ideal mesmo! Nos EUA (onde o salário mínimo gira em torno de US$ 1.276,00), com US$ 27.000,00 já dá para comprar um Ford Focus ST com rodas aro 18″, motor 2.0 turbo e central multimídia…

      Se a Renault não superfaturasse o Kwid e o Governo não explorasse o povo brasileiro, o Kwid Life poderia custar abaixo de R$ 21.000,00…

      • Luis Carlos K.

        Comparação esdrúxula. Brasil não é EUA e nunca vai ser…

        Na Índia o Kwid mais barato custa o equivalente a US$ 4.000, e lá o pagamento mínimo é de cerca de US$ 4 por dia, sem direito a férias nem 13º, ou seja, fazendo as contas, o indiano trabalha muito mais que o brasileiro para comprar um Kwid.

        Vai ver em algum site indiano estejam comentando como carro é barato no Brasil. Por isso digo que o buraco é muito mais embaixo.

        • Handlay P.B.

          Não acho válido justificar a situação ruim do Brasil citando outra pior acontecendo em outro lugar, as duas situações (do Brasil e da Índia) são ruins e devem ser superadas. Não duvido de que a circunstância econômica do planeta (países ricos e estados subdesenvolvidos) é resultado do controle exercido pela elite do mundo que detém a maioria do dinheiro mundial conquistados através de guerras, milhões de mortes e dominação política e econômica sobre os povos. Destarte, não acho válido se conformar com o subdesenvolvimento do Brasil e com os carros caros de tal país.

          • Luis Carlos K.

            A comparação entre Brasil e Índia é tão absurda quanto a comparação do Brasil com EUA. Fiz isso justamente para você perceber.

            A diferença no preço dos carros aqui vai muito além de olho gordo da fabricante e do governo. Não é tão simples assim. A diferença do Brasil para os EUA é tão ampla que nem dá pra citar. São centenas de anos de história. Os EUA não chegaram onde estão do dia para noite e o Brasil nunca vai chegar nesse patamar. Vamos ser realistas.

            Concordo que os preços são absurdos aqui, mas é demais querer comparar com o preço da maior potência do mundo.

            • Rodrigo Alves Buriti

              Isso concordo, galera só sabe comparar com EUA…… Nem na China é assim (eu tenho vivência nesse caso)

    • Rodrigo Alves Buriti

      Eu já falei isso sobre o NA faz uns 2 anos….

  • Fanjos

    Fiquem tranquilos que em breve terá mais boas notícias para todos vcs, com muitas prosperidades!

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Agora eu pensando aqui saquei a jogada. Falaram esses dias que em Outubro começa a vir os pacotes pras 3 versões, e uma delas era o ar + direção pra versão Life. Se for analisar, deve sair em torno de R$ 3.500 esse pacote, então ficaria muito próximo da Zen em valor e não compensaria levar a Life “completa”, estão começando a elevar o preço da Zen, até outubro deve ficar uns R$ 36490/36.990 por aí e a Life com ar + direção uns R$ 33490

  • Valdek Waslan

    Só não entendi o primeiro parágrafo:
    “O Renault Kwid ganhou um aumento de preço, mas apenas em uma versão, a Zen, que agora custa R$ 35.990, R$ 600 a mais que o valor proposto no lançamento do subcompacto, quando este adicionou o sistema de áudio ao pacote. Originalmente seu preço de pré-venda era R$ 34.990.”
    Se era R$ 34.990,00 e passou para R$35.990,00, então o aumento não foi de R$ 600,00 e sim de R$ 1.000,00.
    Está confuso isso ou alguém errou?

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      34990 sem o rádio, com o rádio era 35390

    • Luis Carlos K.

      Na pré-venda não havia rádio com 2 alto-falantes. Após o lançamento, esses itens foram incluídos e o valor passou para R$ 35.390. Agora houve mais o aumento de R$ 600.

  • Marcio Mendes

    Hein? O carro indiano 0 estrelas de 1 limpador e 3 parafusos ainda nem existe nas lojas e já aumentou?????

    • invalid_pilot

      Existe sim cara, fui ver hoje na concessionária.

      Carrinho bem ao gosto do Brasileiro – meia boca e com sensação de preço baixo

    • joao vicente da costa

      E número de parafusos quer dizer alguma coisa na prática? Affffffff…..

  • 1945_DE

    Já começou a safadeza. Procurem UP semi-novo e deixem essa tralha nos estoques das CSS.

    • invalid_pilot

      Ahhh mas carro usado dá problema ! *ironic

      Comparando o up! com o Kwid é gritante a diferença de qualidade – fui hoje conferir o indiano e ele grita baixissimo custo em tudo.

      • Jefferson Ferreira

        up não fica atrás não viu… em termos de acabamento o up consegue ser pior que o kwid em relação a construção ai já não dá nem pra comparar! Mas que o visual de fusca do up é pior isso é!

        • invalid_pilot

          Compare os plásticos do up! com os do Kwid, tecido de banco e botões e etc.

          Qualidade de acabamento é MUITO DIFERENTE de Beleza – deixar isso claro – eu disse QUALIDADE.

          A mim é gritante a diferença sim – o VW é simples e retilineo, mas os plasticos parecem ser bem mais resistentes – no Kwid você consegue ver o mecanismo dos direcionadores de ar central, você vê o forro de porta se torcendo ao abrir e fechar a porta, o puxador de abertura da porta do Kwid parece que vai quebrar ao abrir a porta e etc

          E nem entro no mérito de construção dos dois carros – porque ai a coisa fica feia pro Indiano – só comparar o bater de portas de ambos.

          Se você acha o Kwid melhor por não ter “visual de Fusca” só lamentos e pague 40 mil nessa coisa.

  • Renan Batista

    Tava demorando kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Zé Mundico

    Mesmo assim, acho que continua sendo o carro mais barato do país,posso até estar enganado. E esse aumento foi apenas na versão “genérica”, que absolutamente ninguém compra.
    O que nos leva a crer que serviu apenas para posicionar e valorizar as outras versões mais caras, justificando a cobrança de acessórios e opcionais.
    Gente, é carrinho básico de proposta urbana. Dentro da nossa realidade econômica, é o que temos para hoje.

    • invalid_pilot

      O mais barato 0km é o Chery QQ Smile

  • Anderson Freitas

    Ja começou kkkk

  • Dia

    Moro em Floripa, quero ver esse carro subir morro com 4 adultos e ar condicionado ligado no verão com filas. Vai dar pena .

  • Moon Knight

    Vi esse carro na rua outro dia, horrível. Pequeno, apertado e de costas parece uma linguiça, estreito e altinho com aquelas rodinhas de bicicleta, achei surreal de feio.

  • Yuri Calmon

    VOU ESPERAR a versão 4×4 !!!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend