*Destaque Linha 2018 Mercado Preços Renault Sedãs

Renault Logan 2018: detalhes, preço, versões, equipamentos

renault-logan-1.6-sce-2 Renault Logan 2018: detalhes, preço, versões, equipamentos

O Renault Logan 2018 chega ao mercado com a novidade de ter a edição especial e limitada Expression Advantage, mantendo ainda um lineup com diversas opções, dois tipos de motorização e duas opções de câmbio, sempre com bom espaço interno e porta-malas.



Nascido como Dacia Logan em 2004, o sedã compacto da marca romena surgiu como uma opção alternativa e de baixo custo para consumidores do leste europeu, mas logo acabou chegando também ao mercado ocidental da Europa, onde o objetivo era custar 5.000 euros. Criado sobre uma plataforma grande, o modelo entregava bom espaço interno e porta-malas generoso, mas seu projeto era de baixo custo, por isso ele apresentava uma série de itens para conter os gastos na fabricação, entre eles vidros planos, por exemplo.

O feito da Renault, então controladora da Dacia, foi impressionante, pois a média de preço de compactos naquela época era de 12.000 euros nos modelos de entrada. Com isso, rapidamente o Logan avançou sobre o mercado europeu e não demorou a sair do bloco, indo para Rússia e ex-repúblicas soviéticas. Por ser bem simples e robusto, o modelo ganhou facilmente o mercado internacional, indo para vários países, entre eles Colômbia, Irã, Marrocos, Índia, Rússia (em duas operações diferentes) e África do Sul.

Para alguns mercados, em especial fora da Europa, a Renault assumiu a tarefa de vender o Logan, mas no Brasil, por exemplo, ele chegou apenas em 2009, visto que antes a estratégia da marca francesa ainda era a de ter produtos mais elaborados, o que deu totalmente errado. O sedãzinho romeno também derivou outros produtos, entre eles uma picape, uma minivan de até 7 lugares e sua variante furgão, sem contar o hatch Sandero, o SUV Duster e a picape cabine dupla Oroch.

Isso tudo surgiu ainda na primeira geração do Dacia Logan, que ainda teve uma versão encurtada na Índia. Em 2012, surge a segunda geração do modelo, que traz consigo uma perua. Além disso, ele dá origem aos comerciais Lodgy e Dokker, sendo estes multivan e furgão, que deve chegar ao Brasil em breve, substituindo o Kangoo antigo. A plataforma do Logan II também originou a segunda geração do Sandero e mais recentemente a segunda geração do Duster.

Sua plataforma B0 é tão versátil que atende também a produtos da Nissan e ao Renault Captur russo-indo-brasileiro, bem como aos Lada XRay, Vesta e Vesta SW/Cross. Comenta-se que também sustentará o Nissan Kicks indiano (e possivelmente o russo), sendo ainda vista nos modelos da japonesa Datsun, de propriedade da Nissan.

Aqui no Brasil, o Renault Logan chegou com motor 1.0 16V e 1.6 8V, ambos herdados do Clio Campus, tendo ainda opção de câmbio automático durante curto período de tempo e depois o automatizado Easy´R, usado até o momento. Após a nova geração, o sedã ganhou atualização de motores, recebendo os novos propulsores de três e quatro cilindros SCe, respectivamente 1.0 e 1.6, além de alguns soluções para tornar a condução mais eficiente.

O estilo permaneceu sem alterações e deve ficar assim por mais uns dois anos, até adotar as mudanças ocorridas recentemente em outros mercados. Mas, já se espera pela nova geração do Renault Logan 2018, que deverá manter a plataforma B0, mas terá um painel mais moderno, como do Novo Duster 2018, assim como melhor acabamento, segurança e conectividade. Os motores, porém, deverão permanecer os mesmos, mas o automatizado deve dar lugar ao CVT XTronic da Nissan no motor 1.6 SCe, como ocorreu nos Renault Duster 2018 e Renault Captur 2018.

renault-logan-1.6-sce-5 Renault Logan 2018: detalhes, preço, versões, equipamentos

Renault Logan 2018 – detalhes

O Renault Logan 2018 mantém o mesmo visual da última atualização, que ocorreu antes da chegada dos novos motores. Com porte volumoso, medindo 4,34 m de comprimento, 1,73 m de largura, 1,52 m de altura e 2,63 m de entre eixos, o sedã compacto conta com faróis duplos e grade com detalhes cromados, igualmente vistos no para-choque. Faróis de neblina são oferecidos, dependendo da versão. As rodas são sempre aro 15 polegadas, tendo duas calotas diferentes e um modelo de liga leve. As lanternas compactas têm acabamento prateado.

Por dentro, o ambiente é muito simples, destacando-se o bom espaço e o banco traseiro bipartido, que dá até 1.270 litros de capacidade máxima de bagagens, sendo que o porta-malas tem outros 510 litros. O modelo pode ter ar-condicionado automático, multimídia com GPS e câmera de ré, piloto automático com limitador e computador de bordo. Na segurança, duplo airbag, ABS, ESP e Hill Holder.

renault-logan-1.6-sce-11 Renault Logan 2018: detalhes, preço, versões, equipamentos

Renault Logan 2018 – novidades

A novidade do Renault Logan 2018 é mesmo a versão Expression Advantage com rodas de liga leve, multimídia, câmera de ré, sensor de estacionamento e trio elétrico.

renault-logan-1.6-sce-10 Renault Logan 2018: detalhes, preço, versões, equipamentos

Renault Logan 2018 – versões

  • Renault Logan Authentique 1.0 MT 2018
  • Renault Logan Expression 1.0 MT 2018
  • Renault Logan Expression Advantage 1.0 MT 2018
  • Renault Logan Expression 1.6 MT 2018
  • Renault Logan Expression Advantage 1.0 MT 2018
  • Renault Logan Expression Easy´R 1.6 AMT 2018
  • Renault Logan Dynamique 1.6 MT 2018
  • Renault Logan Dynamique Easy´R 1.6 AMT 2018

Renault Logan 2018 – equipamentos

Renault Logan Authentique 1.0 MT 2018 – Motor 1.6 SCe e transmissão manual de cinco marchas, mais airbag duplo, freios com ABS e EDB, rodas de aço aro 15 polegadas com calotas Fuego, pneus de baixa resistência à rolagem 185/65 R15, bancos exclusivos Authentique, maçanetas internas na cor preta, acabamento interno Carbone Fonce, alerta de cinto de segurança, tecnologia ESM (recuperação de energia), vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, sistema CAR (travamento das portas à 20 km/h), ar-condicionado, direção eletro-hidráulica e desembaçador do vidro traseiro.

Renault Logan Expression 1.0 MT 2018 – Itens do Authentique, mais rodas de aço aro 15 polegadas com calotas Magiceo, bancos exclusivos Expression, acabamento interno Gris Tempete, alarme perimétrico, volante com regulagem em altura, comando de satélite para áudio e telefonia, vidros dianteiros com função one touch e sistema antiesmagamento, computador de bordo, rádio com USB/auxiliar/Bluetooth, banco do motorista com ajuste em altura, iluminação no porta-malas, adesivo preto na coluna “B”, maçanetas na cor da carroceria, maçanetas internas cromadas e retrovisor na cor da carroceria.

Renault Logan Expression Advantage 1.0 MT 2018 – Itens do Expression 1.0 MT, mais rodas de liga leve 15 polegadas modelo Nepta, retrovisores elétricos com repetidores de direção, fechamento global pela chave, vidros traseiros com função one touch e sistema antiesmagamento, câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro e multimídia Media NAV Evolution com tela touchscreen 7’’ e navegação GPS.

Renault Logan Expression 1.6 MT 2018 – Itens do Expression 1.0, mais motor 1.6 SCe com transmissão manual de cinco marchas e sistema Stop & Start.

Renault Logan Expression Advantage 1.6 MT 2018 – Itens do Expression Advantage 1.0, mais motor 1.6 SCe com transmissão manual de cinco marchas e sistema Stop & Start.

Renault Logan Expression Easy´R 1.6 AMT 2018 – Itens do Expression 1.6 MT, mais transmissão automatizada Easy ´R com modo Sport e mudanças manuais na alavanca.

Renault Logan Dynamique 1.6 MT 2018 – Itens do Expression Advantage 1.6 MT, mais controle eletrônico de estabilidade, assistente de partida em rampa, faróis de neblina, limitador de velocidade/piloto automático e ar-condicionado automático. Opcional: bancos revestidos parcialmente em couro.

Renault Logan Dynamique Easy´R 1.6 AMT 2018 – Itens do Dynamique 1.6 MT, mais transmissão automatizada Easy ´R com modo Sport e mudanças manuais na alavanca.

Renault Logan 2018 – preço

  • Renault Logan Authentique 1.0 MT 2018 – R$ 44.700
  • Renault Logan Expression 1.0 MT 2018 – R$ 48.050
  • Renault Logan Expression Advantage 1.0 MT 2018 – R$ 50.900
  • Renault Logan Expression 1.6 MT 2018 – R$ 54.300
  • Renault Logan Expression Advantage 1.0 MT 2018 – R$ 57.150
  • Renault Logan Expression Easy´R 1.6 AMT 2018 – R$ 58.250
  • Renault Logan Dynamique 1.6 MT 2018 – R$ 58.200
  • Renault Logan Dynamique Easy´R 1.6 AMT 2018 – R$ 63.400

renault-logan-1.6-sce-9 Renault Logan 2018: detalhes, preço, versões, equipamentos

Renault Logan 2018 – motor

O Renault Logan 2018 é equipado com dois motores batizados de SCe, sendo um de três cilindros 1.0 e outro de quatro cilindros 1.6, ambos desenvolvidos com cabeçote, bloco e cárter de alumínio, tendo quatro válvulas por cilindro, além de coletor de escape integrado ao cabeçote, bem como sistema ESM (Energy Smart Management), que permite a regeneração de energia nas frenagens para carregamento da carga da bateria. A tecnologia é fundamental para outro sistema do motor SCe, mas disponível apenas no 1.6 litro, o Start&Stop.

Este é o sistema de desligamento automático do motor, oferecido no 1.6 SCe, permitindo assim que o motor fica desligado com o veículo parado e engatado. Basta pisar no pedal de embreagem no câmbio manual ou soltar o pedal de freio no automatizado Easy´R para que o propulsor volte a funcionar. Mas de volta aos motores SCe, ambos receberam pistões e bielas otimizados, assim como anéis e virabrequim reforçado. O sistema de refrigeração é de alta pressão, garantindo a boa temperatura das partes do motor.

O sistema de injeção eletrônica de combustível é multiponto, mas não dispõe de sistema Flex com pré-aquecimento, sendo ainda o sistema antigo por injeção elétrica de gasolina, presente num tanquinho dentro do cofre do motor. Os novos propulsores garantem ao Renault Logan 2018 maior eficiência energética, cumprindo assim as exigências legais da Renault junto ao Inovar-Auto. A dupla de motores da marca francesa ficou 16% mais econômica no 1.0 SCe e 21% no 1.6 SCe, de acordo com o fabricante.

Além disso, os dois motores do Renault Logan 2018 dispõe de caixa de mudanças manual de cinco marchas, bem como transmissão automatizada Easy ´R com mudanças manuais na alavanca e modo Sport. Com tudo isso, os motores 1.0 SCe e 1.6 SCe entregam bons números de potência, sendo 79 cv na gasolina e 82 cv no etanol, ambos a 5.500 rpm, no primeiro motor. Já o maior fornece 115 cv e 118 cv, respectivamente com gasolina e etanol, obtidos em 5.500 rpm. Nos torques, o 1.0 SCe despega 10,2 kgfm na gasolina e 10,5 kgfm no etanol, ambos em 3.500 rpm. No caso do 1.6 SCe, o torque é de 16,0 kgfm a 4.000 rpm, nos dois combustíveis.

Renault Logan 2018 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final

  • Renault Logan 1.0 MT 2018 – 13 segundos e 164 km/h
  • Renault Logan 1.6 MT 2018 – 9,9 segundos e 186 km/h
  • Renault Logan 1.6 Easy´R AMT 2018 – 10,7 segundos e 186 km/h

A nova linha de motores SCe no Renault Logan 2018 deu um ânimo bem maior ao sedã compacto da marca francesa. Andando no sedã feito em São José dos Pinhais, nota-se que o desempenho melhorou bastante, assim como o conforto ao dirigir. O ronco do motor 1.0 SCe é mais grave, produzindo uma leve vibração, algo característico do pequeno 1.0 de três cilindros. Ao rodar, a primeira impressão é de que o nível de ruído aumentou, mas no geral fica bem mais tênue, semelhante ao motor 1.0 anterior.

A natural vibração do motor 1.0 SCe é sentida mais no interior, mas nada que incomode. Ele é mais suave em funcionamento conforme sobe de giro e a condução se inicia. No Renault Logan 2018 esse novo motor se mostrou bem mais disposto que o anterior 1.0 D4D. O câmbio manual de cinco marchas é o mesmo de sempre, mas as relações estão adequadas para a proposta ee logo de cara Logan 1.0 SCe 2018 apresenta força em baixa e saídas mais animadoras.

No Renault Logan 2018 , o vigor do pequeno de três cilindros é um ganho importante no circuito urbano, sendo necessário se orientar pelo indicador de marcha para trocas bem adiantadas, geralmente ocorrendo a partir de 2.000 rpm. Como ocorre em motores de três cilindros, a impressão é que o motor vai apagar em rotação baixa e conforme o indicador pede marcha mais alta, mas se exigido, logo ele começa a subir de giro e elevar a velocidade.

Em subidas não muito íngremes, o Renault Logan 1.0 SCe 2018 apresenta boa performance, incluindo mantendo terceira marcha sem pedir redução. O veículo também apresentou boa disposição em planos mais inclinados, onde a velocidade é moderada. Claro, por ser um 1.0, ele vai exigir mudanças entre primeira e segunda para subir com trânsito pesado, não tem jeito.

No ciclo urbano o Renault Logan 1.0 SCe 2018 apresenta boas respostas, inclusive em retomadas, tendo um regime de funcionamento bem elástico. No máximo, em condução normal, a rotação atingiu 3.500 rpm. Na estrada, para um carro com motor 1.0, cujo foco é o uso urbano, o sedã da Renault ficou devendo mais, mas é natural.

Em rodovia, a rotação atingiu 3.700 rpm a 110 km/h. Com duas pessoas a bordo, o Renault Logan 1.0 SCe 2018 não exigiu longas acelerações para acompanhar o ritmo. Para a proposta do sedã, as retomadas são adequadas. A direção eletro-hidráulica poderia ser totalmente elétrica, poupando mais energia, algo tão preocupante para a Renault na divulgação do novo motor, mas que foi esquecido nesse caso. Em manobras, ela é bem mais pesada do que o desejável, no entanto, durante a condução, ela atende bem.

De resto, os freios são satisfatórios, tendo boa estabilidade e ajuste adequado no conjunto de suspensão do Renault Logan 1.0 SCe 2018, que filtra bem as irregularidades do piso. O espaço interno é muito bom, especialmente para quem vai atrás e, é claro, também em seu generoso porta-malas. O novo motor 1.0 SCe, em comparação com o antigo D4D, é um motor bem mais “enérgico”, que age rapidamente quando solicitado e ainda bebe menos por isso.

No do Renault Logan 1.6 SCe 2018, o propulsor mais potente e econômico que o anterior se mostra bem adequado ao sedã. Ele tem boas respostas, entre muito mais potência e torque em baixa, revelados por seus números: 115 cv a 5.500 rpm e 118 cv a 5.500 rpm, respectivamente com gasolina e etanol. O torque é de 16,0 kgfm a 4.000 rpm, independente do combustível utilizado. Com ele, o sedã anda com muito mais desenvoltura, alcançando também boas médias de consumo. Já no automatizado Easy´R, ele fica devendo, pois o sistema mata muito da performance do motor.

renault-logan-1.6-sce-8 Renault Logan 2018: detalhes, preço, versões, equipamentos

Renault Logan 2018 – consumo

Cidade

  • Renault Logan 1.0 MT 2018 – 9,3 km/litro com etanol e 13,8 km/litro com gasolina
  • Renault Logan 1.6 MT 2018 – 8,8 km/litro com etanol e 13,0 km/litro com gasolina
  • Renault Logan 1.6 Easy´R AMT 2018 – 7,9 km/litro com etanol e 11,7 km/litro com gasolina

Estrada 

  • Renault Logan 1.0 MT 2018 – 10,0 km/litro com etanol e 14,5 km/litro com gasolina
  • Renault Logan 1.6 MT 2018 – 9,5 km/litro com etanol e 13,8 km/litro com gasolina
  • Renault Logan 1.6 Easy´R AMT 2018 – 9,1 km/litro com etanol e 13,4 km/litro com gasolina

Renault Logan 2018 – manutenção e revisão

O Renault Logan 2018 tem plano de revisão com custo médio de R$ 3.865 e a revisão da marca francesa ocorre a cada 10.000 km com troca de kit de correias para motor 1.6 8V a cada 60 mil km ou 4 anos (80 mil ou 4 anos nas demais motorizações), fluido de freio a cada 60 mil km ou 4 anos e fluido de arrefecimento a cada 80 mil km ou 4 anos. A Renault também tem pacote fechado para revisõe,s pagando-se um determinado valor por um número de revisões.

A Renault ainda disponibiliza serviços rápidos de até 1 hora e verificação de outros componentes, tais como rodas, palhetas, escapamento, pneus, discos e pastilhas de freio, molas e amortecedores, entre outros. Recomenda-se o agendamento do serviço junto ao revendedor autorizado mais próximo.

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços 1.0

Preços 1.6

10.000 km

R$ 228

R$ 228

20.000 km

R$ 530

R$ 530

30.000 km

R$ 416

R$ 416

40.000 km

R$ 628

R$ 628

50.000 km

R$ 416

R$ 416

60.000 km

R$ 1.647

R$ 1.647

renault-logan-1.6-sce-6 Renault Logan 2018: detalhes, preço, versões, equipamentos

Renault Logan 2018 – ficha técnica

Motor

1.0 Sce

1.6 Sce

Tipo

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Número de cilindros

3 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

999

1597

Válvulas

12

16

Taxa de compressão

12:1

10,7:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Multiponto

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 79 cv @ 6300 rpm / Etanol: 82 cv @ 6300 rpm

Gasolina: 115 cv @ 5500 rpm / Etanol:118 cv @ 5500 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 10,2 kgfm @ 3500 rpm / Etanol: 10,5 kgfm @ 3500 rpm

Gasolina: 16,0 kgfm @ 4000 rpm / Etanol: 16,0 kgfm @ 4000 rpm

Transmissão

Tipo

Manual 5 marchas

Manual 5 marchas / Automatizado 5 marchas

Freios

Tipo

Disco ventilado / Disco

Disco ventilado / Disco

Direção

Tipo

Eletro-hidráulica

Eletro-hidráulica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Eixo de torção

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Aço aro 15 polegadas

Aço / Roda de liga leve aro 15 polegadas

Pneus

185/65 R15

185/65 R15

Dimensões

Comprimento total (mm)

4349

4349

Largura sem retrovisores (mm)

1733

1733

Altura (mm)

1529

1529

Distância entre os eixos (mm)

2635

2635

Capacidades

Porta-malas (litros)

510

510

Tanque (litros)

50

50

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

447

446

Peso em ordem de marcha (kg)

1019

1061 (MT) 1069 (AMT)

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,34

0,34

Renault Logan 2018 – fotos

4.0

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend