Mercado Montadoras/Fábricas Renault

Renault mantém lucros razoáveis, mas suas vendas no Brasil só caem

A Renault tem mantido e até aumentado seus lucros, apesar das vendas baixas. Apesar de ter uma baixa de 2,6% nas vendas mundiais, ela teve um aumento de 5,8% no faturamento com relação ao mesmo período de 2005. No acumulado do ano, a companhia fechou o caixa com 10,5 bilhões de euros. Para chegar a este número, o grupo contou com o crescimento em outros setores de sua rede comercial, como peças, carros usados e oficinas.

Em contrapartida ao faturamento, a queda das vendas de carros preocupa, ainda mais na Europa (- 7,1%). Em fevereiro, a Renault lançou um plano para sanar os resultados negativos e transformar a empresa na mais lucrativa do continente até 2009.

O programa de recuperação prevê o lançamento de 26 carros no mundo todo e um aumento de 6% de participação no mercado mundial.

A Renault não divulga seu faturamento no Brasil. Porém, suas vendas vêm caindo (Veja gráfico abaixo). No acumulado deste ano, as vendas da Renault registraram uma queda de 5,3%, em relação ao primeiro trimestre de 2005. Foram 11.013 unidades comercializadas, ante 11.624 do período anterior. Sem contar que o mercado cresceu 19%.

vendas-renault Renault mantém lucros razoáveis, mas suas vendas no Brasil só caem
A meta da montadora é chegar em 2009 com 7% de participação no mercado nacional. Para isto, a Renault vai ter muito trabalho, pois no acumulado deste ano, ela aparece em oitava na lista das mais vendidas e com uma participação de 2,8%. Vale destacar que até 2005, a marca era a quinta colocada. Em 2001, por exemplo, ela fechou com 70.389 unidades comercializadas e 4,4% do bolo do mercado.

O diretor de Marketing da Renault, Antônio Megale, já afirmou que a empresa resolveu ter maior lucratividade do que subir no ranking de volumes vendidos.

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Send this to a friend