Renault Oroch 2023: impressões ao dirigir

renault oroch 2023 na 2

A Renault Oroch 2023 chega com identidade própria, largando o nome Duster de lado para se tornar um produto independente.


Com preços a partir de R$ 105.800 e três versões disponíveis, a Oroch 2023 mostra um visual diferenciado na versão Outsider, que foca muito no off road, inclusive usando pneus de uso misto, o LTX Force da Michelin.

renault oroch 2023 na 5

Disponível na versão de trabalho Pro, bem básica para atuação em frotas, assim como na intermediária Intense, um pouco mais recheada, mas compartilhando a mecânica 1.6 SCe de até 120 cavalos e seis marchas, a Oroch 2023 quer mesmo é vender a top.

Nesse caso, a proposta é até interessante, ainda mais que o propulsor 1.3 TCe de até 170 cavalos e 27,5 kgfm, empurra muito bem. Ainda assim, fico a impressão de que poderia ter mudado mais, mas vejamos.

Renault Oroch 2023 – Impressões visuais

renault oroch 2023 na 8

Apesar da busca por identidade própria, a Oroch 2023 ficou ainda mais parecido com o Novo Duster, com grade maior e cromada, acompanhada do conjunto ótico simples, sem luzes diurnas em LED.

O overbumper em preto brilhante e com faróis de milha é uma boa decoração e só traz a vantagem de ter os tais dispositivos óticos, ainda que hoje seja mais rara a necessidade de se dispor deles.

renault oroch 2023 na 3

Com saias de rodas abauladas levemente, a Oroch 2023 chama atenção mesmo pelas belas rodas diamantadas com fundo preto, que saltam aos olhos.

Foi bem aplicado o santantônio personalizado, enquanto a capota marítima ajuda a compor o visual. Lanternas escurecidas e o nome Oroch também não ficaram ruins, mas a tampa da caçamba deveria ser mais leve.

renault oroch 2023 na 9

Nada contra não ter amortecimento, mas hoje em dia até “monstras” como a RAM 1500 Rebel tem recursos nesse sentido. Faltou o sensor de aproximação do Duster, assim como o botão de partida.

Os bancos são aceitáveis, mas o volante ainda fica aquém da proposta, assim como o painel, que não precisa ser emprestado do Captur, porém, a ideia da Renault é distanciar a Oroch do Duster.

renault oroch 2023 impressoes na 12

Pensando nisso, fez um novo arranjo do painel, com multimídia no alto, um elemento vazado ao centro e reposicionamento dos botões. O ar condicionado digital não é totalmente o mesmo do Duster, o restante é do SUV.

O carro testado levava um acessório interessante, um carregador indutivo fixado sobre o porta-copos duplo. Isso ajudou no teste porque o aparelho móvel projetou o Android Auto sem fio (tem CarPlay também).

renault oroch 2023 impressoes na 13

A Oroch 2023 tem câmera de ré, mas não as quatro do Duster e carece tanto quanto ele, de luzes de leitura. Está um degrau abaixo do SUV e isso é notado até no capô, que tem somente um amortecedor diante dos dois do utilitário esportivo.

Renault Oroch 2023 – Impressões ao dirigir

renault oroch 2023 na 1

Com motor 1.3 TCe, a Oroch 2023 anda muito bem. Nas primeiras impressões, a picape leve da Renault apresentou respostas rápidas nas saídas e também em retomadas no trânsito.

A calibração do CVT – que simula oito marchas – é melhor para o dia a dia urbano, mas na estrada, ela ainda desliza ao se exigir o pedal em velocidades mais altas.

renault oroch 2023 na 6

Girando a 1.850 rpm, mesma rotação do Novo Duster Turbo, a Oroch Outsider 2023 tem uma boa condução em rodovia, elevando o giro quando exigido até perto dos 5.000 rpm.

Só mesmo em velocidades mais baixas ou em linearidade, alcança-se 5.500 rpm, quando ocorre o corte. A Oroch 2023 também apresentou bom comportamento dinâmico, ficando mais firme nas curvas e mudanças de trajetória.

renault oroch 2023 na 7

No entanto, outro item que diz que a Oroch 2023 está em patamar diferenciado do Duster, ou seja, abaixo dele, é a direção eletro-hidráulica, sempre mais dura que uma hidráulica e pouco eficiente.

Os freios são suficientes e a suspensão continua bem robusta, garantindo ainda um bom desempenho em terrenos acidentados com a suspensão traseira multilink.

renault oroch 2023 na 10

No teste, ainda não se sabe a causa, houve uma falha no controle de tração e estabilidade. Isso nos proporcionou uma experiência diferente, que foi andar sem tais assistências.

É aí que realmente se nota como o 1.3 TCe é muito mais forte em um carro leve como a Oroch, produzindo cantadas de pneus que jamais existiriam com os dispositivos ligados. Com ronco mais forte e comportamento arisco, a picape ficou interessante…

renault oroch 2023 impressoes na 3

Claro, pode-se desativar o controle de estabilidade, mas o de tração sempre continuará ativo. Ele é que realmente fez a diferença no comportamento. Isso também nos fez lembrar do Renault Sandero R.S. 2.0 e agora imaginamos como seria o hot hatch com o 1.3 TCe…

Se com tudo ligado, é possível notar um leve abano da frente da Oroch, então imagine sem. Bem, nessas primeiras impressões, a picape da Renault melhorou muito, mas ainda continua muito simples.

Faltam mais equipamentos dado o preço, mas o 1.3 TCe compensa em parte. Vamos ver mais a fundo na Avaliação NA, em breve.

Renault Oroch 2023 – Galeria de fotos

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.