*Destaque *Featured Esportivos Hatches Lançamentos Renault

Renault Sandero RS estreia série limitada Racing Spirit por R$ 66.400

Renault-Sandero-RS-Racing-Spirit-1 Renault Sandero RS estreia série limitada Racing Spirit por R$ 66.400

A Renault anunciou nesta sexta-feira, 12, a chegada do novo Sandero RS Racing Spirit ao mercado brasileiro. Trata-se de uma série especial limitada do hatch esportivo, que terá produção limitada a 1.500 exemplares e preço inicial de R$ 66.400. Entre os diferenciais, há novos detalhes estéticos e acabamento interno exclusivo.



Na parte externa, o Renault Sandero RS Racing Spirit oferece rodas de liga-leve de 17 polegadas calçadas com pneus Michelin Pilot Sport 4 205/45 R17, com parte central e pinças de freio pintadas em vermelho. Há também detalhes em vermelho na parte inferior do para-choque, capa dos retrovisores, difusor traseiro e faixa lateral com a inscrição “Racing Spirit”.

Renault-Sandero-RS-Racing-Spirit-11 Renault Sandero RS estreia série limitada Racing Spirit por R$ 66.400

O interior ostenta uma placa numerada posicionada perto do câmbio, teto com revestimento preto, detalhes em vermelho nos aros dos difusores de ar laterais e no contorno do velocímetro, além das costuras e faixas dos bancos. Há ainda painel central e maçanetas das portas com acabamento em preto brilhante.

Entre os equipamentos, há controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, direção eletro-hidráulica, sistema R.S. Drive com três modos de condução (Standard, Sport e Sport+), assistente de partida em rampas, luzes diurnas de LED, ar-condicionado automático, trio elétrico, controle de cruzeiro, sistema Media NAV Evolution com tela sensível ao toque de sete polegadas, sensores de estacionamento, entre outros.

Renault-Sandero-RS-Racing-Spirit-22 Renault Sandero RS estreia série limitada Racing Spirit por R$ 66.400

Sob o capô, o Sandero RS esconde o motor 2.0 litros flex aspirado de quatro cilindros, que rende potência máxima de 150 cv e torque máximo de 20,9 kgfm, associado a uma transmissão manual de seis velocidades com relações mais curtas. Segundo dados da Renault, o carro vai de 0 a 100 km/h em 8 segundos e atinge velocidade máxima de 202 km/h.

Galeria de fotos do Renault Sandero RS Racing Spirit

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

 

  • ####Carlao GTS

    compra irresponsável. esportivo.

    • Mario

      Parabéns para a Renault! Ficou bem legal! Deve ser bem gostoso de dirigir.

    • Rodrigo

      O problema do Sandero RS é que sua esportividade, não supera a má impressão de ACABAMENTO, DESIGN ULTRAPASSADO e BAIXA CONFIABILIDADE da marca.

      • ####Carlao GTS

        É um esportivo. Não prima por acabamento… ele não está nem aí. Acho que ainda é inseguro na lata. Mas , tem chão, fala bem, então isso basta.

        • Rodrigo

          Só compraria sê tivesse grama pra queimar com trackday. Esse motor com um turbo, seria sensacional.

      • carroair30

        Baixa confiabilidade???? esta entre os top 10 mais vendidos todo mes,

    • invalid_pilot

      Bom mesmo é comprar SUV 1,6 / 1,8 fraquinho, já que velocidade mata !

  • Jackson

    Sou + um UP! TSI, bota esse motorzinho da Renault ai no bolso tranquilo… E bem mais barato e econômico…

    • Artur

      Você está brincando, né?
      O Up! TSI, além de não ter qualquer pretensão esportiva (o Sandero RS teve toda uma preparação para melhorar o comportamento dinâmico – faz curvas melhor que Golf TSI), perde feio do Sandero. É só ver qualquer comparativo na internet.
      A única coisa que o Up! ganha é na economia. Mas carro esportivo como o RS não foi feito para ser econômico.
      E outra: bem mais barato não é mesmo. A versão mais simples o Up! com o TSI parte de R$ 53 mil. A top ultrapassa os R$ 60 mil. E não tem 1/3 dos equipamentos do Sandero (inclusive ESP).

      • Tosca16

        Esse pessoal acha que todo carro turbo é esportivo, mas isso era lá nos anos 90 e início dos anos 2000. Hoje turbo é para melhorar sim a performance e aliar isso a economia de combustível, downsizing é isso. E a VW agora irá lançar uma versão GTI do UP para finalmente aliar o desempenho a esportividade, e bons ajustes deverão ser feitos, não é só colocar o 1.0 de 125cv do Golf na caixinha de fósforos kkkkkk.

        • Artur

          Exatamente. Até acho que um Up! GTI teria rendimento superior ao RS. Mas o RS tem sim um bom desempenho.
          O Punto TJet, por exemplo, anda menos que o RS.

          • Tosca16

            Os T-Jet eram bons na época do lançamento, depois aos poucos foram perdendo esse a mais que tinham em desempenho e ficaram para trás, ainda são bons pela quantidade peças e facilidade em mexer, dá um upgradezinho de leve nesta linha FIAT é mamão com açúcar, mas caberia uma nova linha quem sabe já do GSE, um GSE 1.6 Turbo substituiria os T-Jets com louvor.

            • Gustavo73

              O 1.3 turbo irá substituir o 1.4 T da Fiat.

              • Tosca16

                Sim, e caberia um 1.6T para ficar ainda mais prazeroso .

                • Gustavo73

                  O 1.4 tem versões com até 210cv. O problema do atual T-jet está na ausência de recursos mais modernos com injeção direta e turbinas menores que tem menor inércia e o torque chega mais cedo. De cara a injeção direta vai trazer uns cavalinhos a mais para o 1.3. É só ver que o 1.3 8v já é mais potente que o 1.4 8v Fire de onde deriva o T-jet.

                  • Edson Fernandes

                    E poderiam ter colocado o mesmo cambio do Bravo no Punto T-Jet.

              • SDS SP

                Tem o GSE 1.0T a caminho.

                • Gustavo73

                  Já começaram os trabalhos aqui? Ou é pra Europa?

                  • SDS SP

                    É para o Mercosul. Acredito que deve sair em dois anos.

                    • Gustavo73

                      Legal, acho que a minha previsão de novos motores em 2019/20 devido as mudanças no Proconve não são tão furadas assim.

      • Gustavo73

        Mania desse pessoal achar o Up TSi um esportivo. E mostra como a VWB não soube apresentar esse carro ao mercado.

        • Tosca16

          Eu acho que justamente a fama de esportivo tirou-lhe as vendas kkkkkk.

          • Gustavo73

            Olha que parece que o TSi representa metade das vendas. Mas para muitas pessoas ter turbo significa ser esportivo. O que tirou as vendas foram os aumentos de preços.

        • André Frigotto

          só falta vc me falar que esse sandero com 2.0 de duster (que até meu new fiesta dá pau) é esportivo né amigo…

          • Gustavo73

            Sim o 2.0 é velinho, mas foi ajustado e tem mais potência e torque que o 1.6 do Fiesta assim como a suspensão e freios também foram mexidos.
            O seu Fiesta não é esportivo. Agora compare os tempos de volta dos vídeos. E veja o Fiesta atrás do Etios 1.5, acho que por essa você não esperava.

            Fiesta vs Up TSi vs Etios veja apartir do oitavo minuto.
            https://youtu.be/6hI7F8S27Gc
            Renault RS veja apartir dos 6,25 min.
            https://youtu.be/H6QrCuVdLmg

            • Andre Studart

              Obrigado pela explicação para os camaradas ai Gustavo, tenso essa época de ter que escutar que UP TSI é esportivo por que é turbo..

              Possuo um new fiesta 1.6 manual, delícia de carro, faz muita curva, mas obviamente não é esportivo, apesar de as vezes instigar, não é sua pretensão..

              De qualquer forma, acompanho o Acelerados há algum tempo e não creio que esse tempo condiz com o real desempenho do carro, o 1.6 TiVct é simplesmente morto abaixo de 2500-3000 rpm, literalmente, o carro da um pinote impressionante acima disso, o Velocitta é uma pista de baixa velocidade, digo, não da muito espaço para o carro desenvolver, torque e potencia em baixas comandam, tudo que o New Fiesta não tem! A curva de potencia e torque dele é bem interessante, ele vem morto até 2500 e simplesmente da um pinote quase que de 90º, onde se cresce linearmente até o corte, bem legal, eis o motivo de na estrada ser tão bom e instigar tanto! o Chassi é bem acertadíssimo também, ainda mais para um carro de seu preço (47mil, na época).

              No mais, ótimo carro, anda bem e é econômico, e pense num carro bom de pegar estrada..

              Abs!

              • Gustavo73

                Sem dúvida o Fiesta é um excelente carro. E é considerado um dos melhores handling da categoria se não for o melhor. O vídeo que coloquei é só um exemplo do que os carros fazem. Na mão de um mesmo piloto e muito experiente. Claro que determinadas características de pista podem ter influência. A provocação frente ao Etios é só para cutucar alguém que vem com essa de criticar um modelo que nem conhece.
                Abraços

                • Andre Studart

                  De fato! Éticos 1.5 é o novo esportivo KKKK

                  • Edson Fernandes

                    Pera, vc está dizendo que uma pista como a Velocitta o cara anda em rotação baixa? O cara roda com o que o carro rende. A unica curva extremamente fechada é antecedida por um aclive… que todos os carros precisam vir forte para depois então no inicio de curva sofrer desaceleração com redução de marcha! Em seguida depois de corrigida a trajetoria é pé no talo e já tem outra curva! Em ambas o motor está cheio!

                    E essas são as partes mais lentas do circuito. Você me diz que o cara vai andar abaixo de 2500rpm para que? O carro por outro lado… anda sempre cheio a não ser que a relação propicie uma relação em que de uma marcha caia ao extremo o que não é o caso do Fiesta. Um dos primeiros pontos é que o teste foi feito com a caixa powershift que não foi feita para track day, mas isso não iria dar ao Fiesta um pulo geral a ponto de chegar proximo do RS pois esse além de ser possivel desativar o ESP, tem uma preparação muito especifica para pistas. O que acontece é que o Sandero paga isso para andar no dia a dia (é bem duro e os itens de conforto do Fiesta podem dar a depender do que se espera do consumidor mais prazer mesmo que ande menos num geral).

                    Eu sou do tipo que se fosse aliar um carro para o dia a dia e fosse unico carro, iria preferir Fiesta ou outros… mas agora, se fosse um segundo em que pudesse usar para diversão o Sandero seria junto do 208 GT (ambos que me agradam) os primeiros da lista disparado.

                    • Andre Studart

                      Não não! Jamais falaria isso, o que quis dizer é que o motor do fiesta é realmente morto antes dos 3000rpm, o torque maximo só chega em pouco mais de 5000 e a potência máxima em 6600, ao dirigir ele, é impressionante o “pinote”, ele não tem pretensoes esportivas e jamais poderia beliscar o RS..

                      Mesmo que por algum milagre seu tempo fosse próximo, o RS continuaria bem superior, afinal, tempo de volta não faz carro nenhum ser esportivo..

                      O VelloCitta não da margens para o desempenho do fiesta ser explorado, assim co o PS e seu ESP, bastante intrusivo, não ajudam..

                      Costumo dizer que o fiesta é um carro de estrada, forte, econômico e ótima dinâmica..

                      Só falei aquilo relacionado a ele por quem que nunca o dirigiu, ou não o conhece, acha que o carro é uma lesma.. Afinal, o tempo não foi bom

                      Abs!

                • André Frigotto

                  Amigo, eu era funcionário da Renault… só quem ta lá dentro sabe a qualidade do carro construido pela marca. Cola pingando no chao pela fábrica toda, “chuncho” no carro inteiro etc. Resumindo para seu comentário nada construtivo no final, não recomendaria nunca, mesmo após contato com o carro.

                  • Gustavo73

                    O meu comentário inicial assim como a sua réplica estão relacionados exclusivamente ao desempenho do carro. Não teci nenhum comentário sobre acabamento do Sandero.

                • André Frigotto

                  Obs : não estou vangloriando o Fiesta. De forma alguma. Só estou deixando claro que esse carro não é 100% perfeito como os comentarios dizem kkk

                  • Gustavo73

                    Nenhum carro é perfeito. Mas o RS tem um excelente cxb para o desempenho dele. O seu concorrente mais próximo é o 208GT. Que tem um desempenho ligeiramente melhor, é bem mais equipado só que custa 17 mil a mais. Não é pouco.

                    • Rafael Oliveira

                      se eu tivesse $$$ sobrando pagaria facil esses 17.000 para o GT, o Sandero RS, tem uma ótima performance, mas conforto zero.. Por ficar muito tempo dentro de carro, levo muito em consideração o conforto e o visual interno.. Estou a trabalho na europa com um Captur a praticamente um mes, motor diesel, desempenho bacana, mas assim como o Sandero interior de 15 anos atrás… Assim como a fiat dizia a 15 anos atrás, está na hora da “Renault” rever seus conceitos….
                      Fato é que Duster/Sandero, são projetos da Dacia, empresa romena de baixo custo, e a Renault está se nivelando por baixo, quer reduzir os custos ao extremo tinha a obrigação de melhorar o acabamento, não só em qualidade dos materiais mas como melhorar e muito o design.

                    • Gustavo73

                      A questão é essa você precisa ter esse dinheiro sobrando. E não é pouco, são quase 30%. Estando na Europa fica fácil entender a Dácia, por 3 mil euros a menos você leva o Sandero maior ou invés de um Take Up de entrada ou leva um Duster pelo mesmo preço. Então vai depender da nescecidade do comprador. A Captur que você tem, não te relação alguma com a Dácia.

                    • Rafael Oliveira

                      Estou na europa apenas a por aglumas semanas, ai no Brasil tenho um New March SL(Excelente carro com um ótimo custo beneficio, seguro baixo, economico, manutenção barata. já esta com 70km com 2 1/2 anos sendo que desses 1 ano ficou na garagem). Sobre o Captuer que estou, se eu tirar uma foto vai ver que o interior é praticamente o mesmo do nosso Sandero, por isso fiz a relação. O unico ponto bom do interior do Captur que estou usando é o porta luvvas de gaveta, só isso. Chega ao ponto de ter 2 porta copos de tamanhos diferentes, isso é passageiro e motorista não pode ter uma lata do mesmo tamanho, um dele vai ter que ficar segurando..
                      Controle de audio atras do volante, botaão de seleção entrre limitador de velocidade/cruise control ao lado do freio de mão rídiculo.Acho que até para um twigo estária tudo ultrapassado. Reafirmo a Renault precisa urgentemente trocar o design de interior deles..

                      Ps. Quando comprei o meu carro(Dez/2014), precisava dele a pronta entrega… A primeira opção sempre foi 208 1.6, seguro mais um pouco mais caro porém não tinha a pronta entrega

              • ViniciusVS

                “não creio que esse tempo condiz com o real desempenho do carro, o 1.6 TiVct é simplesmente morto abaixo de 2500-3000 rpm, literalmente, o carro da um pinote impressionante acima disso, o Velocitta é uma pista de baixa velocidade, digo, não da muito espaço para o carro desenvolver”

                Em meio urbano também temos ruas e avenidas de baixa velocidade e pouco espaço para desenvolver torque e potência, na prática o carro se comporta igual.

                • Andre Studart

                  Cara, mas cidade e pista não tem relacao nenhuma..

                  De qualquer forma, recomendo-o para quem pegar muita estrada, motor é maravilha nela, forte e economico, assim como sua dinamica..

                  Na cidade, a falta de torque embaixa me incomoda, de fato, mas é bem confortavel para uso na cidade..

                  Existem pistas que deixam o carro desenvolver mais, garanto-lhe, o fiesta é um ótimo carro e bem esperto

            • André Frigotto

              Realmente, ele não é esportivo… porém descendo a serra Curitiba-Litoral o Sandero RS. Como o amigo Gustavo73 disse, o fiesta é morto em arrancada, mas a partir de 2100~2300 ele dá um gás que faz o carro chegar à 85km/h em 2a marcha… coisa que a renault não aprendeu a fazer até hoje, uma segunda marcha decente.

              • Artur

                O câmbio do Sandero RS é um 6 marchas bem escalonado, diferente do câmbio de 5 marchas das demais versões. Todas são bem curtinhas e a sexta marcha não serve só como overdrive: ela ainda ajuda a empurrar o carrinho.
                Enfim, é o único hatch compacto verdadeiramente esportivo do mercado atualmente. Nem o 208 GT possui as alterações que a Renault inseriu no Sandero para ser o que ele é.

                • Rafael Oliveira

                  Sim mecanicamente falando o RS é mais esportivo que o 208GT, pois a renault trabalhou e muito em cima do motor e cambio, enquanto a Peugeot pegou motores que já possui e colocou no 208, ainda assim o GT tem uma performance melhor que o RS. “Potencia não é nada sem controle….”. A maioria dos reles mortais nunca vai extrair tudo que esses carros podem dar. no máximo aquela esticada na estrada… São poucos os que comprar para dar um ajuste fino e levar no track day.

            • ViniciusVS

              Fiesta não é nem esportivo e muito menos “New”. é igual “New Civic” com 10 anos nas costas kkkkk

              • André Frigotto

                New é modo de dizer. Ou você prefere “Meu Fiesta SE 1.6 2016”? New é só pra mencionar a “nova” geracao, que é velha kkk

                • ViniciusVS

                  Fiesta 2016 é o suficiente kkkkk

                  • André Frigotto

                    Um caractére a menos cara, leva o new na zoeira kkkkkkk

              • Gustavo73

                Isso é verdade. É a força do hábito.

            • Itamar

              eita rsrs

          • Artur

            Sim, ele é. Seu Fiesta 1.6 não chega perto do desempenho dele. Principalmente em curvas.

            • André Frigotto

              Kkkkkkk ok

          • Rafael Oliveira

            Pode até ser o mesmo motor do Duster, mas ele tem suas modificações que o motor “stock” não tem.

            • Edson Fernandes

              Já tem videos andando “em vias urbanas” e em aceleração forte em pista… o Sandero RS anda muito mais que o Fiesta. O cara pode ser dono, ver que não precisa mais do que o motor 1.6 oferece (porque realmente anda bem), mas… anda menos que o Sandero RS. É uma realidade por tudo que foi empregado tecnicamente no Sandero.

        • SDS SP

          Pois é, só por causa do turbo, pois o carro como todo sequer tem algo preparado para ser um esportivo, nem os pneus.

        • Ricardo Blume

          Até não culpo a VW. Povo pensa que turbo é sinal de esportividade. Desconhecemos o termo downsize.

      • Junior

        UP TSI não é esportivo mas não considero Sandero RS um esportivo, na minha opinião é uma gambiarra para países subdesenvolvido, a Renault ou Dacia poderia muito bem ter trago o Clio RS, mas não, Brasileiro aceita tudo, vamos fazer uma gambiarra e dizer que é esportivo…Na minha opinião um esportivo de entrada no Brasil ainda é o Golf GTI..

        • Edson Fernandes

          A pergunta é… qual a diferença para se ter esse carro? O cara não tem como pensar em um Golf se tem dinheiro para o Sandero. Por isso “esse carro enfiado de qualquer jeito” tem mercado.

          • Junior

            Concordo que o Golf GTI é caro, mas ele é caro porque tem pessoas que aceita pagar essa valor nesse Sandero, se não tenho como comprar um Golf GTI, não é por isso que vou torrar minha grana suada com qualquer carrinho por ai, tive a oportunidade de viver no Canada, e sei como a população de países desenvolvidos são exigente, nunca que um americano aceitaria pagar isso tudo nesse carro, se pensar bem, esse carro nem entraria nos USA porque em termo de segurança é uma aberração..Os Brasileiros precisam ser mais exigente e valorizar mais seu dinheiro, antes de comprar um produto procurar informação sobre ele, como em reviews gringos…Eu ainda não consigo entender porque o Onix vende tanto sendo que foi comprovado que o carro é péssimo em segurança, nem deveria ser vendido..Hoje tenho um Polo e não trocaria por esse carro de forma nenhuma, mas cada um faz o que quiser com seu dinheiro, se tenho essa grana pegaria um Golf usado…

            • Artur

              Cara, não adianta comparar países desenvolvidos com o nosso. Pro nosso país e terceiro mundo Sandero RS a R$ 60 mil está ótimo. Você querer exigir Golf GTI nesse preço aqui no Brasil é pura utopia.

            • Edson Fernandes

              Esse é o problema: Veja que se consideram a compra de um carro de entrda de 40k que não tem segurança, um esportivo de prateleira por 60k é uma pechincha. Perceba que a visão fica melhor qdo se olha sempre do andar de baixo.

              O Golf é desejo de muitos, mas para chegar nele, todos os carros deveriam ser mais baratos, inclusive de manutenção qe no Brasil é abusiva.

        • Artur

          É uma “gambiarra” que faz 0 a 100 km/h em 8 segundos e alcança 200 km/h custando pouco mais de R$ 60 mil.
          Cite pra mim apenas 1 veículo nessa faixa de preço com esse desempenho.
          Golf GTI anda mais, mas é consideravelmente mais caro.
          Aliás, quanto custaria um Clio RS no Brasil?
          Enfim, é um esportivo sim, feito para apresentar um bom custo benefício, quer você queira, quer não.

          • Junior

            Respeito sua opinião mas não mudo a minha, carro esportivo não se resume somente a 0 a 100, tem muito detalhes que esse carro passa bem longe, primeiro antes de pensar em ser o esportivo, ele tem que ser um carro, caso que passa bem longe disso, pela sua estrutura, segurança e tecnologia. Eu não resumo um produto somente a preço, não vou comprar um carro somente por 0 a 100, não arrisco minha vida e nem dos meus familiares em um carro que não tem o mínimo de segurança..Penso de forma racional, se não posso ter um Golf GTI, procuro o melhor na faixa de preço e nessa faixa tem carros muito melhores, pode não serem os mais rápidos mas pelo menos são carros seguros e globais…

            • Artur

              O Sandero atual ganhou 4 estrelas no Euro NCAP. No Latin NCAP ainda não foi testado.
              Tem ESP e TC, além dos obrigatórios airbags duplo e ABS. Um pacote de segurança superior ao de muitos carros maiores e mais caros por aí.
              Lembre-se que o Ônix zerou no Latin NCAP e ele tem versões bem caras, como a Activ, que chegam a custar o que o RS custa.
              E Golf GTI não se compara com o Sandero. São categorias completamente diferentes.
              Se for pegar um Fox top e completo, por exemplo, não tem nada que se destaque do Sandero em termos de segurança.

    • Daniel

      O up! acelera mais devagar e, perto desse Sandero, contorna curvas como um ônibus… mas quanto à economia de combustível, o up! tsi é imbatível mesmo

      • Tosca16

        Brasileiro não é acostumado a ter um 1.0 com desempenho bacana, e já acha que é tudo esportivo simplesmente por ter um motor turbo.

    • gregorioalan

      Por um momento me senti naquele blog da vw… acho que o amigo deve estar brincando mesmo… são propostas completamente distintas… sem contar que basta assistir um comparativo para ver que o Sandero anda mais, porém, não importa, uma vez que as pretensões de cada carro são diferentes. Faça-me o favor viu…

      • Tosca16

        Mas UP TSI vence todo mundo, tem até vídeos de UP TSI batendo em Civic VTi na web kkkk.

        • fschulz84

          Eu juro que vi um vídeo de um up TSI andando pau a pau com um Koeniggsegg Agera… Eu juro!!!

          *ironic*

          • zekinha71

            Eu vi um que o up! ganhou do onibus espacial, conseguiu chegar na Lua.
            E ainda deu uma emborracha, com telescópio dá pra ver as marcas.

    • Franklin Diego

      EAIUEIEAHEIUEHAIUAEHIEAHEIAUEHIEHAIEHIAEIAHEAE brrrrrrrrrrrrr

    • Rodrigo Pasini

      tá de piada né

    • Gustavo73

      Com certeza você não sabe qual é a proposta dos dois modelos. Fora que o Sandero passou por ajustes justamente para melhorar o seu comportamento esportivo, fazendo curvas e freiando melhor. O Up TSi é um carrinho com um excelente motor,mas que tem como objetivo um bom desempenho (na categoria) e economia de combustível. Um esportivo tem foco no desempenho e comportamento dinâmico.

    • Mario

      Jackson foi irônico, né?

    • Diogo Augusto

      Oi? Tu ta doidão?

    • Guedes

      Amigo meu com um UP TSI com remap colocou o RS no bolso ontem. com remap UP TSI anda mais!

      • Gustavo73

        Mas aí mexido é outra coisa.

      • Edson Fernandes

        Porque então não pegamos um RS preparado? Aí é justo comparar né? Se fez em um… tem que fazer no outro.

        • Rafael Lima

          Um Sandero RS preparado do jeito que o F4R é versátil o UP não dá nem pro cheiro

        • Guedes

          UP O&M tem menos cv: 105 vs 150 do RS. Tem menos torque tbm. Porque seria injusto colocar um UP com remap contra o RS??

          • Edson Fernandes

            Porque um é turbinado, mais leve, com o outro aspirado, mais pesado. Se pegar receitas de preparação, vamos deixar de igual para igual. Se o up aceita upgrades, porque não o mesmo com o Sandero?

            • Guedes

              Diz que carro aspirado é mais difícil de fazer upgrades…

              • Edson Fernandes

                Não se estivermso falando de Sandero RS. O motor F4R tem muitas receitas de preparação, seja ela turbinada ou não. E já foi assim com outros produtos da marca … então fica mais facil atingir o potencial.

      • Rafael Lima

        E nas curvas?

        • Guedes

          Ah, foi só numa acelerada. mas benga é benga.

    • Robinho

      aff

  • Tosca16

    O Sandero é um Dacia não podemos negar, mas esse com o aval da divisão esportiva da Renault seguramente é o melhor Dacia de todos os tempos, em acerto mecânico e de suspensão, não tem como dizer que é apenas um Sandero 2.0.

    • joao vicente da costa

      Esse raciocínio de que a família Logan é Dacia é, a meu ver, equivocado: os projetos são plataformas Renaults já amortizadas e fabricadas (na Europa) pela Dacia. Ou seja, são tão Renaults quanto os velhos Corcel hehehe

      • O Pato

        Ja eu acho que é pura implicância.
        Como se um dacia e um renault tivessem uma diferença tão grande assim…

        • Wagner Lopes

          Depois dessa você vai ter que pagar o pato……kkkkkk.

        • Edson Fernandes

          Sabe o que é? O cara fala que é um Dacia como proposito de qualidade… então vamos comparar ao Best seller Onix. Tem uma plataforma para lá de moderna (e não estou zoando não), que é uma versão atualizada no Corsa.

          Essa plataforma poderia receber itens de segurança tranquilamente… mas enfim… o que é para nosso mercado? E o que carros que disputam com o Sandero fazem? Dá para contar nos dedos o que é superior nesse aspecto.

  • Artur

    Acho que exageraram nos detalhes vermelhos. A grade e parachoques traseiros ficaram ok, mas os adesivos e retrovisores na mesma cor meio que sobrecarregaram o conjunto.
    O interior ficou legal.

    • Tosca16

      Eu tiraria todos os detalhes na cor vermelha e deixaria todo em preto, só o freio que deixaria nesta cor para diferenciar de uma versão normal. No interior tiraria estes apliques vermelhos também, deixando apenas a costura do volante e mudaria esse padrão de tecidos nos bancos, para algo mais sóbrio todo em preto ou nesta cor cinza integralmente.

    • Alvaro

      Foi uma atitude ousada e muito bacana mesmo o RS em um mercado carente de hot hatch (outro que gostava é o Swift SportR, embora era caaaaro). Porém exageraram um pouco na questão da “firulagem”, alguns acessórios são muito bem-vindo (spoiler, rodas, volante esportivo, bancos esportivos) embora mantendo-o sóbrio (sdds Gol bola GTI!). Mas essa profusão de apliques e adesivos (!!) parece coisa da linha “Sporting” da Fiat.

      • Artur

        Verdade. O RS é mais bonito na versão original mesmo.
        Mas gostei desses bancos mais escuros e do interior com teto preto. Podiam botar isso na versão original.

  • Wagner Lopes

    Credo! Coisa mais baranga…66K não estou achando na lata de lixo não…

    • Tosca16

      O que vc compraria por 66 mil melhor e com mais desempenho que este aí ?

      • Raul Pereira

        Qualquer popular na versão top que andaria BEM menos hahahahahaha
        Realmente, povo não entende conceito de esportivo, muito menos proposta e pela proposta dele e considerando o mercado hoje, está até com um preço muito bom.

        • Hugo Leonardo Dos Santos

          Só uma coisa a falar: um país onde o carro mais vendido é o carro mais inseguro que um chines, tem moral de onde pra criticar a esportividade de um Sandero RS? nenhuma.

          • Raul Pereira

            Pior que os outros no segmento popular (salvo o up!), tem notas não muito menos miseráveis no NCAP. Não que a Chevrolet esteja certa. Aliás, o preço do seguro do Onix deve ir nas alturas agora

          • Tango

            Qual chinês?

      • André Frigotto

        um A3 2013 1.8 sportback por 69… que tal?

        • Richard

          Estão falando de carro novo e não com 4 anos de uso….

          • André Frigotto

            Não li nada disso quando ele propôs ali em cima kkkk

        • Artur

          Se você tiver cacife ($) pra bancar a manutenção e seguro, vai com fé.
          Agora se quer um esportivo com manutenção de compacto (talvez um pouco mais cara) e seguro não exorbitante (parece que a Renault tem um plano com valor fixo de seguro pra esse modelo), Sandero RS na cabeça!

          • André Frigotto

            O seguro de um RS (fora esse valor da Renault que é só o primeiro ano [provavelmente]) gira em torno de R$ 4.000,00 reais. O do Audi é R$ 5.000,00. Mas claro, envolvendo outras questões como revisão, pneus etc realmente é um carro um pouco mais caro… porém é o preço que estará pagando pela construção, qualidade e desempenho.

            • Edson Fernandes

              Mas eu já colocaria de outra forma: O que se propoe para uso diario?

              O carro será o unico ?

              Isso já define bem o tipo de comprador. A não ser que seja um filho que pode ter o SAndero RS mas qdo não quer andar em qualquer lugar com a esportividade que ele apresenta, pega do pai.

              Mas tirando isso, o cara pode ter carros mais confortaveis (e por vezes no preço mais completos em itnes de conforto e até de segurança) ou ele quer ter como prioridade a esportividade abrindo mão do conforto para ter emoção.

        • Wagner Lopes

          Já já vem um te marretar falando que não pode comparar novo com usado…espera só…

      • Wagner Lopes

        Caríssimo Tosca, não tenho necessidade e nem vontade de ter um esportivo. Se fosse trocar minha viatura hoje me cairiam bem um 408 THP ou um 3008 2013/2014. Também um Fluence privilege 2014 me deixaria tentado…além de alguns outros bons carros “de verdade” por valores módicos no mercado de usados.

        • Tosca16

          Sim, mas falando abertamente em desempenho não se tem em zero quilômetro nada melhor que esse Sandero RS; o que não quer dizer nada, pois eu mesmo teria um 208 ou C3 1.2 PureTech e não queria ter o Sandero RS. Só pra não falar um Chery antes que me batam aqui kkkkk

          • Wagner Lopes

            Calma, mais alguns anos e os chineses estarão em um nível muito bom e você poderá encarar sem medo. Por enquanto ainda não recomendo…kkk.

            • Tosca16

              Tem modelos que eu particularmente gosto, e acho que se não forem bons ao menos não devem muito os concorrentes e até cobram bem menos por mais do mesmo. Mobi vs New QQ é um exemplo, são carros baratos e que tem uma proposta urbana, só que em desempenho e consumo QQ vence o Mobi Fire, e cobra menos, tem melhor espaço interno e nível de ruídos praticamente igual. Aí vc paga 38 no Mobi Fire com ar e dh e 30 no New QQ; ruim por ruim são 8 mil de diferença !

        • Edson Fernandes

          Por 66000? Dá para pegar usado um Fluence 2016…. e privilege! Eu já vi por R$69000.

  • Cleidson

    Ótimo carro e ótimo motor. Lindo na versão RS.
    Eu só tiraria os adesivos laterais.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      idem

  • Tosca16

    Faltou um teto-solar aí neste carro, de resto é o que de melhor se tem em esportividade até os 70 ou 80 mil reais… Pra quem ainda gosta de um bom e velho aspirado, tá aí a melhor opção.

  • pelo menos é um esportivo de verdade não como os sporting, effect e pepper dos outros
    eu gosto, poderia ter uns cv a mais, o mesmo motor no velho clio rs (um amigo meu comprou um por 1.500 euros pouco tempo atras) tem 172

    • Artur

      O do Clio RS é turbinado, salvo engano, assim como o Fluence GT que já foi vendido por aqui.

      • não, os clios RS até o ano 2013 (203 cv a ultima versão) são aspirados, basicamente é o mesmo motor do sandero F4R aprimorado

  • zeh

    ….Sandero RS “Oleo” de Racing bom para o Spirit….e estomago…fica a dica!

  • Darlon Anacleto

    O Sandero é um carro bem simpático em qualquer versão. Externamente. Sim, porque internamente é uma tristeza: é esteticamente feio, plásticos horríveis, bancos sem apoio (ok, esse aí é um ‘Recaro style’), tudo pobre demais. Meu amigo tem um e sei o que falo. Aí desanima, seja em qual versão for. Ka, Onix, Palio ou Gol são do mesmo segmento, mas disfarçam melhor a origem humilde.

    • Raul Pereira

      Compartilho da sua opinião. Sandero e Logan são carros legais por fora, mas por dentro tem aquele volante gordo horrível e tudo meio arredondado sem muito acabamento. Aluguei um durante uns dias, depois peguei um Versa e não dá pra comparar, amei o Versa e odiei o Sandero em dirigibilidade.

      • Artur

        O volante do RS é o mesmo do Clio RS europeu. É menor em diâmetro e tem uma pegada bem superior que a das versões “civis”.
        Concordo quanto ao acabamento, mas ao menos é razoavelmente bem montado. Não parece uma escola de samba com o tempo, como ocorre com a maioria dos populares.

      • Edson Fernandes

        Tudo no versa é mais justinho, vamos combinar né? (e eu acho isso uma qualidade)

        Além do que, o motor 1.6 é absurdo de sobrar nele. Eu acho que os esportivos como o Sandero cairam em interesse, porque o cara já tem um desempenho mais do que convincente para os produtos.

  • Leandro Fernandes Morais

    E esses Bancos “Deitadões” aí! Então agora até nas fotos de divulgação ajeitam os bancos pra ficar com esse aspecto manolizado.

  • Ludwig

    Sandero Rs é uma tentação

  • Ricardo

    Muito exagerado esses detalhes vermelhos!

  • Erick

    Sandero RS, um frances nervosinho! 208 THP é outro francês nervosinho!

  • Bryan

    Eu sempre achei o Sandero RS um falso esportivo, pois, na verdade, trata-se de uma simples preparação que lhe rendeu 2cv a mais que o 2.0 convencional e uma melhora significativa na suspensão. Salvo esses dois aspectos, é um Sandero normal. Talvez, se a Renault quisesse levar a sério a esportividade, colocaria uma turbina para render pelo menos 180cv, iguais aos do Fluence GT, e assim poderia ser um esportivo empolgante. Mesmo colocando 30cv a mais e o preço na faixa que está, seria certamente um carro de peso no mercado, desbancaria muitos “esportivos” e convencionais.

    • Carlos

      Também compartilho desta opinião. Mas vejo que este carro ganhou um “hype” inacreditável. No inicio chegava a suspeitar de invasão de fã clube nos fóruns. Mas depois vi que não, os caras escrevem como se fosse o estado-da-arte da esportividade. Vou ver se encontro no youtube avaliações gringas deste carro versus hot hatches tradicionais.

      • Tango

        Sandero Rs é exclusividade da América latina. Não sei exatamente o que você queria dizer com hot hatches tradicionais, até poderia na categoria aqui não temos nenhum. Tínhamos o DS3 por mais de 90mil. Hoje o mais próximo é o 208 GT, mais equipado, mas também mais caro são quase 18 mil de diferença​. Não vi ninguém falando que o RS é o estado da arte e sim que é um carro com um desempenho diferenciado por um preço que não tem concorrência. Temos diversos comparativos aqui e ao menos um na Argentina na Motor Press.

    • Gustavo73

      Acho que você não entende o conceito de esportivo. Freios e suspensão melhores é justamente o que eles mais precisam. Como diz a Pirelli “potencia não é nada sem controle” logo o principal o modelo já tem. E o motor com 150 cv e 20kgfm em um carro com o peso do RS já tem um desempenho diferenciado na categoria. A começar com o 0-100 em oito segundos.

      • Bryan

        Existem vários conceitos de “carros esportivos”. O conceito que você dá, porém, é o conceito pronto da Renault e das revistas “especializadas”. Mas, se a potência não é tão importante assim, os clássicos esportivos por exemplo não fariam menor sentido em existir, e vamos dar adeus aos mitos e crer na sua teoria pronta de esportivo é apenas essa simples relação. A sugestão é que a Renault deveria ter apimentado a versão, com baixo peso, certamente seria digno de ser chamado como esportivo, assim, como ele é atualmente, é apenas um Sandero 2.0 com algumas calibrações necessárias para mantê-lo estável na pista.

        • Gustavo73

          Não meu caro não existem vários conceitos de carros esportivos. Um carro esportivo precisa ser rápido, frear muito bem e ter uma suspensão que permita mudanças bruscas de direção mantendo o controle. Não tem nada haver com jogar fora os clássicos esportivos, até porque existem vários. De uma Ferrari com mais de 500cv, mas também de de um Lotus Elise de menos de 180cv. De um Golf GTi geração 1 com 110cv passando por um Mini Cooper S de menos de 100cv dos anos 60, chegando aos americanos vom a primeira geração do Mustang com menos potencia que o RS. Na verdade quem está esquecendo os clássicos esportivos não sou eu. Esportividade é ter um desempenho acima da média na sua categoria, na qual está incluída o preço. Lembrando que fora o RS não existe nenhum Sandero com o 2.0 no cofre. Mas talvez seja só eu que ache isso e consiga me divertir até com um Ka primeira geração com um 1.6 8v de 95 cv no cofre.

          • Artur

            Perfeito comentário! 👏👏👏

            • Gustavo73

              É óbvio que o motor do Fluence GT melhoraria o desempenho do Sandero RS. Mas teria um custo maior, já que teriam que mexer na suspensão e freios. Veja o custo das rodas 17 e os pneus mais eficientes. Aí o carro que custa na faixa dos 70 iria para a faixa dos 80. Para ter um tempo de volta em um track day de o quê? Dois segundos​ mais rápido? Meio segundo a menos no 0-100 e uns 5 km/h a mais na velocidade máxima?seria essa diferença no mundo real no dia a dia? Em um país de Sporting, Pepper, Spicy, Sport e etc. Criticar um RS só pode ser brincadeira.

              • Artur

                Só ver o preço do 208 GT. Um Sandero com motor turbo (devidamente preparado para receber o motor) encostaria ou passaria o 208 GT no preço. E aí o custo benefício ia pro espaço…

              • SDS SP

                Pra mim foi um dos melhores trabalhos já feitos em um carro popular por nossas bandas. À Renault está de parabéns.
                E parece vender até bem, vejo bastante aqui em SP.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      Só uma coisa a falar: um país onde o carro mais vendido é o carro mais inseguro que um chines, tem moral de onde pra criticar a esportividade de um Sandero RS? nenhuma.

    • Edson Fernandes

      Só na suspensão?

      O carro tem preparação de suspensão, usa discos de freios maiores, relação de marchas reduzidas em comparação a outras versões (além de ter 6 marchas), tem bancos mais voltados a esportividade, carro usa molas esportivas e é só uma suspensão alterada?

      Caramba… legal pensar que o trabalho de uma engenharia é só mexer na suspensão.

      • Bryan

        Amiguinho, essas mudanças são normais para adequar num carro leve um motor mais potente, ou seja, o Sandero não foi naturalmente projetado para ganhar motor 2.0 e por essa razão que foram feito ajustes. Natural! A mesma coisa aconteceu com o 208 GT! Isso não quer dizer que um ou outro seja esportivo. Tire essa bobagem da sua cabeça: o Sandero RS não é esportivo, apenas ganhou um motor maior, e só!

        • Tango

          Cara tu não faz a menor ideia do que seja um esportivo.

        • Edson Fernandes

          Você já dirigiu um Sandero RS? Já viu o acerto de preparação dele? Ou está dizendo que o handling dele é algo natural que simplesmente mudar peças resolve?

          Não a toa é unanime dizer que nem parece um rodar de Sandero, porque ele ficou muito bom. Bem… olhe tudo que foi feito e verá que sim, tem partes de prateleira mas há uma preparação real para o carro ser o que é.

  • Diogo Augusto

    Eu sinceramente nunca pensei que um Dacia rebatizado seria tão legal!! Parabéns pela Renault pelo único produto bom e legal que ela trouxe ao nosso mercado desde que começou a vender Dacias!!

  • Miro Saraiva

    Tirando esse adesivo lateral do nome e o aro do velocímetro não mexeria em mais nada. Pelo preço de qualquer ônix gol Fox completo faz esse carro ser uma pechincha sem contar os equipamentos presentes. Da vontade de ter um.

  • Elfo Safadão.

    Quem vence a disputa 208 THP ou Sandero RS?

    • Christian Balzano

      Suspeito que o Sandero. No Acelerados e Fullpower o tempo foi melhor.

      • Elfo Safadão.

        No Acelerados o 208 THP fez 1:08 o SanderoRS fez 1:11.

        • Rodrigo Alves Buriti

          Se bem que esse “novo” Racing Spirit tá com pneus melhores, e o upgrade de pneus é o primeiro passo para se conseguir tempo em pista.

    • Guedes

      208 thp sem dúvida.

    • Artur

      Acho que o Sandero faz curva melhor, mas o motor do GT é bem superior.
      Mas em termos de custo benefício o Sandero é mais negócio.

  • Luccas Villela

    PQP, esses bancos parecem ótimos. Para os padrões de Brasil, os preços estão bons.

  • Brasil_MG

    O carro ficou bacana, mas quando olho para o acabamento das portas….dá um ar de pobreza ao interior do carro… (isso sem falar no painel, que também é simplório)

    • O acabamento de tudo… rs. Os materiais internos da linha Sandero são um tanto humildes, por assim dizer. Não dá pra comparar com os melhores representantes nesse quesito.

      • Brasil_MG

        Também achei o acabamento da Captur pobre como de um Sandero…

  • Eu penso muito seriamente em observar um desse com carinho quando for trocar o meu C4 THP. Ando pensando em mudar radicalmente de “tática veicular” lá em casa: minha esposa em um carro que possa servir a família em algumas viagens que fazemos (normalmente próximas – as longas são mesmo aéreas), provavelmente um SUV’ desses aí (Captur 1.6 com o esperado câmbio CVT pode ser uma opção) e eu em um desses esportivos, ou um Sandero RS ou um 208 GT, com o bom e velho câmbio manual. Ando com saudades disso. Ainda hoje dirigi o carro do meu pai, uma weekend 1.4. Claro, o desempenho dela é discretíssimo e o comportamento dinâmico da suspensão quase sempre molenga da Fiat nem permite qualquer aventura em termos de condução mais esportiva. Mas como é legal passar de marcha…
    O Sandero tem a vantagem do espaço e do preço. O 208 tem um acabamento um tanto melhor, mais equipamentos e um comportamento dinâmico que mesmo o Sandero não iguala. Vamos ver…

    • Guedes

      Captur, não!!!

      • Rs. Um carro com os moldes da Captur. Pensei em um 2008, mas ele é apertado demais para servir como carro de viagem de família. Vamos ver, ainda vai demorar um pouco.

    • Tosoobservando

      Isso alimenta a indústria do carro zero e dos preços altos no Brasil, por isso nunca baixa!

      • Tango

        Três anos de queda forte do mercado que já vinha caindo de maneira bem suave antes. E os preços nunca subiram tanto.

        • Tosoobservando

          Lucro por unidade, falta de concorrencia, mercado fechado, burocracia, tudo isso somado, ae vc tem a “mágica” dos preços altos.

      • Amigo, essa discussão não leva ninguém a nada.
        Não vou trocar meus carros no curto espaço de tempo, mas nem que fosse é uma argumentação plausível essa de demonizar o “mercado do carro zero”.
        – Primeiro porque sequer existiria “mercado do carro usado” sem as vendas dos zero km.
        – Segundo porque economia de qualquer país se faz com produção e consumo. Não querer que a roda econômica gire é querer desemprego, querer pobreza.
        – Terceiro porque há uma infinidade de razões para o preço exorbitante de produtos industrializados no Brasil anteriores ao lucro puro e simples de quem os fabrica.
        Há um vídeo legal do “Acelerados” em que eles discutem exatamente isso, e informam categoricamente sobre o negócio de montar carros: economicamente, não é um negócio atrativo. As chances de fracasso de um produto são enormes sempre, o investimento preliminar é brutal. Quer dizer, você investe milhões antecipadamente (mobiliza muito capital) em um projeto de um carro, em plantas de fábricas, em mão-de-obra, maquinário, etc… tudo em um produto que tem percentual gigantesco de chance de fracassar no mercado. Tudo isso com uma margem de lucro que não é a sétima maravilha do mundo.
        Se for pra demonizar o consumo de veículos zero km, então vamos parar de consumir todo e qualquer produto industrializado no Brasil (todos muito caros em comparação aos países industrializados) e ver o que acontece. E paralelamente comecemos a procurar uma outra nação pra viver e arrumar emprego.
        Triste do povo que demoniza o lucro do trabalho e prioriza o ganho somente através do Estado. Um país em que o filho do pobre sonha com um bolsa família, o filho da classe média sonha em passar em um concurso público e o filho do rico sonha com um bolsa BNDES não tem como prosperar, mesmo.

        • Tosoobservando

          Não estou demonizando nada, apenas eu sou contra comprar produtos enquanto as montadoras praticam lucro abusivo, enquanto elas lançam tranqueiras, como esse Onix, carro mais vendido no país e 0 no crash-test. Isso é desrespeito a vida humana, isso é tratar os latino americanos como lixos, e se valer das leis falhas do país (por causa dos politicos que sim, nos colocamos la, mas na maioria das vezes financiados e protegidos por estas empresas). Vou te lembrar que o mercado so esta assim pq estas mesmas montadoras foram la no governo em 2011 pedir mais protecionismo contra os coreanos e chineses, e óbvio, o governo atendeu. Ae quem paga o pato? Nós consumidores. Quem morre todos os dias em carros sem segurança e estradas piores ainda? Nós o povo. Ae eu vou ser bonzinho com empresas pq fabricar carro é difícil? Muito me admira vc defender estas empresas que não dão valor algum pra vida humana, afinal não precisaria de leis governamentais nem de crash-tests para que as empresas oferececem carros seguros, ainda mais nos preços praticados aqui, apenas o valor a vida, coisa que está na cara que estas empresas não tem. Agora se pra vc e seus familiares andar em carros inseguros é normal e faz parte, pra mim não. Interessante que a maior parte dos setores industriais que temos são super rígidos com padrões, principalmente alimentício, mas o automotivo ainda não é. O lobby é muito forte. Eu faço minha parte, não compro carro com poucas estrelas no crash-test, e dou preferência pra importado mesmo. A minha vida e a da minha família vale mais que alguns e empregos na indústria dessa área, ou algum investimento que venha a ter.

          • Nesta linha de raciocínio, você anda de que? Qual é o carro em nosso mercado com excelentes números de crash test que não cobra por isso? Tem importado barato? Aliás, ser importado é sinônimo de bom desempenho em teste de impacto? Qual é a estratégia? Comprar importado Premium com uma meia dúzia de anos? São tantas perguntas… rs.
            Olha, eu dou muita atenção aos parâmetros de segurança de carros, mas muito, muito mais importante que isso é o cuidado redobrado na direção e o respeito às leis de trânsito. Não é atoa que morrem aos montes por aí motoristas com carros cheios de estrelas em crash tests. Aquela criança na foto já está crescida, cheia de saúde. Não precisa ter dó dela, tem um pai responsável. E da minha vida, cuido eu. Obrigado pela preocupação, mas ela não é necessária.

            • Tosoobservando

              Tem vários modelos, Hyundai Azera, Hyundai Sonata, Hyundai Santa fé, Kia Sportage, Kia Cerato, Kia Optima, Kia Cadenza, Kia MOhave, Kia Sorento etc… até o Kia Picanto foi 4 estrelas no EuroNcap (o que não é pouco, considerando a rigidez do teste, e como esse carro é barato). Eu não tenho grana pra ter ou manter importados premium, dou preferência ou pra japoneses ou coreanos, teve aquele Golf alemão que chegou a ser importado, eu cogitei ter um, afinal eram 7 airbags e mais um monte de dispositivos de segurança. Falando em nacionais, o único carro que me inspirou confiança um dia foi o VW Polo.

        • Tosoobservando

          Estou com dó dessa criança que esta contigo na foto e pensar que por uma irresponsabilidade tua e do nosso governo corrupto, além destas empresas que nos tratam como lixo, a criança pode morrer ou sofrer algum dano em um acidente nestes carros inseguros que temos, por ex. o 208 teve so 2 estrelas no crash-test, o Sandero no ultimo teste teve 0 estrelas, e o Captur nacional ainda nao foi testado, nao sei.

          • O 208 lá em casa tem 6 airbags, com resultados de crash test potencialmente muito diferentes daqueles realizados com modelos de 2 airbags. O Sandero testado é sem airbags, estou falando de um RS que provavelmente não vai ser testado pelo Latin NCAP, mas que basta que se acompanhe através de leituras sobre os reforços estruturais e melhorias dinâmicas realizadas pela Renault para este modelo para saber que o mesmo teria desempenho no crash test significativamente diferente daquele que você cita.
            Portanto, um pouco mais de conhecimento e menos de retórica. E cada um na sua: você compra o que quiser, eu compro o que achar correto, ok? Nada de querer aplicar seus valores a outras pessoas. Daí vem o entendimento.
            Grande abraço.

            • Tosoobservando

              O 208 foi mal no crash-test independente de air-bag, a versão brasileira estruturalmente é fraca, não foi pq tinha 2 ou 6, o LatinNcap tira pontos mas não tanto. O Sandero não vai ter nada de modificação nessa versão, além dos adesivos, do motor etc.. acha que vão mudar a estrutura? Ae é mais fácil fazer outro carro kkkk isso é ilusão tua. Vai ser bateu morreu com certeza!!! E isso não é retórica, é realidade. “..Não é atoa que morrem aos montes por aí motoristas com carros cheios de estrelas em crash tests….” Onde vc viu isso? kkk pq eu vejo estatisticas e a maioria das mortes é em países de 3º mundo e com carros 0 estrela. Os Eua tem 4 vzs menos acidentes com mortes no transito que o Brasil, mesmo tendo 5 vzs carros nas ruas.

              • Rapaz, o teste do 208 foi com 2 airbags, aí você vem me dizer que ter 6 não vai mudar nada? Sabe tudo. Só li até aqui. Acabou a discussão. Não vale a pena. Fui!

                • Tosoobservando

                  Estruturalmente air-bags não salvam vidas se a se o resto for fraco, e o 208 demonstrou ser. Ok nao quer ler o restante não leia, quer andar em carros inseguros feitos para o 3º mundo ande, mas não queira obrigar os outros a aceitar estas tranqueiras e achar normal o que as montadoras e o governo aqui faz.

                  • Véio, farraivanão… kkkk. Seguinte: 208 teve avaliação negativa da estrutura lateral, o que causou danos acima do esperado nos dummies em impacto lateral. Colocou airbag lateral e de cortina, óbvio e gritante que os danos aos dummies vão diminuir absurdamente e a nota aumenta. Dê uma lida sobre o conceito dos testes de impacto e vai entender. Ninguém sai desmontando carro no Latin Ncap para avaliar estrutura, não. É tudo feito através da marcação de danos aos dummies. Aposto em 4 estrelas para um 208 Griffe de 2016 para frente. Para o meu perfil e da minha esposa que nunca se envolveram em acidentes em quase 30 anos de condução, está ótimo. Ainda mais se considerar que em 90% das oportunidades em que viajo de carro estou em veículos da empresa, que normalmente são modelos com péssimo desempenho em testes de colisão.
                    Agora, quem está querendo me convencer a seguir uma opinião particular é você. Eu só citei dois modelos que pode ser que daqui a uns dois anos, quando for trocar meus carros, eu possa observar para compra. Não falei pra ninguém seguir minha opinião. Não queira você me obrigar a comprar um carro importado só porque você quer. Releia os textos aí para trás e vais ver que o único aqui querendo impor sua escolha aos outros é você.

                    • Tosoobservando

                      Kra vc pode ter 30 anos de condução mas basta apenas um acidente nestas carroças brasileiras para tu e tua esposa morrer kkkk então meu amigo, se cuida ta!!

                    • Faz drama não, homi! kkkk. Abraço. Te cuida aí também.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    nesse preço poderiam caprichar mais no interior, com bancos em couro perfurado, revestimento nas portas em couro também e um câmbio CVT que seria o mesmo do fluence, aí sim ficaria animal (penso eu)

    • Tango

      Câmbio CVT?

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        não custa sonhar

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        é o único disponível entre a parceria renault/nissan, ou queria o easy R ?

        • Tango

          Esportivo, o manual é o ideal.

  • Lucas086

    De melhora mesmo, só os pneus… quanto ao carro, fico impressionado como ele vende pouco. O Stepway vende bem mais e a diferença é patética, que nem a presidentA disse hoje referente as delações, o RS merecia vender bem mais, pq qualidades tem o carro e o concorrente próximo custa uns 15 mil a mais.

    • O Pato

      O stepway é altinho e ser altinho ta na moda.
      O consumidor comum não quer se sentir por baixo no trânsito do mesmo jeito que nos outros aspectos da vida.

    • Edson Fernandes

      O negocio é que o consumidor não conhece o rodar e, ve um carro mais baixo. Muitos não querem carros assim. Não é um carro feito para uso diario.

  • leandro

    Depois pessoal reclama das montadoras, pois quando colocam no mercado um produto diferenciado pessoal so coloca defeito e ainda compara up tsi com um esportivo. So compara freios que no up que sou propetario é apenas suficiente. Pra acaba.

  • Daniel dos Santos

    Vidros eletricos, somente na dianteira…economia porca…continua sendo um misero Sandero

    • Império Babaca

      Não mano, tem vidro elétrico nas 4, é que os comando dos vidros traseiro ficam no console central…

  • thi

    66 mil nesse renault ???, ja acho o up! um estrupo mas ainda é mais seguro e tem um motor que não precisa nem falar

  • Diego Inacio da Silva

    Por esse valor é possível comprar um Civic lxr, motor 2.0 moderno, econômico e que anda bem mais que esse esportivo fake da Renault. Sem contar o status de andar em um Honda Civic. Para mim gastar 66 k num carro hatch FRANCÊS de entrada travestido de esportivo é uma loucura, uma insanidade enorme. Se interar mais uns 13k é possível comprar um médio novo! Outra, esse carro não tem desempenho de esportivo nunca!!!
    Como disse é jogar dinheiro fora.

    • Edson Fernandes

      Ah não anda! Pode colocar o LXR de 5 marchas ou CVT, mas não anda mesmo!

      Pode ser frances ou que nacionalidade for… andar mais não tem nacionalidade, mas preparação. Nisso nem Civic ganha. Agora, tudo é questão do que se procura.

      • Diego Inacio da Silva

        Cara a única preparação que existe nesse esportivo fake é o calçamento com pneus Michelin. De resto o carro possui um motor 2.0 de concepção antiga, que entrega algo em torno de 150 cavalos. O carro é normal, não tem nada de mais para justificar a dita esportividade e o valor salgado.
        Comprar esse carro é uma loucura pura e simples. É jogar dinheiro fora.
        Algo estranho ao meu ver é existir fanboy de Renault. Nunca tinha visto!rsrdrs

        • Edson Fernandes

          Não sou fanboy, só sou realista.

          É só comparar com carros do preço e porte dele. O pessoal adora falar de potencia e eu falo de conjunto. O carro tem acerto diferenciado de fato. Essa é a grande questão.

          Se a pessoa não enxerga isso e acha que falar positivamente disso é ser fanboy da marca, aí é a visão da pessoa.

          Eu não compraria nunca um Sandero RS por esse preço, mas reconheço que tem sim preparação esportiva.

  • Luciano Barbosa

    Versão de DESPEDIDA…

  • Marcio Mendes

    Esse Dacia, além de caríssimo, é cafona pra k7!!! Parece o carro da pomba-gira!!! Só pais-de-santo vão comprar!

  • Edson Fernandes

    Pode fazer na reta, o up toma benga do RS igual…rs

  • NaoFaloComBandeirantes

    O IPI de um carro deveria levar em conta a quantidade de adesivos: quanto mais adesivo, mais impostos.

    Ô coisa feia.

    E esses detalhes vermelhos ficaram altamente Xuning. Para usar vermelho no acabamento, tem que ser um pequeno detalhe (um emblema, um pequeno friso..) e não sair pitanto todo e qualquer detalhe de vermelho.

    Eu adoro motor potente. Mas nem por isso gostaria de dirigir um carro do Veloses e Furiosos.

  • Ibrahim Shehata

    Isso é a forma que as montadoras utilizam para tirar dos pobres coitados o dinheiro que eles não tem……..com prestações de perder de vista!!!!!……Para deixar o pobre sentir que está dirigindo um FERRARIIIIIIIIIII……..e se FERRA junto. Filho de papai anda de MINI…….KKKKKK…….que é um outro lixo vendido ao peso de ouro para os filhos do papai que não tem a noção de onde o dinheiro vem……………

  • FabioH

    Encheram o RS de penduricalhos e chamaram de “série especial”, nenhuma novidade, mas não gostei, prefiro o RS original.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend