Governamental/Legal Montadoras/Fábricas Renault

Renault suspende contrato de trabalho de 1.000 funcionários, no Paraná

renault-logo Renault suspende contrato de trabalho de 1.000 funcionários, no Paraná







A Renault diz que a suspensão do contrato de trabalho de 1.000 funcionários de sua fábrica em São José dos Pinhais, no Paraná é temporária. Mas, do jeito que as coisas vão, pode ser que não. Essas pessoas são nada menos que um terço da força de trabalho da montadora por lá.

Essas pessoas terão de ficar CINCO MESES sem trabalhar, recebendo bolsa de qualificação profissional paga pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e ajuda compensatória da montadora para atingir o valor integral do salário.

Temporariamente é uma situação tranquila para esses funcionários, mas o que podemos dizer de quando acabarem os cinco meses? A medida, segundo a montadora, teve como objetivo evitar a demissão dos funcionários.

Mas é muito pouco provável que a situação do mercado esteja tão boa daqui cinco meses, que eles sejam pegos de volta.

[Fonte: Renault]



  • mcrafilski

    eh, realmente eh complicado…
    mas melhor isso do que anunciar uma demissao em massa…
    com certeza causaria mais danos, e com certeza mais alarde para o mercado ne…

  • luiz_2008

    Mas tem um lado bom!
    Significa que haverá menos Logans e Sanderos circulando nas ruas…
    Vão ser feios assim lá na Romênia!!

  • Pereira

    a Renault demonstra que tem respeito pelo mercado brasileiro. Ao não demitir os funcionários, faz com que 1000 familias fiquem tranquilas, continuam pagando parte de seus salarios (a diferença vem do INSS, ou seja, o funcionario continua recebendo 100%) além de continuar pagando IR/INSS e férias da turma toda. Um exemplo pra outras montadoras.

    Pena o pessoal continuar comprando carro apenas pela aparencia, como o amigo do post acima…. (ou sera q ele tem um logan?)

  • Zafir Kiffar

    Esta atitude da Renault deve servir de exemplo para as demais montadoras e metalurgicas instaladas no Brasil. Demonstra respeito para com os funcionários e para com a sociedade local, diferentemente de outras que já promoveram demissões em massa.

    Se o amigo do post 02 estivesse dentre os 1000 funcionários suspensos acho que pensaria bem diferente.

    Parabéns Renault! Torcemos para que esta crise termine nos próximos 5 meses.

  • Roberto

    Como procede tal acordo, qual a legalidade?

  • WDA

    Apesar de a matéria estar bastante pessimista, insinuando que o mercado não deve melhorar nos próximos meses, desta vez os comentários estão realistas… Mais vale, querendo ou não, dar férias coletivas do que mandar embora… 1000 pessoas sem emprego geram uma bola de neve na economia local!


Send this to a friend