Jeep Matérias NA SUVs

Renegade 2016: versões, preços, conteúdo, desempenho, motor

Renegade 2016: versões, preços, conteúdo, desempenho, motor

O Renegade 2016 foi lançado em março de 2015 como uma releitura moderna do clássico Jeep, que aqui foi fabricado pela Willys Overland do Brasil e depois pela Ford.


Apresentado como um SUV compacto, o modelo da Jeep tinha um projeto global que reunia uma plataforma desenvolvida pela Fiat com a expertise da marca americana, reunidos num produto sem equivalentes no mercado.

Com formas bem rústicas e robustas, o Jeep Renegade aparecia como um carro realmente reforçado para suportar os testes de segurança de institutos federais ou privados, assim como pela imagem de resistência.

Isso se refletia até no peso, bem maior que os SUVs compactos de mesmo porte. Diferentemente dos demais, o utilitário esportivo da Jeep tinha um DNA 4×4 e isso significava que ele teria não só tração nas quatro rodas.

Para dar um desempenho que realmente fosse satisfatório nessa condição, a Fiat Chrysler adicionou um motor diesel 2.0 Multijet com 170 cavalos e 35,7 kgfm para fazer frente aos desafios, assim como um câmbio automático de nove marchas.

Suspensão independente nas quatro rodas e freios a disco em todas elas, faziam do Renegade 2016 um produto sem igual. Isso porque ainda tinha os modos de condução para cada situação de terreno.

Bem equipado desde a versão de acesso, o pequeno SUV sofreu com motorização flex. A FCA decidiu baratear o produto com o E.torQ Evo de até 132 cavalos, um ex-Chrysler (BMW), que foi (e ainda é) considerado fraco para o modelo.

No exterior, não havia opção viável financeiramente para equipa-lo melhor. Com tração dianteira e câmbio automático de seis marchas, o Renegade Flex era reconhecível pela frente baixa e para-choque com spoiler.

Cheio de easter eggs, o utilitário americano tinha referências ao passado e ao presente, fato que também coincidiu com sua produção brasileira, que ocorre em Goiana-PE, mesmo estado que na década de 60, fabricou o modelo clássico da Jeep.

Renegade 2016 – detalhes

Renegade 2016: versões, preços, conteúdo, desempenho, motor

 

O utilitário esportivo da Jeep chegou ao mercado como Renegade 2016 e trouxe basicamente quatro versões, sendo que três delas chegaram na estreia: Sport, Longitude e Trailhawk.

Meses depois, chegou a versão sem denominação, chamada simplesmente de “1.8”. O SUV da FCA traz um visual que remete completamente ao passado, num retorno histórico bem harmonioso.

Cheio de referências, o produto traz um formato quadradão, dotado de colunas largas e reforçadas, para-brisa bem vertical (quase como de um caminhão) e saias de rodas quadradas.

Ruim de aerodinâmica, o Renegade é um carro jovem e que propõe desafio. Na frente, uma simpática grade com os sete elementos verticais característicos da marca, assim como singelos faróis circulares de lente única ou duplo xênon.

O para-choque preto e envolvente podia ter faróis de neblina e luzes diurnas (comuns) dependendo da versão, assim como repetidores de direção.

Contudo, o protetor frontal não era o mesmo para as duas motorizações. No diesel, a suspensão dianteira é mais elevada e o para-choque traz uma curvatura inferior para permitir um ângulo de entrada maior no fora de estrada.

Nas versões Flex, a frente do SUV é nitidamente mais baixa e o para-choque assume uma forma mais aerodinâmica na parte inferior, ganhando um spoiler integrado e praticamente sem curvatura abaixo, reduzindo o ângulo de entrada.

Como a proposta do motor 1.8 é servir aos donos que vivem nas cidades e querem andar com estilo, ele não precisa desse recurso para o 4×4, assim como a suspensão não precisa ser alta.

Contudo, o Renegade 2016 raspa facilmente a frente em rampas e lombadas grandes, por conta dessa característica. As saias de rodas são protegidas, enquanto as maçanetas pretas são grandes.

Na traseira, as lanternas com um “X” tem história. Como não foi possível adicionar o galão de gasolina original do Jeep clássico, que ostentava um “X”, o mesmo foi adicionado às lentes quadradas do SUV.

As colunas C retas e reforçadas destacam a traseira, que tem vigia ampla. O para-choque traseiro era único para as duas motorizações e vinha com luz de ré de neblina. Os retrovisores são grandes e quadrados.

Já o teto é quase reto e vem com vincos acentuados, excluídos no uso de teto solar panorâmico. No Trailhawk, o Renegade tinha um visual e alterações exteriores bem visíveis.

A grade dianteira era totalmente preta, tendo ainda uma faixa preta sobre o capô. O logotipo da Jeep também era na mesma cor, enquanto o para-choque ostentava dois ganchos de cor laranja para reboque.

A suspensão era mais elevada e as rodas de liga leve aro 17 polegadas eram exclusivas, sendo pretas. O teto preto trazia barras longitudinais, um item que só não era presente na versão Sport.

Já as maçanetas eram na cor do carro, enquanto os retrovisores eram em preto fosco. Na traseira, o para-choque ostentava outro gancho de cor laranja. O SUV vinha com badges “Trail Rated”, uma marca do 4×4 da Jeep.

Por dentro, o Renegade 2016 tem um painel moderno, que chama atenção pelos difusores de ar centrais sobre o conjunto, assim como pelo tamanho diminuto da multimídia Uconnect, com tela de apenas 5 polegadas.

Alça no lado do passageiro, porta-luvas amplo e comandos robustos do ar condicionado (manual ou automático), se apresentam, assim como as cores contrastantes de cada versão.

Na Sport, alto-falantes, base da alavanca de câmbio e difusores de ar laterais eram de cor cinza. Já na Longitude, eram em cobre. Por fim, a Trailhawk trazia estes mesmos elementos em vermelho vivo.

O volante com ajustes em altura e profundidade era o mesmo para todos, mas tinha couro apenas nas duas mais caras. Ele trazia comandos de mídia, telefonia, computador de bordo e piloto automático.

Já o cluster era analógico, sendo que na Sport tinha apenas um display de 3,5 polegadas entre os instrumentos. Opção na Longitude, a tela TFT de 7 polegadas aparecia entre os mostradores, num visual realmente moderno.

A multimídia Uconnect trazia Android Auto e CarPlay, além de câmera de ré e GPS. No console central, havia um seletor de tração na versão diesel, com os modos Auto, Sand, Mud e Snow, tendo ainda Rock exclusivo da Trailhawk.

Nesse modelo, há também controle de descida, bloqueio eletrônico do diferencial traseiro e redução no 4×4. O Renegade 2016 já chegou ao mercado com freio de estacionamento eletrônico.

Com bancos envolventes, o SUV tem porta-objetos sob o assento do passageiro, tendo um mapa em alto relevo no mesmo. Os alto-falantes possuem o visual da frente do Jeep, enquanto o para-brisa tem a reprodução do modelo clássico.

Os easter eggs aparecem até mesmo na tampa do bocal do tanque, que tem uma aranha (indicando economia). Existem outras marcas ocultas no utilitário esportivo.

Na versão Longitude, o teto solar era panorâmico, mas no Trailhawk, havia opção de um teto duplo removível e sem vidro, que tinha uma chave especial para seu travamento. As tampas cabiam no diminuto porta-malas de 260 litros.

Com vão livre entre 20,5 cm e 21,2 cm, o utilitário esportivo da Jeep tem ângulos de 31,3° de entrada, 22,8° de rampa e 33° de rampa, sendo bem apto ao fora de estrada.

O Renegade 2016 teve ainda uma série especial Limited Edition para a versão Longitude 1.8, trazendo rodas aro 18, teto bicolor, cluster análogo-digital, airbags laterais e de cortina, airbag do joelho e bancos em couro.

O SUV também comemorou 75 anos da Jeep com edição “75 Anos”, que trazia visual personalizado e pintura verde com detalhes em bronze, disponível apenas para a versão Sport Flex ou Diesel.

Renegade 2016 – versões

Renegade 2016: versões, preços, conteúdo, desempenho, motor

  • Jeep Renegade 1.8 MT5
  • Jeep Renegade Sport 1.8 MT5
  • Jeep Renegade Sport 1.8 AT6
  • Jeep Renegade Longitude 1.8 AT6
  • Jeep Renegade Sport 2.0 AT9 4×4
  • Jeep Renegade Longitude 2.0 AT9 4×4
  • Jeep Renegade Trailhawk 2.0 AT9 4×4

Equipamentos

Renegade 2016: versões, preços, conteúdo, desempenho, motor

Renegade 1.8 MT – Motor E.torQ Evo 1.8 Flex e transmissão manual de cinco marchas, mais ar condicionado, direção elétrica, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, vidros elétricos one touch, travas elétricas, retrovisores elétricos, chave canivete com acionamento de vidros e travas, rodas de aço sem calotas aro 16 polegadas, pneus 215/65 R16, sistema de áudio com Bluetooth e USB, entrada auxiliar, freios com ABS, airbag duplo, controle de tração, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa, freio de estacionamento eletrônico, freios a disco nas quatro rodas, controle de oscilação de trailer, cintos de segurança de 3 pontos para todos, bancos em tecido, banco do motorista com ajuste em altura, apoios de cabeça para todos, controle de vetoração de torque, entre outros.

Renegade Sport 1.8 MT – Itens acima, mais sensor de estacionamento traseiro, faróis de neblina, rodas de liga leve aro 16 polegadas e retrovisores com repetidores de direção.

Opcionais:

Pacote Safety, que adiciona airbags laterais, de cortina e airbag de joelho, além de monitoramento de pressão dos pneus.

Pacote Comfort, que adiciona banco do passageiro com porta-objetos sob o assento, retrovisores com rebatimento elétrico, tomada de 12V no bagageiro, fonte de 127V e lanterna retrátil.

Pacote Multimídia, que adiciona multimídia Uconnect com tela de 5 polegadas, volante em couro, sistema de navegação GPS, sistemas Android Auto e CarPlay, Bluetooth, USB e câmera de ré.

Teto solar elétrico.

Parafuso antifurto.

Renegade Sport 1.8 AT6 – Itens acima, mais transmissão automática de seis marchas com mudanças manuais na alavanca e controle de cruzeiro.

Opcionais:

Pacote Safety, que adiciona airbags laterais, de cortina e airbag de joelho, além de monitoramento de pressão dos pneus.

Pacote Comfort, que adiciona banco do passageiro com porta-objetos sob o assento, retrovisores com rebatimento elétrico, tomada de 12V no bagageiro, fonte de 127V e lanterna retrátil.

Pacote Multimídia, que adiciona multimídia Uconnect com tela de 5 polegadas, volante em couro, sistema de navegação GPS, sistemas Android Auto e CarPlay, Bluetooth, USB e câmera de ré.

Teto solar elétrico.

Parafuso antifurto.

Renegade Sport 2.0 AT9 – Motor diesel Multijet II 2.0 com transmissão automática de nove marchas e mudanças na alavanca, bem como seletor de tração Selec-Terrain (Auto, Snow, Mud e Sand), bloqueio eletrônico do diferencial traseiro, controle de descida e bloqueio do 4×4.

Opcionais:

Pacote Safety, que adiciona airbags laterais, airbags de cortina e airbag de joelho, além de monitoramento de pressão dos pneus.

Pacote Comfort, que adiciona banco do passageiro com porta-objetos sob o assento, retrovisores com rebatimento elétrico, tomada de 12V no bagageiro, fonte de 127V e lanterna retrátil.

Pacote Multimídia, que adiciona multimídia Uconnect com tela de 5 polegadas, volante em couro, sistema de navegação GPS, sistemas Android Auto e CarPlay, Bluetooth, USB e câmera de ré.

Teto solar elétrico.

Parafuso antifurto.

Renegade Longitude 1.8 AT6 – Itens do Sport e seus opcionais, além de maçanetas e retrovisores na cor do carro, multimídia Uconnect com tela de 5 polegadas, volante em couro, sistema de navegação GPS, sistemas Android Auto e CarPlay, câmera de ré, rodas de liga leve aro 17 polegadas com pneus 215/60 R17.

Opcionais: 

Pacote Safety, que adiciona airbags laterais, airbags de cortina e airbag de joelho, além de monitoramento de pressão dos pneus.

Pacote Luxe, que adiciona bancos em couro e rodas de liga leve aro 18 polegadas com pneus 225/55 R18.

Pacote Tech 1, adiciona alerta de ponto cego, Park Assist, retrovisor eletrocrômico, sensor de chuva, sensor crepuscular, entrada e partida sem chave, lanterna retrátil e retrovisores com rebatimento elétrico.

Pacote Tech 2, acrescenta cluster análogo-digital, faróis bi-xênon, banco do motorista com ajustes elétricos, sistema de som Beats, multimídia Uconnect com tela de 6,5 polegadas e reconhecimento de voz.

Renegade Longitude 2.0 AT9 4×4 – Itens do Longitude 1.8 Flex AT6, mais câmbio de nove marchas, tração 4×4 com Selec-Terrain e para-choque dianteiro exclusivo.

Opcionais: 

Pacote Safety, que adiciona airbags laterais, de cortina e airbag de joelho, além de monitoramento de pressão dos pneus.

Pacote Luxe, que adiciona bancos em couro e rodas de liga leve aro 18 polegadas com pneus 225/55 R18.

Pacote Tech 1, adiciona alerta de ponto cego, Park Assist, retrovisor eletrocrômico, sensor de chuva, sensor crepuscular, entrada e partida sem chave, lanterna retrátil e retrovisores com rebatimento elétrico.

Pacote Tech 2, acrescenta cluster análogo-digital, faróis bi-xênon, banco do motorista com ajustes elétricos, sistema de som Beats, multimídia Uconnect com tela de 6,5 polegadas e reconhecimento de voz.

Renegade 2016: versões, preços, conteúdo, desempenho, motor

Renegade Trailhawk 2.0 AT9 4×4 – Itens acima, mais suspensão elevada, capô com faixa preta, teto preto, ganchos em cor laranja nos para-choques, grade preta, cluster análogo-digital, retrovisor eletrocrômico, sensor de chuva, sensor crepuscular, rodas aro 17 polegadas exclusivas, badge Trail Rated, retrovisores personalizados, detalhes do interior em vermelho e bancos personalizados.

Opcionais:

Teto solar My Sky.

Bancos em couro.

Pacote Safety, que adiciona airbags laterais, airbags de cortina e airbag de joelho, além de monitoramento de pressão dos pneus.

Pacote Tech 3, que acrescenta alerta de ponto cego, Park Assist, entrada e partida sem chave, lanterna retrátil e retrovisores com rebatimento elétrico.

Pacote Tech 4, que inclui faróis bi-xênon, banco do motorista com ajustes elétricos, sistema de som Beats, multimídia Uconnect com tela de 6,5 polegadas e reconhecimento de voz.

Preços

Renegade 2016: versões, preços, conteúdo, desempenho, motor

  • Jeep Renegade 1.8 MT5 – R$ 68.900
  • Jeep Renegade Sport 1.8 MT5 – R$ 71.900
  • Jeep Renegade Sport 1.8 AT6 – R$ 76.900
  • Jeep Renegade Longitude 1.8 AT6 – R$ 82.900
  • Jeep Renegade Sport 2.0 AT9 4×4 – R$ 99.900
  • Jeep Renegade Longitude 2.0 AT9 4×4 – R$ 109.900
  • Jeep Renegade Trailhawk 2.0 AT9 4×4 – R$ 119.900

Renegade 2016 – motor

O Renegade 2016 surgiu com o E.torQ Evo 1.8, que nasceu como Tritec. Não existia um 1.8 na linha da empresa criada pela BMW e Chrysler no fim dos anos 90. Ele era um 1.6 16V SOHC que tinha até uma versão com compressor.

Assim, o propulsor passou a ter 1.747 cm3, ostentando assim 130 cavalos na gasolina e 132 cavalos com álcool, ambos a 5.750 rpm. Já o torque, a Jeep teve que mexer. Ele foi elevado para 18,6 kgfm na gasolina e 19,1 kgfm no etanol.

Eles eram obtidos a 3.750 rpm, mas mesmo assim, o desempenho ficava abaixo do esperado. O Renegade 1.8 Flex tinha câmbio manual de cinco marchas ou automático com seis velocidades, sem modo Sport, mas com opção de paddle shifts.

Já a versão diesel vinha da gama Multijet, sendo um diesel 2.0 com 16V e duplo comando no cabeçote, tendo injeção direta Common Rail e turbocompressor com geometria variável e intercooler.

Tendo 1.956 cm3, o 2.0 diesel dispõe de 170 cavalos a 3.750 e 35,7 kgfm a 1.750 rpm, despejando grande força em baixas rotações, tendo ainda boa economia em estrada e cidade.

A FCA adicionou à ele a caixa automática de nove marchas da ZF com conversor de torque, o modelo 9HP. Além disso, incorporou recursos para o off road, além de tração nas quatro rodas com eixo cardã, diferencial traseiro e semi-eixos.

Desempenho

Renegade 2016: versões, preços, conteúdo, desempenho, motor

O Renegade 2016 tinha os seguintes números de 0 a 100 km/h e velocidade final:

  • Jeep Renegade 1.8 MT5 – 10,2 segundos e 182 km/h
  • Jeep Renegade 1.8 AT6 – 11,1 segundos e 182 km/h
  • Jeep Renegade 2.0 AT9 4×4 – 9,9 segundos e 190 km/h

Consumo

O Renegade 2016 tinha consumo em cidade/estrada de etanol/gasolina:

  • Jeep Renegade 1.8 MT5 – 6,7/7,4 km/l e 9,6/10,7 km/l
  • Jeep Renegade 1.8 AT6 – 6,7/7,4 km/l e 9,5/10,7 km/l
  • Jeep Renegade 2.0 AT9 4×4 – 9,4/11,5 km/l (diesel)

Renegade 2016 – manutenção e revisão

Revisão12.000 km20.000 km24.000 km36.000 km40.000 km48.000 km60.000 kmTotal
1.8   FlexR$ 469,00R$ 832,00R$ 1.014,00R$ 832,00R$ 1.472,00R$ 4.619,00
2.0 DieselR$ 906,00R$ 1.365,00R$ 1.566,00R$ 3.837,00

Renegade 2016 – ficha técnica

Motor1.8 E.torQ Evo2.0 Multijet
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha, turbo
Cilindrada em cm317471956
Válvulas1616
Taxa de compressão
Injeção eletrônicaIndireta FlexDireta
Potência máxima130/132 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol)170 cv a 3.750 rpm (diesel)
Torque máximo18,6/19,1 kgfm a 3.750 rpm (gasolina/etanol)35,7 kgfm a 1.750 rpm (diesel)
Transmissão
TipoManual de 5 marchas/automática de 6 marchasAutomática de 9 marchas
Tração
TipoDianteira4×4
Direção
TipoElétricaElétrica
Freios
TipoDiscos dianteiros e traseirosDiscos dianteiros e traseiros
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPherson
TraseiraMcPhersonMcPherson
Rodas e Pneus
RodasAço ou Liga leve, aros 16, 17 ou 18 polegadasLiga leve, aros 16, 17 ou 18 polegadas
Pneus215/65 R16, 215/60 R17 ou 225/55 R18215/65 R16, 215/60 R17 ou 225/55 R18
Dimensões
Comprimento (mm)4.2324.232
Largura (mm)1.7981.798
Altura (mm)1.6661.725
Entre eixos (mm)2.5702.570
Capacidades
Porta-malas (l)260260
Tanque de combustível (l)6060
Carga (kg)400400
Peso em ordem de marcha (kg)1.393 (MT), 1.440 (AT)1.636, 1.674 (Trailhawk)
Coeficiente aerodinâmico (cx)NDND

Renegade 2016 – fotos

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

    Quem somos

    O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

    Notícias por email