Elétricos EUA Pickups Rivian SUVs

Rivian adia estreia de picape e SUV elétricos para 2021

Rivian adia estreia de picape e SUV elétricos para 2021

A startup mais badalada do setor automotivo americano tem o primeiro revés em sua curta história. Com a pandemia de coronavírus assolando os EUA, onde existem 389 mil casos e 14,6 mil mortes decorrentes do surto.


Diante de um mercado que está parando mais a cada dia que passa, sem contar as fábricas fechando, a Rivian decidiu adiar a estreia de sua dupla de veículos elétricos.

A picape R1T e o utilitário esportivo R1S ficam para 2021. Sem um ambiente propício para iniciar as vendas (e convencer o consumidor), a dupla da Rivian chegaria ao final do ano. Agora apenas em uma data ainda não definida para o próximo ano.

Rivian adia estreia de picape e SUV elétricos para 2021

Os planos da Rivian para 2020 incluíam a contratação de milhares de trabalhadores para a antiga fábrica da Mitsubishi em Normal, Illinois, no entanto, por conta do Covid-19, essa ação será suspensa temporariamente.

Atualmente, apenas 60 pessoas trabalham lá, mas na manutenção de equipamentos e com distância segura entre as pessoas, a fim de evitar o contágio.

Enorme, a fábrica de Normal foi comprada pela Rivian em 2017 por US$ 17 milhões, sendo que a empresa recebeu posteriormente injeção de US$ 500 milhões da Ford e mais US$ 700 milhões da Amazon, fora outros investidores menores.

Rivian adia estreia de picape e SUV elétricos para 2021

Com uma baita receita adquirida, a Rivian iria lançar primeiro a R1T, seguida do R1S e então do furgão de encomendas da Amazon, que é um produto exclusivo da gigante do comércio eletrônico.

Além disso, a Rivian trabalha com a Ford no desenvolvimento de veículos elétricos mais pesados, devendo sair daí uma F-150 ou equivalente 100% elétrica, assim como um SUV energizado da Lincoln.

Mesmo seus produtos já são bem interessantes, sendo que a R1T poderá levar seis pessoas em cabine dupla, tendo até 800 cavalos de potência e acelerando até 96 km/h em 3 segundos.

A picape tem grande capacidade de reboque e pode girar no próprio eixo durante condução na terra, um recurso interessante para manobras em trilhas.

[Fonte: Chicago Tribune]

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • leomix leo

    É bom que eu junto mais dinheiro.

  • Natán Barreto

    A Rivian já é a Tesla da próxima década. Ainda mais que os carros já estão prontos, só faltam lançar.

    • Luconces

      Em qual sentido? A Rivian tem malemá dois produtos que nem foram lançados e zero expertise no segmento.

      O produto parece muito bem bolado e acabado mas dizer que é a Tesla da próxima década é meio exagerado.

  • th!nk.t4nk

    Chocado que essa vaporware adiou seus lançamentos. A Rivian está sendo mais idolatrada que a Tesla ultimamente.

  • Guilherme Martins

    Ele conseguiu fazer um design quadrado já quase sinônimo de L&R, melhor que a L&R!

  • Toyo_Highlander fan

    Queria muito ver um cabo de guerra entre essa Rivian e o Cybertruck.

  • Toyo_Highlander fan

    Para mim os modelos hibridos serão a melhor opção de escolha. Dois sistemas trabalhando em um único propósito aonde engloba economia de energia e autonomia. Um carro hybrido entrega uma condição de viagem bem maior que um elétrico dos melhores. Desconheço um carro elétrico que percorra 700 km ou 1000 km como o Volvo XC90 T8 hibrido que alcança 945 km.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email