Chevrolet Europa SUVs

Rússia: Lada assume Chevrolet Niva após retirada da General Motors

Rússia: Lada assume Chevrolet Niva após retirada da General Motors

Lembra do Lada Niva? Pois é, o pequeno 4×4 de origem soviética (foi projetado pela Fiat em realidade) continua firme e forte na Rússia. Contudo, além da carroceria clássica, o jipe agora tem um companheiro, o Novo Niva.


Não se trata da esperada nova geração do modelo e nem mesmo é um carro atual. O modelo surgiu após a retirada da General Motors do mercado russo, vendendo assim sua parte na joint-venture GM-AvtoVAZ.

Rússia: Lada assume Chevrolet Niva após retirada da General Motors

Essa empresa russa já havia produzido por lá o Opel Astra G, que assim como no Brasil, foi vendido como um Chevrolet por aquelas bandas. Dessa parceria, a GM requisitou o velho Niva, mas criou um carro diferente sobre sua mecânica.

Este ficou conhecido como Chevrolet Niva e, de fato, era uma evolução do icônico soviético, inclusive mesmo servindo como uma segunda geração, porém, nunca foi vendido pela Lada.

Agora, o Lada Niva 2020 finalmente assume sua herança genética, passando a fazer parte do portfólio da marca de carros mais popular da Federação Russa.

Rússia: Lada assume Chevrolet Niva após retirada da General Motors

De mudança mesmo, apenas o grafismo do cluster é diferente, assim como a logotipia do famoso barco da Lada. Com aparência dos anos 90, ele lembra um Suzuki Vitara, mas é estilisticamente mais moderno que o Niva clássico (lá vendido simplesmente como “4×4”).

Ele chama atenção pelos faróis duplos escurecidos e pelo snorkel integrado à coluna A do lado esquerdo. Tem rodas de liga leve, barras no teto e protetores pretos envolvendo toda a parte inferior da carroceria.

Rússia: Lada assume Chevrolet Niva após retirada da General Motors

Dentro, o ambiente continua antigo, porém, traz multimídia com tela destacada e airbag duplo, comandos de ar condicionado e sistema de som, assim como vidros elétricos, tudo centralizado no painel.

Tem ainda necessários bancos com aquecimento, apoio de braço reversível (com porta-copos inferior) e acabamento em tecido até nas portas traseiras.

Rússia: Lada assume Chevrolet Niva após retirada da General Motors

Repare que o projeto do Niva original não se adaptou completamente à nova carroceria, ficando a alavanca de câmbio bem colada ao painel. A menor serve ao sistema 4×4 com reduzida, algo importante na Rússia.

Com eixo rígido na traseira, o Lada Niva 2020 é um pequenino SUV com boas características para o off road. Sua mecânica ainda reflete a influência do jipinho da AvtoVAZ, sendo o longevo 1.7 8V de 80 cavalos e 12,9 kgfm, com injeção eletrônica.

Rússia: Lada assume Chevrolet Niva após retirada da General Motors

O câmbio é manual de cinco marchas e a redução serve para todas. Ou seja, pode dispor aí de 10 marchas. Com isso, ele pode rebocar até 1.200 kg. Mostrado como VAZ-2123 em 1998, só iniciou a produção como Chevrolet em 2002.

De lá para cá, foram vendidos nada menos que 700 mil unidades do Chevy Niva, não sendo assim exatamente um produto ruim de mercado. Pelo menos na Rússia, onde possui ainda uma versão mais simples, sem os adornos pretos. O preço ainda não foi revelado.

Lada Niva 2020 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Marcus Vinicius

    O Novo Niva têm um Volante que lembra o Celta fabricado no Brasil !

    • ricmoriah

      Exatamente

    • Tommy

      Esse volante tem origem no Corsa D, que não veio pra cá, aliás o painel inteiro tem peças Opel.

    • Paulo Lustosa

      É volante de Corsa

    • Ⓜ️arcelo

      Se eu não me engano esse carro tem um Q do primeiro Tracker

      • ricmoriah

        Naquela época, a Suzuki estava sob influência da GM, daí a semelhança.

        • Tosca16

          Eu pensava que era o contrário, a Tracker era um projeto da Suzuki.

          • Edson Fernandes

            Mas é isso mesmo. Era o vitara da epoca que a GM rebatizou de Tracker.

    • Guilherme Batista

      O volante, as saídas de ar, os mostradores no painel, os botoes do ar condicionado…
      Tudo isso é do corsa.

  • Tosca16

    Se aqui fosse um país aberto a importações, um importador independente traria essa Niva e lucraria horrores, não duvido vender fácil umas 100 unidades mês.

    • More of the punisher

      Seriam apedrejados, o importador e os carros. Temos que seguir EM FRENTE, melhorar, e não ressuscitar lixo do passado. Já pensou que “seguro ” é um traste desses?

      • Tosca16

        Cara, o antigo Niva é comercializado na Alemanha, imagina aqui… este modelo, também tem uma base antiga, mas bem mais recente que o Lada Niva original.

        • More of the punisher

          De acordo com o próprio site russo da Lada, eles estão a venda ou são fabricados nos seguintes países, conhecidos por sua rica e maravilhosa cultura automotiva:
          Armenia
          Azerbaijan
          Belarus
          Bolivia
          Chile
          Egypt
          Georgia
          Jordan
          Kazakhstan
          Kyrgyzstan
          Lebanon
          Mongolia
          Tunisia
          Ukraine
          Uzbekistan
          Não sei de onde vc tirou Alemanha. Se vc tiver uma fonte sobre isso, compartilhe conosco.

          • Tosca16

            Comentei e ficou retido mesmo sem o link; tem site da Lada na Alemanha, coloca lada (ponto) de.

          • Tosca16

            E não é barato; começa em 12.590,00 €

          • 😎.

            Copiei do site alemão da Lada

            4×4

            die Legende

            Der LADA 4X4 ist eine absolute Legende unter den Allradfahrzeugen. Fahrfreude auf jedem Terrain.

            Auf seinen Weltreisen hat er bereits den Nordpol, die Antarktis, die Rallye Paris-Dakar und den Mount Everest (inkl. Höhenrekord) besucht – wo geht Ihre nächste Reise mit dem LADA 4X4 hin?

            Sein Potential und seine Vielseitigkeit haben ihn überall auf der Welt bekannt gemacht.

            Zuverlässigkeit

            Der LADA 4X4 wurde für raues und unwegsames Gelände gemacht, doch auch auf asphaltierten Straßen macht dieser Geländewagen jede Fahrt zu einem Erlebnis.

            Vor über 40 Jahren begann die Geschichte des 4X4. Seine richtungsweisenden und grundlegenden Anforderungen an die Fahreigenschaften sind heute noch immer aktuell: seine einzigartige Geländegängigkeit, seine Zuverlässigkeit und die Verwendung von robusten Bauteilen.

            Wir haben all diese

            Eigenschaften in den neuen LADA 4X4 einfließen lassen.

            LADA 4×4 UTILITTY

            Der 2-Sitzer mit extra Kofferraum

            Wer ein Arbeitspferd mit bahnbrechenden Geländequalitäten sucht, wird sich für den UTILITY entscheiden. Ein zweisitziger Klein-LKW (N1) zur Güterbeförderung mit einem großen Kofferraum – 504 Liter, statt 265. Damit schaffen Sie jede Arbeit.

      • Tosca16

        Quanto a segurança, ok; mas é um modelo de nicho, que se duvidar nem tem obrigatoriedade de airbags pela legislação atual; veja que Troler, baita carro caro, usa desta brecha na lei.

        • More of the punisher

          E vc acha isso bom???? Ter essas “brechas”? Acho q não.

          • Tosca16

            Há modelos e modelos, mercados bem mais exigentes como o alemão, vendem o modelo Lada 4X4; que é o antigo Niva, nem é este da matéria, e ninguém fala nada. Mercados maduros sabem o que é nicho, para um público específico, nisso enquadro o Lada e um ou outro modelo. Já aqui, modelos como Troller, usam desta artimanha da legislação pra baratear o projeto, já que facilmente teria como fazer a instalação deste equipamento de segurança. Os puristas vão dizer que tem risco de acionamento em off-road extremo, que é meio que uma mito entre os trilheiros.

    • cepan

      essa alavanca do 4×4 achei parecida com a do cambio manual. talvez fácil de se confundir na hora de usar…

    • cerberos

      Esse niva não, mas o niva original, atual niva 4×4, se a Renault atualizasse o interior, colocasse um motor moderno, pequenos retoques na estamparia e vendesse abaixo de 80k ia ter muito público no interior do Brasil. Não existe carro para esse segmento, o último foi a tr4.

    • Fernando Bento Chaves Santana

      O importador independente iria vender um ou dois lotes e deixa todo mundo na mão com as peças. Ja vimos este filme umas duas ou três vezes

      • Tosca16

        Infelizmente tem esse risco, e pior aqui que importação independente é complicado, mas se o mesmo viesse ou estivesse presente em países vizinhos, e aqui se pudesse importar, acho que muita gente iria arriscar sim.

  • Henrique12

    Parece um tracker antigo (principalmente a lateral).

    • Tosca16

      Renault venderia fácil na sua rede, colocaria versão única, motor 1.6 SCe; imagina uma caranga destas por 80 pila venderia fácil.

      • Rafael Morozini

        80 mil nisso aí ? 60 estourando com o mercado inflacionado atual …

        • Tosca16

          Cara deixa de utopia, aqui é Lisarb; fora isso, é 4×4; veja qual é o modelo com tração nas quatro rodas mais acessível hoje no nosso mercado, e me diz… Além do mais, qualquer caranga chega facilmente aos 80 conto, um Mobi com caçamba é um exemplo disso, Strada 1.3 manual chegando a esse preço, Stepway passando fácil dos 70 mil.

          • Rafael Morozini

            Não deixa de ser um projeto dos anos 90 de uma submarca russa …

            • Tosca16

              Aqui é Brasil, cara… 60 mil é um Sandero; pode ser um projeto antigo, mas ele como não teria concorrentes diretos, poderia cobrar tranquilamente os 80 mil, que teria seu público de nicho. O verdadeiro “Niva”, que foi cogitado em meados de 2017 ou foi 2016, me recordo que tinha previsões de 70 mil… Duster 4X4 se vir será turbo, 1.3; não vem por menos de 110. Vai ver a versão topo de linha, se vier.

            • Tosca16

              Claro que R$69.990,00 seria excelente, aliás, se vier muito barato nem compensa pra Renault importar, por exemplo, porque aí vem mais demanda, logística… se vier, tem que vir com preço mais alto, pra ficar em nicho mesmo. O atual não, mas o antigo Jimny, era muito espartano, bem compacto, e mesmo assim se ver bastante; ao menos aqui no litoral… o pessoal é órfão de 4×4 mais “acessível”, se um importador souber fazer marketing, ter um estoque de peças decente, e não extrapolar no valor, tando do veículo quanto das peças de reposição, vende fácil.

            • Fernando Bento Chaves Santana

              Vc esta enganado. Este “novo” Niva partilha a plataforma com o antigo. É um 4×4 autêntico e muito testado.

              • Rafael Morozini

                Disse em questão de aparência amigo, Brasileiro comum compra o carro pelo o que ele aparenta ser, não pelo que realmente é …

        • Nightmare

          É um TR4 ainda mais arcaico, acho que nos dias de hoje 80 mil em um Niva 4×4 deste completo seria ok.

          • Tosca16

            O Marruá da Agrale, AM200; que é um Engesa dos anos 80, só por ter atributos de robustez e um motor consagrado, Cummins, custa uma bagatela de 200 mil reais.

            • Paulão

              Mas nesse caso da Agrale eu tenho impressão que o foco é puramente militar, por isso o preço na casa do chapéu, não deve ter concorrência nenhuma e mesmo se tiver, sempre se da um jeitinho, tipo na licitação se coloca uma característica qualquer que só ele tem e pronto, já ganhou. Tipo 4 portas, troller já está fora…
              Mais ou menos o que acontece com a Fiat Dobló, tem um preço ridículo porque o foco é setor publico que compra e não interessa o valor, bota lá na licitação portas de correr e pronto, já ganhou! rsrs

              • Tosca16

                De certa forma sim, porque a Agrale não tem volume, e meio que faz questão de não vender pro público civil, mediante os preços estratosféricos. E a versão que concorria com o Troller era a AM50, duas portas, mas que saiu do portfólio na versão civil.

  • Denis

    Lada Niva 2020 no Brasil….. (por que não?)

  • More of the punisher

    Que fique por lá! Que traste horrível!

  • Ipanema

    Esse novo Lada Niva reflete ao nostálgico mundo dos automóveis dos anos 1990 e 2000, em pleno 2020.

    • I-Motion

      É de espantar como a fabricante Lada parou no tempo….. Lembro dos antigos Laika que eram projetos dos anos 1970 sendo importados no Brasil em 1990….. Tive uma Quatro Rodas de 1991, que o nosso VW Voyage quadrado deu uma bela surra no Lada Samara, praticamente vencendo todos os quesitos.

      • Tosca16

        A Lada tem projetos recentes, tem conceitos em salões… a gente fala da Lada como se nossa industria montasse uma porca sequer. O mais perto que tivemos de um dia termos uma industria automobilística nacional foi com a Gurgel, sufocada pelo governo, e pelas multinacionais. Quanto ao Niva, seria o maior tiro no pé tirá-lo de linha, até mesmo atualizar; veja que o modelo antigo vende muito mais que essa cara nova, e muita da tradição do modelo vem de ser espartano. Até um dia destes VW vendia Kombi no Brasil, será que a VW não tem tecnologia e condições de fabricar uma van mais moderna e melhor que a antiga Kombi? Não era viável, tanto é que saiu sem substitutas.

  • Ricardo Blume

    Putin no governo e Lada em produção. São eternos.

    • 😎.

      A Lada vende bem e seus modelos são honestos, simples mas honestos , já o Putin não sei rsrs

      • Tosca16

        A LADA é a Dacia sem “pedigree” Renault; se a Renault trouxesse Vesta, Granta e XRay como Renault ninguém veria diferença pro Logan e Stepway.

        • 😎.

          A Lada está acima da Dacia em preço e acabamento , ou estou enganado?

          • Tosca16

            Vesta pra mim é acima do Logan, seria um equivalente ao bom e esquecido Symbol, bem mais bonito; Granta seria equivalente ao Logan, sem tirar nem por, e o XRay é muito mais bem resolvido que o Stepway.

          • Tosca16

            Não vou dizer que tá acima da Dacia, porque o Duster foi bem melhorado de alguns anos pra cá… Robustez eu ficaria com a Niva pra trabalho e off-road, mas a Duster 4×4 tem bons atributos.

      • Ricardo Blume

        O Putin também é honesto kkkkk.

  • Fernando Bento Chaves Santana

    O Niva é sim um projeto da Lada.

  • 😎.

    Apesar de achar o design desse novo Niva simpático , o ideal seria o desenho do antigo com o interior do novo , talvez isso ocorra agora pra economia em escala . A Lada também pode usar peças Renault no acabamento .

  • cerberos

    Errado, o lada Laika que era um Fiat 124 e foi vendido o projeto junto com a fábrica para a urss. O lada niva foi o primeiro projeto independente produzido por essa fábrica, aproveitando de estamparia e acabamentos peças de outros carros produzidos. Foi um projeto todo feito na urss

  • Niva foi o primeiro projeto da Lada. Apenas os sedans e sw que chegaram aqui com o nome de LAIKA são projetos derivados do Fiat 124. Logicamente houve aproveitamento de peças no Niva, sejam mecânicas ou de acabamento de outros modelos que são comuns aos Fiat. Mas a Fiat nunca teve uma versão do Lada Niva.

    Tomara que esse caso não encerre a linha do 4×4 (nome atual do que conhecemos por Niva.)

    Para quem gosta de Lada, tem o instagram @ladarussia_brasil com informações.

    • Murilo Soares de O. Filho

      A Fiat, acho que nunca teve uma parceria direta com a Lada, ela vendeu projetos e ferramental antigos, por isso que nunca teve uma versão do Niva.

  • Baetatrip

    Belo carrinho para trilhar leve e média….!
    Curti!
    É bem raro carros hoje em dia não dispõe a caixa baixa ( Que já foi popular no passado)

  • Léo Dalzochio

    Tive um Niva (o clássico) ano 93, por bons anos. Até hoje, depois de passar por inúmeros outros utilitários 4×4, ainda não encontrei uma suspensão tão robusta e macia como a do Niva. Pé no porão em estradas rurais péssimas parecia flutuar sobre um tapete…

  • Alvaro Guatura

    O acabamento, apesar de super datado, parece feito para durar

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email