Chevrolet História Pickups

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

A S10 Cabine Dupla já tem mais de 20 anos de produção no Brasil e 36 anos de produção mundial, sem dúvida um sucesso de vendas.

Vamos falar primeiramente de toda a história da S10 Cabine Dupla no Brasil e depois vamos entrar na história geral do modelo apresentado lá nos EUA em 1982.


S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

S10 Cabine Dupla no Brasil

Uma das picapes mais vendidas do Brasil, a Chevrolet S10 apareceu por aqui em fevereiro de 1995 e tinha um visual semelhante ao da versão americana, mas com desenho dianteiro próprio. Logo depois chegou o utilitário Blazer a acompanhando.


Os novos faróis, maiores e mais arredondados foram desenhados pela equipe de design da GMB e combinaram muito mais com o restante da carroceria do que os faróis da versão americana que eram menores e mais quadrados.

De início a S10 Cabine Dupla nacional não foi ofertada. Isso levou três anos para acontecer.

Mas em 1995 a S10 estreava no Brasil em duas versões: a DeLuxe, ou DLX, que trazia a base do para choque da cor da carroceria e rodas de alumínio com pneus 225/75 aro 15 e a versão de entrada básica que vinha com pneus 205/75 aro 15 e rodas de aço, além de parachoques sem pintura.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

No interior a S10 Cabine Dupla nacional trazia o mesmo layout da versão norte americana e revestimentos modernos e um ambiente aconchegante, melhor do que a Ford, por exemplo, oferecia com a Ranger.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

O painel de instrumentos da S10 Cabine Dupla era bem completo para a época e trazia voltímetro, manômetro de óleo e conta giros – este último item não estava presente no modelo de entrada.

Tinha também volante de quatro raios, e equipamentos que eram pouco vistos em picapes como vidros elétricos, travas elétricas, bancos individuais (na versão norte americana eles eram inteiriços) rádio com toca fitas e um item bem peculiar que era o freio de estacionamento acionado por um pedal.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

A motorização da S10 Cabine Dupla era um velho conhecido dos brasileiros, o motor 2.2 litros que equipava o Omega, com comando no cabeçote e oito válvulas, que rendia 106 cavalos – 10 cavalos a menos que no Omega – e torque de 19,2 kgfm – contra 20,1 kgfm no sedan.

O câmbio era o de 5 velocidades com engates precisos e firmes. A versão mais cara ainda poderia contar com direção assistida e freios com ABS.

S10 Cabine Dupla chega em 1998

A primeira geração da S10 Cabine Dupla foi apresentada em 1998 e tinha um desenho totalmente feito e projetado no país do carnaval.

Diferente da versão norte americana que tinha apenas a cabine estendida e simples, a engenharia brasileira ficou responsável por entregar mais conforto e mais espaço para os ocupantes.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

Para que pudesse existir espaço e conforto para os passageiros do banco traseiro e ainda área útil de carga, a GMB encurtou a caçamba, mas não a ponto de perder o espaço para carga. Com o mesmo comprimento da S10 de cabine estendida a versão de quatro portas entregava conforto e praticidade na medida certa.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

Além dessa novidade a S10 Cabine Dupla recebia o mesmo motor V6 que dividia com a versão de cabine estendida e a Blazer, um V6 4.3 litros com 180 cavalos e 34,7 kgfm de torque que fazia a picape chegar no 0 a 100 em 10,8 segundos e alcançava a máxima de 180 km/h limitado eletronicamente.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

Outra novidade para a S10 Cabine Dupla para o ano de 1998 era a versão com tração nas quatro rodas.

Uma pequena atualização de estilo era vista na linha da S10 Cabine Dupla em 1999 e trazia um novo para choque dianteiro com uma nova entrada de ar que ficou popularmente conhecida como “boca de tubarão” além de trazer para a linha a versão Executive, que já era encontrada no utilitário Blazer.

Essa nova versão da S10 Cabine Dupla a Executive vinha com o motor 4.3 V6, bancos em couro, ajuste elétrico do banco do motorista e freios ABS nas quatro rodas.

S10 Cabine Dupla 2000 a 2008

A atualização visual de 2000 para a S10 Cabine Dupla foi apresentada junto com as outras versões da S10 e da Blazer no Salão do Automóvel de 2000 e trazia uma nova carroceria com desenho mais retilíneo e adoção de novos motores e um design mais agressivo.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

Na dianteira da S10 Cabine Dupla, saiam de cena os faróis compridos e ovalado e entram no lugar faróis menores e com desenho mais triangular nas pontas.

Os para choques perdiam a “boca de tubarão” e no lugar entrava um desenho com mais linhas retas.

As laterais da S10 Cabine dupla ganharam um ressalto que começava nas portas traseiras e se estendiam até o final da caçamba.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

O mesmo ressalto era encontrado na dianteira e saia da base do farol e ia até o início da porta dianteira.

Outra novidade para a S10 Cabine Dupla 2000 era a adoção do motor 2.4 litros a gasolina que substituía o antigo 2.2 litros.

O novo motor gerava 128 cavalos e oferecia 21,9 kgfm de torque.

A S10 Cabine Dupla ganhava a versão Executive com tração 4×4 e um novo motor turbo diesel MWM, que substituía o antigo motor 4.3 V6 Vortec.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

No interior da nova S10 Cabine Dupla, trazia novos materiais e novas opções de revestimento para os bancos e o painel das portas.

Na traseira novas lanternas com desenho mais retangular entravam no lugar das antigas que eram menores e mais quadradas.

A inscrição “Chevrolet” vinha em letras garrafais como um adesivo na base da tampa da caçamba.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

S10 Cabine Dupla 2008 a 2012

A S10 Cabine Dupla recebia uma última atualização de estilo na mesma carroceria que já existia desde o ano de 2000.

Um ano antes da sua atualização de estilo a S10 Cabine Dupla recebeu um novo motor 2.4 litros flex, chamado de FlexPower que tinha 141 cavalos com gasolina e 147 cavalos quando abastecido com álcool.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

 

A dianteira da S10 Cabine Dupla ganhava uma nova grade em formato trapezoidal invertido com uma barra cromada que ostentava o logo da Chevrolet ao centro e um falso duto de ar no capô.

No para choques uma falsa entrada de ar de tamanho desproporcional era o grande destaque.

Já na traseira a tampa da caçamba ganha um aplique de plástico cinza que englobava a maçaneta de abertura, e logo abaixo dela vinha a inscrição “Chevrolet” em letras garrafais sempre na cor cinza.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

Também estavam inclusos nesse pacote visual um santantonio que ficava apoiado próximo as portas traseiras e dependendo da versão até um bagageiro no teto para carregar mais carga.

No interior as maiores mudanças eram a troca do painel de instrumentos que agora recebiam a cor “Ice Blue” que já equipava modelos como o Celta, Vectra e outros modelos da GM.

Novas versões eram adicionadas a gama da S10, como a Executive que tinha motorização a gasolina e as versões FlexPower ganhavam versões com tração 4×4 ou 4×2.

S10 Cabine Dupla 2012 a 2015

No ano de 2012 a Chevrolet apresenta a segunda geração da S10 Cabine Dupla que traz consigo um novo desenho, uma nova carroceria e uma plataforma desenvolvida em parceria com a ISUZU, que também resultou no nascimento da nova geração da Colorado e da ISUZU DMAX.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

Por fora a nova S10 Cabine Dupla está maior e mais elegante que as gerações anteriores.

Na dianteira mesmo, os novos faróis tinham inspiração nos sedans médios da marca como Cruze, Malibu e Impala e a grade estava maior e contava com partes interna cromada e uma barra grossa no centro que ostenta o logo da Chevrolet.

As laterais da Nova S10 Cabine Dupla são limpas e contam apenas com um decalque na base das portas que se estende até o para lama traseiro, aumentando a sensação de que o modelo está maior.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

Na traseira, novas lanternas com novo formato e luzes de LED ajudam a compor o visual moderno da S10 Cabine Dupla.

Já no interior a S10 Cabine Dupla 2012 trazia todo o conforto e comodidade de sedans médios e grandes da marca.

Com um painel de instrumentos que muito se assemelhava com o do esportivo Camaro e uma central multimídia com MyLynk que conta com GPS e uma tela de 7 polegadas.

Além disso o interior ganha novos bancos mais confortáveis, inclusive na traseira, dando aos passageiros a sensação de estar num SUV e não numa picape de cabine dupla.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

No quesito motorização a nova S10 Cabine Dupla estreia o motor 2.8 litros diesel que gerava 180 cavalos e estava associado a um novo câmbio automático de seis velocidades.

No final de 2013 a Chevrolet altera a potência do motor 2.8 litros de 180 cavalos para 200 cavalos, tornando assim uma das picapes mais potentes da categoria.

S10 Cabine Dupla 2016 até hoje

A terceira geração da S10 Cabine Dupla ganhou um facelift em 2016 e deixou a picape com ar mais robusto e intimidador. A começar pelos novos faróis que ficaram maiores e mais retangulares, e agora contam com um filete de LED.

A grade por sua vez agora está maior e conta com uma barra na cor preto brilhante que sustenta a gravatinha dourada da GM. A base do para choque também ganhou um novo desenho e a maior novidade nas laterais são as novas rodas de liga leve.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

O interior da S10 Cabine Dupla ganhou um novo desenho, que agora é inspirado na Colorado ou como alguns chamam de “S10 norte americana”, com um novo painel de instrumentos e um novo desenho do console central.

A central multimídia MyLink agora tem espelhamento de celular e pode ser usada por telefones que rodam o sistema da Google o Android ou da Apple, o iOS.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

Outra novidade da S10 Cabine Dupla são as versões 100 Years e Midnight.

A primeira comemora os 100 anos de produção de picapes da linha Chevrolet, e foram fabricadas apenas 450 unidades na cor azul Steel com preço de R$ 187.590 reais.

E a segunda versão especial da S10 Cabine Dupla é a versão Midnight que se baseia nos modelos norte americanos que traz os logotipos pretos e alguns detalhes em preto brilhante na carroceria e no interior.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)  S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

A S10 Cabine Dupla Midnight usa o motor 2.8 turbo diesel de 200 cavalos e câmbio automático de seis velocidades e conta com adesivos alusivos a versão e tem preço sugerido de R$ 169.690.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

No quesito motorização a nova S10 Cabine Dupla conta com duas opções de motor, sendo a primeira um 2.5 litros com 206 cavalos e 27 kgfm de torque ou um 2.8 litros turbo diesel com 200 cavalos e 51 kgfm de torque, que podem ser associados ao câmbio automático de seis velocidades.

Atualmente a linha S10 Cabine Dupla conta com 9 opções de versões com motores flexíveis ou a diesel e tração 4×2 ou 4×4. Os preços começam na casa dos R$ 102.290 reais na versão Advantage Flex 4×2 manual e chegam a R$ 194.990* reais na versão High Country 2.8 turbo diesel 4×4 automático.

(Dados consultados no site da montadora em setembro de 2018)

A história americana da S10 antes do Brasil

Com um vasto conhecimento no segmento de picapes a Chevrolet percebeu que ainda existia um nicho de mercado não explorado, o das picapes médias e compactas. Foi assim que a marca começou os estudos para lançar uma picape menor que a Silverado.

Em 1982 a Chevrolet apresenta no mercado norte americano a S10, uma picape com medidas compactas – 4,52 metros de comprimento, 1,49 metros de altura e pneus 195/75 de aro 14.

De início não existia S10 Cabine Dupla, aliás nos EUA nunca existiu, a S10 de lá era vendida apenas com cabine simples e duas opções de caçamba, sendo uma curta com o entre eixos de 2,74 metros ou com caçamba longa e entre eixos de 3 metros.

A versão curta poderia carregar 455 kg na caçamba e a versão longa levava 682 kg.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

O desenho de modo geral era composto basicamente por linhas retas e simples, que muito se assemelhavam aos modelos maiores da GM, na dianteira a primeira S10 tinha faróis retangulares e uma grade quadriculada com o logo da gravatinha ao centro.

As laterais eram simples e contavam com a parte inferior pintada de preto, para reforçar o efeito de que a picape era mais comprida do que realmente era.

O interior era simples e bem-acabado, levava confortavelmente duas pessoas, e ainda disponibilizava um banco inteiriço que podia comportar uma terceira pessoa no meio, mas essa viajava sem conforto.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

No quesito motorização a S10 norte americana tinha dois motores disponíveis de início, sendo um de quatro cilindros de 1.9 litros e 82 cavalos e 13,9 kgfm de torque, que era fabricado pela Isuzu – braço japonês da GM – e uma versão V6 de 2.8 litros com 110 cavalos e 20 kgfm de torque.

Ambos os motores vinham acoplados de um câmbio manual de 4 velocidades e comando de válvulas no bloco do motor e carburador de corpo duplo.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

A segunda geração da S10 ganhava uma nova carroceria e cantos mais vivos e arredondados e uma nova identidade visual aplicada.

O modelo serviu de inspiração para a S10 apresentada e vendida por aqui em 1995.

Diferente da versão brasileira, a S10 norte americana tinha a dianteira mais baixa e faróis menores e quadrados moldados por uma grade cromada que carregava o logo da Chevrolet ao centro sustentado por uma barra.

S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)

A S10 norte americana saiu de linha em meados de 2003 quando deu lugar ao Chevrolet Colorado, que dividia base com o GMC Canyon e que foram desenvolvidas em conjunto com a japonesa Isuzu e a Chevrolet brasileira.

Atualmente a Chevrolet Colorado e a GMC Canyon são basicamente uma versão norte americana da S10 nacional na versão de cabine simples ou dupla, com design e detalhes próprios para cada modelo.

S10 Cabine Dupla

Ficha técnica S10 Cabine Dupla 2019 // 2.5 e 2.8 litros

Motor2.5 Ecotec2.8 CDTI
TipoDianteiro longitudinal, Etanol e GasolinaDianteiro longitudinal, Turbo e Diesel
Número de cilindros4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm324572776
Válvulas1616
Taxa de compressão11,2:116,5:1
Injeção eletrônica de combustívelMultipontoDireta
Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)Gasolina: 197 cv @ 6000 rpm / Etanol: 206 @ 6000 rpmDiesel: 200 @ 3600 rpm
Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) Gasolina: 26,3 kgfm @ 4400 rpm / Etanol: 27,3 kgfm @ 4400 rpmDiesel: 44,9 (manual) / 51,0 @ 2000 rpm
Transmissão
TipoAutomática 6 marchasManual 6 marchas / Automática 6 marchas
Tração
Tipo4×2 / 4×4 com reduzida4×2 / 4×4 com reduzida
Freios
TipoDisco ventilado / TamborDisco ventilado / Tambor
Direção
TipoElétricaElétrica
Suspensão
DianteiraBraços sobrepostos, barra estabilizadoraBraços sobrepostos, barra estabilizadora
TraseiraEixo rígidoEixo rígido
Rodas e Pneus
RodasLiga Leve aro 16 / 18 polegadasLiga Leve aro 16 / 18 polegadas
Pneus245/70 R16 / 265/60 R18245/70 R16 / 265/60 R18
Dimensões
Comprimento total (mm)53615361 / 5381 (cabine simples)
Largura sem retrovisores (mm)18741874 / 1870 (cabine simples)
Altura (mm)18371837 / 1796 (cabine simples)
Distância entre os eixos (mm)30963096
Capacidades
Porta-malas (litros)10611061 / 1570 (cabine simples)
Tanque (litros)7676
Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)915 (4×2) / 816 (4×4)1108 / 1378 (cabine simples)
Peso em ordem de marcha (kg)1835 (4×2) 1934 (4×4)2048 / 1772 (cabine simples)
Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)NDND
S10 Cabine Dupla: versões, anos, motores, equipamentos (em detalhes)
Nota média 4.8 de 4 votos

Avatar

Kleber Silva

  • Fernando Gabriel

    Apenas a “Nova” S10 de 2012 pra cá, tem um bom espaço para todos os ocupantes na versão cabine dupla em um segmento ao qual a compartimento de carga é mais generoso (normal).

  • Quando vejo carros desse porte com menos de 150cv acho estranho. Na época não era, mais agora rsrs

    • Pois é, o mercado pede conforto de sedan, dirigibilidade ‘relativamente’ próxima. Aí o desempenho até passa de alguns sedans hoje em dia, mas o consumo que poderia ter melhorado com o avanço da tecnologia de motores, acabou sucumbindo a busca por mais potência.
      Eu sou mais adepto do que a faz a Ranger, uma versão com boa potência no topo e a opção de intermediária com consumo razoável, potencia aceitável e preço maleável.

    • leandro

      Tenho uma SW4 2.8 diesel 1995 e ela tem só 88 cv. Qualquer carro 1.0 anda mais que ela

  • Alguém sabe de alguma paralização na fábrica da S10 ou é realmente mérito da Amarok estar um pouco a frente da S10 na parcial de setembro, achei estranho pq nunca vi Amarok perto da S10 no meio do mês…

    • Andre Cupertino

      Amarok V6 agora tá no páreo.

    • Renato Duarte

      Não vi nenhuma informação quanto a paralisação na produção da S10. O que ocorre é o efeito V6 Extreme da Amarok,, que vem completa, recheada de acessórios e com preços competitivos. Como resultado, as vendas da Amarok estão diferenciadas nesse mês…

  • Seven23

    Poderia a proxima S10 for mais robusta e quadrada ?

  • carlos rodrigues

    A 4×4 Diesel manual deve ser uma delícia de dirigir.

    • Gabriel Camilo

      Tenho uma LS cabine simples 4×4, 200cv, manual de 6 marchas… Dá gosto dirigir, uma patada nos 2 mil giros em diante, ela realmente tem muita força, na estrada é muito boa, andando a 100-110 já fiz 14 km/l. O único defeito é o lag até os 2 mil giros.

  • Evandro Santana

    Bom Carro! Eu gostava da cabine dupla executive 4.3L V6 180cv ano 2000…

  • Luis Burro

    Eu geralmente curto uma carroceria mais vincada e com paralamas tipo sobressalentes,mas confesso q acho a atual bem mais atraente e bonita q a original.A mim parece q ela ficou mais sofisticada.
    Ué,antes de virar Colorado ela ñ teve o visual estilo da Silverado com os farois sendo divididos pela grade?

  • Salim Mahmood

    Obrigado Hilux que veio nos salvar da hegemonia dessa porcaria

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email