Chevrolet Linha 2020 Pickups

S10 High Country: equipamentos, preços, motor, consumo, revisões

S10 High Country: equipamentos, preços, motor, consumo, revisões
S10 High Country

A S10 High Country é a versão topo de linha da picape vendida no Brasil.

Antes uma picape voltada ao trabalho e sem muito luxo nas configurações cabine dupla, a Chevrolet S10 mudou a sua proposta com a chegada da nova geração. Passou a ter mais refinamento, tecnologia e conforto. E para intensificar ainda mais essas características, a marca oferece desde 2015 a Chevrolet S10 High Country.


Lançada no mercado brasileiro em julho de 2015, a S10 High Country se posiciona até hoje como a configuração mais cara e completa da linha da picape em nosso País.

Na época, os executivos da GM disseram que o modelo foi pensado nos empresários do agronegócio, que buscavam por um carro “valente”, mas sem deixar de lado um visual mais requintado.

Na realidade, a versão High Country nada mais é que uma S10 LTZ, equipada com motor turbodiesel, câmbio automático e tração 4×4, mas com alguns “frufrus”.


A picape ganha alguns itens no visual, além de um acabamento interno diferenciado e uma lista de equipamentos mais recheada.

S10 High Country: equipamentos, preços, motor, consumo, revisões

Quando chegou ao Brasil, a High Country era comercializada por R$ 163.800.

Porém, como você já deve imaginar, o preço da picape hoje em dia já está bem mais salgado: a High Country 2020 não sai por menos de R$ 195.490 – para se ter uma noção, a S10 LT Diesel AT 4×4 já custa R$ 166.090.

Entre as principais rivais, a S10 High Country briga diretamente com modelos como Volkswagen Amarok Extreme 3.0 V6 AT 4×4 (R$ 205.990), Toyota Hilux SRX 2.8 AT 4×4 (R$ 207.440), Ford Ranger Limited 3.2 AT 4×4 (R$ 188.990) e Nissan Frontier LE 2.3 AT 4×4 (R$ 194.790), todas também equipadas com motor turbodiesel.

Confira abaixo todos os principais detalhes da Chevrolet S10 High Country:

S10 High Country – história

Lançamento da High Country em 2015

S10 High Country: equipamentos, preços, motor, consumo, revisões

A Chevrolet S10 ganhou a versão High Country em julho de 2015. Como citamos acima, a picape chegou para ser o modelo mais caro e completo da linha, tendo como foco os empresários do ramo do agronegócio.

Ou seja, busca atender um tipo de consumidor que precisa de um carro robusto e também com visual mais atraente.

Entre os diferenciais, a S10 High Country 2015 contava com grade dianteira com divisórias na cor cinza, rodas de liga-leve de 18 polegadas em dois tons, friso cromado na base dos vidros, faróis e lanternas escurecidos, rack de teto com barras transversais, caçamba com santantônio, capota marítima, protetor plástico no para-choque dianteiro, entre outros.

Fora isso, recebeu um interior inspirado no do Trailblazer, com tonalidades mais recursos, e novos recursos, como câmera de ré. Seu preço era de R$ 163.800.

S10 High Country ganha novos visual, interior e equipamentos em 2016

Quase um ano depois, em maio de 2016, a Chevrolet anunciou a maior novidade da atual geração da S10: a linha reestilizada da picape. O modelo recebeu um visual mais moderno e robusto, inspirado no da Colorado vendida nos Estados Unidos.

A grade frontal ficou mais ampla, os faróis adotaram um novo desenho e assinatura em LED e os para-choques foram retocados.

Por dentro, a S10 High Country 2017 também seguiu os utilitários americanos da GM, com um painel quase idêntico ao da Colorado, que evoluiu inclusive no quesito acabamento.

Além disso, a picape ficou mais equipada: a High Country adotou itens como sensores de luz, chuva e de estacionamento dianteiro, além do assistente OnStar gratuito por 12 meses.

A S10 reestilizada na versão HC tinha preço de R$ 167.490.

Melhorias na mecânica da S10 High Country em 2017

Já em agosto de 2017, a Chevrolet S10 recebeu mudanças sutis. O motor 2.8 turbodiesel foi recalibrado, com a adoção de um dispositivo chamado CPA (Centrifugal Pendulum Absorber), que reduz os níveis de ruído e vibração e melhora o conforto a bordo.

Este recurso possibilita um menor escorregamento do acoplamento da transmissão em baixas rotações. De acordo com a GM, o CPA melhora ainda a eficiência energética do veículo em até 13%.

Na época, a High Country 2018 custava R$ 181.590.

S10 High Country: equipamentos, preços, motor, consumo, revisões

S10 High Country recebe seis airbags em 2018

Para se equiparar às rivais como Ford Ranger e Toyota Hilux, a S10 ganhou uma dose extra de segurança na configuração High Country. A picape passou a dispor de airbags frontais, laterais e de cortina, totalizando seis bolsas infláveis, como itens de série, a partir de maio de 2018.

Além disso, todas as versões passaram a sair de fábrica com controles de estabilidade e tração. A S10 High Country 2019 foi vendida por R$ 185.990.

Linha 2020 da S10 High Country com poucas novidades em 2019

Por último, em maio de 2019, a Chevrolet S10 recebeu outros novos itens de segurança para a linha 2020. A High Country 2020, assim como os demais modelos cabine dupla, passou a dispor do terceiro apoio de cabeça no banco traseiro, para o ocupante que viaja no meio.

S10 High Country – detalhes

Há algumas décadas, picapes eram sinônimo de trabalho e raça forte para ser usada no batente do dia a dia. Todavia, hoje em dia não é difícil encontrar donos de picape que nunca nem colocaram seus veículos na lama do fora-de-estrada.

A Chevrolet S10 High Country é o tipo de picape ideal para este tipo de público.

Apesar de ser valente e topar enfrentar as mais diversas situações, a versão topo de linha da Chevrolet S10 preza mais pelo visual, conforto e tecnologia.

Logo de cara, dá para perceber que ela é diferenciada em relação às demais configurações da gama. O interior também é mais luxuoso e a lista de equipamentos, mais recheada.

Visto de fora, a S10 High Country exibe rodas de alumínio exclusivas de 18 polegadas com acabamento diamantado, friso cromado na parte superior das portas, grade dianteira com detalhes em preto, maçanetas externas com detalhe cromado, maçaneta da tampa da caçamba cromada, santo antônio exclusivo com formato prolongado, barras de teto, quebra-mato no para-choque dianteiro, logotipo da versão na tampa da caçamba, entre outros.

S10 High Country: equipamentos, preços, motor, consumo, revisões

Já no interior, ela recebe bem o motorista e os demais ocupantes com os bancos revestidos em couro, volante multifuncional também em couro, emblema “High Country” nas portas dianteiras, detalhes de acabamento cromados, moldura interna das portas na cor prata, acabamento predominantemente escurecido, entre outros.

Além disso, os ocupantes que viajam no banco traseiro vão com certo conforto, visto que a picape tem o assoalho traseiro quase plano. Todavia, como em toda picape, são prejudicados pelo encosto do banco pouco inclinado, o que pode cansar o corpo em longas viagens.

A S10 topo de linha dispõe também de bons recursos de conforto, como banco do motorista com ajustes elétricos, direção elétrica, partida remota do motor com acionamento do ar-condicionado, sensores de luz e chuva, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, ar-condicionado automático digital, entre outros.

Tem também itens como seis airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, controle de descida, aviso de saída de faixa, alerta de colisão frontal, monitoramento da pressão dos pneus, entre outros.

S10 High Country: equipamentos, preços, motor, consumo, revisões

S10 High Country – equipamentos

Segurança: airbags frontais, laterais e de cortina, alarme antifurto, alerta de colisão frontal, alerta de saída de faixa, encosto de cabeça e cinto de três pontos para os cinco ocupantes, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, luzes diurnas de LED, faróis e lanterna de neblina, alerta de pressão dos pneus, protetor de cárter, ajuste de altura dos faróis, trava da coluna de direção, controle de velocidade em declives, entre outros.

Conforto: acendimento automático dos faróis, ar-condicionado eletrônico, coluna de direção com ajuste de altura, chave tipo canivete dobrável, direção elétrica progressiva, retrovisor interno eletrocrômico, retrovisores externos com rebatimento elétrico, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, sensor de chuva, partida remota do motor pela chave, vidros elétricos com sistema “um toque” e anti esmagamento, banco do motorista com ajustes elétricos, banco traseiro bipartido e rebatível com porta-objetos, entre outros.

Visual e acabamento: adesivos de coluna na cor preta, adesivos “High Country” nas laterais, quebra-mato no para-choque dianteiro, capota marítima, friso cromado na parte superior das portas, grade frontal com detalhes em preto, maçanetas externas com detalhe cromado, maçaneta da tampa da caçamba cromada, rack de teto, para-choque traseiro com molduras cromadas, rodas de alumínio aro 18 exclusivas, santo antônio exclusivo, volante com revestimento em couro, alavanca de câmbio com detalhes cromados, moldura interna nas portas na cor prata, aplique com acabamento em alumínio polido com o emblema “High Country” nas portas dianteiras, bancos em couro, entre outros.

Tecnologia: sistema multimídia MyLink com tela sensível ao toque de oito polegadas, navegador GPS integrado, Android Auto, Apple CarPlay, conexão Bluetooth para celular, entradas USB e auxiliar e ajuste das configurações do carro, câmera de ré, volante multifuncional, sistema de som com cinco alto-falantes e dois tweeters e computador de bordo com três modos (informações de viagem, informações do veículo e informações de consumo).

S10 High Country: equipamentos, preços, motor, consumo, revisões

S10 High Country – preços

Veja abaixo os preços da Chevrolet S10 High Country no mercado de usados (conforme os dados da Tabela Fipe) e também como 0 km:

  • Chevrolet S10 High Country 2015: R$ 123.480
  • Chevrolet S10 High Country 2016: R$ 139.500
  • Chevrolet S10 High Country 2017: R$ 149.470
  • Chevrolet S10 High Country 2018: R$ 165.200
  • Chevrolet S10 High Country 2019: R$ 170.880
  • Chevrolet S10 High Country 2020: R$ 195.490 (0 km)

S10 High Country – motor

Debaixo do capô, a Chevrolet High Country esconde o motor 2.8 litros turbodiesel de quatro cilindros em linha, com turbocompressor (de geometria variável acionado eletronicamente), intercooler e injeção direta de combustível do tipo “common rail”, montado em posição longitudinal, na frente do eixo dianteiro.

Ele tem ainda bloco de ferro fundido, cárter e cabeçote feitos em alumínio, duplo comando de válvulas tubular com ajuste hidráulico e balanceiros roletados de baixo atrito.

Este propulsor consegue desenvolver bons 200 cavalos de potência, a 3.600 rpm, e 51 kgfm de torque, a partir de 2.000 giros. Ele está combinado a um câmbio automático de seis marchas com modo manual Active Select (com trocas pela alavanca) e sistema de tração 4×4 com reduzida.

Tal conjunto está presente em outras versões da S10, como os modelos LT e LTZ, além do SUV Trailblazer.

S10 High Country: equipamentos, preços, motor, consumo, revisões

S10 High Country – consumo

Veja abaixo os números de consumo da picape:

  • 8,7 km/l na cidade e 10,6 km/l na estrada com diesel.

S10 High Country – desempenho

Confira os números de desempenho da versão topo de linha da S10:

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 10,3 segundos;
  • Velocidade máxima de 180 km/h.

S10 High Country: equipamentos, preços, motor, consumo, revisões

S10 High Country – garantia e revisões

A Chevrolet do Brasil disponibiliza de revisões a preços tabelados em seu site. A High Country 2020 possui garantia de fábrica de três anos, sem limite de quilometragem.

As revisões da S10 devem ser realizadas conforme a distância percorrida ou o tempo de uso. Confira:

  • Revisão de 10.000 km ou 1 ano: R$ 400
  • Revisão de 20.000 km ou 2 anos: R$ 1.044
  • Revisão de 30.000 km ou 3 anos: R$ 1.172
  • Revisão de 40.000 km ou 4 anos: R$ 1.064
  • Revisão de 50.000 km ou 5 anos: R$ 736
  • Revisão de 60.000 km ou 6 anos: R$ 1.500
  • Revisão de 70.000 km ou 7 anos: R$ 736
  • Revisão de 80.000 km ou 8 anos: R$ 1.224
  • Revisão de 90.000 km ou 9 anos: R$ 1.172
  • Revisão de 100.000 km ou 10 anos: R$ 2.732

As seis primeiras revisões da S10 até 60 mil quilômetros rodados ou seis anos de uso custam, no total, R$ 5.916. Já as 10 revisões da Chevrolet S10 diesel até os 100 mil km ou 10 anos de uso somam R$ 11.780.

S10 High Country – ficha técnica

Motor

2.8 Turbodiesel

Tipo

Dianteiro, longitudinal e diesel

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm³

2.776

Válvulas

16

Taxa de compressão

16,5:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Potência Máxima

200 cv a 3.600 rpm

Torque Máximo

51 kgfm a 2.000 rpm

Transmissão

Tipo

Automático de seis marchas com conversor de torque

Tração

Tipo

4×2, 4×4 ou 4×4 com reduzida

Freios

Tipo

Disco ventilado (dianteira) e tambor (traseira)

Direção

Tipo

Elétrica

Suspensão

Dianteira

Independente, com braços sobrepostos e molas helicoidais

Traseira

Eixo rígido, com feixe de molas semielípticas

Rodas e Pneus

Rodas

Rodas de liga-leve de 18 polegadas

Pneus

265/60 R18

Dimensões

Comprimento total (mm)

5.408

Largura (mm)

1.874

Altura (mm)

1.839

Distância entre os eixos (mm)

3.096

Capacidades

Capacidade de carga (kg)

1.049

Tanque (litros)

76

Peso vazio em ordem de marcha (kg)

2.101

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

Não divulgado

S10 High Country – fotos

S10 High Country: equipamentos, preços, motor, consumo, revisões
Nota média 3.5 de 2 votos

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.

  • Fellipe Z

    Nem c 50% de desconto compensa

  • Elizangela Oliveira

    Esqueceram da L200 ou esta não concorre com a S10? Frontier concorre com ela mesma e ainda perde, pelo menos nas vendas..

  • Eric PB

    Tenho esse modelo adquirido em 03/2018. Excelente carro, nunca deu problema assim como minha anterior s10 2013 tbm não deu em 150mil km. Quer uma camionete para não se incomodar, pode comprar.
    Com relação ao preço, não acreditem nesses preços de tabela. Adquiri por 171mil )PF)e na tabela estava 190mil, por isso pesquisem. Acreditar que a LT é vendida a 160mil é outra lenda, deve estar saindo por 130-140.

  • ChalMust

    Nesses preços deveriam nos entregar duas GM Colorado!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email