Elétricos Finanças Governamental/Legal Híbridos

São Paulo atrasa devolução de IPVA recolhido por carros elétricos e híbridos

lexus-ct200h-2018-1 São Paulo atrasa devolução de IPVA recolhido por carros elétricos e híbridos

O Brasil tem poucos incentivos para carros elétricos, híbridos ou movidos por hidrogênio. Com alguns estados onde é possível ter algum desconto no pagamento de impostos – enormemente altos no país – a cidade de São Paulo decidiu sair na frente para incentivar o uso de veículos verdes. Isso foi em 2004, quando a gestão Haddad determinou que veículos desses segmentos tivessem devolução de metade do IPVA recolhido.



Cada município têm direito à 50% do IPVA recolhido, cabendo o restante ao governo estadual. No entanto, 10% da parte que cabe ao poder público municipal vai para o Fundeb, que é o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação. Ou seja, carros elétricos, híbridos e fuel cell têm direito à devolução de 40% do IPVA pago na cidade de São Paulo.

Mas na capital paulista, onde a devolução se tornou lei, os proprietários de tais tipos de veículos ainda não viram a cor do dinheiro. Existem 333 pedidos de reembolso na Secretaria do Verde e de Meio Ambiente, de acordo com a ABVE, Associação Brasileira do Veículo Elétrico. A alegação da gestão Dória é que o processo de requerimento da devolução parcial do imposto passou de um formulário para um sistema online. Mas, a implementação da tecnologia precisaria de verbas, segundo a prefeitura.

Por conta disso, haveria um atraso no reembolso dos contribuintes cujos veículos ecológicos estão registrados na metrópole paulista, que inclusive dá isenção de rodízio para tais automóveis. O reembolso só é válido para carros que utilizam energia elétrica total ou parcial com preços até R$ 150.000 e por um período de cinco anos.

Nessa faixa, apenas os modelos Prius e CT 200h, respectivamenre Toyota e Lexus, seriam beneficiados, mas a BMW com o i3, que custa R$ 159.950, mantém conversas com a prefeitura a fim de ampliar o limite. A gestão Dória Jr. se mostrou interessada no assunto, segundo o site UOL. De qualquer forma, o reembolso ainda não foi repassado e os contribuintes já recolheram o IPVA. A promessa da administração municipal é que até o fim de novembro, os repasses serão efetuados.

Para obter o reembolso, o interessado deve apresentar formulário com cópia de RG, CPF ou CNH do proprietário ou arrendatário, bem como dados da conta bancária, documentos do veículo (CRVL) e número da nota fiscal eletrônica de compra do veículo. Não pode haver pendência em relação ao pagamento de IPVA. No Brasil, existem alguns incentivos extras para a categoria nos estados do RJ, MS, MA, PI, CE, SE, RS, RN e PE. Para a indústria, isenção total de imposto de importação para carros com emissão zero e parcial para híbridos, cujo percentual depende da eficiência energética.

[Fonte: UOL]

 

 

 

  • Marcio Almeida

    nao conhecia, este beneficio

  • Lucas Fernando

    Como sempre, pra devolver leva uma vida, pra arrecadar é em um instante.

    • João Cagnoni

      Pra desviar é mais rápido ainda.

    • Danillo Barros

      Sem mais meritíssimo…

    • Edson Fernandes

      Experimente pagar duas vezes o mesmo tributo… é um INFERNO ter retorno disso.

  • Rodrigo

    Como previsto o Doria está cada vez mais se mostrando igual (ou pior) que os outros prefeitos. Mais um burocrata travestido de gestor. Não sei nem porque caí na lábia desse embuste.

    • João Cagnoni

      Não entendo como você e outros acreditaram que com ele seria diferente.

      • Rodrigo

        Votei nele pra não votar no Haddad, que era ainda pior (além de ser do PT).

        • João Cagnoni

          Esse “ainda pior” eu só acredito vendo. Acho todos iguais.

          • Cesar

            Olha acredito que todos sejam iguais menos os do PT. Os ladroes que passaram aqui, roubaram a vontade, fizeram obras e deixaram a cidade mais ou menos. Os do PT, deixaram um clima de terra arrasada, não fizeram nada, quebraram a cidade e tem funcionário publico parcelando o salário ate hoje, depois de quase 3 anos que terminou o mandato do sujeito. Então, torno a dizer: são tudo farinha do mesmo saco, mas os do PT são piores.

            • João Cagnoni

              Jamais duvide de como um político pode destruir um país. O PT esteve mais tempo no poder e roubou o que conseguiu, mas tudo indica que a corrupção ainda está em ascensão e infelizmente acredito que vamos passar por dias piores a cada ano que passa.

              • Cosi fan Tutti

                O brasileiro ate tolera a roubalheira mas se faz alguma coisa e paga em dia, o PT, nem isso. Consegue alem de roubar administrar mal e ainda dever salarios, chega a ser ironico como sao ruim.

            • Cosi fan Tutti

              Todo lugar governado pelo PT ta assim, inclusive estados. Eles, além de roubar igual os outros, sao pessimos administradores, e fazem tudo pior que quem eles criticaram a vida inteira. Isso que o pessoal nao entende.

            • francis

              Mais de 20 anos de governo do PSDB em Sampa, e no governo Brasileiro, foi corrupto pra todo lado, de MILITAR a PSDB e seus engavetadores, passando pelo Collorido, Itamar, e Sarney…. Aí veio o PT e estragou a Suíça que era o Brasil….

  • afonso200

    muito errado esses teto maximos nunca acompanham a inflação, assim como carros pra pessoas com deficiencia no valor de 70mil,,,,,inflação ja comeu esses 70mil

    • Daniel

      Pois é… e, agora, pra isenção do IPVA, o picolé de chuchu (do mesmo partido do Doriana “gestornãopolitico”) o limite é 70mil.
      Ou seja, se vc é deficiente e precisa de um carro maior (tipo o Corolla, que atendia muito bem), vc só vai ter a isenção do IPI, pois o ICMS e agora o IPVA (em SP) tem o limite de 70mil.

      Se a questão fosse que o ICMS e IPVA tivesse desconto até o limite equivalente aos 70mil, era mais compreensivo.
      Por exemplo:
      o ICMS para carro em SP é 12% (se não me engano) – 12% de 70mil = R$8.400,00
      o IPVA é 4% – R$2.800,00

      Ou seja, o teto para isenção seria esses valores. Dai vamos supor que o cara compra o tal do Corolla Gli upper (o mais barato, que está por uns 95mil). Hoje, com a isenção de IPI e um desconto que a toyota dá (5%), esse corolla sai por R$80000,00. Com a isenção ICMS “teto’, sairia por R$71600,00
      O IPVA, de R$3.800,00… com o “desconto teto”, sairia por R$1000,00

      Pra ter uma ideia, o Corolla “PCD” de 69990,00, saia por R$54mil com o desconto IPI/ICMS e não paga IPVA… hj, pra andar no mesmo corolla (tá, tem RL, BC, Radio a mais) o cidadão PCD gasta de cara, 30mil a mais! ou seja (R$26mil no carro e mais qse 4 conto de IPVA) ou, um aumento de mais de 50%

      Sabe qual vai ser o resultado disso? PCD não vai mais trocar de carro… vai ficar com os Corolla Gli até o bicho acabar! Vai reduzir a atividade industrial, aumentar o desemprego e diminuir a arrecadação dos impostos!

  • Jose Borges

    Cuidado com o que diz…
    Isso é uma ofensa às bactérias, que nem são tão ruins assim.

  • Edson Fernandes

    Dureza. Vc paga um bem carissimo para não ter o retorno daquilo que é direito seu.

    E se eu resolvo atrasar o IPVA? Pago multa certo?

    A prefeitura deveria pagar da mesma forma… com juros atualizados. Porque afinal, não é problema meu se o erro foi da gestão.

  • Abdallah

    Não adianta o Brasil não é um país administrado por pessoas sérias e competentes.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend