*Destaque *Featured Governamental/Legal

São Paulo: projeto de lei pode proibir a circulação de veículos a diesel

jeep compass longitude diesel avaliação NA 33 - São Paulo: projeto de lei pode proibir a circulação de veículos a diesel

Mora na cidade de São Paulo e está pensando em adquirir um automóvel movido a diesel? Então pode ser que o projeto de um vereador da capital paulista possa fazer você rever os seus planos. O parlamentar Antonio Donato (PT) quer proibir através do Projeto de Lei (PL) 643/2017 a circulação de todos os veículos movidos a diesel na cidade. Além disso, ele tem como proposta restringir a venda do combustível. A intenção é reduzir gradativamente os gases nocivos à saúde do paulistano.


Conforme estudos, cerca de quatro mil pessoas morrem todos os anos na cidade de São Paulo em decorrência de doenças causadas por poluição. Segundo Donato, o município vive um problema similar ao da Europa, que há cerca de 20 anos apostou na maior eficiência energética do diesel em relação à gasolina, incentivando o uso de veículos movidos a diesel, mas que provocou uma série de danos, como gravíssimos problemas ambientais em diversas cidades – uma série de países já anunciaram restrições e até banimento da circulação de veículos a diesel.

chevrolet s10 2018 diesel 10 - São Paulo: projeto de lei pode proibir a circulação de veículos a diesel


Atualmente, a maioria dos veículos de passageiro são movidos à gasolina ou etanol. Porém, ainda de acordo com o vereador, há um crescente incremento de veículos a diesel circulando nas vias devido à estratégia adotada pelas fabricantes de “disfarçar carros de passeio como se fossem utilitários”. No entanto, é claro que um dos grandes problemas são os caminhões e ônibus, veículos predominantemente movidos a diesel, que circulam diariamente na cidade.

A intenção de Donato é proibir a circulação de veículos de passageiro, veículos utilitários mistos e veículos de transporte de pequeno porte (como vans, micro-ônibus e VUCs) a partir de 2023. Já a partir de 2025, a medida começa a valer também para veículos de transporte de grande porte fabricados antes do 2009, que não estejam em conformidade com a fase 6 do Proncove. Por fim, em 2030, poderão circular na cidade apenas os veículos pesados que atendam a fase 7 do Proncove.

Esses prazos “têm por objetivo possibilitar que os proprietários e usuários dos veículos abrangidos pelas restrições impostas possam se adequar ao novo ordenamento”. Entretanto, o projeto ainda deve ser votado na Câmara dos Deputados e, caso seja aprovado, será encaminhado para sanção do prefeito João Doria.

COMPARTILHAR:
  • Leonardo

    É uma tendência mundial, mas tipo, o que fariam os proprietários desses veículos?

    • Luiz Oliveira

      Pena que outras tendências mundiais, como transporte coletivo eficiente por exemplo, não sejam seguidas por nossas excrescências, digo excelências.

      • Igor Pricandi

        Perfeito Luiz. É como as ciclovias da qual não tenho nada contra, mas ferraram os carros mais uma vez e sem a contra partida de transporte público de qualidade. A gente anda por São Paulo exprimido ao lado dessas ciclovias e quase não vemos bicicletas. No exterior há sim movimentos para coibir ou proibir a circulação de carros a combustão, mas os prazos são mais dilatados. Nossos políticos gostam apenas de causar, trabalhar mesmo que é bom, nada. Vejam o caso da segunda sem carne em São Paulo. Aprovaram no final do ano, no apagar das luzes em caráter de urgência. É a ciclovia dos restaurantes. Vão se danar, era só o que faltava me impor o que eu devo ou não comer. No fundo é apenas criar dificuldade para vender facilidade.

        • A questão da carne é somente para colégios públicos e restaurantes que servem exclusivamente a repartições públicas. Inclusive essa medida já existe em Nova York e outras cidades. Pessoalmente não vejo motivo pra criar uma lei sobre isso, pois uma simples recomendação já bastaria. Lembrando se a prefeitura paga a merenda dos colégios bastava solicitar ao fornecedor não colocar carne.

          • Wellington Lopes

            Apesar de que o Alckmin já ter anunciado veto a PL da carne, a mesma era global, não sei de onde o povo tirou isto de ser somente repartições publicas, pois o texto esta bem claro e incluindo qualquer tipo de venda de carne as segundas!

          • Wilson Junior

            Em Nova York estão batendo recordes em Segurança Publica e Segurança no trânsito diminuindo drasticamente as mortes de pessoas.
            Nossos políticos estão preocupados com isso ou com oque vamos almoçar nas segundas feiras?
            Piada!!!

      • Lorenzo Frigerio

        Não, a única tendência mundial que chega aqui no Bananakan é a “modernidade”… a “civilização” dá muito trabalho construir.

      • NYC_Man

        Exato.
        Foca na formiguinha enquanto passa elefante do lado.
        Lamentável essa atitude.

      • Wilson Junior

        Exatamente! Parece que nossos excelentíssimos políticos só seguem a tendencia mundial no que lhes convém e não no que realmente irá mudar a vida do cidadão!!!
        É uma vergonha, e o pais vivendo essa calamidade em tantos setores como educação e segurança e etc.

    • Hoffmann

      Por certo vão mandar o número da conta para o vereador depositar o valor do carro que ficará inutilizado.

      • Martini Stripes

        a partir de 2023

        • Cláudio Lima

          Para 2023 são apenas 5 anos. Caso a lei seja aprovada, quem possui carro a Diesel não terá para quem vender esse carro. Mesmo que essa lei seja apenas para a cidade de SP, vai restringir todo deste tipo de veículo no estado.

          • heliofig

            E ainda por cima a moda vai pegar em todas as capitais, pode escrever…. Olha o mico mostrando a cara…

          • Rafael Begosso Cavaca

            VAI TER GENTE SENDO ROUBADO…

      • Marcus Mendes

        Aqui na minha cidade, já vi ônibus movidos à gas natural sendo testados, só não adotados, por que o lobby das empresas de transporte é forte.
        A redução de poluentes chega a 70% em relação a gasolina ou diesel, pois a queima é mais limpa.

        • VaeVictis

          O gás natural é usado em motores a diesel. Se proibirem motores diesel, eles também não poderão usar gás natural.

          • Thiago

            Essa seria uma interpretação literal da norma, mas que contraria seu objetivo. Se o veículo a diesel for adaptado para andar com gás natural, a emissão de poluentes reduziu drasticamente. Decerto na eventual aprovação da norma ele seria contemplado.

            • Luciano RC

              Problema é o custo do GNV quando começar a ter esse aumento de consumo.

        • zekinha71

          Em SP nos anos 90 era cheio de onibus a GNV, e misteriosamente foram todos substituidos por diesel e nuca mais voltaram, igual aos trolebus que tinham pela cidade inteira e agora só são poucas linhas.

          • Lorenzo Frigerio

            Idem para os ônibus de 2 andares do Jânio.

          • th!nk.t4nk

            Bom, na Europa mataram a maioria dos trolebus também, mas substituíram por ônibus híbridos e trams. O problema é que no Brasil as coisas nao têm continuidade, nao tem avanço. Falta planejamento de longo prazo, saber onde quer chegar. Tudo é feito só pra caçar votos.

          • heliofig

            Nos anos 80, todas as montadoras tinham caminhões a álcool – os caminhões VW usavam o motor V8 5.2 que era da Dodge. Sumiram todos… Era a hora de usar o etanol, menos poluente – se é que o problema seja realmente a poluição…

    • Evandro

      Tendência mundial? A tendência é reduzir, mas proibir não é tendência é autoritarismo, vc acha que o Trump proibiria o diesel nos EUA?

      • th!nk.t4nk

        Tá, mas desde quando o Trump é referência mundial em urbanismo e mobilidade? Tem que seguir as ideias dos locais onde a coisa tá dando certo, com mobilidade eficiente, limpa e para todos.

        • Evandro

          Pode não ser, mas esse mundo perfeito que os ecologistas e pessoal do verde pensa é absurdo, não dá pra ter as duas coisas, ou tem progresso ou tem natureza, uma coisa não funciona com a outra, tem que preservar? Tem sim! Porém tbm não dá pra abolir tudo o que polui, fico pensando o que acontecerá daqui a 20 anos se tudo isso de carro elétrico for acontecer, o que vão fazer com baterias, se hj para vc descartar uma bateria de notebook ou um eletrônico é um absurdo, eu mesmo pago uma boa grana por mês para descartar esse tipo de lixo, imagina uma bateria de carro….

          • th!nk.t4nk

            Verdade. Mas felizmente bateria de carro elétrico nao se descarta. Ela é comprada de volta pela montadora (na verdade te dão um abatimento na nova), e por sua vez é repassada pra acumuladores industriais (e aos poucos também pro mercado residencial). Isso dobra a vida útil da bateria, vai longe.

            • Evandro

              Mesmo assim amigo, eu ainda acho que os danos ao meio ambiente ainda são maiores do que os combustíveis fósseis, ou ao renovável como o etanol por exemplo….

    • Martini Stripes

      a partir de 2023.

      • MauroRF

        2023 ainda acho pouco, acho que a lei deveria ser “gradativa”, tipo, não permitir a venda a partir de xxxx e não permitir mais a circulação depois de mais xxxxxx tempo. Uns 10 anos de tempo estaria bom. O problema é que os veículos poluidores a diesel são geralmente ônibus e caminhões antigos, canso de ver por aí.

  • Felipe Gonçalves

    Se for pra fazer algo em relação ao diesel que seja a nível nacional, que seja com um prazo coerente com o país e que haja incentivos para outros combustíveis menos nocivos, principalmente o elétrico vide que o etanol está fadado ao fracasso.

    • Luciano RC

      Concordo… precisa começar a restringir os motores antigos e tirar o Diesel S500 e S1800 que ainda tem em algumas regiões do Brasil.

  • Adauto Vieira Dias Júnior

    Abaixe o preço da gasolina ! Que garanto que a maioria da população volta a usar carro a gasolina ! Em um país onde a gasolina é 5$ e o disel 3, 50 ! Claro que quem pode , migra para o disel!

    • Holandês Louco

      O custo do combustível é só um detalhe, o custo de aquisição, manutenção e seguro são muito mais altos do que um movido a gasolina, não raro, lemos que são necessários mais de 50.000 km/ano durante vários anos para equilibrar os valores em favor do diesel quando usado como carro de passeio.

      • Evandro

        Vc está certo, eu tenho uma toro flex para uso no dia a dia e puxo de vez em quando uma carretinha com um quadriciclo, dá uns 400kg ao todo, e ela vai bem, agora comprei mais um quadri e pensei, vou ir ver uma toro a diesel, fui e me pediram 35k de volta, até pagaria se houvesse alguma diferença da minha, mas era exatamente igual, só mudando o motor, que pra mim seria útil, pois já é pedir demais da minha puxar tudo isso, mas desisti, tudo no diesel é mais caro, já tive 2 l200 e me lembro como era…

      • daneloi

        Pelo menos o seguro do meu renegade diesel saiu apenas 180 reais a mais do que o modelo equivalente flex.

      • Luciano RC

        Acredito que alguns modelos faltam versões 4×4 Flex.

    • Hodney Fortuna

      A gasolina tinha que reduzir pelo menos para 2 reais o litro que seria o preço suportável, não apenas para o motorista proprietário de um automóvel ou frotista como também reduziria e muito a pressão sobre os preços em todos os setores! Quem está ajudando a destruir a economia do país é uma estatal pesada e ineficiente, alvo de roubalheiras chamada Petrobras.

      • Luciano RC

        Daria pra baixar nesse nível só ajustando os impostos cobrados. Pagar mais de 50% de impostos no combustível é sacanagem demais.

      • Daniel

        Quem esta destruindo a economia do país são os atuais governantes, que querem destruir a petrobras pra entregar para os amigos gringos e então viver com as comissões pagas diretamente em paraisos fiscais. Após entregar para os “amigos” o preço dos combustiveis vai ser muito mais caro, pode ter certeza disso.

        • SDS SP

          Melhor deixar nas mãos dos “cumpanheiros” para então para fazer aquele corporativismo barato com meia dúzia de empreiteiras.

          À Petrobras vai ter que pagar uma conta bacana de 3 bilhões de dólares lá nos EUA, por conta de incompetência de sua administração (que está nas mãos de políticos que mal sabem o que é petróleo). E quem paga essa conta somos nós, para variar.

          Para ver como é uma maravilha à admistração estatal.
          Isso porque nem vou falar do prejuízo que tomei aqui na empresa por conta dos Correios, pois isso é conversa para outro tópico.

          • Daniel

            A administração estatal pode ser maravilhosa, já tivemos a Petrobrás como uma das maiores e mais respeitadas do mundo.
            O problema é que o grupo que está no poder, quer acabar com isso pra justificar a privatização.
            A mesma coisa acontece com os Correios, que já foram referencia mundial em logistica, também tem o BB, que sempre foi muito bom, mas, desde que essa turminha que quer “tornar privado” o que é “publico” tomou o poder, essas empresas estão tendo administrações suicidas, com demissão de funcionários (sobrecarregando outros: baixando qualidade e aumentando afastamentos por problemas de saude) fechando agencias (sobrecarregando funcionarios, prejudicando clientes, etc).
            Os Correios estão com déficit de carteiros e estão fazendo PDV? percebe a administração perversa?

            Quem acompanha de perto a Petrobrás nos ultimos anos, sabe exatamente o que está acontecendo. A Petrobrás fez grandes investimentos para extração do petroleo do pre-sal e agora o sr. Jose Serra e cia entregaram o filé mignon pra o “capital estrangeiro” saborear.

            Mas, a discussão e longa e meio off topic.

            • A ineficiência das estatais não é de agora. Há uns dez anos vem sendo totalmente ineficientes.

              E em todas. Só na cabeça do PT, se controla inflação em canetadas da Petrobrás, cujo o estouro de crise não quebrou a própria Petrobrás, como o próprio país.

              Ou banco do Brasil e BNDES, onde só amigos do ploretariado conseguiam financiamento, mesmo com o nome sujo na praça.

        • Quando as empresas de telefonia eram do estado o custo de uma linha e o minuto da ligação custava bem mais que hoje (as empresas como vivo, Oi, claro tem capital estrangeiro ) . Táxi sempre foi de alto preço, bastou vir empresa de fora com Uber e a concorrência diminuir o preço do transporte individual. Talvez ocorra exatamente o contrário, nosso inimigo não são os gringos, e sim o governo.

          • Cléber Ferreira França

            também acho mesma coisas,nossos amigos políticos não estão interessados na população,dos males o menor,privatizando a Petrobrás,creio eu que os preços dos combustíveis cairão bem,ate porque não terá como os políticos pagar suas “contas” com o dinheiro nosso…..MAS!! isso tudo ainda tem que ser estudado….MINHA OPINIÃO

            • Daniel

              se privatizar, o preço aumenta. tal qual a energia elétrica.
              E, tal qual a energia elétrica, não vai ter investimento… vão empurrando tudo com a barriga pra manter no minimo do minimo de prestação de serviço com o máximo de preço.

              • Cléber Ferreira França

                pode ser também…..tudo tem que ser analisado

          • Daniel

            Olha, o custo da ligação e da assinatura era bem mais barato que pós privatização, a linha vc comprava ações (que podiam ser negociadas na bolsa). Mas não dá pra comparar o antes com o depois, naquela epoca, celular era coisa rara no mundo inteiro, “fax” era coisa de ficção cientifica, a evolução que temos hoje é resultado da evolução tecnológica no período (e nada impediria de uma empresa estatal acompanhar).
            A questão é que, para telefonia, não tem muito sentido em ter estatal (no começo sim, pois precisava instalar a infraestrutura, coisa que nunca iria acontecer se dependêssemos apenas da boa vontade do capital privado).
            Sobre o Uber, ele é uma revolução no mundo todo, e, não vejo nenhuma relação com estatal…Ou taxi é estatal? São novas tecnologias.

            Sobre o tal do “capital estrangeiro”, é mero engano seu… essas empresas usam e abusam de emprestimos do BNDES (dinheiro nosso!) a juros ridiculos. Não pensem que vem dólares e euros de fora para ficar aqui…
            Quando vem algum troquinho de fora é simplesmente em troca de levar milhões para fora!

            Sobre o petróleo, é uma questão estrategica e que influencia na vida de todos os brasileiros desde o cara no campo que tem um trator ao presidente de multinacional que viaja no jato particular, desde o pãozinho da padaria até os computadores dos aviões da Embraer…

            Não dá para deixarmos o controle disso na mão dos estrangeiros (que estão pouco se importando se o Brasil vai quebrar ou não, desde que eles LUCREM).

            O Grande problema da Petrobras hoje, é que ela está sendo governada justamente por aqueles que querem acabar com ela em troca de beneficios particulares (o José Serra é um dos articuladores disso, desde antes de tirarem a Dilma da presidencia).

            É uma questão muito mais complexa do que a midia tenta empurrar.

          • Francisco Helio

            Nosso maior inimigo é o governo.

        • Hodney Fortuna

          A Petrobrás sempre vai ser o objeto da causa já que todos os governantes colocaram ou irão colocar as mãos nela! Se ela existe, existirá também a corrupção e você vai levar pancada no bolso, sobretudo quando o agredido defende o agressor nessas horas quando diz que o “petróleo é nosso” e o seu bolso fica para eles em troca de um péssimo composto combustível que nem gasolina de fato é! Defendo e sempre defenderei a privatização ou extinção dessa companhia e a abertura do mercado para exploração, refino e venda de combustível no país! Enquanto estivermos engessados com o ufanismo utópico dessa ladainha estatista de “petróleo é nosso”, o lema sempre se voltará contra nós por meio dos preços e da qualidade!

          E quanto muitos socialistas dizem que quem vai ficar com esse paquiderme são os “gringos” quem na verdade ficará com isso são os amigos chineses e você não reclamará disso!

  • Uranium

    Só copiam os países ricos na hora de fazer essas palhaçadas, cujo prejuízo trazido é maior que o benefício, no contexto brasileiro.

    Que tal, por exemplo, começar a copiar o nível de investimento em transporte público das capitais europeias? Isso não fazem né…

    • MauroRF

      Esquece, o lobby das montadoras desde os anos 50 deu nisso: transporte público ruim. Repare que foi de lá para cá que a malha ferroviária foi sucateada. Aliás, esse é o motivo de os caras fazerem metrô a passo de tartaruga em SP e em qualquer outra cidade aqui no BR.

      • Luciano RC

        Metrô anda a passo de tartaruga em SP para poder fazer adendos nos contratos e aumentar a parcela de desvios que as empresas fazem.

        • Francisco Helio

          Também.

      • Daniel

        a malha ferroviaria foi sucateada pq foi entregue para a “eficiente empresa privada”, que só tinha interesses sombrios. O Metro em SP é apenas uma fonte de recurso para certas aves e suas campanhas…

        • MMM

          E ainda assim é disparado o melhor do Brasil.

          • Daniel

            Comparado a quem?

            Claro que o metro de sp tem que ser o melhor do Brasil, é a maior cidade e uma das poucas do país que se justifica a construção de metro.

            Compare o tamanho da malha e a velocidade e preço em que é feita. O Metro de SP se torna motivo de piada para o mundo!

            Lembrando que, a roubalheira não se resume apenas as obras do metro, tem toda a questão de especulação imobiliaria.

            Pra ter uma ideia, nas obras do rodoanel, teve um individuo que recebeu mais de 800mil em indenização de “desapropriação” (de area invadida!). o cara ia invadindo no trajeto das obras e a cada passo das obras recebia uma nova indenização. Detalhe: era um bandido procurado e do alto escalão do PCC…

            • MMM

              Obviamente comparado com outros estados do Brasil. E o Rodoanel é sensacional. Tambem não dá pra comparar as rodovias paulistas com a de outros estados.

              • Daniel

                Sim, já viu os valores gastos nessas obras?
                Não é pelos pedágios, a Bandeirantes sempre foi excelente (Classe especial – ou, classe 0), castelo, carvalho pinto, etc.
                São rodovias boas pq foram projetadas para ser boas.
                Veja por exemplo a Dutra (privatizada a mais de 25 anos)… É ridicula! Ainda com passagem de pedestre em nivel!!!! Qualquer chuvinha e vira piscina! E a serra das Araras? agora a CCR tá se peidando pq não quer fazer a obra ali (prevista na concessão, já estourou o prazo).
                E isso com pedágios de 14 e pouco para carro (e são vários).

                Na BR 101 RJ Norte, a duplicação está saindo, mas o projeto é ridiculo… feito para custar o minimo possivel (não na hora de pedir emprestimo pro BNDES) e mandar o maximo de dinheiro pra Espanha.

                Voltando sobre o Rodoanel, já tem mais de 20 anos que as obras começaram e até hoje não terminaram! Simplesmente ridiculo. Quem vem do interior pela Castelo, Bandeirantes ou anhanguera e quer pegar a Dutra ou Carvalho pinto tem que passar pela Marginal pq ainda não tem o trecho Norte (que era pra ter sido um dos primeiros). Alias, os 100km/h de limite de velocidade no Rodoanel tbm é só pra arrecadar.

                O problema das concessões e privatizações no Brasil é que, todas elas, são feitas apenas para beneficiar politicos e partidos, tornando a roubalheira maior do que se fosse uma estatal.
                Se as concessões fossem feitas de forma transparente e com fiscalização forte em cima, teriamos melhores serviços e menor custo para os cidadãos.

                • Alexandro Vieira Lopes

                  Daniel , estou acompanhando seus comentários, waw , você é bem inteligente!
                  Se os brasileiros pensassem como você, não pagaríamos tão caro nos carros!

                  E você tem qual carro?

                  • Daniel

                    Cruze turbo, pq?

                    • Alexandro Vieira Lopes

                      vc parece ser bem prudente ao escolher carro!

                      estou com o novo polo msi.

                    • Daniel

                      Carro muito bom também. Estou comprando um carro pra minha irmã, e queria o polo mpi mesmo. Mas a VW não está a fim de fazer negócio, nem um centavo de desconto e, na hora de avaliar o usado (vou entregar meu C4 2.0 13/14 de entrada), esculacham na avaliação.
                      Pra ter uma ideia, a diferença na avaliação para a Chevrolet do outro lado da estrada é de 7mil reais! E, na chevrolet ainda tem desconto de 1 a 3mil no preço de tabela. os qse 10mil de diferença pesam bastante na hora de decidir.
                      Estou torcendo pra aparecer algum particular querendo comprar meu C4 pelo mesmo preço que a Chevrolet vai pagar nele… dai posso pensar em negociar um Polo…

            • Francisco Helio

              Meu Deus! :0

          • Francisco Helio

            Essa afirmação me lembra as propagandas da Hyundai/Caoa… :)

        • SDS SP

          São empresas “amigas” do governo, você queria o que?
          Nosso mercado está à mercê de grandes grupos de empreiteiras (Odebrecht, Camargo Correia, OAS e por aí vai), mercado protecionista da nisso.

          Não confunda iniciativa privada / capitalismo de mercado com esse corporativismo nojento que ficou ainda mais escancarado nos últimos anos, ficou ainda mais feio depois do vazamento do áudio do “Drácula” com o “rei das carnes”…

  • Josê Fagundes

    é tendência mundial! Ótimo! Agora falta incentivo aos elétricos e híbridos

    • Marcus Mendes

      Aqui na minha cidade, já vi ônibus movidos à gas natural sendo testados, só não adotados, por que o lobby das empresas de transporte é forte.
      A redução de poluentes chega a 70% em relação a gasolina ou diesel, pois a queima é mais limpa.

      • Eduardo Canedo

        sua cidade esta atrasada …..aqui em São Paulo, no fim da década de 80 até meados dos anos 90, boa parte dos onibus era movidos a gás natural. Até onde eu sei, o valor do gás e o custo de manutenção dos onibus fizeram desistir da ideia ( lembre-se até onde eu sei ). Alias esse gas não serve nem pra fogão q dirá pra onibus. Esse gás natural só deve ser bom para termoelétrica.
        No incio dos anos 90 havia onibus em testes movido a álcool ( não é o mesmo álcool para carros ) no corredor ABD ( que liga o bairro de São Mateus, passando pelo ABC paulista até o Jabaquara) lembro q eram onibus vermelhos e eram da Scania.

        • Henrique Bittancourt Gouveia

          Até hoje tem alguns da Metra que são elétricos.

          • Eduardo Canedo

            Sim . Hoje em dia boa parte da frota é composta com ônibus elétricos, alguns são reformados, e os mais novos são ônibus elétricos trucados. O corredor ABD era um verdadeiro campo de testes. O corredor tbm foi o primeiro a receber os onibus da Mafersa ( diesel ) e tbm os ônibus elétricos da Cobrasma.

        • Luciano RC

          A SPTrans não investe nas linhas de Trólebus e muito menos em ônibus elétrico para melhorar a frota. Poderia começar a se pensar nos híbridos, mas nem isso é feito.

          • Eduardo Canedo

            sim ….a SPtrans só mantem as linhas que são compostas por trolebus. Algumas linhas que faz Term. São Mateus – Pq Dom Pedro é feita por trólebus. A Metra tem um misto de trólebus reformado e trólebus “novos”, mas mesmo assim, a maior parte dos onibus da Metra é composta por onibus Diesel.

  • Filipe Augustus

    Quando eu li PT na notícia, nem me dei ao trabalho de terminar de ler a matéria! Isso não vai para frente!

    • Evandro

      kkkk, vdd, eu tbm

    • Antonio Di Pietro

      Em se tratando de SP, pode ser.
      SP ainda é uma cidade de Terceiro Mundo e essas idéias são muito avançadas.
      Coisas de Paris, Londres, Roma e etc.

      • Filipe Augustus

        Exatamente! Se resolvessem o problema de transporte público e de segurança, esse tipo de notícia seria até relevante, porem ultimamente acho que é mais relevante saber a quantidade de carros diesel que foram blindados!!!!! (ou de qualquer combustível) infelizmente!

        • Antonio Di Pietro

          SP é a síntese do Brasil em poucos quilômetros quadrados. Caos, violência, poluição, corrupção e miséria.
          E vida que segue.

      • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿®

        SP já teve um ex-prefeito cheio de ideias “avançadas” que só fazia besteiras a base de canetadas e sem planejamento algum, e foi expurgado sumariamente ao final do mandato, de nada adianta ter ideias de 1º mundo com medidas realizadas de 3º mundo, os maiores poluidores são caminhões e ônibus, tirar meia dúzia de carro a Diesel não vai mudar nada a situação do ar.

        • Rodrigo

          Exatamente. O dia que esse (ou outro) vereador resolver mexer no bolso do monopólio dos transportrês públicos terá o meu respeito.
          E Sim, Hadad foi o pior prefeito que SP já teve (talvez só atrás da Erundina).

          • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿®

            Esse além de não ter feito nada útil, ainda atrasou parte da vida do paulistano enfiando radares e colocando limites de velocidades ridículos nas marginais, se botar ele junto com Pitta, Marta e Erundina vai dar uma briga feia, mas acho que ele sai vitorioso.

            • Uranium

              O Dória pode continuar se esforçando ao máximo para ser ruim, continuar com o cinismo, as mentiras, a incompetência para escolher prioridades, os xiliques de socialista fabiano e a ineficiência gerencial no geral. Mesmo assim, acho muito difícil ele bater o Haddad e esses 3 outros que você citou.

              • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿®

                Se ele for uma m3rda até o fim do mandato ninguém vota mais nele, igual a Marta que tentou de novo e não conseguiu, simples, só que vai restar aberrações como o Russomano que morreu na praia por 2 vezes e quase foi eleito.

                • Uranium

                  O Russomano é o único que tem potencial para ser pior que o Haddad, na minha opinião.

                  • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿®

                    O que queimou ele nesta última eleição foi ele ter votado a favor da regulamentação do UBER e equivale-lo a um Taxi e um vídeo viral da época que ele fazia “detetive do consumidor” onde ele chega em um caixa do mercado e abre uma embalagem de papel higiênico e diz que só quer levar dois e fica fazendo pressão sobre a caixa, antes disso era ele quem liderava com o Dória em 2º, Marta em 3º e o Tappad em 4º, eu não gosto dele, acho ele bem hipócrita no que faz e no que prega.

                    • Luciano RC

                      O Russomano nunca leva nada a não ser deputado.

                  • Luciano RC

                    Pior que ele está querendo tentar o Governo do Estado…

                    • Uranium

                      Não ganha não.

                    • Luciano RC

                      Não ganha mesmo.

                  • Antonio Di Pietro

                    Potencial, né? Porque na prática, esse Doria é imbatível.

                    • Uranium

                      Por pior que o Dória seja até agora – realmente o primeiro ano dele foi muito ruim – não acho que ele vai conseguir ser pior que o Haddad.

            • SDS SP

              A administração do Pitta, pra mim foi a pior de longe.

              • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿®

                Só do Dória não querer inventar cretinices como colocar ciclovias malfeitas em tudo o que é lugar, de colocar velocidade de via de bairro em uma via expressa como a marginal e de entupir de radar a cada 100m, já está valendo, ano passado ele foi tentar internar os noias lá da cracolândia e as viúvas do anterior não deixaram dizendo que era arbitrária, e a muito custo aprovou multa para pixadores que alguns “especialistas” e críticos eram contra pois diziam ser expressão de arte, mas acho se ele vacilar durante o mandato ele não se reelege igual ao Jaiminho.

        • Uranium

          É o que eu falei ali, só copiam das metrópoles europeias aquilo que interessa, como rodízio, radares, redução de velocidade sem estudo técnico e cerceamento do direito do cidadão se locomover. Mas copiar o grau de investimento em transporte público, pavimentação e sinalização, isso não querem nem saber… Ficam importando essas ideias moderninhas totalmente fora de contexto, para cidades como SP, que tem muitos problemas maiores para resolver.

          • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿®

            Pra tudo na vida precisa de planejamento, uma cidade como SP que cresceu desordenadamente mais ainda, essas ciclovias foram uma das ideias mais idiotas que ele teve, não por ser contra quem anda e sim pela forma que foram implantadas sem estudo sobre o impacto que algumas poderiam causar, foram lá e simplesmente pintaram um pedaço de asfalto e dali por diante chamam aquilo de ciclofaixa, é absolutamente ridículo, tem locais que implantaram elas e foram bem executadas como ali na Zona Norte pra quem conhece na Av. Braz Leme e na Zona Sul na Faria Lima, ali bicicletas ficam no canteiro central sem disputar espaço com carros, em regiões periféricas é uma aberração pintada de vermelho, quiseram “copiar” ciclovias Holandesas, mas o sujeito em questão esqueceu de copiar o sistema de transporte público igual também.

            • Uranium

              Para sorte do trânsito, BH não tem um relevo que permita o uso de bicicleta para se locomover. O prefeito anterior era o Márcio Lacerda, aquele do viaduto que desabou, matou pessoas e desabrigou famílias no entorno… Político que por sinal vai ser candidato a governador de MG esse ano e farei campanha contra. Ele bem que tentou implantar essa babaquice sem planejamento, mas a expansão do projeto esbarrou nas inúmeras ladeiras da cidade.

              Agora felizmente elegeram um cara que parece competente e bem-intencionado (Alexandre Kalil). Em 1 ano recapeou várias avenidas importantes que estavam abandonadas, sinalizou vários bairros, impediu aumento de tarifa de ônibus e ainda decretou ar-condicionado em todos eles até 2019. Eu estou satisfeito até agora.

              • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿®

                O Kalil é aquele que foi ex-presidente do Atlético ? interessante, se estiver fazendo uma boa gestão é o que importa, eu não sou fã desse negócio de misturar clube de futebol com política, mas se ele está sabendo separar e fazer um bom governo para todos é o que importa.

                • Uranium

                  Ele mesmo. O pessoal estava com medo da vitória dele justamente por isso. Mas até agora está surpreendendo positivamente.

                  • Luciano RC

                    Como aconteceu com o Dória. O problema foi o buraco que o Jaiminho (vulgo Haddad) deixou.

                    • Uranium

                      Não vejo assim. O Dória até agora fez muito barulho e pouca coisa concreta. Ele centraliza tanto as decisões que a prefeitura não sai do lugar. Isso sem falar nos xiliques, mentiras e no cinismo para falar dos problemas da cidade.

                • Maurício macri fez o mesmo caminho.

                  Do boca para a presidência via prefeitura de Buenos Aires.

            • SDS SP

              Ciclovias como parte do transporte público em SP, de maneira geral, só atendem aqueles que moram perto do trabalho, que no final das contas são pessoas com alto poder aquisitivo, pois as ciclovias mais estruturadas se localizam em bairros com alto índice de desenvolvimento.

              Quem mora na periferia é quase impossível fazer uso da bicicleta como meio de transporte. Pergunta para o sujeito que mora no Grajaú e precisa se deslocar até o centro, se ele vai trabalhar de bike, o cara vai comprar uma CG125 e pronto.

          • SDS SP

            Copiam essas ideias porque são muito fáceis de introduzir, muitas delas bastam apenas uma canetada e pronto.
            Agora transporte público de qualidade e acessível (responsabilidade do governo estadual também), ninguém faz.

    • Erick da Silva

      será ??? não duvido mais nada dessa seita satânica/maçom

  • T1000

    Esse vereador não tem nada mais importante pra fazer?
    Pra propor um projeto ridículo desses podia ficar em casa.
    Pelo menos não atrapalharia as pessoas.

    • Evandro

      Desde qdo vereador term algo pra fazer? rssss

      • Edu

        KKKKK. Ótima!!!! Podemos estender para toda a classe política.

  • Evandro

    Coisa de PeTista, só sabem fazer besteira….

  • Antonio Di Pietro

    Excelente ideia. É a tendência mundial.
    Carros a diesel serão devidamente sepultados. Principalmente nas cidades.
    Ainda mais com o rápido avanço dos elétricos.
    R.I.P.

    • Marcus Mendes

      Aqui na minha cidade, já vi ônibus movidos à gás natural sendo testados, só não adotados, por que o lobby das empresas de transporte é forte.
      A redução de poluentes chega a 70% em relação a gasolina ou diesel, pois a queima é mais limpa.

      • Emanuel Schott

        Esse negócio de “lobby” é comprovado ou é chute seu? Por que não faz menor sentido. O custo de um ônibus movido a gás natural é menor do que o movido a diesel. As empresas seriam as primeiras interessadas em adotar isto.

        Creio que tem muito mais a ver com a disponibilidade do combustível. Diesel qualquer posto tem, gás natural precisa procurar.

        • Daniel

          E, desde quando onibus de transporte publico abastece “em qualquer posto”?

        • SDS SP

          Gás natural tem a todo. Empresas de ônibus tem sua de próprias instalações para abater suas frotas.

  • Hoffmann

    Esses ecochatos são insuportáveis. Daqui a pouco vai ser crime andar em qualquer outro meio de transporte individual que não seja a bicicleta.

  • Hodney Fortuna

    São Paulo está se tornando a capital do anseio comuno-globalista de cerqueamento das liberdades civis que podem alcançar todo o território nacional! Como se não bastasse a pior cidade do país e do Mundo para quem possui um automóvel, seus imprestáveis vereadores como sempre votando contra tudo que favoreça o cidadão! Mas aí virão os estúpidos mimizentos e dirão: “eles tem razão, precisa reduzir os gases que estão a destruir nossa natureza”! Ou seja: caem na conversa estatista dos burocratas.Ou seja, temos os piores e queridos pela população alienada que ainda demonstra “amor” tenro aos políticos! Na minha opinião, tudo gira em torno da queda ou ineficiência de produção do óleo diesel que é detido pelo monopólio estatista chamada Petrobrás!

    • Henrique Bittancourt Gouveia

      Li. Reli e fiquei com pena do seu comentário.

      • Luciano RC

        Falou muito, mas não disse nada. KKKKK

    • SDS SP

      Por que deixaram de fora os ônibus que fazem parte do transporte público? Certamente por temer alguma represália dos empresários dos ônibus, que mandam e desmandam. Corporativismo barato.

    • Eduardo

      Quando tu entenderes o que queres dizer, redige novamente e explica.

      • Hodney Fortuna

        Seja inteligente o mínimo para entender!

    • MMM

      “A pior cidade do país e do mundo para quem possui automóvel”
      Rio de Janeiro, Buenos Aires, Cidade do México, Honolulu, LA, Lagos, Mumbai, Bangalore. Nem precisei pensar muito pra lembrar de 8 cidades MUITO piores que SP.

      Viaje um pouco antes de assumir que você mora no pior lugar.

      • Hodney Fortuna

        Quem cobra os mais abusivos impostos? Na verdade há quem adora levar pancadas do Estado e ainda defende o agressor!

        • MMM

          Se a sua definição de melhor lugar se resume a valor de imposto, realmente deveria ir pro Acre, afinal o IPVA é metade do percentual de SP.

      • Hodney Fortuna

        Em cobrança de impostos é sim a pior!

  • Baetatrip

    Acho absurdo esse projeto de lei!
    Deveria colocar mais teor no bio diesel “vegetal” no diesel atualmente e ia diminuir a poluiçao!
    Adoro carro a diesel……………… O valor e segurado pelo governo
    So petista pensa em socialismo!
    XO PT….. Que baguncaram o nosso BR por 13 anos

  • Milton Quadros

    Câmara dos deputados? Sanção de João Dória? Que diabo de notícia maluca é essa?

    • Henrique Bittancourt Gouveia

      Fiquei com a mesma dúvida.

      • Milton Quadros

        Pois é Henrique, quem comenta não lê, ou lê mas não tem a minima noção de organização social e política e não estranha.

  • Robert Dniro

    Tinha que ser PTebas mesmo.

  • Danilo Mustafa

    SÁÁÁÁI FORA PTRALHA!! O QUE MOVE ESSE PAÍS SÃO OS CAMINHÕES, VANS, VEICULOS DE CARGA E ETC, E AGORA QUER PROIBIR A CIRCULAÇÃO DESSES VEÍCULOS NO PRINCIPAL CENTRO FINANCEIRO E INDUSTRIAL DO PAIS? HAHAHAHAHAHA ESSES PETISTAS NÃO EXISTEM, DEVEM SER OVNI’S NÃO É POSSIVEL!
    TENDENCIA MUNDIAL? HAHAHAHAHAHAHA AMIGO, JÁ QUE VOCÊS QUEREM COPIAR A EUROPA QUE COMECEM PELO BÁSICO : EDUCAÇÃO ,SAÚDE E SEGURANÇA DEPOIS SE PREOCUPA COM POLUIÇÃO!!!

  • Ricardo Blume

    A diferença entre Brasil e países desenvolvidos é que lá fora eles criam meios alternativos como incentivo a elétricos/híbridos, ciclovias, ciclofaixas, compartilhamento e por ai vai. Aqui no Brasil vai goela abaixo e meio que na porrada, causando revolta na população. A ideia é boa mas não pode vir sozinha.

    • Luciano RC

      O problema, é que São Paulo é grande demais para tentar fazer algumas coisas… primeiro precisa estruturar toda uma rede de trilhos de Metrô e CPTM. Depois, preparar as linhas de ônibus para auxiliar esse sistema ferroviário. Só assim podemos começar a impor limites aos veículos.
      A Grande São Paulo (todas as cidades no entorno, conectadas) precisam ter pelo menos uns 500km de Metrô. Conectar os centros das cidades do entorno e dar manutenção e atenção pra que funcione perfeitamente.

  • Maycon Farias

    Se fosse proibir a venda seria no mínimo sensato ja que muitos países farão isso em breve. Mas proibir a circulação sem incentivos ou meios alternativos é ignorância. Façam a proibição de venda de carros movidos a combustível e obrigue as montadoras a vender somente elétricos ou híbridos. Depois dê um prazo com incentivos para que a população que nao tem um novo troque.

  • RIP Brazil

    Vai dá Çerto, Çim! Pódi confiá!
    Vai CUríntia!
    ;)

  • tiago

    Achei a ideia uma bela de uma palhaçada.
    O ar da cidade é ruim e precisa melhorar – FATO.
    Que tão então trocar a frota do transporte público primeiro?
    Que tal fazer inspeção e ver se as emissões estão dentro dos padrões? Os diesels que vejo poluindo horrores, geralmente, são veículos de transporte escolar, vans, caminhões e ônibus mais antigos e aposto que se os proprietários cuidassem melhor da manutenção seriam muito mais limpos, penalizando muito menos a saúde pública.
    No mais esses veículos pesam, em geral, umas duas toneladas, se fossemos obrigados a usá-los com gasolina, que autonomia teríamos? Com um consumo que não deve passar dos 6 km/l?
    Às vezes parece que esses políticos vivem em um mundo paralelo….

    • Paulo Lustosa

      6 km/l foi otimista, micro ônibus a diesel estourando faz 7km/l por abusar de rotação pra se locomover e encher turbina, quem dirá o mesmo micro ônibus com motor 6 cilindros a gasolina, com menor durabilidade?

      • Luciano RC

        Um ônibus com motor gasolina faria no máximo uns 2 km/l. Só funciona se for híbrido.

  • Vinicius

    Os donos de postos agradecem. Proibir circulação de político vagabundo é minha meta, estão pouco se lixando para a malha viária, ferroviária e o transporte coletivo mais eficiente.

  • Danilo

    mais um querendo arrotar como se fosse Europa. Eu falo esse país faz tudo errado. Querem proibir carro a diesel, utilitario e nao possuem, ou melhor, acabaram com as Ferrovias que poderiam ter sido modernizadas e tiraria milhares de caminhoes de Sao Paulo, o que diminuiria muito a poluicao.
    Ai aquele consumidor que precisa da sua camionete pra puxar carga vai ser afetado.
    O brasil nem sequer tem um mercado automotivo alinhado com EUA e Europa e termos de segurança.
    Um ou outro gato pingado ai que tem uma segurança boa. Mais uma segurança excelente com recursos para se evitar acidentes, vai achar da faixa de 100mil pra cima e olhe lá.

    Mal temos carros eletricos com preços acessiveis para que se possa pensar em remover carro a diesel e gasolina do mercado.
    Vai compra aquela coisa medonha de Prius que custa um absurdo? BMW i3 que tambem custa absurdo? Golf e que nem no mercado esta mas se chegar vai ser de 100mil pra cima.

    Brasil quer dar uma de Europa nesse segmento, mais nao consegue nem segurar as “carça”.
    O Dia que tivermos um carro bom, seguro e eficiente que condiz com a realidade do Brasileiro, ai talvez mudanças mais drásticas como essa de se restringir ou ate proibir um combustivel, possa ser aceita.
    Ate la, na minha opiniao, so fogo de paia.

  • Cláudio Lima

    Para 2023 são apenas 5 anos. Caso a lei seja aprovada, quem possui carro a Diesel não terá para quem vender esse bem. Mesmo que essa lei seja apenas para a cidade de SP, vai restringir o comércio deste tipo de veículo no estado. O mais certo, na minha opinião, seria proibir ou dificultar a venda de novos modelos a Diesel, assim o cidadão que possui o carro com este combustível não terá que pagar essa conta num prazo tão curto.

  • Milton Quadros

    Quem comenta não lê, ou lê mas não tem a minima noção de organização social e política e não estranha. Câmara dos Deputados? João Dória?

  • Walber Menezes

    A tendência mundial é nao haver carros a diesel e a gasolina, mas igual no restante do mundo , primeiro preocupar-se em incentivar o uso do transporte publico com melhores vias, conforto e segurança para os usuários, e maior capilaridade (temos muito poucas estações de metrô ainda). Incentivar tambem o transporte compartilhado, tanta gente sozinha dentro de um carro actualmente.

  • Paulino Lino

    Isso é projeto de lei de quem NÃO TEM NADA DE ÚTIL PRA FAZER

  • yurieu

    Por acaso essas 4 mil pessoas foram necropsiadas e tiveram diagnóstico de insuficiência respiratória causada direta e exclusivamente por fuligem? E todas essas pessoas tiveram excluída o fator agravante por tabagismo? Como sempre o Partido maligno fugindo das reais necessidades do país, que é o imposto zero e a modernização das cidades.

  • Gustavo Andrade

    Isso vale pra Biodiesel?

  • Luiz Pereira

    Seria muito mais razoável começar pelo cumprimento das leis que já existem, relacionadas à emissão de poluentes pelos veículos. É só olhar nas ruas para ver veículos a diesel emitindo rolos de fumaça preta. Ora, sabemos que uma parcela significativa dos caminhões e ônibus roda com bombas de combustível adulteradas, alteração que melhora o desempenho mas aumenta MUITO a emissão de fumaça – isso para não falar nas dezenas de milhares de veículos em péssimo estado, como motores em condição precária, que circulam sem ser incomodados.

  • Daniel

    Para resolver o problema da poluição é simples:
    – Inspeção anual (no molde da europeia) para veiculos Pesados
    – Veiculos pesados com mais de 15 anos obrigatorio ir pra reciclagem (a baixa dos veiculos em troca de uma carta de isenção de IPI e ICMS para a compra de um novo)

    – Para veiculos leves a gasolina/etanol:
    – Inspeção no 3o ano e anual a partir do 5o ano (no molde da europeia) [a partir de 25 anos, caso original e bem conservado, poderia receber placa preta e ter vistorias a cada 3 anos apenas para confirmar a manutenção da conservação e originalidade)
    – A partir de 15 anos, opção de ir pra reciclagem em troca de isenção de 80% de IPI e ICMS pra compra de um novo.

    Em caso de acidente, dar baixa no veiculo daria 80% de isenção do IPI e ICMS para a compra de um novo.

    E, por ultimo, mas não menos importante: retirada das lombadas e valetas nas cidades. (esses “freia e acelera” além de desgastar os carros e consumir combustível, polui um monte tbm!)

    • Luciano RC

      Concordo.

  • Grizzi

    Quantos % de carros diesel de passeio rodam em SP? Esta preocupado com a poluição !!! Ótimo, mas vamos começar pelo ônibus e caminhões e incentivar o uso do Etanol ($$$$$), carros híbridos e elétricos….

  • Grizzi

    Ótimo se preocupar com a poluição… mas essa PL é “prosopopeia para acalentar bovinos” …. quantos % de carros de passeio diesel rodam em SP? Quer diminuir radicalmente a poluição a curto prazo ….

    1 – Estabeleça vistorias (rígidas) nos caminhões e ônibus, inclusive quem faz o faz apenas SP de passagem.
    2 – Incentive o uso do Etanol ($$$baixando o preço$$$) e incentivando a fabricação de carros apenas Etanol.
    3 – Incentivar carros elétricos e híbridos.
    4 – Motivar o uso de bicicletas (qualidade e segurança).
    4 – E por fim oferecer transporte de qualidade de forma a que deixem os seus carro em casa.

  • Lorenzo Frigerio

    Um petralha com saudades da ditadura… tentaram até proibir corridas de carro. Os caras tinham a caneta e o tacão.

  • Só tinha que ser do PT mesmo! Atribuir mortes por poluição unicamente aos veículos Diesel…

  • Cléber Ferreira França

    pow,cara torço profundamente para que isso não vá para frente,assim com torço para carros eléctricos não progredirem.
    Mas aqui,quando aderiram o sistema de ARLA32 nos caminhões de acordo com o euro 5 se não me engano,a proposta apresentada não era que o nível de poluição era quase 0%?

    (http://www.petrobras.com.br/pt/produtos-e-servicos/produtos/automotivos/arla-32-flua-petrobras/)

    AI AGORA OS CARA VEM COM ESSA DESCULPA DE SAÚDE HUMANA! UMA OVA…
    PORQUE ELES NÃO SE PREOCUPAM COM AS EMPRESAS QUE DESPEJAM QUILOS DE GASES NOCIVO NA ATMOSFERA….
    E SÓ OLHAR PARA A CIDADE DE CUBATÃO/SP ONDE SE CONCENTRAM UM GRANDE NÚMEROS DE FABRICAS….

  • Roberto Paiva

    Tinha que ser Ptralha,

  • Anderson Neves

    Eu concordo com a questão da poluição, mas o primeiro passo no Brasil não é limitar o diesel, mas favorecer o álcool, combustível que deveria ser orgulho para nós por ser renovável e pouco poluente.
    Deveriam implantar uma política de subsidiar o álcool, cobrando no maximo a metade do valor praticado hoje, a fim de desfavorecer o uso de combustíveis fósseis e que poluem mais.
    Nós somos líderes mundiais na tecnologia com o álcool, está em nossas mãos, é só querer.

  • Henrique Ferreira Lima

    Ok. Projetos para banir o diesel em São Paulo, mas é incentivos para veículos elétricos e híbridos? Se estão tão preocupados assim com a saúde do paulistano, já passou da hora da venda de modelos ecológicos ganharem inventivos fiscais e melhor infraestrutura para reabastecimento de elétricos

  • Cmenusi

    Como não moro em SP e a intenção é sempre ajudar: Troco sandero por Hilux, SW4, Compass, Land Rover ou Amarok. Diferença parcelo em 3x…. kkkkk

  • Malvino Jose Moreira Junior

    Por que eles não fazem projeto para despoluir o Rios Pinheiros e Tiete? Acabar com os desmatamentos e retirar a população das encostas, acabar com as enchentes, filas nos hospitais , faltas de creches etc… Proibir veículos a diesel muito fácil! Quero ver resolver as outras coisas.

  • Malvino Jose Moreira Junior

    Vamos proibir o veiculo a diesel , pois a gasolina vai a 6 Temes em 2018 mesmo.

  • Renato Alves

    Qualquer projeto que intimida o poder de escolha do consumidor é péssimo, torne o etanol, biodiesel, gás natural e elétricos mais atrativos e invista em transporte público que será muito mais eficiente do que simplesmente proibir uma tecnologia.

  • Léo Dalzochio

    Tal idéia de asno só poderia ter vindo de uma “brilhante” mente dos que amam paraísos “democráticos” como Venezuela, Cuba,… Políticos desse tipo servem para esterco?

  • Vattt

    “Segundo Donato, o município vive um problema similar ao da Europa” #SQN kkkkkkkkkkkkkkk! Vereador lixo socialista.

  • Mario

    Só tenho uma coisa a dizer: TRUCO!!!

  • FocusMan

    Aqui no Brasil só copiamos as porcarias.

    O Carro Diesel está sendo perseguido na Europa por um único motivo: Diminuição na venda de carros novos.

    A Frota na Europa é bem antiga e as pessoas deixaram de desejar a compra de carros novos. Como o carro europeu padrão também não enferruja e o motor diesel nunca quebra, as pessoas não quererm trocar seus carros antigos.

    Quem já foi na Europa sabe como é comum ver carros com mais de 10 anos de uso novinhos rodando com seus motores a Diesel e seu típico ruído de funcionamento.

    20 anos atrás, foi feito uma campanha macissa de incentivo ao uso de carros diesel, porque eles custavam mais caro e gerariam mais lucro para a indústria.

    Agora que o remédio virou veneno, de uma hora para outra o vilão da poluição virou o particulado emitido pelo Diesel, e não o NOX emitido pelos carros movidos a gasolina.

    Eu aposto que não teremos mudanças significativas nos próximos 20 anos, por mais que as pessoas insistam em falar em carros elétricos e híbridos. Quem regula isso é o mercado e por enquanto carros elétricos são subsidiados para serem viáveis.

    A Califórnia por exemplo já sinalizou acabar com o subsídio que vem sendo dado desde a década de 90 e as montadoras ficaram doidas!

  • Celio

    Pra variar o “Papai Estado” querendo o “melhor” pra nós… É uma lei que se for sancionada logo cairá. É inconstitucional. Uma lei aprovada por qualquer câmara municipal não pode sobrepor a nenhuma lei federal, no caso o Contran, que regulamenta a comercialização desses tipos de veículos. Pra variar mais uma lei estúpida criada por políticos estúpidos. Veio pra somar à lei idiota da “segunda sem carne”. Outra que (espero) não dê em nada.

  • Henrique

    O exmo Vereador se esqueceu de que, no Brasil ainda não há uma grande produção de carros elétricos, muito menos, de ônibus. Caminhão então, ainda é uma promessa da Tesla, que muitos consideram inviável. Ônibus e caminhões a etanol já se mostraram inviáveis para a economia do Brasil, pois nenhum governo que pagar a conta do subsídio necessário para viabilizar uma tarifa de uma frota de ônibus a etanol, como fazem os países da Europa.
    Portanto, é mais uma proposta de Lei, fora da realidade do Brasil.

  • marcelo ortega batista

    Uma boa iniciativa, para um ar mais limpo.

  • MIN💀S

    Se tornarem os veículos elétricos economicamente “compráveis” , sou a favor.
    Mas como todo politico no Brasil sofre de abstinência do dinheiro público, duvido que esse vereador esteja preocupado com a saúde do paulistano.

  • David Diniz

    Deveriam PROIBIR deputados querer se meter aonde não tem conhecimento.

  • heliofig

    Isso não faz sentido no Brasil.
    Na Europa, há grande frota de carros de passeio a diesel, ao contrário do Brasil, onde são proibidos há décadas.
    O Brasil perdeu o bonde da história, ao vincular o aumento dos preços do etanol ao da gasolina.
    O erro começa no monopólio da Petrobrás, que não permite distribuição livre do etanol.
    O etanol produzido no interior do Mato Grosso tem que passar pela Petrobras para poder ser comercializado. Ou seja, do lado de uma grande usina, o etanol é mais caro que nas capitais.
    Agora, com o alijamento dos combustíveis fósseis, vão erradicar da Europa os motores a combustão. Com eles, os a etanol vão junto, sem que (no caso brasileiro) precisemos realmente eliminá-los…
    E o Brasil vai ficar perdido no limbo dos carros elétricos, com um monte de etanol e petróleo pré-sal…

  • heliofig

    No caso de São Paulo, faz mais sentido proibir a venda de gasolina na cidade, se o problema é realmente a poluição. Veículos a diesel – fora a imensidade de ônibus desregulados, sem falar nos carros a gasolina também desregulados – contribuem pouco com a poluição, no volume total, ainda mais com os atuais motores avançados.

  • Ricardo Marcon

    Pode não ter muito a ver com o assunto em si, mas sem Diesel o brasil para, sendo que São Paulo seria a primeira capital a entrar em colapso.

  • Fernando Gonçalves da Costa

    Mas é os carros a Diesel que poluem mais??????? PQP

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email