Europa Finanças Seat Volkswagen

Seat tem problemas de mercado segundo a Volkswagen

seat-tem-problemas-de-mercado-segundo-volkswagen Seat tem problemas de mercado segundo a Volkswagen

O presidente da Volkswagen, Martin Winterkorn, foi categórico ao afirmar sua posição sobre os recentes resultados da espanhola Seat: “A Seat não tem um problema de produto, mas um problema de mercado”.

A marca espanhola parte do Grupo VW teve prejuízo de 78 milhões de euros em 2008, ante os 8 milhões de lucro obtidos em 2007.

Segundo a VW, a Seat foi a mais atingida do grupo alemão na Europa Ocidental, mas seu desempenho foi bom onde teoricamente reinaria a Skoda, filial tcheca da VW.

A marca teve crescimentos nos mercados da Europa Central e do Leste. Segundo Winterkorn, a Seat não tem problemas quanto à produtos.

Realmente a marca Seat tem um grande diferencial de estilo e proposta em relação às demais marcas da Volkswagen, geralmente mais conservadoras.

No ano passado, a Seat faturou 5,19 bilhões de euros, 11,9% à menos que em 2007 e vendeu 375 mil carros pelo mundo. Recentemente, a marca está iniciando uma nova investida em mercados latinos, como o México.

Enquanto isso no Brasil, a marca simplesmente sumiu, tendo um site que parou em 2003 ainda on line e uma presença insignificante e “estranha” longe do grande pavilhão no último Salão do Automóvel.

Aí fica uma pergunta: Se a VW tivesse retornado a Seat ao Mercosul e América Latina de uma forma mais concreta e séria, hoje a marca estaria com problemas de mercado?

Fonte: Automotive Business.

  • JALR

    É uma questão mercadológica…! hehehehe
    Bem, não entendo muito dessa parte de Mercado, digo, profundamente falando!
    Mas, como a marca quebra o jeito alemão de ser, e´ mais “caliente” no seu design, acho que faria alguma diferença com um marketing e um preço atraente na américa latina. São produtos do mesmo nível da volks, c desenhos mais quentes!

  • Luis.J.R.

    Tinha que produzir aqui e no mexico!Tenho certeza que iria ter mercado. :blink:

  • LeoBH

    Gosto da Seat… é um estilo menos conservador como foi dito… ousadia… sou fã de desenhos fortes… uma coisa mais paixão e emoção italiana do que a sobriedade alemã.

    Apesar de ser de um grupo alemão, esperava isso de uma marca espanhola… Povos de origem latina são mais calientes… :smile:

  • erom

    O problema da SEAT é que seus carros tem todos os defeitos dos VW sem ter suas qualidades.

  • Claudio

    A VW não cuidava direito nem de seus produtos, (e olha que basta dar uma caprichadinha pra dominar o mercado), quanto mais os da CEAT que vinham sempre com um preço caro e desinteressante em relação a concorrencia, apesar dos modelos serem bonitos!
    Pra mim a CEAT sempre passou uma imagem de carro que só vende pra espanhol!

  • Claudio

    Pra SEAT se fixar aqui, teria que lançar produtos em faixas interessantes e remar muito, mas muito mesmo, assim como fizeram e fazem os asiáticos até hoje com seus carros cada dia com mais mercado e crédito perante o público consumidor!

  • Alysson

    Só agora os execultivos da marca alemã viu isso :down: quando lançaram o Cordóba e o Ibiza aqui no Brasil na década de 90 que não vendiam nada :down:
    Eu se fosse um dos execultivos da Volkswagen colocava a venda :clown:

  • Filipe Augustus

    [Comentario #149829 sera citado aqui]

    O Cordoba até vendeu bem sim viu!!!
    Pelo menos aqui em São Paulo e na reagião do ABC se ve vários e muitas vezes em bom estado de conservação,agora o Ibiza e a Inca realmente sumiram,outro dia vi um Ibiza amarelo e 3 portas 2001 do ultimo que saiu…realmente uma raridade!!!!

  • The_mal_voltou

    Até hoje os Seat que ainda rodam por ai estão desvalorizados,mas são muito bons,mecânica vw com acabamentozinho melhor.

Send this to a friend