*Destaque Chevrolet Crossovers

Seguindo o Equinox, Chevrolet Tracker terá versão Premier

chevrolet-tracker-2017-avaliação-NA-19 Seguindo o Equinox, Chevrolet Tracker terá versão Premier

Menor crossover da linha da Chevrolet, o Tracker está prestes a ganhar uma nova versão no mercado brasileiro. A fabricante norte-americana revelou nesta terça-feira, 24, que o utilitário-esportivo compacto terá a variante topo de linha Premier, seguindo os mesmos moldes do recém-chegado Equinox. Ou seja, o novo Chevrolet Tracker Premier terá preço mais alto, mas em compensação irá oferecer uma lista de equipamentos mais recheada.



“O novo modelo se diferenciará principalmente pela maior oferta de itens de comodidade e de segurança”, conforme informou a própria Chevrolet no divulgado. Sendo assim, é de se esperar que o Tracker Premier seja equipado com controle eletrônico de estabilidade, controle de tração e assistente de partida em rampas. Esses três itens não são ofertados em qualquer configuração do crossover compacto por aqui.

Haverá ainda outros recursos, ainda não divulgados. Nos Estados Unidos, o Trax Premier é oferecido com itens como ar-condicionado digital, sistema de som premium da marca Bose, dez airbags, retrovisor interno eletrocrômico, chave keyless (já disponível no nosso Tracker LTZ), partida do motor por botão ou remota pela chave, entre outros.

Chevrolet-Tracker-Premier Seguindo o Equinox, Chevrolet Tracker terá versão Premier

O motor será o mesmo das variantes LT e LTZ, o 1.4 turbo flex de quatro cilindros, que inclusive é ofertado na família Cruze. Este propulsor rende 150 cavalos de potência com gasolina, a 5.600 rpm, e 153 cv com etanol, a 5.200 rpm. O torque é de 24 kgfm, a 2.100 rpm, e 24,5 kgfm, a 2.000 rpm, respectivamente. Ele trabalha juntamente com um câmbio automático de seis marchas e tração dianteira.

Quanto aos preços, é de se esperar que o Chevrolet Tracker Premier seja ofertado por algo em torno de R$ 100 mil. Atualmente, o modelo de entrada LT está disponível nas concessionárias por a partir de R$ 82.990, podendo chegar a R$ 93.490 na configuração LTZ; que pode receber ainda um pacote com airbags laterais e de cortina, elevando o preço para R$ 96.590.

  • André A

    É vergonhoso um carro custar mais de R$ 80.000 e não ter controle de estabilidade e de tração. Mas sendo um SUV (melhor categoria de veículo já inventada na história da humanidade) ou um Corolla (melhor veículo existente em todo o universo), TUDO BEM, não precisa ter.

    • REDDINGTON

      Kkkkkkkk

    • BillyTheKid

      Pior que no ano-modelo 2018 o Corolla vem com ESP, então não podemos mais pra fazer piada sobre isso!

      • 1 Raul

        Deixa pra fazer piada com o preço dele… ou com quem paga esse preço….

    • Celso Vieira

      SUV “melhor categoria de veículo já inventada na história da humanidade” Entende pra caramba de carro mesmo.

      • yoni

        E você entendeu o que ele wuis dizer?

  • REDDINGTON

    Teto solar de série nessa versão top???

  • Ricardo

    Mais SUV! Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

  • Pra que criarem uma nova versão, ao invés de começarem a ofertar os itens de segurança na versão LTZ?

    • João Cagnoni

      Precisa responder? (para aumentarem os preços….)

      • Era sabido que a Chevrolet chamava suas versões topo de linha de LTZ. Aí veio o novo Cruze e já inventaram LTZ2. Aí agora Premier. Isso só confunde o consumidor. Falta de respeito e desculpa para aumentar os preços mesmo.

        • Cássio Poerschke

          Tracker LTZ698 Premier Top Blaster 2018.

          • Exatamente, jajá chega nessa versão master blaster mesmo.

  • ObservadorCWB

    Interessante……….aqui versão PREMIER….lá fora versão de entrada…kkkk

  • Fanjos

    Prosperando mais é o que importa…mas o tamborzão na traseira é na faixa!

    • João Cagnoni

      Segundo alguns comentaristas do NA, freio à disco ou tambor não faz nenhuma diferença…

      • daneloi

        O novo polo europeu também não conta com freio a disco traseiro em algumas versões e a maioria dos reviews disseram que bem dimensionado não faz tanta diferença. Eu realmente não sei então prefiro não me posicionar.

        • Mr. Pennybags

          o problemaé a fadiga…o tambor esquenta mais rápido e perde a eficiencia. Para uso urbano não faz diferença consideravel.

          • th!nk.t4nk

            Perfeito. Pra um carro como o Polo, o tambor atrás dá e sobra. É carro desenvolvido pra cidade, não pra pegar estrada com alta frequência. Nos países onde as vendas do Polo se concentram, a velocidade máxima dentro de perímetro urbano é de 50 km/h. No Brasil, com vias expressas de até 100 km/h em algumas cidades, cabe sim um freio a disco traseiro na versão TSI.

            • Marcos Vinicius Bittencourt

              Freia-se muito mais na cidade a 50km/h do que na estrada a 100km/h

              • marthepunisher

                Mas nao causa fadiga. Está dimensionado p isso.

      • Eduardo Gregório

        Até faz, mas é mínima. Ao frear o peso do carro se desloca grande parte para o eixo dianteiro, assim a força que precisa ser aplicada no eixo traseiro é bastante reduzida.

        Mas sim, concordo que é uma economia desnecessária num carro desse valor.

  • lheu

    faróis xunning de série

  • oloko

    Se forem só esses itens que a reportagem diz, a LTZ já deveria ter isso porque não é nada demais hoje em dia. Pra eles chamarem de premier eles teriam que colocar isso e mais itens ainda para dar sentido a esse ”status” de topo de linha.

    • Lucas Vilanova

      Acredito em ar digital, farol baixo e alto em LED, fora o ESP, TC, Hill assist, entre outros…

      • Paulo Lustosa

        Ar digital nem o Tracker Premier norte americano tem, quero ver isso…

        • Lucas Vilanova

          Realmente nem veio, uma pena!

  • Daniel

    Uma amiga comprou uma LTZ, recomendada pelo sogro. No dia 17 de agosto bateu o carro. Está até hoje na CSS aqui em BH esperando chegar peça. Já foi no PROCON e no Reclame Aqui e até agora só tem passado raiva a espera de peças.

    • XandeeM

      Colidiram no meu Cruze no feriado de Setembro,fiquei 1 mês aguardando um capô e uma tampa de porta malas.

      • Guilherme Ferreira Lucio Lemes

        Ai é triste. Um mês para um carro que vende tão bem é sacanagem.

        • André Luis Versiani

          Não muito diferente, colidiram em um Corolla que tive e foi 1 mês pra chegar peças, todas estão assim, demora pacas pois nunca tem quase nada em estoque.

          • Mr. Pennybags

            Mas não é privilégio da GM, não. to esperando a porta de um Fluence tem mais de um mês!

          • kravmaga

            Estão usando as peças para fazerem carros 0 km e deixando poucas peças para as concessionárias.

            Infelizmente hoje no Brasil peças rápidas só em carros bem populares e que tenham já muito tempo de mercado. Se for modelo recente também terá problema.

            • André Luis Versiani

              Aqui no Brasil eles pensam, dane-se o cliente, ele que espere…

  • Felipe S

    Será que vai ter freio a disco nas rodas traseiras? Muito vergonhoso o uso de tambor nesse carro.

    • André Luis Versiani

      Seria muito bom pelo preço cobrado, mas pelo desempenho deste carro nem carece disso não, tambor bem dimensionado da conta tranquilamente.

      • Felipe S

        Concordo. Mas pode ser coincidência que num comparativo entre SUVs compactos, ele foi o mais rápido para acelerar (graças ao ótimo motor) e o mais lento para frear.

  • Dreidecker

    A GM tomando vergonha na cara depois do fracasso nas vendas do Tracker sem ESP/ESC no Brasil. Essa versão Premier com ESP/ESC já existia há tempos no México, de onde é importado.
    http://www.chevrolet.com.mx/trax-2018-camioneta-suv-compacta/especificaciones-tecnicas.html

    • Leonidas

      Eh mas no México não tem motor turbo. Tem o ecotec 1.8 da geração passada, mesmo do cruze antigo.

    • Anderson Trajano

      Cuidado colega, o fracasso não foi tão grande quanto imaginamos. Dependendo da versão, não há modelos em estoque. Prazo de 15 dias para “nacionalizar” o carro e mais alguns para a entrega. Não podemos esquecer que ao contrário das suas concorrentes, a Tracker tem cota de importação do México. Não vende mais por isso.

      Nem sempre lançamento de novas versões é por questão de fracasso de vendas, ao contrário, quando um carro fracassa, a montadora deixa de apostar nele e o tira de linha. Se está investindo, é porque ela vê demanda para tal.

      SUV hoje é uma mina de ouro. Nem os mais fraquinhos estão encalhando …. rs

    • Paulo Lustosa

      O carro tem cota de importação, fora que a versão premier nada mais é que a LTZ remarcada, tanto que nos EUA não existe mais versão LTZ

  • Fabio Marquez

    Enfim o Tracker vai se tornar um produto interessante no mercado.

  • silvio silva

    Essa é a versao para (es)premier o consumidor.

  • Júnior Nascimento

    Até 100k, vai ser bom. Passou disso, perde o custo-benefício.

  • Rodrigo

    Ah tá, pra Chevrolet item de segurança é de $érie…

  • thi

    AI A GM ADERINDO CARROS POR P,M OU G …

  • Julio Magalhaes

    Realmente dá pra entender o porquê de ser quase impossível encontrar um Tracker nas ruas. 100k para colocar ESP, controle de estabilidade e Hill assistence realmente é difícil. Esses itens são ofertados em carros.bem mais baratos, como por exemplo Ford Ka.

  • Impala_67

    Vou adiantar pra vocês leitores e equipe NA.
    Versão Premier I (1SD)
    + Controle eletrônico de estabilidade
    + Controle de tração
    • Novos itens da versão Premier II (1SF)
    + Alerta de colisão frontal
    + Alerta de saída de faixa

  • Rafael Neves

    Será que podem colocar um botão para desligar o Start / Stop???

  • Rodrigo

    Posso estar enganado mas este tracker não vai durar muito tempo, acho que não vai além de 2018.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend