Elétricos Europa Mercado Mercedes Benz Montadoras/Fábricas

Sem baterias, alguns lançamentos de elétricos estão atrasados

Sem baterias, alguns lançamentos de elétricos estão atrasados

O fornecimento de baterias se tornou o gargalo para as montadoras de veículos que estão investindo em carros elétricos. Apesar de os acordos permitirem desde a compra antecipada de cobalto até o desenvolvimento de tecnologias mais sofisticadas, como as células de estado sólido, a entrega das baterias para a montagem nos carros continua sendo um problema. Tanto é que alguns lançamentos de carros elétricos estão atrasados.


A Hyundai revelou que só na Noruega os pedidos do Kona elétrico chegaram a 20.000 unidades, mas apenas 2.500 foram direcionadas para aquele mercado, o que fez a marca sul-coreana trancar as reservas pouco depois do lançamento mundial do produto. Acontece que a empresa não consegue produzir mais unidades do que isso para atender especificamente o país nórdico, que é o principal para carros elétricos em termos de penetração do mercado.

O que chama atenção é que a Hyundai não possui problemas com capacidade de produção na Coreia do Sul, sendo sempre um motivo para atingir cada vez mais mercados no mundo. Fazer o carro não é problema, mas a questão é a bateria. A mesma dificuldade anda rondando Volkswagen, Renault, Smart e outras. A incapacidade de entrega de fabricantes de baterias está atrasando o lançamento de carros elétricos.

Sem baterias, alguns lançamentos de elétricos estão atrasados


De acordo com o jornal alemão Handelsblatt, a Mercedes-Benz terá de esperar seis meses além do programado para colocar no mercado seu primeiro carro com baterias. Planejado para o começo de 2019, ele ficará para meados do próximo ano. Acontece que as baterias não deverão chegar no momento certo, por isso o atraso é inevitável. Mas, particularmente, tem mais. A Daimler teria encontrado problemas técnicos com os protótipos avaliados e a resolução dos mesmos demandou mais tempo que o esperado.

Com isso, a Mercedes-Benz deve atrasar o lançamento dos próximos carros elétricos num período de tempo até pelo menos 2021. Então, tudo o que está programado nesse espaço estaria comprometido em termos de cronograma. O primeiro modelo será o EQ C, um SUV derivado do GLC. Depois surgirá o EQ A, que será um hatch baseado no Classe A. Em 2021, o EQ S seria um equivalente 100% energizado do Classe S.

Em resposta, através da Reuters, a Mercedes-Benz disse que não há atraso e que a produção de carros elétricos está intimamente relacionada com a capacidade produtiva das montadoras e fornecedores de baterias, já que a demanda é muito maior que o que se pode realmente entregar. Assim, as reservas são esgotadas pouco dias após o lançamento oficial. Na Daimler, isso deverá ser um ainda maior, pois cada um dos 50 modelos da empresa terá uma versão elétrica em 2022 e a Smart será 100% eletrificada em 2020.

[Fonte: Foro Coches Eléctricos]

Sem baterias, alguns lançamentos de elétricos estão atrasados
Nota média 5 de 5 votos

  • José Eduardo D’Acampora Guazzi

    AAAA carro elétrico e a terceirização da poluição, essas baterias poluem para fabricação e após para descarte com um impacto gigantesco, daqui 20-30 anos a discussão que se tem hoje contra combustivel fóssil vai estar rolando contra esse monte de bateria. Assim a industria se jogara em um novo ciclo de rodízio do que esta matando o planeta.

    • Nicolas_RS

      Pior são os mitos que são criados em volta para justificar a troca, como por exemplo, o ar das cidades ser tão ruim por causa dos carros, aquecimento global, mair eficiência, e tantos outros mitos.

      • Haggard

        Efeito estufa sempre existiu, é um “fenômeno” natural, o CO2 que os carros soltam apenas intensificaram este.
        Eu já havia pensado nessa parada de que em “xx” tempo, teremos que achar outro meio de combustível, por que a poluição por causa dos químicos de uma bateria, será alta demais… vai vendo.

        • Nicolas_RS

          Aquecimento Global é um mito! Procure se informar e saberá a quantidade de furos nessa teoria.

          • Luis Burro

            Sim,Vênus é o planeta mais quente do sistema solar e tá bem mais distante q Mercúrio q é o primeiro,e pelas sondas já comprovaram q o planeta tem 90 % da atmosfera de CO2.
            Q estranha coincidência ñ!Outra é q o período mais quente da Terra foi justamente qndo o nível de CO2 na atmosfera era bem alto.
            São fatos históricos inventados.

            • Luis Burro

              E vc ainda fala pra se informarem melhor!

            • Nicolas_RS

              Sim fera, mas a poluição do ser humano é INSIGNIFICANTE! Nos anos 30, a terra entrou na fase de “esquentar”, nos anos 70 auge do petróleo, entrou na de esfriar, e agora na década de 90 voltou a esquentar!

              • Luis Burro

                Sim,pode estar acontecendo realmente o q diz,mas os dados mostram q comparando os ciclos antigos com os novo a temperatura tem aumentado constantemente.

                • Nicolas_RS

                  Tem muitos dados que são falsos para justificar o aquecimento global, teve uma revista que divulgou o ano de 1998 como o ano mais quente registrado, só depois de muita pressão que a revista admitiu o equivoco. Existe também uma outra serie de fatores, como em uma das palestra do Luiz Carlos Molion explica que o número de registros de temperatura diminui principalmente na URSS/Rússia e no mundo todo.

                  Procure no Youtube: “Debate sobre AQUECIMENTO GLOBAL: Prof. LUIZ CARLOS MOLION x PHILIP FEARNSIDE.”

                  Luiz Carlos Molion começa a falar nos 42min.

                • Cesar

                  Desde que o mundo é mundo, ele aquece e esfria em ciclos.

        • Cesar

          Amigo, qualquer meia hora de um vulcãozinho por aí polui muito mais que todos os carros do mundo.

          • Observador

            O ‘problema’ é que o vulcão ‘apaga’, mas os carros continuam lançando CO2.

            • Cesar

              Vai lá no vesúvio e vê se ele está apagado.

              • Observador

                Pensei que vc estivesse se referindo ao Kilauea. O Vesúvio solta uma fumarola igual à chaminé do Papai Noel.

                • Cesar

                  Não. Estava me referindo a qualquer vulcão. Essa semana mesmo teve um na Guatemala soltado fumaça.

                  • Observador

                    Mas, estes fenômenos sempre ocorreram desde a formação da Terra e estão inseridos em seu equilíbrio natural. A ação do homem é que está desequilibrando isso. Não é à toa que a ‘grande maioria’ dos Países está adotando medidas para diminuir a poluição e todas as montadoras estão com muitos projetos nessa área. Não sou eu nem você que está dizendo. É o que está ocorrendo.

                    • Nicolas_RS

                      Meu caro, a liberação de CO² pelo ser humano é RIDÍCULA perto que a própria natureza libera! Um Vulcão por exemplo liberar mais CO² do que DÉCADAS de poluição do ser humano, então é IRRELEVANTE A POLUIÇÃO DO SER HUMANO em aspecto GLOBAL.

                    • Luis Burro

                      Com ctza milhões de veículos,fábricas,lares e tdo o q o humano criou polui menos q os vulcões,só não se esqueça q cada humano tbm respira!

                    • Nicolas_RS

                      Fala isso para os vulcões, sol, oceano, etc!

                    • Louis

                      Pergunte para qualquer médico se a poluição nos grandes centros é insignificante para o ser humano.

                    • Nicolas_RS

                      Perto do que a natureza produz é sim insignificante!

                    • Nicolas_RS

                      Esqueci de dizer, mas sempre tem gases nocivos liberados por empresas, fabricas, etc. Isso sim é ruim e MUITO! Antes estava apenas me referindo ao CO2.

                    • José Eduardo D’Acampora Guazzi

                      Existe a poluição a nível global e nível local. Globalmente a ação humana não esta mudando a temperatura da terra, isso é usado como pretexto industrial para quando se atinge o marasmo começar a vender o mesmo produto com pequenas mudanças e forçar essa venda. Agora falando localmente e sobre o ser humana daí sim temos problemas com concentração do CO2 que seriam os problemas respiratórios.

                    • Louis

                      Já deu pra sacar que você não entende nada do que está falando. CO2 não faz mal para saúde humana. O que faz mau é o CO (monóxido de carbono) e as micro partículas que são lançadas pelos escapamentos.

                    • sepchampions

                      Só não controlam a natalidade da população que e o verdadeiro problema. Vai chegar uma época que partirão pra extermínios em massa através de doenças

          • Luis Burro

            Sim,mas o vulcão é algo natural.Ele enxofre tbm e cinzas q podem esfriar o planeta.
            Na erupção do Pinatubo em 92 acho,a temperatura do planeta diminuiu 1 grau Celsio em média.

        • Marcelo Alves

          Nem existe consenso sobre isso na comunidade científica, tem vários que são contrários a essa tese de aquecimento global provocado pelo homem, e, ademais, existe tanto interesse político nisso porque isso circula muito $$$$, lembram que vários políticos estavam doidos para criar um imposto mundial sobre emissões de CO2 (imagina o dinheiro que isso iria circular), fora o mercado de créditos de carbonos que é cheio de rolo… É tudo pelo dinheiro, ninguém está preocupado com o meio ambiente.

          E pra piorar, quem aí se lembra do Climategate em 2009?

      • Luis Burro

        Sim mito,vai pra China respirar o ar lá e ver se é mito!
        Kkkk

        • Nicolas_RS

          Está dando risada de si mesmo? Não sei se tu sabe, mas por um acaso existe fabricas na China! A China é tão poluída por causa das usinas de carvão, informe-se antes de dar risadas dos outros!

          • Luis Burro

            Ué tu ñ fala ali encima q os vulcões poluem mais?É q foi um vulcão q poluiu a China,o q humano faz é limpar o ar.
            Kkkkkkkkk.
            Sim,na minha cidade nem dá pra ver os morros em volta tão nítidos como a 20 anos atrás,mas a poluição ñ está se acumulando,ela simplesmente vai pro espaço.

            • Luis Burro

              É cada asneira,pior q tem gente q realmente acredita q ñ existe poluição!

              • Raul Pereira

                eh colega, por isso larguei mão te tentar ter qualquer troca de ideias civilizada aqui com esse tipo de argumento. Eh jogar pérolas aos porcos. O cara não vai vir com um link de meteria serio ou artigo cientifico, só com achismos

            • Nicolas_RS

              Sugiro que contrate um professor particular de português e aprenda a interpretar texto! Eu não disse NADA disso! Eu disse que Vulcão polui mais que anos e anos de poluição dos seres humanos PONTO. Depois disse que a China é TÃO POLUÍDA POR CAUSA DAS FABRICAS E DAS USINAS A CARVÃO!

          • Louis

            Nos dias de paralisação dos caminhoneiros, o nível de poluição da cidade de SP caiu pela metade.

            • Nicolas_RS

              As fabricas continuaram a funcionar? Pq até onde sei, varias montadoras pararam suas linhas de montagem e mesmo com as fabricas de vários setores!

  • foratemerglobo

    Panasonic

    • th!nk.t4nk

      Exato. Tem 7 gigafactories em construção na Europa que serão inauguradas até 2020, e outras 3 que estão sendo negociadas nesse exato momento. Faltou dizer isso na matéria. Não vai faltar bateria, apenas atrasará um pouco de início.

  • Nicolas

    Depois de resolver a questão das baterias, vão descobrir que falta energia elétrica para carregar milhões de carros, pois o investimento é gigantesco e a longo prazo (usinas, redes de transmissão, rede de distribuição, etc)

    • Vitor

      A geração de energia também deverá cada vez mais vir de várias fontes… Energia eólica e solar vem como fontes complementares.

      • Nicolas

        A geração de múltiplas fontes e balanceamento com o consumo é extremamente complexo, pois é necessário fazer o gerenciamento de quanto se gera com quanto está sendo consumindo, Se faltar energia gerada (falta vento ou sol) a rede cai, se gerar mais que o necessário aumenta muito a tensão e queima os equipamentos. Atualmente está sendo desenvolvido os sistemas smart grid com sistemas computadorizadors, com sistemas de backup, no break, etc para conseguir gerenciar redes com múltiplas fontes, e mantê-la de pé. $$$$

        • Vitor

          Fácil não é, e acredito que barato também não. Mas há outro jeito?
          Ou é isso ou ficar eternamente dependente do petróleo. Se vierem outros combustíveis viáveis, melhor ainda.

          • Nicolas

            É mole não…mas nada que a tecnologia o $$$$ não possam resolver.

      • Nicolas_RS

        Isso é EXTREMAMENTE CARO! Energia Eólica e Solar são duas porcarias!

        • Vitor

          Eu disse que são fontes complementares. E retirar petróleo do fundo do mar é barato?
          Acho o Etanol uma opção viável, porém sabemos que nunca funcionou bem a longo prazo no Brasil.

          • Nicolas_RS

            Com certeza! Nos EUA é extremamente barato o combustível! Já energia eólica e solar tem uma serie de limitações e contras.

        • Observador

          Né, não! Encomendei um estudo para colocar energia solar na minha casa, e sai por cerca de 20.000 reais.
          Recupero em 4 a 5 anos. O resto é lucro.
          É muito, mas muito vantajoso.

          • Nicolas_RS

            Tu é muito inocente por achar que vai durar 30 anos, as pecas mas caras são as que tem menor tempo de garantia. Sem contar que esse tipo de governo continuar no poder, vai ter vários impostos sobre a energia solar e eólica(Já tem projetos para isso).

            Aqui na minha casa teria que investir aproximadamente 15 a 17mil reais para ter retorno depois de de 5 a 7 anos(Não lembro exatamente). mas com o risco de ficar alguns dias sem luz. Já que tem que ter um pica de 5h horas de sol por dia. Por exemplo, aqui em Curitiba, essa semana inteira está chovendo e muito nublado.

            • Henrique Gouveia

              Você simplesmente pode optar pelo uso do sistema de energia da concessionária quando o pico de energia da sua casa não for suficiente com o uso do seu painel. Existem sistemas On e Off Grid. Com o sistema On Grid vocdê não fica sem energia porque a intensidade solar diminui, fora que você envia energia para a concessionária quando está produzindo em excesso e não consumindo na sua casa.

        • Louis

          Já são fontes mais baratas que termelétricas, procure se informar.

          • Nicolas_RS

            A sim, uma pena, estava pensando em colocar uma termoelétrica no meu quintal…

    • Rmx

      Fora que as colunas para o reabastecimento desaparecem do dia para noite, ou estão quebradas, ou as vagas são ocupadas por carros normais e a pessoa fica sem escolha. Vi num canal português esses problemas, a sorte e que o cara (gajo) estava com um Golf GTE e não com um e-Golf !
      Na Itália a mesma coisa, e ainda vc tem que se abonar a um fornecedor e só abastecer com ele, se for em uma coluna de outra empresa, se paga até uns 70% a mais ! Adeus vantagens !
      Fora a fila de Tesla que vejo num posto aqui perto de casa em um supermercado, a galera fica esperando horas até abastecer! No inverno as 21:00 h com -10 graus deve é uma delicia !

      • Schack Bauer

        Relato interessante. Imagino que no futuro os próprios postos carreguem o carro com gasolina ou eletricidade. Um carregador de 350kW como os novos que estão começando a ser implantados por aí na Europa vai abastecer 80% da bateria em menos de 15 minutos. Mas nessa transição, e sem a possibilidade de abastecimento doméstico, deve ser algo complicado mesmo.

      • th!nk.t4nk

        Cara, eu nao sei onde você viu isso, mas aqui na Alemanha no mesmo totem abastece Tesla, BMW, Smart, Up, etc. Tem conexao pra todos esses modelos e o preço normalmente compensa muito. Também nunca peguei um totem quebrado, embora em alguns locais específicos estejam sempre ocupados (falta aumentarem a quantidade, mas aos poucos estao investindo). Portugal e Itália são partes muito problemáticas da Europa, é preciso lembrar disso também.

        • FrankTesl

          e por mais problemáticas que sejam, são bem melhores ao que estamos acostumados no Brasil

          • th!nk.t4nk

            Sim, dei uma exagerada só pra dizer que esses países são o extremo da “ponta de baixo” da Europa ocidental, e mesmo assim estao indo bem na eletrificação (mais devagar que os demais, mas a coisa tá indo!). Se o Brasil tivesse nesse nível eu estaria muito satisfeito!

        • Rmx

          Coop Dietlikon região de Zurich, vejo sempre essa Sena porque vou lá sempre depois do trabalho e saio com o mercado fechando as 21:00.
          Isso que eles aumentaram os carregadores.
          Está melhorando, mas como vejo mais Tesla que FIAT por aqui, pegar uma fila passa ser sempre mais comum, mesmo na milionária Zurich!

        • Rmx

          Os outros problemas, vi em canais do YouTube italiano e português.
          E mesmo aqui em Zurich, no aeroporto vi desaparecer do Parking 06 todas as colunas a alguns meses, e até agora não sei onde foram parar ou se cancelaram.
          Viajo muito e até agora não vejo como fazer Suíça – Portugal ou Espanha, Sul da Itália com elétricos, nem mesmo um Tesla P100 aguenta muito a 130/140 por hora em uma estrada.
          Minhas últimas férias fiz mais de 6000 km ida e volta até Portugal em um elétrico ia ser uma aventura de dias ao invés de 21 horas .

    • Luis Burro

      Elas mesmas podem gerar,isto ñ é o maior problema.
      Qlqr lugar da pra colocar um catavento.

    • Guilherme Batista

      Isso tudo se ajusta com o tempo, uma inovação leva a outra, uma evolução leva a outra, ou você acha que assim que surgiram carros movidos a combustíveis fósseis já tinha combustível em todo lugar!

      Já teve época que as pessoas compravam garrafinhas de querosene em farmácia pra abastecer.

      Além disso, hoje em dia existem lugares que possuem grandes usinas fotovoltaicas que estão criando excesso de geração de energia nos períodos da tarde e finais de semana, onde o consumo de energia cai bastante.
      Logo poderia-se aproveitar melhor a super-geração atual e já ajudaria bastante no suprimento da demanda.

      • José Eduardo D’Acampora Guazzi

        Sobre isso que se fala de fatores empurrados por motivos economicos. A tese de aquecimento global e de que combustivel fossil é algo muito muito ruim, vai fazer muita corporação ganhar dinheiro vendendo os mesmo produtos só que adequados, carros, mas vai vender tambem novas fabricas para bateriais, todo um ecossitema de fornecimento e abastecimento. Tudo que se prega tão a força na industria é simplesmente por motivo economico.

  • Vitor

    O melhor modelo ao meu ver é o uso de combustíveis de várias fontes. A eletricidade é apenas uma delas.
    O etanol sempre me pareceu uma opção muito interessante, só que nunca foi levado muito a sério.

    • José Eduardo D’Acampora Guazzi

      Nossa produção de etanol polui no preparo dos campos e destroem os terrenos ao longo prazo. Só é melhor no carro em si.

  • Haggard

    E eles acharam mesmo que iria ter capacidade instalada para atender a demanda deles? Parecem inocentes até…
    Daqui um tempo, o problema não será mais a poluição por causa de combustíveis fósseis, mas o descarte das baterias velhas que não podem ser reaproveitadas, os químicos despejados no meio ambiente, a falta de matéria prima, a destruição de ecossistemas para criar uma base sólida de geração de energia para atender os bilhões de veículos mundo afora recarregando suas baterias e por aí vai…

    • th!nk.t4nk

      As baterias podem ser 100% recicladas (a tecnologia já está disponível há um par de anos, inclusive, e diversas grandes montadoras já se comprometeram a fazê-lo), e tem nada menos que 7 gigafactories em construçao na Europa nesse momento. Atualize suas informaçoes. Aliás, pelos comentários todos aqui os brasileiros em geral estão completamente por fora do que está acontecendo aqui na Europa, e continuam repetindo informaçoes de 10-15 anos atrás.

      • Guilherme Batista

        Brasil na América do Sul é tipo Estados Unidos para o resto do mundo, só olha o próprio focinho.

        Brasileiro (no geral, não to falando de alguém específico ) não conhece nem a própria história direito, quiçá a de outros países.
        Noticias importantes de países vizinhos ao nosso, parceiros comerciais, não são propriamente divulgadas por aqui, no máximo quando acontece alguma tragédia ou algo do tipo.

        Então para ter acesso a dados como esse que você diz é só quem está bem empenhado em procurar mesmo.

      • José Eduardo D’Acampora Guazzi

        Não é por fora, mas sabe daquilo que um discurso dito muitas vezes se torna verdade??? A Europa já comprou a ideia. Não que eu ache ruim em sí mas vendem ela como uma solução milagrosa e sendo crítico, não é.

        • th!nk.t4nk

          Nao é nenhuma soluçao milagrosa, concordo totalmente. Tá cheio de interesses por trás. Mas também nao é essa insanidade que muita gente tá propagando nao. Enfim, falo pela realidade que vivo aqui na Alemanha. Tem muitos desafios ainda pela frente, mas tá todo mundo se mexendo pra solucioná-los. E isso tá dando emprego pra muita gente, gerando inovaçao, conhecimento, etc. Enquanto isso o Brasil continua paradão, na mesma dependência eterna do petróleo. Quando finalmente a ficha cair, já será tarde demais e mais uma vez o país será escravo de tecnologias estrangeiras, infelizmente.

          • FrankTesl

            É mais um bonde de evolução tecnológica que o Brasil vai perder ou entrar atrasado, sem poder usufruir dos grandes ganhos de produtividade. Ou seja, vai ficar na rabeira, sendo levado a reboque pelos fatos quando não for mais possível tapar os olhos e manter-se alheio.

            Infelizmente, isto sempre se repete pois predominam as mesquinharias e tacanhices que vemos em vários comentários neste tópico.

            Lembro até como era nos anos 80 e 90… quando falava em “informática, internet”, muito metido a sabichão dizia que não prestava para nada, coisa de CDF quatro olhos, ou mesmo que tinha que ser tudo restrito mesmo, pois é coisa de que “não interessa ao povão”. Bem, os fatos mostram a que ponto chegou a “informatização”.

            No Brasil dos anos 80 predominou reserva de mercado, estatização das telecoms – a primeira caiu em 1990; as telecoms foram privatizadas só de 1998 em diante, não sem muita gritaria e objeções de quem tirava benesses do estado de coisas, e sob oposições de quem era ignorante dos benefícios e oportunidades que estavam sendo perdidas.

            É realmente um tédio ver o mesmo padrão se repetir…

  • Camillo Celio

    De uma forma ou outra nós seres humanos iremos sempre poluir e destruir o planeta, seja com queima de combustivel, ou com baterias usadas ,ou com extraçao de minerio.

    • Dario Lemos

      Mas tem gente que prefere por a culpa em outros fatores. Queiram ou não, o principal problema reside no aumento populacional.

      • Louis

        Sou defensor de carro elétrico, mas concordo que o melhor jeito de diminuir a poluição é conter o aumento populacional e diminuir o consumismo. As coisas não deveriam ser tão descartáveis.

  • Luis Burro

    Nossa já,ñ quero nem ver qndo for a única alternativa!
    Pq ñ fazem joint venture com as fabricantes e produzem nas fábricas do modelo diretamente.

  • durango

    tem que comprar pilha lá na esquina

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email