Governamental/Legal Montadoras/Fábricas Volkswagen

Sindicatos querem boicotar a Volkswagen completamente, por causa das demissões de 6.000

Representantes das cinco fábricas da Volkswagen no Brasil reuniram-se hoje (5), em São Bernardo do Campo (SP), para debater medidas a serem tomadas contra o programa de demissões anunciado pela montadora. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, serão cortados 5.773 postos de trabalho na empresa, sendo 3.672 na planta da Anchieta, em São Bernardo do Campo, no Grande ABC. Além desta, a VW conta com unidades produtivas em São Carlos (SP), Taubaté (SP), São José dos Pinhais (PR) e Resende (RJ).

A montadora alemã confirma que haverá demissões após novembro, quando vence o acordo de estabilidade com a fábrica da Anchieta. Entretanto, não revela quantos funcionários serão afetados. Segundo fontes do sindicato ouvidas por nossa reportagem, ficou acertado que haverá resistência por parte de representantes das cinco fábricas. Por enquanto, os trabalhadores continuarão se recusando a fazer hora extra, além de promover queda na produção das fábricas.

Além disso, greves são possibilidades concretas a partir de novembro, mas não agora. Representantes do sindicato aproveitarão o encontro anual do Comitê de Trabalhadores da empresa, a partir do próximo dia 8, para propôr uma resistência global contra o programa de demissões no Brasil. A idéia é mobilizar funcionários de outras subsidiárias da VW para realização de greves e boicote de entrega de peças entre as fábricas, além de outras ações.

No encontro do Comitê de Trabalhadores, que acontece na Alemanha, o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC será representado por seu presidente, José Lopez Feijó e o diretor Wagner Santana, também funcionário da Volkswagen do Brasil.

Hoje, o presidente da VW do Brasil, Hans-Christian Maergner, se reuniu com Luís Fernando Furlan, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Segundo a assessoria de imprensa da Volkswagen, o objetivo da reunião, que aconteceu no BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) foi expôr ao ministro o plano de reestruturação da montadora.

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Send this to a friend