Spin 2015: fotos, detalhes, motor, preços, revisão, consumo

Spin 2015: fotos, detalhes, motor, preços, revisão, consumo

A Chevrolet Spin 2015 foi o último ano/modelo antes de uma atualização que a General Motors faria na linha 2016, que não mudou de visual, mas teve modificações de engenharia.


Na linha 2015, a Spin 2013 ganhou alguns itens de série para ampliar o conforto e a comodidade a bordo, como sistema de travamento elétrico do bocal do tanque de combustível.

No interior ainda, a Spin tinha o anel cromado emoldurando o painel de instrumentos (cluster) e o acabamento emborrachado da parte central do painel, dando maior percepção de qualidade, sendo elas exclusivas da versão topo de linha LTZ.

A linha 2015 ainda ofereceu novos itens, como um tablet de 7 polegadas que podia ser fixado no encosto dos bancos dianteiros, fornecendo assim entretenimento para as crianças ou adultos no banco traseiro.

Outro item de destaque nos acessórios da Spin 2015 era a função função Tilt Down do retrovisor externo direito durante as manobras em ré, possibilitando ao motorista ver a guia da calçada e evitar danos às rodas.

Oferecida em carroceria com espaço para cinco ou sete passageiros, a Spin 2015 tinha capacidade para 710 litros no porta-malas e 1.841 litros com os bancos traseiros rebatidos., tem um amplo espaço interno.

Desenhada por Carlos Barba e desenvolvida sobre uma variação da plataforma Gamma II da GM, a Chevrolet Spin foi criada pela General Motors do Brasil no centro de estilo da empresa, que fica em São Caetano do Sul.

Projetada para ser uma minivan desde o início, a Spin surgiu em 2012 com a dura missão de substituir dos ícones dos monovolumes nacionais: Chevrolet Meriva e Chevrolet Zafira.

Compartilhando a arquitetura básica com o Cobalt, nascido um pouco antes, a Spin 2015 rapidamente atraiu atenção dos taxistas, especialmente em aeroportos, rodoviárias ou próximos de supermercados, onde o bagageiro é importante.

Em locais como o Aeroporto Internacional de Guarulhos (Cumbica), a Chevrolet Spin é quase uma imposição para a categoria, com inúmeros carros em várias cooperativas e empresas do setor.

Tendo uma carroceria alta e volumosa, a Spin 2015 foi pensada para levar pessoas e muita bagagem, mas ainda com um conjunto robusto, com McPherson na frente e eixo de torção atrás.

Outro ponto importante do produto, apesar da idade, é a mecânica centrada no vetusto motor GM Família I, que surgiu em 1982 e chegou ao Brasil com o Monza. De mesma idade do Renault F4, por exemplo, ele é confiável e “torcudo”.

Com até 108 cavalos e 17,1 kgfm a 3.200 rpm, o chamado 1.8 Econo.Flex ainda não havia recebido sua última atualização, que chegara em 2016 a bordo da linha 2016. Ainda era o motor originalmente adicionado ao produto.

Para ampliar o conforto, além do câmbio manual de cinco marchas, trazia a transmissão automática GF6 de seis marchas, o que tornava a Spin 2015 ainda mais atraente para algumas aplicações.

Como um carro pensado para a família também, o monovolume da Chevrolet oferecia um espaço amplo e diversos acessórios, como os já mencionados e outros mais práticos, como rede no bagageiro na amarração de carga, por exemplo.

Possuindo um pacote de equipamentos apenas mediano, a Spin 2015 tinha o suficiente para o dia a dia somente, ficando a cargo do cliente incrementar o produto com acessórios.

Com foco no custo-benefício, a minivan da GM podou muita coisa e a própria marca atrasou sua atualização de propósito. Na linha 2016, por exemplo, era para ter recebido as mudanças visuais que só apareceram em 2018.

Em vez disso, foi aplicada uma atualização de engenharia, onde visualmente quase não há diferença entre o ano/modelo 2015 e 2016, mas se esconde sob a carroceria uma discrepância grande entres às duas, com mais economia na segunda.

Além da Spin 2015, a GM lançara na mesma época a Spin Activ, que era a versão aventureira da minivan, dotada de modificações como suspensão mais robusta e elevada, estepe externo, faixas e molduras decorativas, entre outros.

A Activ era uma adição importante ao portfólio da Spin, reforçando o compromisso da familiar com o mercado nacional. A novidade tinha ainda pneus de uso misto, padronagem interna diferenciada e até sete lugares.

Spin 2015 – detalhes

Spin 2015: fotos, detalhes, motor, preços, revisão, consumo

A Spin 2015 ainda mantinha o visual original da minivan, que fora lançada em 2012. O monovolume de carroceria volumosa tem quatro portas e uma enorme tampa traseira, facilitando acesso ao bagageiro.

Na frente arredondada e elevada, os faróis eram amendoados e de parábola única, tendo nelas lanternas e piscas integrados. A grade bipartida tinha uma barra na cor da carroceria com o logotipo da Chevrolet, além de cromados.

Toda a grelha era envolvida por cromados, enquanto o para-choque se fundia com a parte superior, criando um conjunto único na frente. Molduras laterais e na mesma cor, abrigavam os faróis de neblina.

Essas molduras se mesclavam com as laterais do veículo, assim como também com a grade inferior, que tinha uma pequena aleta. Esse formato arredondado da frente lhe conferiu o apelido de “capivara”.

Com linhas fluidas e cintura alta, a Spin 2015 tinha retrovisores grandes e na cor do carro, assim como barras longitudinais no teto, mas dependendo da versão. Na ocasião, ainda não existia a versão LS, que seria mais simples.

As maçanetas eram embutidas e na cor da carroceria, enquanto a traseira apresentava lanternas compactas, posicionadas nas extremidades e com lâmpadas comuns. A vigia traseira é bem ampla e vem com lavador, limpador e desembaçador.

O para-choque envolvente era rebaixado para facilitar a abertura da tampa do bagageiro, que apresenta vincos pronunciados na base. Esta vinha ainda com uma maçaneta abaixo da gravata dourada da Chevrolet.

As rodas de liga leve aro 15 polegadas tinham desenho harmônico, sendo diamantadas. Na versão LT, as rodas de aço tinham calotas claras, enquanto a Advantage vinha com acabamento cinza escuro. Os pneus eram 195/65 R15.

Cabe lembrar que nessa época a Spin Activ, versão aventureira, já estava disponível e trazia itens como estepe externo com suporte, suspensão elevada, pneus de uso misto e visual personalizado.

Lançada com a linha 2015, a Spin Activ tinha pintura branca perolada entre as opções, chamando atenção nesse caso. Vinha ainda com molduras pretas integradas à parte inferior do para-choque frontal.

Elas abrigavam molduras em preto brilhante com faróis de neblina circulares. Já as saias de rodas eram protegidas, assim como a base das portas, onde havia ainda um friso prateado mais abaixo. Também havia faixa de cor laranja e cinza.

Os faróis possuíam máscara negra, enquanto as lanternas traseiras tinham detalhes cromados. O para-choque traseiro era diferenciado, assim como a tampa traseira.

A Spin Activ exigiu uma reengenharia do projeto da minivan, adicionando uma tampa do bagageiro integrada ao desenho do protetor, que tinha um braço articulado para movimentação do estepe externo.

Junto desse braço de abertura lateral, havia um par de luzes de neblina. O estepe não tinha cobertura, mas havia um sistema de trava elétrica de segurança para evitar o furto. Ele tinha uma capa no cubo e uma maçaneta lateral da trava.

Equipada com rodas de liga leve diamantadas aro 16 polegadas, a Spin Activ trazia ainda pneus de uso misto 205/60 R16, que traziam mais estabilidade e conforto em pisos ruins, porém, faziam mais barulho ao rodar no asfalto.

Por dentro, a Spin 2015 tem um espaço bem amplo e com painel em dois tons de cinza, sendo a parte mais clara no centro do conjunto frontal, com molduras centrais escuras, onde fica a multimídia MyLink da primeira geração.

O cluster era análogo-digital com conta-giros em Ice Blue, assim como o display digital com velocímetro, nível de combustível e temperatura da água, além de computador de bordo.

O porta-luvas tinha tampa com abertura para cima, eliminando a característica da abertura do compartimento bater nas pernas. Já o volante em couro tem comandos de mídia, telefonia e piloto automático, tendo coluna ajustável.

Além disso, o seletor do câmbio tem base em cinza claro, assim como o acabamento dos bancos, assim como nas portas. Os difusores de ar eram quadrados e com filetes que se fechavam completamente.

O banco do motorista tem ajuste em altura, com a segunda fileira com encosto rebatível, porém, ainda nessa época, ele não era deslizante, o que dificultava o acesso à terceira fileira.

Esse assento bipartido tinha dois apoios de cabeça, bem como cinto de dois pontos. Na terceira fileira, o encosto é único. A minivan tinha cintos de 3 pontos nas extremidades. A multimídia MyLink tinha tela de 7 polegadas com USB e Bluetooth.

Na Spin Activ vinha com interior preto, tendo moldura central do painel prateado, assim como detalhe do volante e seletor de câmbio, enquanto os bancos eram personalizados com acabamento preto e interior em cinza com faixas triplas.

As maçanetas na Spin 2015 eram cromadas, tendo comando dos vidros nos apoios de braços, enquanto os retrovisores eram ajustados na coluna A no lado do motorista, em posição ruim.

Bem volumosa por dentro, também trazia espelho dia e noite, além de espelhos nos para-sois. Com ótimo espaço interno, o destaque da minivan é o enorme porta-malas de 710 litros, que pode ser ampliado de 1.841 litros.

O volume ficava bem reduzido com os sete assentos prontos para uso, cabendo apenas poucas mochilas atrás da terceira fileira. A tampa é grande e facilita o embarque de bagagens e compras, sendo o assoalho rebaixado.

Essa característica permitiu desde a instalação de kit gás até plataforma para cadeirante em serviços de táxi ou frota. Ainda assim, o monovolume fica longe da modularidade da Zafira, que fora projetada pela Porsche.

Spin 2015 – versões

Spin 2015: fotos, detalhes, motor, preços, revisão, consumo

  • Chevrolet Spin LT 1.8 MT
  • Chevrolet Spin LT 1.8 AT
  • Chevrolet Spin Advantage 1.8 MT
  • Chevrolet Spin Advantage 1.8 AT
  • Chevrolet Spin LTZ 1.8 MT
  • Chevrolet Spin LTZ 1.8 AT
  • Chevrolet Spin Activ 1.8 MT
  • Chevrolet Spin Activ 1.8 AT

Equipamentos

Spin 2015: fotos, detalhes, motor, preços, revisão, consumo

Chevrolet Spin LT 1.8 MT – Motor 1.8 com transmissão manual de cinco marchas, mais ar condicionado, direção hidráulica, couna de direção ajustável em altura, vidros elétricos nas quatro portas, retrovisores elétricos, freios ABS com EBD, airbag duplo, travamento elétrico com controle remoto, rodas de aço aro 15 polegadas com calotas, retrovisor interno dia e noite, espelhos nos para-sóis, bancos em tecido, padronagem interno em cinza escuro, cinco lugares, cobertura do porta-malas retrátil, lavador e limpador do vidro traseiro, desembaçador traseiro, para-brisa degradê, vidros verdes, cluster análogo-digital, pneus 195/65 R15, fonte 12V (2), porta-copos, porta-luvas com iluminação, barras longitudinais no teto, para-choques na cor do carro, retrovisores na cor do carro, maçanetas na cor do carro, retrovisores externos com controle interno, chave-canivete com telecomando, preparação para som com antena e quatro alto-falantes, grade cromada, travamento elétrico do bocal do tanque de combustível, entre outros.

Opcionais: volante com comandos de áudio e mídia, rodas de liga leve aro 15 polegadas e sistema de som com CD player, USB e Bluetooth.

Chevrolet Spin LT 1.8 AT – Itens acima, mais tarnsmissão automática de seis marchas com mudanças manuais e piloto automático.

Opcionais: volante com comandos de áudio e mídia, rodas de liga leve aro 15 polegadas e sistema de som com CD player, USB e Bluetooth.

Chevrolet Spin Advantage 1.8 MT – Itens da LT manual, mais retrovisores, protetores laterais e colunas em preto brilhante, sensor de estacionamento, faróis de neblina, interior com detalhes em cinza brilhante, faróis com máscara negra, retrovisores elétricos, volante multifuncional e computador de bordo.

Chevrolet Spin Advantage 1.8 AT – Itens acima, mais transmissão automática de seis marchas com mudanças manuais e piloto automático.

Chevrolet Spin LTZ 1.8 MT – Itens da LT, mais terceira fileira de assentos, retrovisores elétricos, computador de bordo, sensor de estacionamento, faróis de neblina, multimídia MyLink com tela de 7 polegadas, volante com comandos de áudio e mídia, rodas de liga leve aro 15 polegadas e padronagem em dois tons.

Chevrolet Spin LTZ 1.8 AT – Itens acima, mais transmissão automática de seis marchas com mudanças manuais e piloto automático.

Chevrolet Spin Activ 1.8 MT – Itens da LTZ, mais para-choques com protetores pretos, protetores laterais, faixas decorativas, pneus de uso misto 205/60 R16, piloto automático, barras de teto em cinza, estepe externo, suspensão elevada, rodas de liga leve aro 16 e padronagem interna em preto e personalizada.

Chevrolet Spin Activ 1.8 AT – Itens acima, mais transmissão automática de seis marchas com mudanças manuais.

Preços

Spin 2015: fotos, detalhes, motor, preços, revisão, consumo

  • Chevrolet Spin LT 1.8 MT – R$ 49.890
  • Chevrolet Spin LT 1.8 AT – R$ 56.890
  • Chevrolet Spin Advantage 1.8 MT – R$ 56.190
  • Chevrolet Spin Advantage 1.8 AT – R$ 60.190
  • Chevrolet Spin LTZ 1.8 MT – R$ 59.790
  • Chevrolet Spin LTZ 1.8 AT – R$ 63.590
  • Chevrolet Spin Activ 1.8 MT – R$ 62.060
  • Chevrolet Spin Activ 1.8 AT – R$ 65.860

Spin 2015 – motor

Spin 2015: fotos, detalhes, motor, preços, revisão, consumo

O motor GM Econo.Flex 1.8 foi a penúltima versão do propulsor Família I da Chevrolet, que ainda permanece em produção na própria Spin, junto com o Família I 1.4, chamado agora SPE/4 e que ainda está nos Joy, Joy Plus e Montana.

Com bloco em ferro fundido, o quatro cilindros da General Motors é um projeto dos anos 80,, mas não era o 1.8 usado pelo Monza, que era o da Família II. Tendo cabeçote de alumínio comduas válvulas por cilindros, possui tucho hidráulico.

O comando de válvulas roletado tem acionamento por polia de correia dentada, além de correia em V para períficos como alternador, bomba d´água, compressor do ar condicionado e compressor da direção hidráulica.

Era dotado de injeção eletrônica multiponto sequencial e tecnologia flex com partida a frio por injeção de gasolina em dias de baixa temperatura e com etanol no tanque, tendo reservatório no compartimento do motor.

Antigo, o GM 1.8 8V tem como característica a aspereza, mas com bom torque em baixa rotação, melhorada na última atualização, que surgiu na Spin 2016. Ele entregava 106 cavalos na gasolina e 108 cavalos no álcool, ambos a 5.400 rpm.

O torque era de 16,4 kgfm na gasolina e 17,1 kgfm no álcool, ambos a 3.200 rpm. O que já era bom, contudo, ficou melhor na atualização, que fez a potência sibur para 108 cavalos na gasolina e 111 cavalos no etanol.

Também ganhou mais torque em baixa, a partir de 2.600 rpm com as melhorias feitas na linha 2016. Já essa versão do Econo.Flex – que depois mudara para SPE/4 – pouco trazia em termos de eficiência, tornando a minivan beberrona.

O câmbio manual de cinco marchas é o F17 com close ratio e um bom escalonamento de marchas, mas o automático era o confortável GF6 de seis velocidades com conversor de torque e mudança manual por botão, algo pouco ergonômico.

A Spin sempre teve um motor no Brasil e este ainda é o GM Família I com duas variações na minivan, já citadas. Na Indonésia, contudo, a oferta era bem maior.

Por lá, usou o Família 0 1.2 na base de entrada, tendo um 1.5 16V S-TEC III de origem chinesa e um diesel 1.3 SDE que, em outras palavras, é o Multijet 1.3 que já até equipou a Fiat Strada e o Punto de exportação a partir do Brasil.

Desempenho

Spin 2015: fotos, detalhes, motor, preços, revisão, consumo

  • Chevrolet Spin 1.8 manual – 10,6 segundos e 168 km/h
  • Chevrolet Spin 1.8 automático – 11,9 segundos e 168 km/h

Consumo

Spin 2015: fotos, detalhes, motor, preços, revisão, consumo

  • Chevrolet Spin 1.8 manual – 7,6/9,7 kml e 9,8/12,6 km/l
  • Chevrolet Spin 1.8 automático – 6,1/8,2 e 7,9/10,6 km/l

Spin 2015 – manutenção e revisão

Spin 2015: fotos, detalhes, motor, preços, revisão, consumo

Revisão10.000 km20.000 km30.000 km40.000 km50.000 km60.000 kmTotal
1.8R$ 272,00R$ 580,00R$ 756,00R$ 492,00R$ 952,00R$ 776,00R$ 3.828,00

Spin 2015 – ficha técnica

Spin 2015: fotos, detalhes, motor, preços, revisão, consumo

Motor1.8
Tipo
Número de cilindros4 em linha
Cilindrada em cm31796
Válvulas16
Taxa de compressão10,4:1
Injeção eletrônicaIndireta Flex
Potência máxima106/108 cv a 5.400 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo16,4/17,1 kgfm a 3.200 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
TipoManual de 5 marchas ou automático de 6 marchas
Tração
TipoDianteira
Direção
TipoHidráulica
Freios
TipoDiscos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
DianteiraMcPherson
TraseiraEixo de torção
Rodas e Pneus
RodasLiga leve, aro 15 ou 16 polegadas
Pneus195/65 R15 ou 205/60 R16
Dimensões
Comprimento (mm)4.360 ou 4,424 (Activ)
Largura (mm)1.735
Altura (mm)1.664 ou 1.672 (Activ)
Entre eixos (mm)2.620
Capacidades
Porta-malas (L)710
Tanque de combustível (L)53
Carga (Kg)510 ou 450 (Activ)
Peso em ordem de marcha (Kg)1.202 (MT) 1.255 (AT), 1315 (Activ MT), 1325 (Activ AT)
Coeficiente aerodinâmico (cx)ND

Spin 2015 – fotos

https://www.youtube.com/watch?v=ml3z9ChKE8o

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.