Crossovers Lançamentos Pickups SsangYong

SsangYong reinicia importação com lote de 3 mil veículos

ssangyong-impressões-NA-46 SsangYong reinicia importação com lote de 3 mil veículos

A SsangYong marcou seu segundo retorno ao mercado brasileiro reiniciando as importações de veículos. Representada agora pela Venko Motors, que anteriormente trouxe a Chery ao país e depois sua divisão de comerciais leves Rely, a marcas sul-coreana espera se fixar de vez no país após duas tentativas anteriores, sendo a primeira breve e a segunda mais duradora.



Com um lote de 3 mil unidades, a SsangYong voltará ao mercado nacional em 2018, mas esse volume é para ser vendido ao longo do ano, embora a Venko tenha garantia de mais unidades se necessário. Marcelo Fevereiro, diretor comercial da marca para o Brasil, diz que a fábrica da montadora na Coreia do Sul tem capacidade para dobrar esse volume se for preciso, mas isso dependerá da demanda nacional.

ssangyong-impressões-NA-46 SsangYong reinicia importação com lote de 3 mil veículos

Para a Venko, o momento é de cautela e a ordem do dia é dar um passo de cada vez, já que o contrato com a SsangYong é de 10 anos. Mas, mesmo assim, a representante sediada em Salto-SP já estreia com um quarteto de peso, tendo os novos crossovers Tivoli e XLV na linha de frente para fazer a diferença com propulsores a gasolina e preços entre R$ 85 mil e R$ 105 mil. Do outro lado, há o retorno de dois conhecidos, sendo o Korando 2018 devidamente atualizado e a picape Actyon Sports fechando o quarteto.



Nestes dois últimos, a motorização diesel é o destaque e os preços variam de R$ 120 mil a R$ 150 mil. Mas, o retorno da SsangYong ainda promete um quinto elemento para o Salão do Automóvel 2018, sendo este a nova geração do Rexton, que deverá ser o topo de linha da gama.

ssangyong-impressões-NA-46 SsangYong reinicia importação com lote de 3 mil veículos

O SUV de sete lugares e chassi de longarinas tem o mesmo propulsor diesel 2.2 usado nos Korando e Actyon Sports, entregando 181 cv ante os 178 cv da dupla já testada pelo NA. Ele virá com câmbio automático de sete marchas e tração nas quatro rodas. Preço? Ainda não sabemos, mas pela atual faixa pretendida com os quatro modelos que chegarão em 2018, provavelmente ficará entre R$ 150 mil e R$ 200 mil.

ssangyong-impressões-NA-46 SsangYong reinicia importação com lote de 3 mil veículos

Mas para dar suporte a essa gama de cinco modelos no futuro, a SsangYong pretende fechar 2018 com pelo menos 50 pontos de venda, sendo 30 no primeiro trimestre. Além disso, para quem tem um dos 17 mil veículos que a marca comercializou anteriormente por aqui, terá de volta a assistência do fabricante, mesmo que ainda estava na garantia anterior. Com o fim do Inovar-Auto e o IPI majorado de 30%, bem como o fim das cotas, a Venko se mostra confiante no Rota 2030 e espera que o mesmo seja aprovado.

SsangYong – Galeria de fotos

 

COMPARTILHAR:
  • Munn Rá : O de Vida Eterna

    Sucesso para SSangyong nessa nova empreitada no Brasil ( incluisve seus carros estão mais agradáveis visulamente )

    • MarcioMaster

      Sucesso???? Empresa que vem para o país, vai embora, deixa todos os clientes na mão e depois volta na cara dura, tem mais é que falir, aliais devia ter uma lei sobre isso, punindo a marca por uns 20 ou 30 anos antes de voltar de novo.

      • MMM

        Quanta bobagem.

        • MarcioMaster

          Bobagem mesmo é voçe perder seu tempo para expor essa opinião, te garanto que se perguntar para os donos que tem esses carros , desvalorizados, sem peças de reposição sem assistencia tecnica se eles acham bobagem.

          • Gorpo de Etérnia

            Os donos de veículos desta marca compraram o carro por livre e expontânia vontade… Tinham conhecimento que a marca é nanica em nosso mercado e o risco de falta de peças, css, etc, é enorme.

            • MarcioMaster

              Sim logico, eu jamais compraria por exemplo, mas ainda acho que deva ser regulamentado assim como a obrigação de fornecimento de peças por alguns anos.

            • Bruno Carvalho

              E exatamente por isso pagam “mais barato”, comparando com modelos similares de marcas estabelecidas!

          • MMM

            Foi o mesmo que fiz quando comprei um Vitara e logo depois a Suzuki saiu do Brasil. Faz sei lá quantos anos que a Suzuki voltou e não compro carros da marca. A decisão de sair é dela, a decisão de comprar ou não, é minha.

            Assuma suas responsabilidades e deixe o Estado fora disso.

          • Eduardo Zacchi

            Cara, até entendo sua opinião, mas se coloque no lugar dos donos da empresa também!!! Temos os dois lados e eles não pode falir ou perder dinheiro como perderam antes…
            Concordo que, se pretende se retirar do país, que homologue empresas capazes de darem apoio de pós vendas mesmo após a retirada do país, porque asim, você sai com dignidade e volta também!!!

      • Pedro Evandro Montini

        Foi embora porque não tava vendendo o suficiente. Agora, imagino se fosse feita uma lei sobre isso, quantas empresas deixariam de apostar no país. Ridículo.

        • MarcioMaster

          Não estou falando em todas as Empresas, estou falando de automotivas. O investimento para se montar um parque de revenda, logistica , distribuição e assistencia tecnica é enorme, deve sim ter um tempo de vida e um tempo se suporte em respeito ao consumidor. Não é vir aqui, vender carro e depois deixar todo mundo na mão.

      • Renan Vinicius

        Pelos tombos que levou pelas importadoras, e ainda apostar no Brasil? Punição jamais, tem é que receber os parabens e força, Brasil nao tem nada a perder com isso!

    • Gran RS 78

      Sucesso ela poderia ter se colocasse preços agressivos, mas se realmente os preços que a matéria menciona estiver certo, dificilmente a SSangyong venderá bem por aqui, afinal está no mesmo nível dos concorrentes diretos.

      • JCosta

        Exatamente. Aliás, foi um dos motivos pelo qual ela vendeu muito no passado: preço.

    • ObservadorCWB

      Difícil ter sucesso. Abandonou GERAL o consumidor. Preço absurdo. Motores ????. Confiabilidade aero neste retorno.

    • Benjamin Machado

      acho dificil ter sucesso dessa vez,o preço ja não é um atrativo,hoje em dia tem concorrentes de marcas estabelecidas que oferecem carros equipados com o mesmo preço.quanto a revolta dos outros,nao da para entender,a marca era representada por outra empresa…estao misturando as coisas!

  • Junoba

    Voltou na hora certa, os SUVs estão bombando nas vendas.

  • delvane sousa

    Off Topic: LatinNcap divulga novos resultados para America Latina. Nissan Kicks com bom resultado: https://www.latinncap.com/es/area-de-prensa/galerias

  • Elfo Safadão.

    Fala sério, o único carro bonito que eles tinham era Korando, agora não tem nada de bonito no lineup da marca pra oferecer.

    • Hoffmann

      Ainda bem que beleza é subjetiva, o que é feito para você pode ser bonito para outra pessoa e vice-versa

      • Elfo Safadão.

        Não falei que era feio, mas que não era nada bonito.
        Digamos que “tá sem sal”, genérico de mais….

    • leitor

      Achei o desenho um pouco antigo. Mas falar em feio, o Actyon ganhava de longe dos outros.

      • Elfo Safadão.

        Tá menos bonito.

    • Rodrigo

      Eu não diria bonito, diria menos exótico…
      Eles ainda usam motores da Mercedes-Benz?

      • Elfo Safadão.

        Se não me engano tinha uma parceria…
        Agora não sei se era de motores ou de design.

        • Rodrigo

          Era de motores diesel. O pai de um amigo meu tinha um SUV grandão, não lembro o nome. O motor era MB e eles até propagandeavam isso.

  • Leonel

    Nem precisa de muita mágica, tira esse IPI de 30% e a cota de importação que a nossa vida aqui já vai dar uma melhorada…

    • Gran RS 78

      Na teoria sim, o problema é na prática, que ocorre exatamente o oposto disso.

      • Leonel

        Na prática está difícil qualquer coisa nesse país a favor do povo…

  • Alex

    Pode baixar o preço. Coreano de segunda categoria pra concorrer em Jeep Compass nacional é de doer.

  • FocusMan

    Horríveis!

  • O_Gambaleao

    Pensa numa marca pra fazer carro feio. Até o nome da marca é feio!

    • Renan Vinicius

      Gosto é muito pessoal, mas creio que achamos ´´feios ´´ pelo estoque que temos aqui, estamos acostumados com essas linhas de design, quando aparece outra linha nova torcemos o beiço, mas no meu ponto de vista nao estao feios nao.

  • carroair30

    PRECISA NAO ….

  • Pipo pipo

    Preço de maluco para uma marca que entra e sai toda hora.

  • zekinha71

    Vamos ver quando tempo vai demorar pra achar 3k malucos pra comprarem dessa marca difícil de falar.

  • Eric Palamar Blaca

    Esta Korando tem que vir por 119mil avista diesel 4×4 nem um centavo a mais! Isso sim é ser um diferencial! agora querem cobrar preço de jeep COMPASS diesel (empresa que nunca deixou ninguém na mão e peças de reposição muito mais fáceis de se encontrar) nesta ‘barca furada’ importada por uma empresa que já não se deu bem quando trazia a chery para cá?
    Isso vale também para os demais carros. Tivoli querendo vir conquistar tereno em cima de HRV, CRETA pelos mesmos preços? Ahhh para né…..

  • PedroGolzinho

    Lote de 3 mil? vai ser suficiente pro meio do ano que vem ksksks

  • PedroGolzinho

    Qualidade eu não sei… mas que são feios eles são kkkk

  • Tosca16

    Já tem estoque para 2018-2019 tranquilamente.

  • Mr. On The Road 77

    Fico imaginando como alguém consegue pensar em comprar um carro zero nessas condições…

    • Renan Vinicius

      quais condições?

    • Fabrício Sanches

      .?

  • RFGV

    Deus me livre….

  • Hoffmann

    Os carros da Ssangyong são excelentes, não ficam devendo em NADA para os outros coreanos. É curioso ver gente descendo a lenha na marca porque ela saiu do país – por culpa das importadoras, que faliram – e exercendo a hipócrita indignação seletiva quando não tecem as mesmas críticas à Hyundai, que abandonou o país duas vezes, ou quando desejam marcas como a SEAT e Mazda no nosso mercado novamente.
    Quanto mais concorrência, quanto mais opções de qualidade, melhor.

  • Natán Barreto

    Quer vir com preços iguais dos concorrentes de renome. Aí quebra.

  • Zé Mundico

    Os carrinhos da “Sandjon” até que são bonzinhos, o problema é a falta de autorizadas e o total abandono do proprietário que fica sem peças, sem assistência e sem ter a quem recorrer.
    Prá quem gosta de fortes emoções, boa sorte!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email