Crossovers Hatches Matérias NA Peruas Sedãs Subaru

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

Uma perua e um caminho ruim. Para estar com a primeira e enfrentar o segundo, a Subaru Outback é um carro de referência no mercado mundial, unindo o conforto da familiar com as capacidade de fora da estrada da tecnologia S-AWD.


A Outback havia surgido como uma versão do Legacy e evoluiu para um produto diferenciado, tendo surgido ao mesmo tempo com a linha Impreza, onde era uma pequena perua e um hatch aventureiros, chamados Outback Sport.

Mesmo assim, até hoje, a Subaru Outback é associada com a perua do Legacy, que inclusive morreu como produto, existindo agora apenas o sedã. Ela também não deve ser confundida com a japonesa Levorg, baseada no Subaru Impreza.

Equipada com motor boxer e câmbio CVT Lineartronic, a Outback se beneficia ainda do sistema de tração permanente nas quatro rodas, batizado de Symmetrical All-Wheel Drive, que fica no mesmo nível de propulsor e transmissão.

Subaru Outback

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

Atualmente a Subaru Outback está em sua sexta geração (Legacy), que ainda não é vendida no Brasil, onde a marca japonesa é representada pela CAOA e comercializa a quinta geração por R$ 205.900.

Este produto é um dos poucos que ainda restam no mercado mundial e pode-se dizer que é a única de seu tipo no Brasil. Aliando o conforto e praticidade de uma perua grande com características próprias para o fora de estrada, ela se destaca.

Para um público mais tradicionalista, que aprecia mais as formas de um perua, assim como a capacidade de chegar em lugares onde os demais automóveis teriam dificuldades, a Outback resiste ao tempo e aos SUVs, que estão dominando.

Conhecida também por seu alto nível de segurança, ganhando diversos prêmios no exterior, a Subaru Outback reúne ainda tecnologias que a tornam mais eficiente e conectada.

Subaru Outback – Estilo

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

Mesmo na geração antiga, vendida no Brasil, a Subaru Outback tem um aspecto muito agradável e convidativo. Não para ir buscar as crianças na escola, mas para viajar para bem longe, não se importando se a estrada for de pavimento ou não.

Com olhar expressivo, a Outback traz faróis full LED com luzes diurnas em LED, envolventes. A grade hexagonal possui frisos cromados e um acabamento geral vistoso, enquanto o capô apresenta vincos acentuados nas extremidades.

No para-choque, a perua da Subaru traz aplique em preto na parte inferior, envolvendo os grandes faróis de neblina circulares e emoldurados em cromo, assim como a grade baixa. Um protetor central em cinza dá a dica da proposta.

Tendo suspensão elevada, a Subaru Outback tem bons ângulos de entrada e saída, assim como vão livre suficiente para eventualidades dentro e fora da estrada.

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

As rodas de liga leve aro 18 polegadas com pneus 225/60 R18, possuem um belo visual. A perua tem uma boa área envidraçada, além de barras longitudinais no teto, montadas em suportes elevados.

Com protetores na base das portas, assim como acabamento cinza, nesse caso, a Subaru Outback conta ainda com retrovisores rebatíveis eletricamente. Na traseira, as lanternas são grandes e em LED.

Elas são cortadas pela tampa do bagageiro, que tem ainda defletor de ar proeminente no teto, além de para-choque com molduras pretas nas extremidades, envolvendo os refletores, bem como protetor central em cinza. O escape é duplo.

Por dentro, a Subaru Outback tem um ambiente em dois tons, com a parte superior do painel e portas em preto, enquanto a parte inferior tem acabamento bege, tendo um cluster analógico com display digital multifuncional.

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

Traz ainda multimídia com tela de 7 polegadas, dotada dos sistemas Android Auto e Car Play, bem como câmera de ré. Além disso, traz também ar condicionado dual zone, teto solar elétrico, bancos em couro e ajustes dianteiras elétricos.

Seu espaço interno é bem amplo, especialmente para quem vai atrás, tendo ainda porta-malas com 490 litros e acessado por uma tampa de acionamento elétrico. O ambiente tem diversos espaços para copos e garrafas, entre outros objetos.

Na segurança, a Subaru Outback os modos de condução Intelligent e Sport, atuando diretamente no sistema de tração S-AWD, além do X-Mode, que gerencia a descida do veículo em declives acentuados, assim como em rampa.

A perua da Subaru traz também controle dinâmico de condução, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, faróis direcionais e adaptativos, entre outros.

Subaru Outback – Motor

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

A Subaru Outback vem equipada essencialmente com motor boxer de seis cilindros com 3.630 cm3 e taxa de compressão de 10,5:1, tendo ainda injeção eletrônica multiponto indireta.

A potência é de 260 cavalos a 6.000 rpm e o torque chega a 35,7 kgfm a 4.400 rpm. Com isso, a Outback vai de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos e atinge máxima de 235 km/h.

O consumo é de 13,3 km/l na estrada e 7,0 km/l na cidade, tendo para isso um tanque de 60 litros, que garante autonomia teórica de 798 km em rodovia.

A Subaru Outback é equipada com a transmissão continuamente variável (CVT) Lineartronic, que dispõe de correntes no lugar de correias para ampliar a variação de marchas. Essa caixa da japonesa simula oito velocidades.

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

Ela está diretamente presa ao sistema S-AWD, que possui um acoplamento de eixo cardã e diferencial traseiro que transfere a força exata em cada situação para cada uma das quatro rodas da perua.

Com essa tecnologia, a Outback pode rodar com tranquilidade e segurança em pisos variados, especialmente os de baixa aderência, gerenciando bem o torque e distribuindo de forma equilibrada. A relação de tração padrão é de 60:40.

A familiar aventureira traz ainda suspensão dianteira McPherson e traseira com braços sobrepostos, aliada aos freios com discos nas quatro rodas e molas com amortecedores bem calibrados para nosso pavimento.

A Subaru Outback mede 4,815 m de comprimento, 1,845 m de largura, 1,675 m de altura e 2,745 m de entre eixos, tendo 213 mm de altura livre do solo e pesando 1.698 kg.

Legacy

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

A Subaru Outback surgiu como produto separado em 1994, na segunda geração do Legacy. Sendo a versão aventureira da extinta Legacy SW, este modelo ganhou seu espaço e logo assumiu a posição de familiar dentro da marca nos EUA.

Ela inicialmente teve motor boxer 2.2, que foi substituído posteriormente pelo EJ25, um 2.5 de 157 cavalos. Desde o início equipada com tração permanente nas quatro rodas, a Outback tinha câmbio automático de 4 marchas.

Além disso, seu visual contava com para-choques de cor cinza e aspecto parrudo, uma alusão à pretensa capacidade off road. Outro ponto importante para o sucesso da Outback foi a campanha publicitária com Paul Hogan.

Ele era o ator do filme Crocodilo Dande, que teve grande sucesso na época e que deu o ponta-pé na trajetória da Subaru Outback, que trazia de volta a oferta de uma perua com capacidade 4×4, perdida com o fim da clássica AMC Eagle SW.

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

Falando em AMC, a Subaru parece que queria mesmo atender os consumidores americanos órfãos da antiga marca de aventureiros 4×4 do país, adicionando também um sedã, o Subaru Outback Sedan.

Mesmo nas duas gerações seguintes, a Subaru ofereceu o sedã médio, baseado no Legacy, que também partilhava do sistema de tração permanente S-AWD, assim como dos motores boxer e câmbio manual ou automático.

Herdando do Legacy, características como vidros sem batentes, o Outback de segunda geração ganhou uma frente mais fluida, tendo contornos gerais também mais suaves.

Nessa, lançada em 2000, foi adicionado igualmente um boxer de seis cilindros EZ30 de 3.0 litros, usado anteriormente pelos modelos Alcyone e SVX, ampliando a força do Outback, que no Japão era chamado de Lancaster.

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

Em 2005, a Subaru lança a terceira geração do Outback, que continuou sua migração das linhas retilíneas dos anos 90 para um visual mais aerodinâmico e limpo na década de 2000.

A perua Subaru Outback ficou mais elegante, ganhando faróis mais envolventes e ainda mantendo elementos estéticos próprios, como os para-choques proeminentes de cor cinza, além interior bem funcional.

Usando basicamente motores boxer 2.5 de quatro cilindros e 3.0 com seis pistões, a Outback viu o sedã partir em 2007, ao mesmo tempo em que o Legacy perdia sua variante familiar.

Dessa forma, apenas o Legacy Sedan permaneceu, tal como a Outback Wagon com proposta aventureira. Essa geração recebeu ainda uma edição comemorativa dos 50 anos da marca japonesa, vendida apenas no mercado doméstico nipo.

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

No ano de 2009, a Subaru Outback ganhou sua quarta geração, que se desprendeu definitivamente do estilo dos anos anteriores, incorporando um visual mais parrudo, longo e largo, ganhando ainda batentes nos vidros.

O modelo estreou com um novo motor, o EZ36, um seis cilindros boxer de 3.6 litros de 256 cavalos , que fez sair de linha o antigo 2.5 Turbo, mantendo o 2.5 aspirado como opção de acesso em certas regiões e um 2.0 diesel para a Europa.

Pela primeira vez, a Outback foi chamada de crossovers pela imprensa especializada, que já indicava que a mudança na clássica perua japonesa havia chegado em um ponto de inflexão, migrando definitivamente para outro segmento.

Outra importante mudança foi a introdução da tecnologia EyeSight, que permitiu ao modelo dispor de um sensor ótico para monitoramento da via e auxílio ao condutor de forma semiautônoma, em 2013.

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

A quinta geração é a que ainda está sendo vendida no Brasil, tendo sido produzida entre 2015 e 2019. A Subaru Outback assumiu definitivamente a transmissão CVT Lineartronic, que havia surgido na geração anterior.

Havia ainda opção de câmbio automático de cinco marchas, mas foi por breve período. A variante com motor diesel 2.0 para o mercado europeu continuou.

Embora aqui tenha sido vendida apenas com motor boxer 3.6, atualizado para 260 cavalos, a Outback anterior também preservou o propulsor 2.5 litros de 178 cavalos, mas seu câmbio manual de seis marchas em algumas regiões.

Mesmo com a sexta geração, a quinta ainda está presente em alguns mercados, enquanto os estoques não são repostos, como no caso do mercado brasileiro.

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

Ainda que as medidas sejam próximas, a sexta geração da Subaru Outback é um carro totalmente novo, feito sobre a plataforma SGP, mas conservando muito do estilo anterior.

Os faróis levemente orientalizados com projetores full LED e luzes diurnas estilizadas, chamam atenção, mas a traseira, por exemplo, pode passar despercebida pelos menos atentos.

Essa Outback ficou mais alta, ganhando altura livre do solo de 220 mm, ganhando ainda mais recursos de segurança e conectividade. O EyeSight foi melhorado e o interior ganhou materiais de melhor qualidade.

Na mecânica, a Outback de nova geração mantém os motores 2.5 de 178 cavalos e 3.6 com 260 cavalos, adicionando um 2.4 Turbo, usado inicialmente no Subaru Ascent.

Impreza

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

Baseado na perua Impreza, a Subaru Outback Sport surgiu junto com a derivada da Legacy Wagon em 1994. Feita para um público mais jovem, era bem menor e mais envolvente.

Igualmente com motor boxer e tração nas quatro rodas, apelava para o espírito aventureiro, mas com um conjunto mecânico mais simples, com 1.8 litro. Havia uma opção mais forte com o 2.2 de origem Legacy.

Subaru Outback: estilo, motor, equipamentos e detalhes

A segunda geração, de 2001, foi caracterizada pelos faróis circulares grandes, mas mantendo o mesmo estilo geral. Contudo, em 2007, sai a carroceria perua com vidros “soltos” e entra um hatch aventureiro.

O agora Subaru Outback Sport, durou somente uma geração, pois, foi convertido definitivamente em um crossover, que na geração seguinte foi chamado de Subaru XV Crosstrek, originando um novo produto.

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

    Quem somos

    O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

    Notícias por email