Subaru Solterra STI é um conceito de elétrico esportivo no Japão

Subaru Solterra STI é um conceito de elétrico esportivo no Japão

A Subaru acompanhou a Toyota em seu processo de eletrificação, ainda que de forma mais discreta. Com o Solterra, que ainda não foi confirmado para o Brasil, a marca japonesa agora usa sua divisão STI para dar uma apimentada no crossover.

Aproveitando o Salão de Tóquio 2022, o Subaru Solterra STI ainda é um conceito, mas que deve ganhar sua versão final, haja visto que os consumidores japoneses gostam de personalização.

O Solterra STI adiciona spoiler dianteiro, saias laterais e spoiler traseiro. As rodas de liga leve em preto brilhante foram personalizadas com um toque da mesma cor vermelho-cereja dos spoilers.

Subaru Solterra STI é um conceito de elétrico esportivo no Japão

As rodas pretas de 20 polegadas deram um tom especial ao Solterra STI. Já o interior não foi mostrado, mas deve surgir com bancos em couro e tecido com emblemas STI bordados, além de detalhes em vermelho-cereja.

Por ser um produto STI, se espera que o Solterra tenha uma performance superior ao modelo padrão, porém, não há indicação de que haverá aumento de potência.

O Solterra tem dois motores elétricos que somam 217 cavalos e 34,2 kgfm. Se não ganharem cavalaria, pelo menos a Subaru poderia mudar a programação para que direção, freios e acelerador tenham respostas mais imediatas.

Subaru Solterra STI é um conceito de elétrico esportivo no Japão

Além disso, uma alteração na calibração da suspensão, garantiria melhor condução esportiva ao Subaru Solterra STI. O modelo tem autonomia de 354 km, o que poderia também ser melhor com células de maior densidade nesse pacote.

A Toyota também adicionou uma versão GR Sport para o bZ4X, o que reforça a tendência de modelos elétricos com proposta esportiva, que a Volkswagen explora com seus modelos ID.4x e ID.5x.

Subaru Solterra STI é um conceito de elétrico esportivo no Japão

Uma calibração diferente e alguns cavalos a mais podem ser uma alternativa boa ao fim dos motores a combustão, ainda mais que os elétricos entregam toda potência e torque imediatamente. Agora, espera-se que tanto o Solterra STI quanto o irmão da Toyota, ganhem o mercado internacional.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.