Elétricos Híbridos Japão Subaru

Subaru venderá somente carros elétricos, mas apenas em meados de 2030

Subaru venderá somente carros elétricos, mas apenas em meados de 2030

A Subaru venderá somente carros elétricos. Para muitos clientes e fãs da marca japonesa, a notícia não parece boa, mas a fabricante asiática só fará isso em meados da próxima década.


Assim como outras marcas japonesas, a Subaru quer dar mais tempo aos motores de combustão interna – no caso dela, aos vistosos propulsores de cilindros opostos – evoluindo a tecnologia até não ser mais viável mante-los em produção.

Outro ponto que a Subaru vislumbra também é evolução, mas dos carros elétricos. A empresa buscará isso com o compartilhamento de tecnologias com a Toyota, que recentemente abriu a patente de seus produtos híbridos.

Hoje, a Subaru já dispõe de carros híbridos e híbridos plug-in, porém, em uma escala bem menor que a da Toyota, no que diz respeito ao percentual do portfólio. A ideia é alinhar a gama de modelos da marca com a parceira gigantesca, mas com independência.

Tetsuo Onuki, diretor de tecnologia da Subaru, disse: “Embora estejamos usando a tecnologia Toyota, queremos criar híbridos que sejam claramente Subaru . Não se trata apenas de reduzir as emissões de dióxido de carbono. Precisamos melhorar ainda mais a segurança dos veículos e o desempenho de nossos sistemas de tração nas quatro rodas”.

Subaru venderá somente carros elétricos, mas apenas em meados de 2030

A Subaru planeja vender 40% de seus carros nos segmentos de híbridos e elétricos, sendo que no segundo caso, a montadora projeta junto com a Toyota o seu primeiro carro 100% energizado, que terá plataforma e-TNGA e será um utilitário esportivo.

Este SUV médio será o início de uma longa fase da Subaru para conversão do portfólio a combustão para elétrico, o que só deve estar concluído por volta de 2035. Um dos pontos a ser considerado é a evolução de seu sistema de tração integral, uma das características da marca.

Tomomi Nakamura, presidente da Subaru, afirmou:  “O forte compromisso e dedicação da Subaru na fabricação de carros que cultivamos ao longo de nossa história não mudaram”.

[Fonte: Reuters]

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Marco Correa

    Eles poderiam estabelecer uma meta de trocar os designers até 2030! kkk
    Esse da primeira foto é bonito mas o de baixo, pelamordedeus!!

  • Gean Matheus

    O ciclo do petróleo está chegando ao fim. Ajudou no desenvolvimento da civilização até aqui. Não vejo a hora de carros elétricos autônomos circulando pela cidade e transportando as pessoas que os chamaram pelo aplicativo. Além de carros, ônibus elétricos autônomos que fazem itinerário fixo e são mais baratos.

    • Cláudio Modesto

      Concordo que as outras fontes de energia estejam aumentando, mas infelizmente não veremos isso para as massas no Brasilsilsil tão cedo, talvez nossos filhos/netos. O Petróleo ainda vai longe.

    • Murilo Soares de O. Filho

      Se somos ineficientes nos dias atuais, pode esperar pelo menos uns cinquenta anos aqui. O triste é, quem vai pagar essa conta?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email