Subaru WRX S4 é flagrado em carroceria liftback no Japão

Subaru WRX S4 é flagrado em carroceria liftback no Japão

O Novo Subaru WRX foi mostrado nos EUA, mas a marca japonesa reserva algo mais para ele antes da chegada do WRX STI. Nesse caso, o WRX S4, visto recentemente no Japão em carroceria liftback, conhecida como Sporty.

Com vidro traseiro integrado à tampa do porta-malas, o Subaru WRX S4 aparece até com limpador e lavador da vigia. O conjunto mantém as linhas já vistas anteriormente, com as novas lanternas em LED e a moldura preta com o logo da Subaru, coberto no carro em teste.

Subaru WRX S4 é flagrado em carroceria liftback no Japão

O para-choque retangular com quatro bocas de escape também se mantém no S4, mas ele carrega outras coisas não vistas no WRX, como o logotipo STI na grade e na tampa do bagageiro, devidamente escondidos nos carros flagrados.

Além disso, o Subaru WRX S4 porta ainda um para-choque dianteiro novo, conforme visto num teaser. Ele terá luzes diurnas em LED sobre as molduras dos faróis de neblina, igualmente em LED. Já a grade inferior é maior e retangular com extensão da pintura do carro para a parte inferior, onde há um spoiler destacado.

Subaru WRX S4 é flagrado em carroceria liftback no Japão

Outra mudança são os faróis, que possuem formato diferenciado e projetores de LED próprios. A grade é menor e tem friso duplo central. Para o S4, a Subaru reserva uma configuração de suspensão ainda mais firme e direção com responsividade maior.

Subaru WRX S4 é flagrado em carroceria liftback no Japão

Ainda que as mudanças na dinâmica de condução e pacote visual ajudem, o Subaru WRX S4 adianta em parte o visual do WRX STI, porém, com o motor boxer 2.4 Turbo atual, que entrega 275 cavalos e 35,5 kgfm. Tendo transmissão manual de seis marchas e opção CVT Lineartronic, o WRX S4 deverá ser vendido inicialmente apenas no Japão.

Subaru WRX S4 é flagrado em carroceria liftback no Japão

Já o Subaru WRX STI é o mais aguardado, devendo chegar com algo entre 320 e 330 cavalos, sempre com câmbio manual e com tração AWD. Algumas fontes falam que chegará em 2023 e pode ter até 400 cavalos.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.