*Destaque Salões do Automóvel SUVs

SUV de luxo Maserati Levante será atração no Salão do Automóvel

maserati-levante-2017-1 SUV de luxo Maserati Levante será atração no Salão do Automóvel

Os carros esportivos e de luxo também marcarão presença no Salão do Automóvel de São Paulo, que acontecerá entre os dias 10 e 20 de novembro no São Paulo Expo. Após algumas edições fora do evento, a Maserati, representada pela Via Italia no mercado brasileiro, vai exibir durante a mostra automotiva o novo Levante, seu primeiro SUV, que foi revelado no início deste ano.



O novo Maserati Levante, de acordo com o divulgado da empresa, deverá chegar ao Brasil em meados do ano que vem para compor a atual linha da marca, que inclui o Quattroporte, Ghibli, GranTurismo e GranCabrio, além de fazer frente a uma série de SUVs de luxo já presentes no mercado nacional, como é o caso dos alemães BMW X6 e Porsche Cayenne, além do recém-lançado Jaguar F-Pace.

Maserati Levante 2017 – visual e interior

Quando o assunto é estética, o novo Maserati Levante mostra semelhança com os demais carros da linha da marca, indicando a forte presença da identidade visual da fabricante, resultado de um projeto realizado em Turim, na Itália. Na dianteira, o destaque vai para a característica grade com elementos verticais e o logotipo Trident da empresa ao centro, além dos faróis afilados bi xênon e com luzes diurnas de LED, tecnologia presente também nos indicadores de direção e nas luzes de neblina. Há ainda capô com vincos marcantes.

Já nas laterais, o SUV exibe três saídas de ar logo acima das rodas dianteiras, portas sem moldura e teto levemente inclinado na parte de trás, com a proposta de entregar ares de cupê Por fim, a traseira conta com vidro inclinado e lanternas de LED com formato espichado para as laterais. O carro exibe ainda spoiler traseiro, fixado logo acima do vidro, e duas ponteiras duplas de escape com acabamento cromado.

Segundo a Maserati, o Levante é o melhor da categoria quando o assunto é eficiência aerodinâmica, com um coeficiente aerodinâmico de 0,31. A forma aerodinâmica o carro é auxiliada por um sistema de obturador ativo na grade dianteira, algo inédito entre os carros da empresa.

O interior do Maserati Levante também revela semelhança com os sedãs da marca. O formato do painel, por exemplo, é praticamente idêntico. Há comandos para os diversos modos de condução, um botão rotativo para controlar o sistema multimídia, interruptor para o sistema de suspensão a ar, relógio analógico instalado no topo do console central, detalhes de acabamento em madeira, fibra de carbono e alumínio, teto forrado em Alcantara e sistema de iluminação ambiente.

O acabamento inclui também revestimento em couro de série, com tecido da mais alta qualidade, presente nos bancos, painéis das portas e apoios de braço,  e costura contrastante para os assentos e encostos de cabeça. E por falar em bancos, o do motorista oferece seis possibilidades de ajustes elétricos, enquanto o do motorista conta com quatro ajustes manuais. Como opcional, há ajustes elétricos, memória e aquecimento para os bancos frontais.

Nas medidas, são 5.003 mm de comprimento, 1.968 mm de largura e 1.679 mm de altura, com distância entre-eixos de 3.004 mm. Já o porta-malas tem capacidade para 580 litros, podendo ser ampliado com o rebatimento dos bancos traseiros, estes com divisão 60/40, com direito ainda a tampa com comandos elétricos.

maserati-levante-2017-1 SUV de luxo Maserati Levante será atração no Salão do Automóvel

Maserati Levante 2017 – equipamentos

Por se tratar de um carro de luxo, a lista de itens de série do Maserati Levante é bastante extensa. Entre os destaques, há seis airbags, controles de estabilidade e tração, controle de cruzeiro adaptativo, alerta de colisão dianteira, aviso de saída de faixa, sistema de câmeras surround com visão 360º ao redor do veículo, controle de oscilação do reboque, assistente de partida em rampas, controle de descida em aclives e sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis no banco traseiro.

Há ainda ar-condicionado automático digital de quatro zonas (com sensores que monitoram a qualidade do ar externo e os níveis de umidade interna), sensor de chuva, destravamento das portas e partida do motor sem chave, bancos traseiros reclináveis, luzes diurnas de LED, faróis bi xênon, sistema de entretenimento com tela sensível ao toque de 8,4 polegadas, Apple CarPlay e Android Auto, bancos dianteiros esportivos ajustáveis em 12 posições (sendo quatro para o apoio lombar) e com memória, painel de instrumentos com tela TFT de sete polegadas, sistema de som com oito alto-falantes, entre outros.

Como opcional, o novo SUV da Maserati oferece o pacote Sport, que inclui grade e detalhes no para-choque com acabamento em preto piano, spoiler traseiro na cor da carroceria, soleiras de porta em aço, bancos esportivos com ajustes elétricos em 12 vias, volante esportivo com ajuste elétrico, rodas de 20 polegadas, pinças de freio vermelhas e pedais esportivos em aço.

Há também o pacote Luxury, com grade dianteira cromada, soleiras e detalhes nas portas em aço, acabamento interno em couro Premium ou Zegna Edition, rodas de 19 polegadas, pinças de freio pretas, sistema de som Harman Kardon, detalhes de acabamento interno em madeira, bancos dianteiros com ajustes elétricos em 12 vias e cortinas laterais.

A lista inclui ainda teto solar panorâmico, barras de teto com acabamento metálico, acabamento interno em Alcantara, bancos dianteiros ventilados, sistema de som Harman Kardon com 14 alto-falantes, 900 watts e amplificador de 12 canais ou Bowers & Wilkins com 17 alto-falantes e 1.280 watts de potência e até um Apple iPad de quarta geração com suporte no encosto de cabeça do banco do passageiro da frente.

maserati-levante-2017-1 SUV de luxo Maserati Levante será atração no Salão do Automóvel

Maserati Levante 2017 – motorização

No mercado externo, o Levante está disponível com três opções de motorização, todas 3.0 litros de seis cilindros, sendo duas biturbo a gasolina e outra turbodiesel. A primeira opção consegue entregar 354 cavalos de potência, a 5.750 rpm, e 51 kgfm de torque, a 4.500 rpm. De acordo com dados da marca, o SUV consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 6 segundos e tem velocidade máxima de 250 km/l. O consumo médio de combustível é de 9,3 km/l.

Já o segundo modelo, na versão S, desenvolve 435 cavalos de potência, a 5.750 rpm, e 59,2 kgfm, a 4.500 rpm. Segundo a Maserati, o Levante S alcança os 100 quilômetros por hora em 5,2 segundos e tem velocidade limitada a 264 km/h. O consumo médio declaro é de 9,2 km/l.

Por fim, o Levante Turbo Diesel, oferece 278 cavalos de potência, a 4.000 rpm, e 61,2 kgfm de torque, a 2.000 rpm. O utilitário-esportivo vai de 0 a 100 km/h em 6,9 segundos e tem velocidade limitada a 230 km/h. Já o consumo de combustível é de 13,9 km/l no ciclo combinado.

Nos três casos, há uma transmissão automática ZF de oito velocidades. O conjunto dispõe ainda de diversos modos de condução, que conseguem ajustar o comportamento do motor, transmissão, suspensão e aparato eletrônico do veículo: há o Sport, que reduz a altura de passeio, enrijece a suspensão, altera a resposta do acelerador e libera um ronco mais forte pelo escape. Já o Off-road aumenta a altura de passeio para 27,4 centímetros. O “Ice”, por sua vez, foi projetado para condições de baixa aderência, com mudanças de marcha mais suaves, suspensão mais “leve”, resposta do acelerador mais suave e modo overboost desativado.

O Levante pesa 2.109 quilos nas versões a gasolina e 2.204 quilos no modelo a diesel. Este peso é distribuído em uma relação 50/50 na frente e atrás. De acordo com a Maserati, o veículo utiliza materiais como alumínio e magnésio em grande parte de sua construção para reduzir seu peso o máximo possível.

O conjunto oferece ainda suspensão pneumática controlada eletronicamente, com geometria “emprestada” do sedã Ghibli. Na dianteira, há duas molas e amortecedores Skyhook e double wishbone, enquanto a traseira oferece sistema five-link. A direção é eletrohidráulica, com assistência variável sensível à velocidade.

No caso da tração, há o sistema Q4 AWD, que é controlado eletronicamente, coletando informações como a velocidade das rodas, direção, ângulos, potência do motor, velocidade, frenagem e estilo de condução para alimentar o sistema de divisão de torque variável, que pode ser alterado a cada 150 milissegundos.

O conjunto de freios oferece discos perfurados de 15 polegadas na dianteira e 13 polegadas na traseira, com pinças de seis pistões da marca Brembo. Já os pneus, no caso da versão S há modelos de medida 265/50 ZR19 na dianteira e 295/45 ZR19 na traseira, enquanto os outros dois modelos dispõem de pneus 255/60 ZR18 nas quatro rodas.

maserati-levante-2017-1 SUV de luxo Maserati Levante será atração no Salão do Automóvel

Maserati Levante 2017 – preços

Os preços do novo Maserati Levante para o mercado brasileiro ainda não foram divulgados. Confira abaixo os preços praticados pela marca lá fora:

Maserati Levante 2017: US$ 72.000

Maserati Levante S 2017: US$ 83.000

O Levante deverá dispor de 13 opções de pintura para a carroceria, sendo duas sólidas: Nero (preto) e Bianco (branco), e as demais metálicas: Nero Ribelle (preto), Grigio Maratea (cinza escuro), Grigio (cinza), Grigio Metallo (cinza), Rame (marrom), Champagne (champanhe), Verde Ossido (verde), Blu Passione (azul), Blu Emozione (azul), Rosso Rubino (vinho) e Bianco Alpi (branco).

Haverá ainda 11 opções de acabamento para os bancos, três opções de revestimento para as colunas e seis opções de detalhes de acabamento no painel e console central.

Galeria de fotos do Maserati Levante 2017

COMPARTILHAR:
  • Danillo Barros

    Imagina o slogan: Maserati Levate, pq as mulheres tbm amam acelerar…
    Pow Maserati SUV é muito estranho.

    • LPolezi

      Comentário preconceituoso, machista e desnecessário.
      Existem mulheres que gostam sim de acelerar em carros esportivos e que não se importam com SUVs.
      Entretanto, é verdade que o público feminino gosta de SUVs, mas os SUVs de marcas esportivas (Maserati, LAMBORGHINI, X6M, GLE AMG e etc) não visam um público específico em relação ao gênero, mas sim aos que buscam esportividade e conforto. Sim, SUVs são mais confortáveis que carros esportivos comuns.

      • arzanette

        Por um acaso ele se referiu em que carro as mulheres gostam de acelerar ? quanto a SUV ele ta se referindo….po
        MASERATI ate vcs …….nada a a ver teu comentário………

      • Danillo Barros

        O comentário foi uma piada justamente pelo fato das mulheres gostarem muito de SUV, não precisa tanto mimimi só pra falar o que todos Sabemos, que várias mulheres gostam de esportivos, algumas até os constroem.

        • Luis_Zo

          Foi uma piada de mal gosto Danillo, soa sim machista e preconceituosa.

          Imagino que talvez não foi a tua intenção, mas o entendimento da mensagem esta do lado de quem a recebe e não de quem a faz, novamente, “aos olhos” meus e do LPolezi (aposto que de muitos outros e outras) o tom é preconceituoso e machista.

          • Holandês Louco

            “Gucci, porque as mulheres também amam brilhar.”
            Cadê o machismo agora?
            Ele só existe na sua cabeça…
            Ou agora a frase ficou feminista? Não esqueçamos que a Gucci também vende para homens.

          • Vini

            chega de mimimi pelo amor de deus… vcs são mto chatos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

          • Danillo Barros

            Esse é o problema da comunicação, principalmente em comentários, o que se escreve não é a mesma coisa que se lê. Gera confusões assim. Mas, saibam que não foi machismo, pq pra mim machismo e feminismo são coisas inúteis.

      • Holandês Louco

        “Gucci, porque as mulheres também amam brilhar.”
        Cadê o machismo agora?
        Só existe na sua cabeça…
        Ou agora a frase ficou feminista? Não esqueçamos que a Gucci também vende para homens.

        • Holandês Louco

          Claro que sim.
          Todos nós entendemos sua paixão pelos Ford…
          Mas já te adianto que o nome do carro é apenas referência a uma raça de cavalos.
          TROLL

    • Holandês Louco

      Não enxerguei nenhum machismo na sua frase e nem minha esposa também.
      Conheço mulheres que gostam de acelerar. Mulheres que gostam de beber. Mulheres que gostam de perfumes. Mulheres que gostam de sexo. Mulheres que amam ser mulher. E conheço também mulheres que, assim como eu, gostam de mulheres. E eu adoro todas elas. Estou sendo machista aqui?

      Vamos mudar um pouco sua frase:

      Gucci, porque as mulheres também amam brilhar.

      Cadê o machismo da frase agora?
      Não existe. E sem mimimi….

      • Danillo Barros

        Excelente Holandês. Exatamente isso, machismo, feminismo e achismo são tudo lixo.

        • Holandês Louco

          “Não é porque você não sabe levar uma mulher ao orgasmo”
          É sério que você respondeu com um argumento hilário desses? Eu não li errado?
          Você realmente não quer ser levado à sério nessa discussão… Só pode.

          Maserati LEVATE. O único que viu um pênis nessa conversa foi você com o Ford Pinto no seu comentário anterior.
          Fixação sua? Talvez…
          Você está pirando errado, viajou na batatinha sem maionese.
          Tá agindo feito TROLL. Deixe o porre alcoólico das 3 da manhã passar e leia a discussão inteira, releia a asneira que você escreveu pro Danillo. Peça ajuda pra mulheres de verdade – você deve ter várias amigas, a menos que seja um fazer de babaquices na vida real -, peça pra elas te dizerem onde existe machismo nisso:

          Maserati, porque mulheres também gostam de acelerar.
          Ferrari, porque mulheres também gostam de acelerar.
          Porsche, porque mulheres também gostam de acelerar.
          Lamborghini, porque mulheres também gostam de acelerar.
          Jaguar, porque mulheres também gostam de acelerar.

          Perguntei pra 8 mulheres e NENHUMA DAS 8 conseguiu ver qualquer machismo nessas frases. E ainda elogiaram a beleza do carro.

          Se as mulheres não acham machista, o resto é só BABAQUICE e MIMIMI.

        • Banido por ofensa ao outro leitor.

  • Lucas

    Eu gostei bastante do design, com a ressalva da traseira ser muito genérica. Mas no geral, um ótimo carro. E detalhe: 72 mil dólares!!!! Fazendo a conversão burra de dólar pra real, ainda sai mais barato que a nova SW4 com seus poderosíssimos 150 cavalos e 36 kgmf aferidos pelo dinamômetro da fullpower heuheueuahu WELCOME TO BANANOLÂNDIA BR

    • Alexandre

      Farol traseiro de Ford Fusion 2015… hehe

  • Ric53

    Acho que os mestres do design hoje são os coreanos 😔

  • Maycon Farias

    Essa marca pertence a FCA? Muito luxo

  • Vattt

    o perfil da traseira lembra um Jac J3, kkkkk gostei não. Mas todo SUV derivado de sedãns de luxo começa desengonçado como a X5, Cayenne, ML… com ressalva a Jaguar que se perdeu no tempo quando o assunto é identidade histórica.

  • Raimundo A.

    Eu me contentaria com o diesel, que é 20.000 euros mais em conta que o V6 gasolina, além de ser mais econômico. Há duas potências no diesel: 250cv e 275cv. O V6 já tem 430cv.

    Como já vi comentários de avaliador com o F-Pace, cujo motor a diesel é menos potente e mais barato que o a gasolina, “o mais potente a gasolina é o ideal para o seu segmento”. Para quem pode pagar, e, com certeza, não está preocupado com consumo de combustível.

    Numa simples conversão de moeda, 20.000 euros são apenas R$ 72mil, só para andar um pouco mais rápido mantendo o mesmo padrão de acabamento. Passo!

  • Miguel

    O máximo que esse carro veria de sujeira comigo seria quando estivesse na chuva! Hahahahaha
    Carro maravilhoso, no final gostei da traseira também, e convenhamos, eu não consigo achar defeitos em nenhum carro Maserati e nem Alfa Romeo. A paixão é mais forte!

  • mrvintage

    Não parece ter a mesma tecnologia embarcada como nos competidores, Cayenne, Q7, X5 e GLE.
    É mais do mesmo, xenon? Sério? ainda?… Todas as outras já estão no Full Led, Matrix, Multbeam etc.
    Sei lá… Nem parece ser um lançamento.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email