SUVs da Volkswagen (2022): os modelos e seus detalhes

SUVs da Volkswagen

A Volkswagen é uma marca que por muito tempo ignorou o segmento de utilitários esportivos compactos, sempre contando com o médio VW Tiguan e o grande VW Touareg. Mas, isso mudou e conheceremos os SUVs da Volkswagen.


Na gama atual da VW, não há mais lugar para estes dois produtos, ainda que o primeiro, que era mexicano, seja esperado novamente, visto ter saído de linha para dar lugar ao argentino Taos.

Dentre as marcas, a VW é uma das que tem uma boa oferta de SUVs e dispõe no momento dos modelos Nivus, T-Cross e Taos.

Com esse trio localizado regionalmente, a marca alemã tem uma boa aceitação no mercado, ainda que o Taos fique bem atrás dos irmãos menores.

Qual o melhor SUV da Volkswagen? Veja abaixo os detalhes dos SUVs da Volkswagen:

Nivus

nivus 170 tsi 1

O VW Nivus é o menor dos SUVs da Volkswagen, sendo derivado direto do VW Polo e medindo 4,26 m de comprimento com 2,56 m de entre eixos.

Equipado com motor 1.0 TSI de 116 cavalos na gasolina e 128 cavalos no etanol, o Nivus tem transmissão automática de seis marchas e tração dianteira.

Com preços a partir de R$ 118.590, o Nivus tem duas versões: Comfortline e Highline. O Nivus tem 415 litros no bagageiro.

Entre os principais itens do crossover de estilo cupê, temos faróis full LED, multimídia com tela de 10 polegadas, serviços online, projeção sem fio para Android Auto e CarPlay, controle de cruzeiro adaptativo, ar condicionado automático, entre outros.

Volkswagen Nivus – Preços:

  • Volkswagen Nivus Comfortline – R$ 118.590
  • Volkswagen Nivus Comfortline – R$ 134.920

T-Cross

t cross sense

O VW T-Cross é o modelo mais vendido da marca atualmente e um dos SUVs da Volkswagen, sendo oferecido em várias versões e com preços a partir de R$ 109.590.

O SUV compacto já chegou a ser líder e tem como destaque o bom espaço interno, dada a plataforma com 2,65 m de entre eixos, apesar de seu porte de 4,20 m.

Com porta-malas variando de 370 a 420 litros, graças ao sistema de deslizamento do banco traseiro, o T-Cross é um carro muito procurado por sua versatilidade.

Em termos de equipamentos, o T-Cross vem com controle de cruzeiro, trio elétrico, direção elétrica, ar condicionado, multimídia com projeção para Android Auto e CarPlay, câmera de ré e alarme.

No pacote, o T-Cross pode ter ainda teto solar panorâmico, pintura em dois tons, bancos em couro, entre outros.

Assim como o Nivus, o T-Cross tem também o motor 1.0 TSI com até 128 cavalos, além de transmissão automática de seis marchas.

Na versão Highline, o propulsor é outro, o 1.4 TSI de 150 cavalos e 25,5 kgfm, com o mesmo câmbio automático.

Volkswagen T-Cross – Preços:

  • Volkswagen T-Cross Sense 200 TSI – R$ 109.590
  • Volkswagen T-Cross 200 TSI – R$ 131.650
  • Volkswagen T-Cross Comfortline 200 TSI – R$ 148.190
  • Volkswagen T-Cross Highline 250 TSI – R$ 158.350

Taos

VW Taos 2022 6

O maior dos SUVs da Volkswagen é o Taos, modelo importado da Argentina, cuja missão é competir com o Jeep Compass. O modelo é oferecido nas versões Comfortline e Highline, ambas com motor 1.4 TSI de 150 cavalos e 25,5 kgfm.

Desenvolvido sobre a mesma plataforma modular MQB, o Taos tem um bom espaço interno e tem porta-malas com 498 litros.

O SUV médio mede 4,46 m de comprimento com 2,68 m de entre eixos, tendo entre os equipamentos, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, iluminação interna em LED e teto solar panorâmico.

Há também direção elétrica, controle de cruzeiro adaptativo, ar condicionado dual zone, cluster digital, multimídia com tela de 10 polegadas, estacionamento automático, bancos em couro, difusores de ar no banco traseiro, faróis full LED, lanternas em LED, entre outros.

  • Volkswagen Taos Comfortline 250 TSI – R$ 175.700
  • Volkswagen Taos Highline 250 TSI – R$ 204.900

Tiguan

tiguan allspace 2022 13

Ainda que não esteja no mercado no momento, o VW Tiguan é um dos SUVs da Volkswagen e logo estará no mercado nacional, sendo um produto importado do México.

O Tiguan 2023 deve chegar ao mercado com motor EA211 2.0 TSI de 190 cavalos da geração 3 e com ciclo Miller, podendo vir ainda com transmissão automática de seis ou oito marchas.

Já a versão R-Line provavelmente voltará com o motor 2.0 TSI de 230 cavalos e câmbio DSG de sete marchas, além de tração nas quatro rodas.

Ele deverá trazer alerta de faixa com correção, bem como controle de cruzeiro adaptativo, cluster digital, multimídia com tela de 10 polegadas, bancos em couro, iluminação interna em LED, ar condicionado dual zone, entre outros.

 

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.