História Motos Suzuki

Suzuki Boulevard: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Suzuki Boulevard: versões, preços, motor, consumo, desempenho
Suzuki Boulevard M1800

A Suzuki sempre foi famosa por suas motocicletas naked e superesportivas comercializadas no mercado brasileiro. Todavia, a marca japonesa já apostou e ainda aposta em modelos custom da linha Suzuki Boulevard para atrair aqueles que gostam de viajar com conforto.

Os modelos Boulevard são comercializados por aqui desde 2006 e já foram ofertados nas configurações Boulevard M800, Boulevard C1500, Boulevard M1500 e Boulevard M1800, sendo que este último é oferecido até hoje em nosso País.


Assim como as demais custom, a Suzuki Boulevard aposta numa tocada mais voltada ao conforto para encarar longas viagens. A Boulevard M1800, contudo, alia isso com uma proposta mais esportiva, tanto no visual como na condução.

Veja abaixo tudo sobre a Boulevard no Brasil:

Suzuki Boulevard – modelos

Suzuki Boulevard M800

Suzuki Boulevard: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Lançada no mercado brasileiro em 2006 para substituir a Suzuki Marauder e competir com outros modelos de origem japonesa, como a Honda Shadow 750 e a Yamaha Dragstar 650, a Suzuki Boulevard M800 chegou ao mercado brasileiro no início de 2006.

Diferente das representantes da Honda e da Yamaha na categoria, que apostavam numa proposta mais de custom, a nova Boulevard M800 era um misto de custom e chopper. Isso porque tinha características de uma verdadeira custom, como as pedaleiras do piloto mais avançadas, e também de uma chopper, como a posição de pilotagem e o para-lama traseiro mais curto.

Além disso, a Suzuki tinha um visual mais ousado, com um misto de detalhes cromados e também de outros itens na cor preta. Nela, o piloto viaja com as pernas esticadas, braços menos abertos e mais esticados e mais próximo do solo (a distância do banco em relação ao solo é de 700 mm). O banco tem formato largo e espuma macia, o que faz com que o piloto não sinta muito desconforto mesmo depois de muitas horas de viagem.

Uma das exclusividades da Boulevard era a suspensão dianteira com garfo invertido, uma solução não tão comum entre as custom comercializadas no mercado brasileiro. Havia também uma balança traseira com conjunto único de mola-amortecedor ajustável fixado por links. Tal conjunto absorve melhor as imperfeições do solo e, de quebra, garante estabilidade em velocidades mais altas.

Ela usava um motor V2 de 55 cv, a 6.500 rpm, e 6,7 kgfm, a 5.000 rpm, com transmissão final por eixo cardã. Um dos destaques era o sistema de injeção eletrônica Suzuki Dual Throttle Valve, o mesmo usado por motocicletas esportivas da Suzuki na época, algo praticamente exclusivo entre as custom daquela época.

Seu preço na época era de R$ 32,9 mil. A motocicleta podia ser encontrada nas cores preta e azul. Suas principais rivais, o que inclui as já citadas Shadow 750, Drag Star 650 e Harley XL 883, tinham preços de R$ 29.980, R$ 25 mil e R$ 29,9 mil, respectivamente. Ou seja, o modelo da Suzuki era mais caro que todos os outros.

Leia também sobre a Suzuki Intruder.

Suzuki Boulevard C1500

Suzuki Boulevard: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Além da Boulevard M800, que apostava num visual mais esportivo e futurista, a Suzuki oferecia a Boulevard C1500, que além do motor maior e mais potente e forte, se sobressaía pelas dimensões mais amplas e o visual mais clássico. Este modelo também chegou em 2006

O modelo C1500 tinha visual inspirado nas motos long-and-low da década de 1950, destacando os para-lamas mais pronunciados, farol no estilo “cabeça-de-touro” amplo e cromado e a enorme profusão de itens cromados por todos os lados. O sistema de escape com duas ponteiras cromadas também se sobressaía no conjunto.

Ainda entre os destaques, contava com um painel de instrumentos posicionado em cima do tanque de combustível, com velocímetro analógico, marcador de combustível e hodômetros digitais.

Seu motor era um V2, de 1.462 cm³, com refrigeração a ar e óleo, que entregava potência máxima de 69 cavalos, a 4.800 rpm, e torque máximo de 11,7 kgfm, a 2.800 rpm, aliado a um câmbio de cinco marchas (com embreagem de acionamento hidráulico) e transmissão final por eixo cardã.

Ele também era equipado com o sistema de injeção eletrônica SDTV, dotado de duas borboletas, uma comandada pelo piloto através do acelerador e a outra controlada eletronicamente.

Naquela época, a Boulevard C1500 podia ser encontrada com preço na casa dos R$ 56 mil, nas cores prata, preta e vermelha com preto. Suas concorrentes eram a Honda VTX 1800, por R$ 59 mil, e a Harley-Davidson Softail Deluxe, por R$ 62 mil.

Suzuki Boulevard M1500

Suzuki Boulevard: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Comercializada no mercado brasileiro a partir de 2010, a Boulevard M1500 chegou para ocupar o lugar da M1500, porém, com outra proposta. Ela estreou com um visual mais agressivo e um inédito motor V2 mais potente e forte.

No visual, a Boulevard M1500 já demonstrava sua proposta mais “nervosa”. Se sobressaía pela pequena carenagem cobrindo o farol, indo além da tradicional peça com formato circular e acabamento cromado das custom antigas da marca.

Trazia ainda rodas de liga-leve, lanterna traseira em LED, para-lamas com desenho mais esportivo, menor profusão de detalhes cromados (agora apenas nos cabeçotes do motor, caixa de transmissão, tampa do filtro de ar e dupla ponteira de escapamento), pedaleiras do piloto mais discretas, entre outros.

Além disso, apostava numa nova posição de pilotagem, menos “esticada”, com guidão mais reto e pedaleiras mais recuadas.

O motor era um V2, de 1.462 cm³, com até 81 cavalos de potência, a 4.800 rpm, e 12,8 kgfm de torque, a 2.700 rpm, combinado a um câmbio de cinco marchas e transmissão final por eixo cardã.

Com este conjunto, a custom oferece um desempenho digno de nota, combinado a um conforto ímpar que agrada em viagens mais longas.

Quando foi lançada, a Boulevard M1500 tinha preço de R$ 46 mil.

Suzuki Boulevard M1800R

Suzuki Boulevard: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Em 2014, a Suzuki começou a vender por aqui a Boulevard M1800R, que inclusive é hoje a única opção de Boulevard 0 km disponível no mercado nacional.

A custom chegou inicialmente na configuração BOSS (sigla referente a Blacked Out Suzuki Special), com direito a itens na cor preta e um visual com grafismos diferenciados.

Ao todo, mais de 15 peças receberam a cor preto e preto fosco. Oferecia também detalhes em amarelo na carenagem do farol, para-lamas, tanque de combustível, rabeta e no aro das rodas. Itens como guidão, garfo, manetes e escapamentos eram exclusivos da motocicleta.

Esta custom conta com um motor de quatro templos, dois cilindros em “V” com oito válvulas, DOHC e com 1.783 cc, capaz de desenvolver 125 cavalos de potência e 16,3 kgfm de torque.

Seu preço na época era de R$ 57 mil.

Suzuki Boulevard – detalhes

A atual versão da Boulevard à venda no mercado brasileiro é a M1800R, que se posiciona como a custom mais forte já comercializada pela Suzuki por aqui.

Este modelo já está um tanto quanto defasado, visto que soma cinco anos de mercado sem grandes modificações.

Para se ter uma ideia, a Boulevard M1800R não dispõe de freios com sistema ABS (antitravamento) nem como opcional. Por conta disso, é praticamente certo que a custom deixará de ser comercializada por aqui em breve, visto que as motocicletas de alta cilindrada já devem oferecer ABS de série conforme exige a legislação.

Todavia, a motocicleta agrada quem busca por uma custom com visual e tocada mais esportiva. Segundo a Suzuki, a Boulevard de alta cilindrada teve seu visual inspirado nos carros muscle-car americanos (ou seja, Chevrolet Camaro, Ford Mustang e Dodge Challenger).

E dá para ver mesmo logo de cara que a Boulevard ostenta uma aparência mais parruda e agressiva. Ela tem uma pequena carenagem que envolve o farol na dianteira, para-lama dianteiro com design mais moderno, carenagem que protege a parte frontal do motor, tanque de combustível longo e rabeta traseira com formato que segue o tanque.

Ela dispõe também de uma capa para o banco do garupa, que pode ser removida quando houver a necessidade de transportar uma segunda pessoa na moto. Isso deixa o visual da Suzuki mais esportivo, seguindo a linha das motocicletas superesportivas da fabricante japonesa.

O modelo tem ainda uma enorme profusão de detalhes em preto brilhante e preto fosco, o que foge um pouco da regra dos modelos custom, que costumam priorizar o acabamento cromado.

Entre os recursos, tem lanterna traseira em LED e painel de instrumentos com velocímetro analógico e tela LCD (com relógio, marcador de combustível e hodômetro) fixado ao tanque e um segundo painel, acoplado a carenagem do farol, com conta-giros, indicador de posição de marcha e luzes indicadoras em LED.

Suzuki Boulevard: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Suzuki Boulevard – preços

Atualmente, há apenas uma configuração da Boulevard à venda no mercado brasileiro. Veja abaixo o preço da custom japonesa:

  • Suzuki Boulevard M1800R: R$ 60.237

A marca oferece a Suzuki com condições de financiamento com taxa zero, com prazos de 12 ou 24 meses, ou taxa de 1,05%. No primeiro caso, o comprador dá uma entrada de R$ 30.118 e financia o restante em 24 parcelas de R$ 1.300. Já no segundo, é possível adquiri-la com R$ 12.048 de entrada e 48 parcelas de R$ 1.314.

Há também os preços da Boulevard no mercado de usadas e seminovas, conforme os dados da Tabela Fipe. Confira a seguir:

Suzuki Boulevard M800 e M800R

  • Boulevard M800 2006: R$ 18.785
  • Boulevard M800 2007: R$ 19.430
  • Boulevard M800 2008: R$ 20.440
  • Boulevard M800 2009: R$ 21.530
  • Boulevard M800 2010: R$ 22.890
  • Boulevard M800 2011: R$ 23.970
  • Boulevard M800 2012: R$ 24.740
  • Boulevard M800R 2012: R$ 24.700
  • Boulevard M800 2013: R$ 25.640
  • Boulevard M800R 2013: R$ 26.730
  • Boulevard M800 2014: R$ 26.510
  • Boulevard M800R 2014: R$ 27.870
  • Boulevard M800 2015: R$ 28.670
  • Boulevard M800R 2015: R$ 28.740
  • Boulevard M800 2016: R$ 30.640
  • Boulevard M800R 2016: R$ 31.010

Suzuki Boulevard C1500

  • Boulevard C1500 2006: R$ 22.600
  • Boulevard C1500 2007: R$ 23.720
  • Boulevard C1500 2008: R$ 25.120
  • Boulevard C1500 2009: R$ 26.070

Suzuki Boulevard M1500 e M1500R

  • Boulevard M1500 2010: R$ 25.640
  • Boulevard M1500 2011: R$ 27.480
  • Boulevard M1500 2012: R$ 30.050
  • Boulevard M1500R 2012: R$ 29.360
  • Boulevard M1500 2013: R$ 31.170
  • Boulevard M1500R 2013: R$ 30.830
  • Boulevard M1500 2014: R$ 32.200
  • Boulevard M1500R 2014: R$ 31.860
  • Boulevard M1500R 2015: R$ 32.860
  • Boulevard M1500R 2016: R$ 33.900

Suzuki Boulevard M1800R

  • Boulevard M1800R 2015: R$ 40.350
  • Boulevard M1800R 2016: R$ 42.120
  • Boulevard M1800R 2017: R$ 43.690
  • Boulevard M1800R 2018: R$ 47.890

Suzuki Boulevard: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Suzuki Boulevard – motor

Na motorização, a Boulevard em sua versão M1800 oferece um motor V-Twin (dois cilindros em “V”) com oito válvulas (quatro válvulas por cilindro), quatro tempos, DOHC (Double Overhead Camshaft, ou Duplo Comando de Válvulas no Cabeçote) e refrigerado a água, de 1.783 cm³.

Tal propulsor consegue desenvolver 125 cavalos de potência, a 6.200 rpm, e 16,31 kgfm de torque, a partir de 3.200 giros.

Ele oferece ainda o sistema de injeção de combustível Suzuki Dual Throttle Valve (SDTV), que segundo a fabricante japonesa proporciona uma resposta de acelerador mais suave ao piloto mesmo em rotações mais baixas.

Outro recurso é o Suzuki Advanced Sump System (SASS), um sistema de lubrificação por cárter seco. Ainda de acordo com a Suzuki, tal sistema foi projetado para reduzir a altura do motor, diminuir a posição do virabrequim e, consequentemente, o centro de gravidade da motocicleta.

Conforme o divulgado da Suzuki, o motor tem um dos maiores pistões utilizados atualmente por um motor de combustão interna usado em qualquer carro ou motocicleta: ele conta com pistões forjados em alumínio com 112 mm de diâmetro. Este design consegue reduzir o atrito e a massa inercial, como já comprovado em pistas de corrida.

Junto ao propulsor V2 de 1.800 cc da Suzuki Boulevard está o câmbio de cinco marchas e transmissão final por eixo cardã.

Ainda no conjunto mecânico, tal configuração da Boulevard ostenta suspensão dianteira com garfo telescópico invertido de amortecimento hidráulico. Na traseira, há uma balança articulada de alumínio que trabalha juntamente com um sistema de conexão progressiva e um único amortecedor, com ajuste de pré-carga da mola, permitindo a adaptação conforme o peso do condutor e do passageiro.

Há disco duplo ventilado na dianteira e disco ventilado único na traseira. Já os pneus são os maiores e mais largos já usados em uma motocicleta Suzuki, com medidas 240/40 R18 na traseira – na dianteira, a roda aro 18 usa um pneu 130/70.

Suzuki Boulevard – desempenho

Mesmo se tratando de uma motocicleta pesada, com quase 350 quilos, a Boulevard M1800 consegue entregar um desempenho satisfatório. Assim como acontece com praticamente todas as outras custom, o modelo da Suzuki é amante das estradas e rodovias.

Nela, o piloto viaja com braços e pernas esticados e o corpo em posição mais baixa. Essa posição de pilotagem entrega um conforto extra nas estradas. Contribui para maior comodidade o guidão com formato mais largo.

Entretanto, alguns proprietários da Suzuki Boulevard que possuem estatura mais baixa reclamaram o fato de a motocicleta não receber tão bem os baixinhos. Pessoas com menos de 1,70 metro podem precisar de adaptações no guidão, por exemplo, para se acomodar melhor.

Como citamos no primeiro parágrafo deste tópico, a Boulevard tem como foco as estradas. Isso porque ela é uma moto longa, com 2,48 metros de comprimento, e com entre-eixos igualmente longo, de 1,71 m. Ou seja, com ela você não terá a mesma praticidade de uma moto que prioriza a tocada no dia a dia.

Fora isso, o ângulo do guidão não favorece as curvas mais fechadas. As pedaleiras mais baixas e a distância em relação ao solo de 13 centímetros também podem prejudicar a tocada nas cidades, podendo raspa-la em diversas situações.

Ou seja, a Suzuki Boulevard M1800 é uma motocicleta focada quase que totalmente nas estradas. Caso você queira fazer longas viagens com a moto, ela será uma grande aliada.

Suzuki Boulevard: versões, preços, motor, consumo, desempenho

Suzuki Boulevard – consumo

Diferente dos carros, as motos não têm seus números de consumo de combustível aferidos e divulgados oficialmente.

Contudo, ainda de acordo com alguns proprietários da Boulevard, a motocicleta pode entregar uma média de consumo de 17 km/l a 20 km/l na estrada. Sendo assim, com o tanque de combustível com capacidade para 19,5 litros de gasolina, a custom da Suzuki pode entregar facilmente uma autonomia de até 390 km.

Portanto, em longas viagens, esteja ciente que você fará poucas paradas com a Boulevard para abastecer o tanque de combustível.

Vale ressaltar, porém, que a motocicleta entrega boas doses de potência e torque, o que acaba instigando uma tocada mais agressiva – e beberrona. Então é necessário dosar o acelerador para conseguir obter boas médias de consumo e, assim, preservar a boa autonomia da motocicleta.

Ficha técnica

Motor
TipoDOHC (Double Over Head Camshaft), 2 cilindros em “V”, refrigeração líquida, 4 tempos, 4 válvulas por cilindro
Cilindrada1.783 cm³
Potência máxima125 cv a 6.200 rpm
Torque máximo16,31 kgfm a 3.200 rpm
TransmissãoManual de 5 marchas com embreagem de acionamento hidráulico e transmissão final por eixo cardã
Sistema de partidaElétrico
Diâmetro x curso112 mm x 90,5 mm
Relação de compressão10,5:1
Sistema de alimentaçãoInjeção eletrônica
CombustívelGasolina
Sistema elétrico
IgniçãoEletrônica
Capacidades
Tanque de combustível/reserva19,5 litros
Óleo do motor3,6 litros
Dimensões
Comprimento x altura x altura do assento2.480 x 1.113 x 705 mm
Distância entre-eixos1.710 mm
Distância mínima do solo130 mm
Peso seco347 kg
Chassi
TipoTubos de aço de seção regular
Suspensão dianteira/cursoGarfo telescópico invertido de amortecimento hidráulico, com mola helicoidal
Suspensão traseira/cursoBalança de alumínio articulada, tipo link de monoamortecimento hidráulico, com mola helicoidal
Freio dianteiroDuplo disco ventilado
Freio traseiroDisco simples ventilado
Pneu dianteiro130/70 R18 M/C (63W) sem câmara
Pneu traseiro
240/40 R18 M/C (79W) sem câmara

Fotos

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.

  • Janio O’ brien

    QUE MOTO MAIS LINDA! Essa preta Boulevard M1500 é impecável, deu vontade aqui….

  • Bruno Pereira

    Gosto é igual c… mas Suzuki custom é pra acabar!!!

  • André Luis Versiani

    Que moto bonita da peste, Suzuki maravilhosa!

  • Toyo_Highlander fan

    Linda! Sou apaixonado por esse tipo de moto estilo road custon. Motos estradeiras que devem ser uma delicia para viajar.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email