Hatches Suzuki

Suzuki Jimny 4SPORT 2015 é lançado com preço de R$ 64.990

suzuki-jimny-4sport-2015-21-700x466 Suzuki Jimny 4SPORT 2015 é lançado com preço de R$ 64.990

A Suzuki está lançando o Jimny 4SPORT 2015 esta semana, com preço de R$ 64.990. O modelo é fabricado no Brasil desde o final de 2012, e ao redor do mundo já teve mais de 2,5 milhões comercializadas. Esta versão 4SPORT 2015 tem airbag duplo e ABS, e também apresenta novos para-choques dianteiro e traseiro. Formados por peças modulares com fixações externas, o projeto foi desenvolvido para facilitar a manutenção do off-road, e a Suzuki informa que ele é o único 4×4 que traz de fábrica o engate dianteiro.



Outra novidade é o side step (apoio para o pé) integrado às laterais, à frente das rodas traseiras, que facilita o acesso ao teto para instalação de bagageiros, transportar bikes, pranchas de surf e outros equipamentos. Os frisos laterais, snorkel e flares ganham novo desenho e completam o design do 4×4.

suzuki-jimny-4sport-2015-41-700x466 Suzuki Jimny 4SPORT 2015 é lançado com preço de R$ 64.990

O peso do Suzuki Jimny 4SPORT 2015 é de apenas 1.060 quilos e seu motor é 1.3 16v movido a gasolina, com 85 cavalos. O motor é classificado na categoria “A”, pelo selo do Inmetro, e traz o comando de válvulas variável (VVT) que otimiza o torque para todas as faixas de rotação.

suzuki-jimny-4sport-2015-1-700x466 Suzuki Jimny 4SPORT 2015 é lançado com preço de R$ 64.990

Preços das versões

Além da versão 4SPORT que chega por R$ 64.990, o Jimny também tem a versão 4SUN, que tem teto solar panorâmico e custa R$ 62.990 e a versão 4ALL, indicada para o uso no dia-a-dia da cidade, com preço de R$ 58.990. A versão 4WORK é voltada para frotistas e tem preço apenas sob consulta.

Paleta de cores: Prata, Preto, Branco, Vermelho, Verde Amazônia, Verde Tropical, Amarelo, Roxo, Laranja, Rosa e Azul.

Áudio: conjunto com quatro auto-falantes, rádio AM/FM, CD player com MP3, WMA, USB e Bluetooth.

suzuki-jimny-4sport-2015-31-700x466 Suzuki Jimny 4SPORT 2015 é lançado com preço de R$ 64.990

Preço sugerido Jimny 4SPORT 2015
R$ 64.990,00

Outras versões Jimny 2015
Jimny 4ALL: R$ 58.990,00
Jimny 4SUN: R$ 62.990,00
Jimny 4WORK: preço sob consulta

  • AHSOliveira

    Carro fantástico! Mesmo eu não cabendo direito nele ( na frente ainda dá, mas atrás…).
    O maior problema é o preço, mas ainda penso em adquirir um usado daqui alguns anos.

    • Cristiano_RJ

      Só o preço? E o motorzinho de enceradeira?

      • Tosca16

        pelo motor não há reclamações, um carro leve e com um motor menor o que lhe dá maior agilidade, a falta de fôlego do modelo é compensada pela leveza e sendo assim agilidade que muitos Jipes maiores não tem… essa receita de jipe pequeno e leve vem desde o NIVA que nunca fez feio em trilhas .

        • Cristiano_RJ

          Cara, na boa, eu costumo pesquisar antes de emitir opinião. E como é impossível fazer test drive em tudo quanto é modelo, os sites e revistas automotivas estão aí para isso mesmo.
          No caso do Jimny, a Quatro Rodas obteve um 0 – 100 km/h de 14,6 s. O valor obtido pela Auto Esporte foi ainda pior: 15,1 s. Nos 1.000 m, as duas publicações obtiveram, respectivamente, 36,3 s e 36,8 s.
          Para você ter uma ideia esses números são equivalentes ao do VW up! (15,0 s e 36,5 s)… só que com uma diferença fundamental no quesito consumo. Enquanto o up! faz 13,2 km/l na cidade e 14,3 km/l na estrada, o Jimny faz 9,5 km/l e 10,7 km/l de acordo com o INMETRO. Ok, sei que esses modelos não são concorrentes; mas utilizei o up! como exemplo para comprovar que o Jimny anda como um 1.0, mas não consome como tal.
          E aí, você acha isso razoável? Digo, um veículo que pode chegar aos R$ 65 mil ter um desempenho desses? Por isso que disse e reafirmo: motor de enceradeira!

          • Lázaro Rosa

            No caso do Jimmy não importa nem um pouco se ele faz de 0-100km/h em 14,6 s, a proposta dele é totalmente diferente, importa se ele é bom fora de estrada, e nisso ele faz o papel muito bem, carrinho super valente e para o seu tamanho o motor da conta tranquilamente. Dirigi um no interior do Paraná, andei cerca de 45 km estrada de chão ( molhado) e digo que o carrinho é excelente para a proposta dele.

            • Cristiano_RJ

              Ok. Pela legião de fãs que ficaram ofendidos pelo meu comentário, imagino que ele tenha suas qualidades off-road mesmo. Mas a minha crítica foi direcionada ao desempenho e ao preço. Não considero razoável um carro de mais de R$ 60 mil andar como se popular fosse. Mas se os fãs não se importam com isso… paciência. Que sejam felizes com ele. Só não podem negar o óbvio.

              • Benjamin Breeg

                Cristiano está perdendo meu respeito cara. Você está num terreno desconhecido, pare de citar desempenho que dono de jipe não da mínima para desempenho homem! Jipeiro curte a estrada, curte as paisagens e as aventuras. E o desempenho do carro é ruim para você e para uma revista com um bando de engravatados que nunca pisaram num chão de lama.

                Pare de defender um argumento vencido por orgulho e teimosia!

                • Cristiano_RJ

                  Benjamin, vai me desculpar, mas não se trata de orgulho. Não falei nenhuma inverdade. Só que vocês “jipeiros” ficaram ofendidos com isso e querem negar um fato.

                  Reconhecer os pontos fracos do seu modelo preferido não é demérito. Pelo contrário. Por exemplo, tenho um Jetta TSI e adoro meu carro. Porém não gosto do seu design e acho que seu interior poderia ser mais caprichado pelo que custa. Ah, o consumo também deixa a desejar… E daí? Isso me impediu de escolhê-lo? Não! Isso o torna um carro ruim para sua proposta? Definitivamente não. Mas se alguém vier aqui e postar essas verdades sobre o Jetta, eu diria: “companheiro, você tem toda razão, só que isso é irrelevante para o seu público alvo”. Nunca, repito, NUNCA, que eu iria negar fatos da vida e querer desmerecer o que seus críticos PERTINENTEMENTE criticam. Muito menos eu iria faltar com o respeito porque alguém “falou mal do meu carro”. Pelo contrário, eu reconheceria o que ele tem realmente de ruim e enalteceria o que ele tem de bom. Só isso.

                  • Benjamin Breeg

                    Você acha que o interior do seu Jetta poderia ser mais caprichado, eu entendo o seu ponto!

                    Mas eu não acho o motor do meu Jimny fraco!!!! E eu que dirijo, eu que uso, eu que já o submeti as situações mais críticas, e está lá, firme e forte pronto para me levar para a Patagônia nas minhas férias em Julho!

                    Não é pertinente criticar um jipe pelo seu 0 a 100 né? Não tem nem aerodinâmica para acelerar forte!

                    A 140 parece um tijolo com rodas! Se entrar numa curva a 140, adeus estrada!

                    A velocidade correta? de 80 a 120! É nisso que se vai com segurança no Jimny. Precisa de mais potência? Não, não precisa. A potência dele está de acordo com ele! Se colocar um motor mais forte, vai ter que reformular todo o projeto para melhorar sua estabilidade, mas e ai vai mudar um projeto todo, que nenhum cliente que compra para usar como um jipe reclama? Também não!

                    Entenda cara! É simples! É japonês! Não tem exageros, tem a potência que precisa!

              • LUIZ ANTONIO SOUZA

                Se não conhece o carro, se não tem informação concreta, somente por revistas, não comenta para não passar vergonha.

                • Cristiano_RJ

                  Vergonha deveria ter você em insistir na negação de um fato. O que mais é preciso para saber se o desempenho de um modelo é bom ou ruim do que ter acesso a testes de pista? Não há nada mais objetivo do que um resultado de um teste com um valor bem definido para uma grandeza do que isso. Ainda mais quando mais de uma fonte indica a mesma coisa. Ou será que os fan-boys do Jimny vão revogar a validade dos testes de pista daqui por diante? É tão difícil assim compreender isso? Eu hein, parece mãe, que não pode ouvir críticas ao filho que vem na defesa… É motorzinho de enceradeira sim.

                  • LUIZ ANTONIO SOUZA

                    O Jimmy é um veículo para off road e é lá que seu desempenho é excelente. Simples assim. Só quem conhece o carro e quem conhece o off road sabe. Mas alguns “jênius” aqui leem revistas, na sua maioria compradas pelas montadoras, e juram que entendem algo.

                    • Cristiano_RJ

                      Tá bom. Os testes são falsos, porque as revistas são todas compradas. Na verdade o Jimny não tem desempenho de 1.0 não. Anda muito. O motor é muito bom. A potência de 1.0 (85 cv) é mentira também. A Suzuki só divulgou isso por humildade. Na verdade é potência de 2.0. O torque máximo só aparece acima dos 4.000 rpm, mas isso também é mentira. A curva de torque é igual à dos carros turbinados: plano e máximo aos 1.500 rpm. Ou seja, não é motor de enceradeira, é motor de esportivo. E eu sou burro porque consultei algumas revistas e publiquei aqui os resultados dos testes. Dividir informação, afinal de contas, sempre foi sinal de burrice, não é mesmo? Quem é inteligente de verdade, Gênio com direito a G maiúsculo e não j, testa ele mesmo os carros em pista e nunca dá atenção para resultados da imprensa especializada. É isso aí ou esqueci algo?

                    • LUIZ ANTONIO SOUZA

                      Repito, o Jimmy é um carro off road, seu desempenho no off road é fantástico. Assim se avalia um desempenho de um carro, no seu habitat, para onde ele foi feito. Continua sendo “jêniu”.

                    • Cristiano_RJ

                      Qualidades off-road é uma coisa. Motorização e desempenho, outra. Assim como porta malas e espaço interno, outros pontos fracos desse modelo que não interferem em suas qualidades off-road, mas continuam existindo. Tem um vídeo do Vrum em que o próprio avaliador diz ter sentido dificuldades nas ladeiras da cidade (ele estava em BH). E acho que você há de convir que se o motor fosse melhor, suas qualdiade off-road seriam ainda maiores. Mas enfim, você prefere faltar com o respeito… fazer o quê, né? Gênio…

                  • Fábio.

                    Amigo é o seguinte, você está comparando um jipe com um carro , o Jimny tem uma aerodinâmica totalmente diferente de um up ou etios, a relação de marcha de um para o outro é diferente e são essas coisas que vão influenciar no 0-100 km/h, por isso que eu falei para pegar o motor do Up e colocar no jimny ai sim você vai trocar apenas uma variável que é o motor segundo você. o Jimny é uma parede vencendo o ar, o up ou etios é uma porta, isso influencia muito, ai junta a relação de marcha que são diferentes. Faça a comparação de pelo menos carros parecidos do tipo corolla e civic. Já que você quer comparar com um carro popular, compara com o dobló 1.4 de 86 cv que tem uma aerodinâmica parecida com o jimny ele faz de 0-100 em 15,5 s e o jimny faz 14.1, compare então com o TR4 de 140cv faz em 12s olha mais potente que o etios de 90 cv e faz apenas 0,2 s mais que o etios e ai? como fica ??? Jimny não é pra competição de velocidade e seu desempenho na cidade é ótimo e não tem vídeos dele na cidade mostrando seu desempenho, porque ele é feito pra trilha e só tem vídeo dele na trilha.

                    Um caminhão , tem muitos cv, muito torque, mas é extremamente lento de 0-100 km/h, porque? o peso, a relação de marcha, a aerodinâmica…então não se compara veículos de categorias diferentes, e se for na mesma categoria, que seja mecanicamente parecido, propostas parecidas.

                    Se você comparar duster com ecosport tudo bem, mas jimny com up ou etios….

                    Seu motor é VVT essa tecnologia permite ter o quase todo o torque e potencia disponível em qualquer rotação, só que o ápice é nas rotações que disse.

                    O projeto do motor do atual suzuki começou em 1999 e só teve algumas alterações desde então e a potência mudou de 81 cv para 85 cv e você compara com um motor de construção recente. Mas isso não muda o fato de que o motor do jimny é equilibrado para ele, todos os jimeiros gostariam que o jimny tivesse um torque de 15kgfm e 95 cv, mas os que os jimeiros gostariam é que a Souza Ramos( Mitsubishi) trouxesse o 1.5 diesel de 86cv e 14,8 de torque, que seria mais fácil que o sonho de 95cv e 15 de torque.

            • Sou o coordenador da Fazenda Terra da Mata – Parque Offroad, recebemos centenas de 4×4 em nossas trilhas e arenas de treinamento e de todos, digo todos que lá foram, o que melhor teve desempenho foi o Jimny, deixou muitos Trollers, Land´s, Toyotas etc, fôsse em descidas com pedras, ladeiras íngremes, raias dágua, atoleiros o que fôsse, a performance foi muito superior, na Castelo Branco de volta viagem a 120 tranquila e consumo excelente em custo comparável a diesel…

          • Propostas diferenças fio! Vai em qualquer forum ou revista especialzada em Off Road e veja se tem reclamações sobre o Jimny. Esse jipinho é focado no fora de estrada e nesse quesito ele manda muito bem.

            • Cristiano_RJ

              Repetindo pela n-ésima vez: não fiz em nenhum momento crítica às qualidades off-road do Jimny. Critiquei e continuo criticando dois outros aspectos: preço e motorização.

          • Ricardo

            Mais um especialista em carros formado pela instituição quatro rodas….kkkkk… Meu camarada, pesquisar não é ler quatro rodas… Pesquisar vai muito mais além… A propósito, 2 perguntinhas. Vc tem quantos anos e tem qual carro? Um forte abraço e boas pesquisas…

            • Cristiano_RJ

              Ricardo, faz diferença a idade e o carro que tenho? Desde quando precisa ser especialista para saber que um carro que faz 0 a 00 km/h em 15 s está com o motor subdimensionado? Não falei nenhuma besteira. Trouxe para cá informação: de que os testes de pista comprovam que o Jimny anda como um 1.0. Não se trata de opinião pessoal. Trata-se de um fato! Incontestável. Quer você e os demais fan-boys desse modelo gostem ou não.
              PS. Não, não tenho carros de trilha. Possuo um sedã. E com relação à minha idade, garanto que devo ser mais velho do que a grande maioria que aqui comenta. Mas continuo achando essas duas informações irrelevantes para essa discussão. Basta termos mais RESPEITO uns com os outros.

          • Benjamin Breeg

            Tenho um Jimny há 11 anos, com 166 mil km. O motor de enceradeira nunca deu um problema e faço apenas a manutenção preventiva do manual do carro. Ando na cidade, ando em trilhas leves, médias e aquelas que dizem para você não ir.

            O meu faz 13km/l na cidade e 17km/l na estrada.

            Jimny é um JIPE, não precisa ser veloz e econômico, apenas resistente, robusto e durável, tudo que o Jimny é.

            Cristiano, respeito seus comentários, mas desta vez você se equivocou feio ao olhar para um Jipe com critérios de carro. Faço Offroad com meu velho pai desde os meus 5 anos, hoje fazem 22 anos que eu estou nas trilhas, tenho um conhecimento razoável de jipes, e o você não compra nada novo melhor que o Jimny por esse preço.

            Não adianta fazer test drive, ou ver revistas, público de jipe só conhece o veículo que tem na mão numa boa trilha.

            • Cristiano_RJ

              Beleza. Seu depoimento comprova o que imaginei após tantas defesas emocionais a esse modelo. Parece que as pessoas se sentem pessoalmente atingidas; a ponto de tentarem ofender quem critica o Jimny. Mas veja bem, a questão do desempenho é um fato. Isso não pode ser negado. Se a relevância do quesito “desempenho” é secundária para quem utiliza o Jimny em trilhas, isso só não se torna impeditivo dele conquistar fãs e consumidores, mas ainda assim não muda os fatos. Anyway, acredito que com um motor mais forte, o Jimny ganharia em dois pontos: primeiro, em versatilidade, pois se tornaria um carro mais agradável de dirigir na cidade, quiça mais econômico e, segundo, no off-road ele faria tudo isso que você falou e muito mais. Enfim, seu preço seria melhor justificado.

              • Benjamin Breeg

                Cara, não ofendo ninguém.

                Vou falar de novo, não entre em discussões das quais você não domina o tema! Isso não é ofender, é falar a realidade! Você se baseia em números de revista, se quer fez um test drive no carro e está discutindo com consumidores! Poxa, como quer que te levem a sério?

                Veja o quadro, perca uma hora de algum fim de semana preguiçoso e vá só por curiosidade a uma Suzuki, de uma andada no Jimny! Não importa que você não seja consumidor, que não vá comprar, vá de curioso somente.

                Sabe quantas pessoas questionaram o tamanho do motor deste carro até hoje? Eu já perdi a conta! Depois de dirigir, sabe quantos reclamaram do motor? Nenhum!

                Vai num boa, pelo seu nome você é do RJ, se fosse de SP juro que te emprestava o meu para dar uma volta !

          • Felipe Rodrigues

            Cristiano, da para notar que você não entende nada. Por favor não escreve mais nada ok!!!

            • Cristiano_RJ

              Não entendo de off-road mesmo não. Mas isso não me impede de repetir que o motor do Jimny é fraco. E é mesmo. Fato.

              • Liu Carvalho Bittencourt

                Esses cariocas são hilários kkkk

                • Cristiano_RJ

                  E este comentário o mais agregador de todos. Mas seria hilário mesmo, seria, porque na verdade acho deprimente, é ver a intolerância a críticas de vocês. E olha que nem emiti opinião. Só postei fatos.

                  • MMM

                    Cristiano, o problema não são os fatos, mas a serventia deles. Dizer que um Jimny tem desempenho ruim pq faz 0-100 em “x” segundos é o mesmo que dizer que um Lamborghini é ruim pq não passa nem na trilha mais leve ou que uma Kawasaki Ninja é ruim pq não tem porta malas. Não deixa de ser uma verdade, mas é uma informação inútil para o tipo de usuário do determinado veículo.

                    • Cristiano_RJ

                      MMM, entendo seu ponto de vista. Mas a questão é que distorceram aqui completamente o que eu disse. O motor é pequeno para um carro de R$ 65 mil? Sim é. E nem é referência em motor 1.3 nem nada. Se atende aos seus apaixonados e desrespeitosos admiradores, beleza. Mas ninguém aqui pode me julgar ou me acusar de estar postando inverdades. E quanto à sua comparação, o fato é que nem todo mundo faz trilha e portanto a capacidade off-road de um Lamborghini não faz de fato nenhuma falta ao dono de uma. Mas com certeza, até trilheiros precisam pegar estrada, ir para o trabalho, subir ladeiras e fazer ultrapassagens. Ou será que eles também virão aqui afirmar o contrário?

                    • Fábio.

                      E tem um motorzinho de enceradeira no japão de 68cv e de 0,6l de motor e com 8kgf de torque puxando um caminhão, lá tem a categoria de kei car que e a desse veículo, olha enceradeira ai geeente!!

                      https://www.noticiasautomotivas.com.br/video-suzuki-jimny-0-6-turbo-de-68-cv-puxa-caminhao-em-meio-a-neve-no-japao/

                    • MMM

                      Entendo seu ponto de vista tbm Cristiano, mas o Jimny é um carro meio “extremo”, ou seja, não foi feito para andar na estrada. Tenho essa situação com bikes. Eu possuo duas, sendo uma Cannondale mountain bike e uma Colnago para estrada. Quando vou Descer a serra da manutencão, tenho que pegar uma trecho enorme de Rodovia dos Imigrantes, e é terrível fazer isso com uma mountain bike, mas é a única maneira d chegar lá, pois se for com a bike de estrada, não consigo descer a serrinha de terra. Por outro lado quando vou pedalar no rodoanel, tenho que pegar várias ruas esburacadas com a bike de estrada até chegar lá, o que é pior ainda.

                      Só que em ambos os casos eu tenho a bike ideal para cada tipo de situacao.

          • ltd76

            Ao contrário. O desempenho do Jinmy é perfeitamente compatível com a proposta do carro. O desempenho dele se mede em ângulo denetrada, de saída, capacidade de travessia em água, etc. Não adianta você querer que um carro desses tenha um motor de 200 cv e faça de 0-100 em 8 segundos, ele não foi projetado para isso. Foi projetado para fora de estrada, e isso ele faz bem.
            Sua reclamação sobre esse carro é o mesmo que reclamar de um Bugatti Veyron porque ele consome muito.
            Caro é um jetta 2.0 8v com motor de 120 cavalos. Esse sim está em desacordo com a proposta atual de um sedan médio de 65 mil reais.

            • Magno

              concordo em genero numero e grau … caro eh um Jetta com motor 2.0 com projeto de 20 anos atras e 120cv custar 65 mil reais … Issso eh caro ! Cristiano , todos entendemos seus argumentos .. mas encare os fatos .. os donos de Jimny estao cagando litros pro desempenho desempenho dele no 0 a 100 … como ja foi dito .. a proposta dele nao eh essa … eh como dizer que uma Kawazaki Zx10 eh desconfortavel pro garupa .. Ora , se o dono quisesse algo confortavel p garupa , teria comprado uma Honda Goldwing ! kkkk ..

          • Fábio.

            É o seguinte, você está comparando um jipe com um carro , o Jimny tem uma aerodinâmica totalmente diferente de um up ou etios, a relação de marcha de um para o outro é diferente e são essas coisas que vão influenciar no 0-100 km/h, por isso que eu falei para pegar o motor do Up e colocar no jimny ai sim você vai trocar apenas uma variável que é o motor segundo você. o Jimny é uma parede vencendo o ar, o up ou etios é uma porta, isso influencia muito, ai junta a relação de marcha que são diferentes. Faça a comparação de pelo menos carros parecidos do tipo corolla e civic. Já que você quer comparar com um carro popular, compara com o dobló 1.4 de 86 cv que tem uma aerodinâmica parecida com o jimny ele faz de 0-100 em 15,5 s e o jimny faz 14.1, compare então com o TR4 de 140cv faz em 12s olha mais potente que o etios de 90 cv e faz apenas 0,2 s mais que o etios e ai? como fica ??? Jimny não é pra competição de velocidade e seu desempenho na cidade é ótimo e não tem vídeos dele na cidade mostrando seu desempenho, porque ele é feito pra trilha e só tem vídeo dele na trilha.

            Um caminhão , tem muitos cv, muito torque, mas é extremamente lento de 0-100 km/h, porque? o peso, a relação de marcha, a aerodinâmica…então não se compara veículos de categorias diferentes, e se for na mesma categoria, que seja mecanicamente parecido, propostas parecidas.

            Se você comparar duster com ecosport tudo bem, mas jimny com up ou etios….

            Seu motor é VVT essa tecnologia permite ter o quase todo o torque e potencia disponível em qualquer rotação, só que o ápice é nas rotações que disse.

            O projeto do motor do atual suzuki começou em 1999 e só teve algumas alterações desde então e a potência mudou de 81 cv para 85 cv e você compara com um motor de construção recente. Mas isso não muda o fato de que o motor do jimny é equilibrado para ele, todos os jimny gostariam que o jimny tivesse um torque de 15kgfm e 95 cv, mas os que os jimeiros gostariam é que a Souza Ramos( Mitsubishi) trouxesse o 1.5 diesel de 86cv e 14,8 de torque, que seria mais fácil que o sonho de 95cv e 15 de torque.

          • Baetatrip

            Cristiano….
            Por acaso ja guiou?
            Nao fica falando besteira…
            Para que colocar 0-100…… Jimny não e para correr e sim para passear e enfiar no mato (Ele A-D-O-R-A)
            Ja tive o meu Jimny 01… Eu ADORAVA…. Era excelente para rodar na cidade… raio de quase 4 metros de diâmetro…. Manobrava em segundos… Viajar era pouco limitado pois o meu não tinha essa “modernidade” VVT…. Era mais reduzido…. Cambio era 1,32 contra 1,00 do VVT…. Por isso que viajar era “chato” Andava a 100 a 4100rpm…. E VVT anda a 3200rpm… E ficou econômico…!
            Nunca me deu 1 problema…. SEMPRE ALEGRIA!
            Como tenho o meu Samurai ha 11 anos… Jimny veio em 2004…. Era dupla de “Samurai”…. ERA mesmo!!!!!!
            Robusto d+….. Confortavel para mim que sou solteiro… Pequeno.. Vaga sempre tive… Etc….!
            Saudades…!

          • Lázaro Rosa

            Então!!! rsrsrs

            Pega o motorzinho de enceradeira do carrinho kkkk…

            https://www.youtube.com/watch?v=TADY5oXDfoE

      • Fábio.

        hahaha faz as contas amigão relação peso potência:
        troller 2065kg/165cv = 12.51 kg/cv
        Jimny 1060kg/85cv = 12,47kg/cv

        e ai tem certeza que é motor de enceradeira????? jimny é leve e tem uma relação peso potencia boa, passa em muito lugar onde troller agarra, mas muita gente torce o nariz ao ver o jimny na trilha, mas quando ele passa pelo obstáculo, nego fica espantado, troller é um ótimo carro, não desmerecendo, mas nego idolatra o “fibroso”…

        E tem mais, o gol rallye custa 50 mil o etios cross custa 48 mil um jimny por 59 mil (que é jipe de verdade) está num preço bom , numa realidade brasileira de preços absurdos…. pense antes de criticar, veja vídeos antes também

        • Renan21

          Disse tudo. Aplausos.
          Tenho um primo louco por trilhas e ele trocou o Troller por um Jimmy por questões financeiras, e as palavras dele foram: “Mais barato, mais econômico e impressiona qualquer um nas trilhas” kkkk
          A questão das trilhas não está somente na potencia do carro, está na altura, rodas, tração e o humano atrás do volante.
          Acho muito bacana esse negocio de trilha, nunca fiz, mas sempre vejo. Um dia, assim que puder, vou comprar um jimmy pra me divertir nos finais de semana.

          • Cristiano_RJ

            Pode até ser que o Jimny seja mesmo bom de trilhas (não afirmo e nem nego, pois não conheço esse nicho), mas definitivamente ele é péssimo em desempenho.

            • Fábio.

              Ainda bem que você mesmo afirmou, não entende…..

              • Cristiano_RJ

                Fábio, você está querendo distorcer o que eu disse? Veja bem, vou repetir: não emiti opinião à respeito das qualidade off-road do Jimny porque não é um segmento que eu acompanhe e entenda. Mas DEFINITIVAMENTE não é necessário nenhum conhecimento de trilhas e cia para entender que um carro que acelera como um popular 1.0 de R$ 30 mil, não tem um bom desempenho. Sabe, às vezes é nobre admitir o erro. E nessa crítica que você fez ao meu comentário, companheiro, você errou. Admita.

            • Vanderley Almeida

              Caro Cristiano, Não queria comentar, mas já deu essa sua inútil discussão. O que vc entende por desempenho? também acho que andar no Jimny em rodovias não seja muito diferente de um Uno, porém, já disseram mil vezes e vc parece não entender que a proposta do Jimny seja off Road. Então vamos lá: Por definição DESEMPENHO, em geral, é definido como sendo um conjunto de características ou capacidades de comportamento e rendimento, em especial quando comparados com metas, requisitos ou expectativas previamente definidos. É possível expressar o desempenho ou performance do ente que se pretende avaliar utilizando-se uma métrica, função ou índice de desempenho em relação às metas, requisitos ou expectativas previamente definidos. Para seu governo o Jimny ATENDE a esses requisitos. Então como vc insiste em dizer que o desempenho dele é pessimo?

              Atenciosamente: Prof. Dr. Vanderley Almeida

              E não tenho um Jimny, nem sou fã-boy muito menos trabalho na Suzuki. Apenas coerente. rs

              • Cristiano_RJ

                “O que vc entende por desempenho?”
                Fui claro em meu post e nas outras trocentas vezes em que rebati os ataques que aqui sofri. Refiro-me ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE ao desempenho em testes de aceleração e retomadas de velocidade. Quer a legião de jipeiros aqui gostem ou não, o Jimny tem desempenho (nesse sentido estrito da palavra) de um carro 1.0. Em momento nenhum me referi às suas capacidades off-road (noss… quantas vezes será que repeti isso aqui?). E não adianta dizer que desempenho (não estou falando de off-road) não importa para proprietários do Jimny, a não ser que eles MOREM na mata, trabalhem na mata, façam compras na mata e por aí vai. Mas se insistem em deturpar o que eu afirmei e continuam a alterar o foco da discussão, fazer o quê, né?

                PS. Concordo que essa discussão é inútil. Mas em momento nenhum ela é minha. Mesmo porque, nunca vi briga de um só, discussão de um só, etc. O que vejo aqui é uma legião de fan-boys desse modelo se ofendendo e se juntando para negar o óbvio. Que nem taxista ou motociclista quando se envolvem em um acidente.

        • Cristiano_RJ

          Fábio M, dê uma olhada por favor no que respondi ao Tosca 16. Os testes de pista comprovam que o Jimny anda como um 1.0. Portanto, cuidado com o excesso de admiração. Às vezes nos deixa cegos para os pontos negativos daquele(s) modelo(s) que admiramos…

          • Fábio.

            Ai entra outro quesito, relação de marcha e aerodinâmica, não compare jimny com o novo fusca(up) com roda aro 13, relação peso /potência 11.22/kg/cv com muito mais aerodinâmica, faz o seguinte coloca o motor do up no jimny ai sim pode comparar…Além do que o assunto é trilha ( ambiente do jimny) e na cidade o jimny é bem esperto e na estrada se mantém 110-120 km/h com facilidade, o que é suficiente, já que na cidade eu não estou fazendo arrancadão…Eu sei os diversos defeitos do Jimny, leio muito sobre esse jipe, concordo que o 1.6 nele seria o ideal, diesel 1.5 europeu então nem se fala, mas se comparar com outros grandalhões o jimny não faz feio não,pelo contrário…

            • Cristiano_RJ

              Cara, já postei os dados de desempenho. E eles comprovam que o carro sofre com esse motorzinho de reles 85 cv a elevadíssimos 6.000 rpm e apenas 11,2 kgfm a longínquos 4.100 rpm. Aliás, são números modestíssimos para um motor de 1,328 litros. Atualmente os melhores 1.0, como é o caso do 3 cilindros do up! que chega a uma potência e torque similares: 82 cv e 10,4 kgfm. E se for comparar com um BOM motor 1.3 de verdade? O 1.3 do Etios, por exemplo, possui 90 cv a 5.600 rpm e 12,8 kgfm a 3.100 rpm. A Suzuki deveria pedir emprestado à Toyota um motorzinho desses para não fazer tão feio com esse motor de enceradeira.

              A propósito, cita aí um modelo que o Jimny não faz feio (refiro-me a desempenho).

              • Felipe Santos

                Na realidade o ancestral dele, o samurai tb faz feio subindo serra contra um qualquer veículo popular. Mas em trilha onde força é mais necessária, ele tem a opção da caixa de redução.
                O samurai tem velocidade máxima de 120km/h, não recomendo ir além, o jimny a mesma história, não é um veículo para correr. Mas chega em qualquer lugar. Em terra que ecosport, etios cross é quase um jipe e custa quase 60 mil, o jimny custando 65 é baratissimo, pois é um veículo que conta com 4×4 e redução.

              • Fábio.

                Amigo é o seguinte, você está comparando um jipe com um carro , o Jimny tem uma aerodinâmica totalmente diferente de um up ou etios, a relação de marcha de um para o outro é diferente e são essas coisas que vão influenciar no 0-100 km/h, por isso que eu falei para pegar o motor do Up e colocar no jimny ai sim você vai trocar apenas uma variável que é o motor segundo você. o Jimny é uma parede vencendo o ar, o up ou etios é uma porta, isso influencia muito, ai junta a relação de marcha que são diferentes. Faça a comparação de pelo menos carros parecidos do tipo corolla e civic. Já que você quer comparar com um carro popular, compara com o dobló 1.4 de 86 cv que tem uma aerodinâmica parecida com o jimny ele faz de 0-100 em 15,5 s e o jimny faz 14.1, compare então com o TR4 de 140cv faz em 12s olha mais potente que o etios de 90 cv e faz apenas 0,2 s mais que o etios e ai? como fica ??? Jimny não é pra competição de velocidade e seu desempenho na cidade é ótimo e não tem vídeos dele na cidade mostrando seu desempenho, porque ele é feito pra trilha e só tem vídeo dele na trilha.

                Um caminhão , tem muitos cv, muito torque, mas é extremamente lento de 0-100 km/h, porque? o peso, a relação de marcha, a aerodinâmica…então não se compara veículos de categorias diferentes, e se for na mesma categoria, que seja mecanicamente parecido, propostas parecidas.

                Se você comparar duster com ecosport tudo bem, mas jimny com up ou etios….

                Seu motor é VVT essa tecnologia permite ter o quase todo o torque e potencia disponível em qualquer rotação, só que o ápice é nas rotações que disse.

                O projeto do motor do atual suzuki começou em 1999 e só teve algumas alterações desde então e a potência mudou de 81 cv para 85 cv e você compara com um motor de construção recente. Mas isso não muda o fato de que o motor do jimny é equilibrado para ele, todos os jimny gostariam que o jimny tivesse um torque de 15kgfm e 95 cv, mas os que os jimeiros gostariam é que a Souza Ramos( Mitsubishi) trouxesse o 1.5 diesel de 86cv e 14,8 de torque, que seria mais fácil que o sonho de 95cv e 15 de torque.

                • Felipe Mn.

                  Olá pessoal, não vou entrar na discussão sobre carros em si, tanto porque não entendo muito de carros, muito menos de off-road. Porém, gosto de ler e discutir sobre assuntos variados e gostaria de deixar um link de referência e alertar ao amigo Cristiano sobre o uso da palavra “desempenho”. (Acredito mais no Wikipedia do que na 4 Rodas, apesar de não ser um dicionário rsrs)

                  http://pt.wikipedia.org/wiki/Desempenho

                  Quando vc entra em uma discussão sobre desempenho de “alguma coisa”, não há como analisar somente um ou poucos fatores, no caso, como posto pelo Cristiano, a relação tempo-velocidade-espaço, sem ao menos levar em conta qual o propósito dela.
                  Neste caso, o pequeno Jimny é um jipe voltado para off-road, portanto, como todos os ditos fãs daqui já ressaltaram, compará-lo com carros de outros segmentos não faria sentido algum, menos ainda dizer que o Jimny tem péssimo desempenho, já que o público alvo comprou, testou e aprovou e ainda aprova a ponto de “tomar como pessoal”, ou, simplesmente, demonstrar interesse emocional sobre o produto! (Quem não faz isso com o carro que ama!?)
                  Por fim, desculpa me intrometer no meio da conversa, mas eu me vi no papel do Cristiano por algumas vezes durante a vida (sou teimoso mesmo! rsrs), e, admiro o fato de que ele tenha tamanha convicção em seu argumento, porém, observando a discussão, não pude deixar de intervir! (x

                  Abraços.

                  • Cristiano_RJ

                    Felipe, é isso mesmo. Em nenhum momento aqui quis dar outro sentido à palavra desempenho, se não única e exclusivamente a capacidade de acelerar e retomar velocidade. Os jipeiros aqui deturparam completamente o que eu disse e levaram a discussão para outro foco. E se o Jimny é bom em off-road, definitivamente ele não o é no aspecto em que eu ressaltei. E esse aspecto é relevante para quem usa o carro no dia-a-dia: ir ao trabalho, ao supermercado, subir ladeiras, fazer ultrapassagens, sair em viagens, etc. Ou será que quem faz trilha não passa por essas situações?

                    • Anton

                      Sabe o que eu faria, Cristiano? Marcaria um encontro com todos os que gostam do Jimny e passaria um tempo observando o carro. Seria uma festa, uma celebração e confraternização. Você notaria as diferenças e semelhanças com outros carros e ainda faria amigos – e isso porque em trilha, solidariedade conta muito…

        • Flavioblom

          O pior é que o cara já levou uns 10 “FATALITY” e ainda continua respondendo.

          • LUIZ ANTONIO SOUZA

            Como disse antes, esse Cristiano está é passando vergonha. Desista ou continue passando vergonha!!!

        • joao dewald

          Ai não deu né, respeito muito a construção e história do Jimny, mas compará-lo ao Troller fica meio desnescessário.

      • Eduardo

        Criticar desempenho e preço? Quem compra um carro desses não está nem aí para zero a 100. É igual criticar um Mini Cooper porque não tem espaço ou um 300C porque não é econômico….
        E supondo que estivesse, fale um carro zero km que possa ser utilizado em uma trilha, tenha um desempenho melhor e custe menos.

    • Tosca16

      Não acho fantástico mas que é sem dúvidas um ótimo modelo isso é, apesar que acho o Niva melhor compraria um Suzuki destes se o preço não fosse fora da realidade.

      • AHSOliveira

        achei fantástico, porque tive a oportunidade de testá-lo com outros carros 4×4, há uns 3 meses em minha cidade teve uma feirão de automóveis onde fizeram uma fizeram uma trilha um circuito off-road, eu testei a Amarok, L200 e Mahinda scorpio (carro feio da peste!) e o Jimny, (“perdi” uma manhã quase toda nas filas, mas valeu a pena).
        Era um circuito pequeno, mas tinha alguns obstáculos desafiadores o Jimny foi exemplar, mesmo em situações onde o torque dos motores diesel falava mais alto pensei que teria certa dificuldades mas foi muito tranquilo. O conjunto do carro como um todo o deixa interessante, onde moro não muita tradição em modelos Lada, apesar da Suzuki não ser uma marca muito convencional as peças são encontradas com facilidade, não muito barato, mas fácil.

        • edgar__rj

          O cara quer comparar o barco na estrada com o avião no mar !!!
          Nunca tive, mas já andei muito no do meu tio… O carro é ágil na cidade, mas nas estradas que levam a fazenda do meu tio , no interior do Rj, esse carro é o melhor !!!

        • Tosca16

          O Mahindra para trabalho é bom, não é um jipe propriamente dito apesar de não fazer feio em trilhas leves e medianas, mas é um veículo maior e consequentemente mais pesado … semelhante são estas L200 e Hilux da vida, por mais que tenham motorização potente e tração nas 4 não recomendaria para trilha sem algumas alterações .

          • AHSOliveira

            Eles estavam mais chamando atenção para marca, mas para o trabalho ele é uma opção muito interessante e o motor do Scorpio é bem silencioso e não se sente muitas vibrações, o representante da concessionária disse que a marca melhorou esses aspectos a pedido de clientes.

            • Tosca16

              Aqui em Sergipe tá vendendo relativamente bem, vejo muitos Mahindra … acho que depois que a DESO, nossa companhia de águas e esgoto adquiriu para sua frota o pessoal viu melhor e comprovou sua qualidade, hoje não só no governo mas diversas pessoas e empresas tem especialmente na versão chassi .

  • EpsilonEuskadi

    Belo jipinho.

  • Marcus Vinicius

    Para o Jimny se tornar mais competitivo seu motor precisa se tornar bicombustível beber etanol !

    • Fernando Dantas

      Naaaaaoooo

    • chcoutinho

      Aposto que um motor somente à gasolina tem o rendimento melhor que esses bi-combustíveis

      • Gutsvopk

        Mas isso é um fato. Sempre dou preferencias por carros á gasoliona

      • Tosca16

        como também um só a etanol … eu mesmo compraria um carro movido ao combustível de cana mas se este fosse só álcool . Com a tecnologia hoje aposto que um motor exclusivo à etanol renderia horrores em comparação as gambiarras flex…

    • pedroo

      vira essa boca pra lá, cé tá bebendo etanol estragado ?

    • LUIZ ANTONIO SOUZA

      Eu já acho uma das vantagens desse carro é não ser bicombustível. Flex é dose, só brasileiro para ser apaixonado por um sistema que não aproveita o melhor rendimento do carro nem com alcool e nem com gasolina.

    • Filipe Machado

      Tinha que ter um motorzinho a diesel… ai sim ficaria bacana !

      • Fábio.

        na europa tem 1.5 diesel, pena que a souza ramos ( mesma da Mitsubishi) não traz para o brasil e esse novo jimny ficou a cara da tr4, monte de plástico de cor diferente ficou horroroso , jimny japão é o melhor

    • Fábio.

      sabe de nada inocente!!!!!!!!!!!!!! não fale besteira, na argentina onde não se tem alcool na gasolina o jimny faz 17km/l, um brasileiro foi pra lá de jimny e se assutou com o rendimento e com o quão porcaria é a gasolixo brasileira que tem 25% de alcool…

    • Benjamin Breeg

      Para fins de mercado, virar bicombustível é uma vantagem, MAS, seria uma agressão com um motor tão testado mundialmente e tão durável quanto o 1.3 do Jimny.

    • Francisco Meireles

      Acho que ele já é E85.

  • LUIZ ANTONIO SOUZA

    Belo jipe, uma fera no off road. Mas caríssimo. Por 45 a 50 mil seria uma opção boa.

    • AHSOliveira

      Nessa faixa de preço ele daria trabalho a muito concorrente.

    • Fábio.

      o gol rallye custa 50 mil o etios cross custa 48 mil, um jimny por 59 mil (que é jipe de verdade) está num preço bom , numa realidade brasileira de preços absurdos….

      • m_Ferrari

        Mas o Etios cross é lindo!! Principalmente o amarelo ovo. Aqui na minha cidade tem um, o cara pintou uma faixa preta no teto e no capus, ficou “lindio”.

        • Fábio.

          haha deve ter ficado lindão o carro indiano, só faltou colocar uns leds azuis no farol…hahaha tão lindo quanto o aircross da citroên, aquele sim é lindão com aquele monte de papagaiada pendurada, cheios de cromados num conjunto nada harmônico. hahah

          Maldita a fiat que fez o conceito “cross” por aqui, mas ela á a única que ainda fica bonita, sem nada muito chamativo….mas prefiro o Jimny antes dessa atualização nessa reportagem, monte de plástico com cor diferente , além da frente(para-choque) parecer com a tr4… hahaha

  • tjbuenf

    Carro brasileiro com preço de importado. Menos pior que isso é só a Suzuki tentar fazer o engate dianteiro de sério ser “o benefício”…

    • LUIZ ANTONIO SOUZA

      Carro brasileiro entre aspas. Só é montado aqui, todas as peças vem de fora.

    • Fábio.

      o gol rallye custa 50 mil o etios cross custa 48 mil, um jimny por 59 mil (que é jipe de verdade) está num preço bom , numa realidade brasileira de preços absurdos….

      • tjbuenf

        Apesar do gol ser “rallye”, as propostas ainda são diferentes.
        Estamos tão acostumados com preços altos que até pareço errado não aceitando os valores…

        • Fábio.

          sim são propostas diferentes, você não esta errado, mas em nossa realidade de preços absurdos um monte de gente acha um absurdo pagar 59 mil num jipe de verdade, cuja manutenção além de filtros, óleos é baixa e a manutenção de peças mais sérias só ocorre depois dos 100 mil km e olhe lá, tem um monte de jimny ai que tá com 160 mil km que só fez o básico até hoje… mas não acha um absurdo pagar 50 mil num gol, sim um gol que funde motor com 30 mil km, tem que trocar correia dentada com 25 mil, embreagem com 35 mil…. Eu concordo que os preços no Brasil são um absurdo, o jimny deveria custar 45 mil e o gol rallye 25 mil…mas como nossa realidade é a de preços altos, um jimny ainda é um ótimo negócio…se encontra jimny facilmente por R$ 36 mil com 40 mil km ano 2011… carro zero é só pra quem gosta de perder muito dinheiro, pois um carro assim que é emplacado já desvaloriza 15% ( fonte fipe) e se quer jimny 2013/2014 com 5 mil km, se encontra por R$48 mil.. Eu sei desses preços, pois estou acompanhando faz tempo, pois ano que vem quero pegar o meu.

          • tjbuenf

            Talvez para quem tem dinheiro seja um ótimo negócio, mas a realidade nossa é que muitos precisam do carro para diversão mas para o dia-a-dia também. Dispor de um valor desse para um segundo carro é para poucos, e um desse como carro único eh quase uma furada. Haja gasolina para alimentar o bichano, fora que não é carro para mais que 2.
            Eu, não entendedor do ramo, teria bastante receio de pegar carros off road assim que fossem usados…

            • Fábio.

              Relaxa, a maioria das pessoas off roaders possuem apenas 1 carro, muitos donos de jimny no caso só tem ele mesmo, ele é bem resistente, trilha não é algo que detona o carro, quem detona o carro é o motorista, o carro possui recursos para enfrentar o obstáculo, portanto não estraga o veículo, essa é a concepção de muitas pessoas que não são do meio e eu não as culpo. Na trilha o bom motorista, passa sem problemas, não precisa entrar no buraco com tudo, só entra com tudo quem não sabe o que faz, fazer trilha é ter técnica, com técnica não se estraga o carro.Esse lance do consumo depende do pé, nos fóruns 4×4 o que tem motoristas que fazem 13km/l são muitos e tem os que fazem 9km/l, então é variável.. e depende da manutenção domotor também , mas não se pode comparar a aerodinâmica de um gol com a de um jimny, é obvio que o jimny em relação à um gol vai consumir mais. Quando o carro é nitido de off roaders que detonam, vc percebe facilmente

          • Fábio, o que a galera não se liga que entre os OffRoad o Jimny é um dos mais baratos! O povo não se toca que nem todo mundo vive na beira do asfalto, ninguém se lembra existe um grande publico que necessita de um 4×4 para uso diário.
            A Suzuki, provavelmente tem os 4×4 mais baratos do mercado.

  • Fernando Augusto

    Desculpem se pareço um leigo, mas queria saber como um carro feito para Off Road tem airbags e ABS… Já vi dezenas desses carros nas ruas, o que justifica esses itens de segurança existe inclusive uma loja Suzuki aqui em SBC,onde moro com varios… mas como o Airbag não aciona no primeiro solacando que o carro dá ao entrar ou sair de um buraco?!
    E o ABS, é realmente necessário?!

    • FaloNaCara ¯ _ (ツ) _ / ¯

      Os airbags não são acionados no primeiro solavanco, a menos que se bata o carro de frente. É preciso uma determinada desaceleração para que sejam ativados e uma entrada em um buraco, mesmo que haja impacto no parachoque dianteiro, não é suficiente para acionar as bolsas. E o ABS se faz necessário nas situações de uso fora das trilhas.

    • msouza91

      Tem como desativar o airbag do passageiro pela chave, quem faz offroad pesado sempre dá um jeito de desativar o do motorista também, normalmente é coisa simples, já vi gente quebrando o nariz pq o airbag inflou numa entrada brusca na água. Quanto ao ABS, ele inclusive ajuda se for associado ao bloqueio do diferencial.

      • Alessandro Lagoeiro

        “..já vi gente quebrando o nariz pq o airbag inflou numa entrada brusca na água…”

        Imagina se a pancada fosse no volante?

        E já vi gente presa no cinto se afogar por isso (Foi na Bahia que um carro passou direto e caiu no lago, não foi?) e morrer queimado (cantor João Paulo). E ainda tem o caso Denner do Vasco/Portuguesa e um que morreu no pedágio porque estava dormindo e o motorista na dúvida entre o Sem Parar ou não entrou no meio da cancela de leve (Esse era parente de uma tia minha) Nem por isso deve se deixar de usar o cinto.

    • Benjamin Breeg

      Fernando, muitos usuários enfrentam estradas comuns para chegar nas suas trilhas e brincar a vontade na lama, ai nesse pontos o Airbag e o ABS se justificam. Valendo lembrar que o ABS é segurança para o ocupante do veículo e para as demais pessoas, bem como pedestres, motociclistas e outros motoristas. O airbag não infla por nada, precisa ser uma pancada que o sistema entende como específica para um acidente, nenhum buraco causaria a detonação do sistema!

      Já o ABS, eu acho que na trilha não é necessário mesmo, pois sem o ABS você arrastando a roda na frenagem forma um “morrinho” de terra que ajuda a segurar o carro, e com o ABS esse morrinho não se forma por que a roda nunca trava, e isso atrapalha a frenagem. A solução que a Suzuki não fez, pode ser vista na Amarok e na nova Saveiro Cross, o ABS offroad, que permite quando acionado o travamento temporário das rodas formando o “morrinho”. No entanto, eu preferiria que pudesse o motorista acionar o ABS, como um botão, ligar e desligar quando fosse necessário.

      Você faz bem em perguntar!

  • Gutsvopk

    ótimo jipe. Mas…. pelo preço um tanto quanto salgado, diga-se de passagem, eu prefiro ir de Pajero Tr4.

    • Eu fui de Duster 4×4 e tô me surpreendendo! Espaçoso, potente e robusto. Coloquei lift 2″ e já vem deixando dono de Tr4 de boca aberta. O problema do Duster é a falta de acessórios off road no Brasil.

      • LUIZ ANTONIO SOUZA

        Carro da Dacia? Porcaria romena? Tô fora. O tópico é sobre 4×4 de verdade, não essas tranqueiras como Duster.

        • Antes de comentar olhe os vídeos do Duster 4×4 no YouTube.

          • LUIZ ANTONIO SOUZA

            Não preciso olhar vídeo, faço trilhas e já andei com o merda da Dacia. Carro mal acabado, caríssimo para o que entrega, acabamento de 1.0 e preço de carro de verdade.

            • Alessandro Lagoeiro

              E o Jimny e a Tr4 são melhores acabados que o Duster? Mas eu pensei que quem andava de 4×4 ligava menos para acabamento.

              • Melhor acabamento, primeira bem reduzida (na cidade tem que sair de segunda) e bem melhor na lama. O duster “flutua” na lama, baixo peso (1353 Kg), 142cv e 20.9 de torque. O que falta é apenas acessórios off road no Brasil.

                • Alessandro Lagoeiro

                  Quando você fala acessórios, fala em pneus próprios para o barro, não é? Acho que é o principal “acessório” do carro.
                  É que na verdade, nos argumentos do amigo aí em cima, citou preço (O Duster se não me engano é o mesmo preço e é mais equipado), e ele falou em acabamento duas vezes (Seria por não ter outros argumentos?). E ainda mais para alguém que diz fazer trilha, ligar tanto para isso? Eu não entendo dessa categoria, mas eu sei que um Celta tem acabamento bem melhor que um Lada Niva. Mas para quem faz trilha de verdade, esse detalhe é o de menos.

                  • Quando me refiro a acessórios são snorkel, guincho elétrico… que é comum ver em vídeos do Dacia/Renault na Europa. Já tem vários com guincho, lift com pneu MUD no Brasil, mas a dificuldade pra comprar e instalar ainda é grande

                    • Alessandro Lagoeiro

                      Entendi. Acredito que sejam coisas úteis sim. Só estranhei o comentário de alguém que faz trilhar focar em “acabamento”, sendo que nos veículos dessa categoria isso passa longe de ser prioridade..
                      E olha que nem teria o paranaense da Romênia. Preferia o baiano da Ford…

    • Benjamin Breeg

      TR4 é bem valente na trilha também. Tem a vantagem de ter câmbio automático para quem prefere. Eu diria que ai vai de gosto! Com os pneus certos a TR4 vai onde o Jimny e o Troller vão numa boa!

  • Vattt

    TAKARO NONNN!!!

  • Tosca16

    Renault traz a LADA para o Brasil com o Niva e na boa quebra a Suzuki; por esse preço por mais que o Jimny seja bom não vale … agora por ser nicho há sim mercado para ele, não tem concorrentes diretos dá nisso.

    • Andres Francisco

      A Lada não pertence á GM?

      • LUIZ ANTONIO SOUZA

        Não. Pertence a Renault mesmo.

  • FaloNaCara ¯ _ (ツ) _ / ¯

    Ótimo jipinho. Pode não ser pensado para a cidade mas é uma delícia de se conviver no dia a dia. Só não comprei um porque na época que troquei de carro ainda não possuía ABS e AB2, se não fosse isso eu teria ido nele.

  • Junoba

    Esse carro tem um preço bem alto, e ainda o motor deveria ser maior por causa do preço que é cobrado. Mês passado ele vendeu 158 unidades.

    • Fábio.

      hahaha faz as contas amigão relação peso potência: troller 2065kg/165cv = 12.51 kg/cv Jimny 1060kg/85cv = 12,47kg/cv e ai tem certeza que o motor é fraco??? jimny é leve e tem uma relação peso potencia boa, passa em muito lugar onde troller agarra, mas muita gente torce o nariz ao ver o jimny na trilha, mas quando ele passa pelo obstáculo, nego fica espantado, troller é um ótimo carro, não desmerecendo, mas nego idolatra o “fibroso”…

      e tem mais, o gol rallye custa 50 mil o etios cross custa 48 mil um jimny por 59 mil (que é jipe de verdade) está num preço bom , numa realidade brasileira de preços absurdos….

      • Junoba

        Meu amigo… eu sei que você editou seu comentário,eu olhei no meu celular antes, você disse que eu estava criticando, mas eu não estou…e quem disse que o motor dele é fraco? só disse que ele precisava de um maior, então leia meu comentário direito.

        • Fábio.

          Olá colega, peço desculpas mas como eu havia copiado o meu próprio comentário que eu deixei respondido em outro usuário, eu acabei deixando aquela parte que não diz respeito ao seu comentário, por isso eu vi o erro e fui lá e editei e retirei aquela parte. Portanto considere apenas após edição , sem nenhuma ofensa sobre o antes da edição.

      • GPE

        Agora faça a relação de peso/torque entre os dois

    • Cristiano_RJ

      Ih cara, esquece. Tá cheio de fan-boy desse carro comentando aqui. E eles não aceitam críticas. Esse motorzinho de enceradeira confere desempenho de um 1.0 em um carro desse valor! Mas tá tudo bem para eles. Então tá então. Tem que dizer que o motor é o bicho. Vida que segue…

      • Zoran Borut

        Fico aqui pensando se você compara o desempenho e consumo de picapes e SUVs enormes e pesados com o de compactos leves e baratos. Ou se pensou em comparar o desempenho e preço de uma Kombi 1.4 Totalflex de 85cv com o de carros 1.0 moderninhos feitos à mesma época; ou a antiga Blazer 2.2 com um Vectra de mesma cilindrada. Porque eu não entendo como o óbvio não parece óbvio para você: o Jimny é alto, tem aerodinâmica ruim, todo um sistema 4×4 com reduzida, enfim não vai ter o mesmo desempenho e consumo de um carro urbano com mesma potência. Antes de conhecer, eu achava que o antigo EcoSport 1.6 fosse econômico pelo fato de esse motor, no Fiesta, não gastar muito, e tomei um susto com o consumo do Eco. Enfim, não é por dois carros terem potências parecidas que o desempenho, o preço etc podem ser comparados diretamente.

  • FranciscoAdrianoSilva

    Carro muito bom, para ser perfeito basta um bom motor a diesel.

  • pedro rt

    e um dos poucos carros q conheço q vem de fabrica na cor rosa, e eo mais interessante entre os 4×4 acessiveis

  • Luccas Villela

    Como deve ser o consumo desse carro? Acho muito interessante, apesar do interior horrível…

  • CorsarioViajante

    Se você precisa do 4×4, uma ótima escolha.
    Agora, se você não precisa, difícil justificar.

  • Gran RS 78

    Que o modelo é valente sem dúvidas, mas que é difícil justificar esses preços altos, isso é.

    • Fábio.

      o gol rallye custa 50 mil o etios cross custa 48 mil, um jimny por 59 mil (que é jipe de verdade) está num preço bom , numa realidade brasileira de preços absurdos….

      • Gran RS 78

        Sim, mas são públicos diferentes, pois quem compra aventureiro urbano, como o próprio nome diz, irá fica 90% do tempo na cidade, e os outros 10% no máximo vão pegar uma estradinha de terra para o sítio. Mas convenhamos, todos eles estão custando um absurdo, o Jimny em especial, pois é um projeto dos anos 90.

        • Fábio.

          Sim públicos diferentes, mas só estou ilustrando em relação ao preço, onde um gol rallye custa 50 mil, ninguém abre muito o bico, mas ver um jipe de verdade custando 59 mil, acham um absurdo!! Jimny é o jipe de verdade(chassis sob carroceria) mais barato do mercado, qual é o próximo? O troller por 98 mil! Nosso país vive numa realidade ridícula de preços, eu concordo que o jimny deveria custar 45 mil, mas o gol rallye deveria custar 25 mil e o gol normal 16 mil já que seu projeto é o mesmo dos anos 2000, quanta diferença pra um jimny que foi lançado em 99, e qual o problema de se ter um projeto dos anos 90 que tem vidros, travas, espelho eletricos, acabamento alinhado, motor vvt, abs airbag o que muito carro ai 2014 não tem e ninguém reclama… Um jipe puro não muda sua aparência todo ano, vide os mitos Land Rover defender, jimny, Jeep, troller…, O design do jimny é equilibrado. Um jipe é atemporal, e que coisa mais linda ver um jeep 42, ou qualquer outro ano alinhado, é lindo de se ver!!….quer design diferente todo ano? Não compre um jipe de verdade, compre um ecobosta, ops ecosport … Um jimny não te leva para a oficina tão cedo, assim como qualquer outro jipe de verdade, economizando muito na manutenção, onde qualquer outro carro “popular” de 30 mil já te leva no primeiro ano e ai você gasta uma grana boa..vai juntando e vê se não compensa…tem dono de jimny ai que tá com mais de 120 mil km que até hoje só trocou filtro, óleos, amortecedor e pneu….

          • Gran RS 78

            Tem o TR4 que custa 76 mil tbm e oferece mais espaço e motor que o Jimny.Quanto ao acabamento do Jimny, é bem pobre e parece carro popular e o air bag e abs somente nesse modelo 2015, pois todos os outros nem como opcional. Já tive uma Ecosport 2.0 aut. 2009 e só me deu alegrias, somente manutenção preventiva, mas não é um modelo para comparar com o Jimny que é um autentico Jeep para trilhas.

            • Fábio.

              jimny:

              Relação peso / potência: 12,47 kg/cv
              Relação peso / torque: 94,6 kg/ kgfm
              Aceleração 0-100 km/h 15,1 s
              Consumo: Urbano 9,5 km/l Rodoviário 11,4 km/l

              Tr4 (gasolina para comparação igual)

              Relação peso / potência: 9,96 kg/cv
              Relação peso / torque: 67,25 kg/ kgfm
              Aceleração 0-100 km/h 13,5 s
              Consumo: Urbano 7,5 km/l Rodoviário 9,5 km/l

              A tr4 é um bom carro, mas seu câmbio automático é lento (e considerado burro por muitos donos) esse câmbio é o mesmo projeto desde quando era pajero IO no começo dos anos 2000.

              É mais espaçoso, pois afinal tem 40 cm a mais que um jimny de comprimento e tem 4 portas, um pouco difícil de comparar. É mais confortável atrás que um jimny, mas não é tudo isso não, pois os 40cm são distribuídos em outras partes do carro( inclusive no porta malas do tr4 que é bem maior). Sim, entre bancos é mais espaçoso, mas quem viaja a trás continua sofrendo. Mas o jimny é feito para casal, não para a família.

              Seu desempenho é melhor que o jimny, no sentido de estrada, mas a pouca diferença de 1,6 s não o distancia assim do jimny. Mas bebe tanto que eu não vejo tanta vantagem não.

              A resistência de um eixo rígido não se compara a independente do tr4.

              Será que vale tanto a pena pagar quase 20 mil reais a mais no tr4 por ser um pouco maior, um pouco mais ágil ?, menos resistente( nada é mais resistente que chassis sob carroceria – tr4 é monobloco – e todos os eixos rígidos) e mais beberrão ? Eu não vejo tanta vantagem no tr4 não. Não desmereço a capacidade off road do tr4, é muito boa, mas com os quase 20 mil a mais e o prejuízo na hora de abastecer o tr4 o jimny ainda vale muito mais a pena. pra quem não pretende ter filhos então, não deve pensar 2x no custo benefício.

  • Diggo

    Pra quem quer entrar no mundo dos rallys não tem coisa melhor pelo preço, sendo zero.

  • Eduardo

    É um jipinho 4×4. Não comparem com um carro para uso urbano.

  • GPE

    Impressionante como todo caro que é 1 palmo mais alto que o normal tem o preço hiper inflacionado. Ainda bem q gosto dos sedans

    • igor eduardo

      verdade GPE eu gosto dos carros altos e também dos sedans (tenho um fiesta roCam sedan 2014 e um ecosport 2009 1,6 roCam) e acho um absurdo os preços. a ecosport comprei usada e já bem desvalorizada, e só comprei pois precisava de um carro alto para ir na chacara da familia pois me matava o fundo do carro pegar na terra! eu acho um mero absurdo a pessoa pagar quase 80 mil numa nova ecosport, e, infelismente ainda existem pessoas nesse mundo que compram. mas isso vai de cada um né.

  • zeuslinux

    O carro pode ser leve, bom no off-road mas eu também acho que o motor poderia ser mais forte pelo preço que cobram ! Merecia um motor 1.6 pelo menos.

    Tudo bem que o carro é feito para enfrentar trilhas, mas as pessoas esquecem que o comprador típico desse carro, que mora em cidades, normalmente precisam encarar estradas asfaltadas, muitas vezes subidas íngremes de serra, para chegar nas trilhas. Aí a velocidade final baixa e aceleração de motor 1.0 antigo fazem com que o carro não seja tão prático assim.

    Tem muito carro, tipo Land Rover e Jeep, que são bons em off-road mas também ótimos para pegar uma estrada asfaltada.

    • Zoran Borut

      Agora me fale do preço desses Jeep e Land Rover.

    • Cristiano_RJ

      Aí brother, pensa falar para uma mãe que o filho dela é cabeçudo e orelhudo? Pois é, é o mesmo que criticar esse carro no meio dessa gente. Simplesmente não aceitam críticas ao carro (mesmo que você só diga verdades). Vão querer te torturar até você confessar que o motor 1.3 de 85 cv é forte e vigoroso. Me lembra a piada do BOPE, que fez o gambá confessar que era coelho.

      • igor eduardo

        Olha vou desmentir um pouco sua idéia Cristiano. Na minha casa tem um Jimmy 2013 e um ecosport xlt 1.6. Vou te dizer que ele anda bem, sabe por que? A relação peso/potencia dele é boa. Siga ai

        O peso potencia do Jimmy é de 11,74 cv/kg

        Já o peso potência do meu ecosport é de 11, 82 cv/kg

        Ou seja o peso potência deles é praticamente igual. Ja o 0 a 100 da ecosport é 13,9 segundos

        Enquanto o do Jimmy é de 15 segundos.

        Mas de nada adianta Ter um super motor sendo que a peça que esta entre o volante e o banco não seja boa e calibrada. Já passei (quando digo isso me refiro a meu tio acompanhado de mim) em lugares onde o troller ficou agarrando, o cara atolou pois acelerava demais e não saiu do lugar, enquanto o kinder (apelido que dei ao Jimmy) passou numa boa!

        O ecosport é uma caixa de sapato como o Jimmy, andar acima de 140 queles carros é assinar um atestado de morte. O carro é lerdinho com o zetec Rocam porém para andar na cidade ta bom demais. É só passar a marcha na hora certa, assim como acontece no carro 1.0.

        Ate na minha idade (14 anos) sei bem que isso é importante.

        Então potencia e desempenho não é nada se o motorista não saber conduzir o carro!

  • Herbet Moreira

    Ih… Tá uma discussão danada… motorzinho fraco ali, consumo daqui, desempenho…
    – O carro é para trilha, então:
    1- 0 a 100km/h é desprezível. Na trilha, você mal passa dos 20km/h… quanto mais andar a 100km/h…
    2- Consumo é pouco relevante por causa da proposta de uso
    3- Se o motor é resistente e durável, pra que ser flex ou mudar para outro que pode dar apurrinhação?
    4- É um carro bom pra andar em SP e RJ… com buraqueiras e enchentes em cada esquina, coloque o snorkel e seja feliz!
    Resolvido???

  • Magnosama

    caramba, esse bicho FEIO é caro demais, misericórdia…

    • Fábio.

      O gol rallye custa 50 mil o etios cross custa 48 mil, um jimny por 59 mil (que é jipe de verdade) está num preço bom , numa realidade brasileira de preços absurdos…. mas essa nova roupagem deixou feio mesmo, a versão anterior é bem mais bonita..

      • Magnosama

        não existe justificativa razoável pra esse carro custar mais que um New Fiesta 1.6 que vc encontra por 45k.

  • Fábio.

    Olha a enceradeira ai gente que tanto o Cristiano_RJ reclama….

    E tem um motorzinho de enceradeira no japão de 68cv e de 0,6l de motor e com 8kgf de torque puxando um caminhão, lá tem a categoria de kei car que e a desse veículo, olha enceradeira ai geeente!!

    https://www.noticiasautomotivas.com.br/video-suzuki-jimny-0-6-turbo-de-68-cv-puxa-caminhao-em-meio-a-neve-no-japao/

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend